Foi publicado um novo edital, que divulga o Programa Universidade Para Todos, ou UPT. Essa iniciativa foi criada pelo governo do Estado da Bahia, que está disponibilizando em torno de 11.505 vagas.

Os preparativos para o vestibular 2019 já estão sendo realizados. Recentemente foi anunciado um novo programa, cuja meta está em tornar acessível as universidades ao máximo de estudantes.

Na última terça-feira, dia 16 de abril de 2019, foi publicado um novo edital, que divulga o Programa Universidade Para Todos, ou UPT. Essa iniciativa foi criada pelo governo do Estado da Bahia, que está disponibilizando em torno de 11.505 vagas. O cadastro de inscrição é inteiramente gratuito. O período de inscrições se dará entre o dia 23 de abril ao dia 2 de maio de 2019, somente por meio do Portal da Educação, no link: www.educacao.ba.gov.br.

Este novo programa de curso pré-vestibular está exclusivamente voltado aos estudantes que estão matriculados, neste ano de 2019, no 3º ano de Ensino Médio Regular, na rede estadual ou na rede municipal ou mesmos em modalidades integradas a estas. Também está reservado aos estudantes matriculados e já cursando o 4º ano da Educação Profissional integrada ao próprio Ensino Médio, neste mesmo ano, na rede estadual ou na rede municipal ou demais modalidades integradas, devendo ser todos egressos diretos do Ensino Médio estadual ou do municipal, no Estado da Bahia.

No momento do cadastro de inscrição, cada estudante terá obrigação de optar por uma só cidade, que será o local de realização e o turno em que deseja participar do curso intensivo. O formulário disponível, para cadastro, deverá ser preenchido de modo integral.

Cada estudante vestibulando deverá proceder do seguinte modo: portar e informar o código numérico de seu Cadastro de Pessoa Física, ou CPF, no sentido de elaborar e registrar a senha pessoal, que será de seis a oito dígitos. Desta feita, será efetivado o cadastro que garantirá ao estudante um acesso com nome de usuário ao endereço da inscrição.

Cada cadastro poderá ser alterado pelo estudante, conforme for necessária a atualização, sendo que tudo será feito dentro do sistema e em segurança. Os estudantes poderão, também, solucionar as possíveis dúvidas geradas, a respeito de todo esse processo, por meio do seguinte número de telefone: 0800 285 8000, durante o período que vai de segunda-feira a sexta-feira, entre as 8h30 e as 12h; e entre as 13h30 e as 18h. Outro meio de efetuar essa comunicação poderá ser via e-mail: upt@educacao.ba.gov.br.

O processo de seleção de estudantes candidatos será realizado por meio da avaliação dos resultados de testes de Língua Portuguesa e Matemática, que deverão ser divulgados por cada candidato no registro da própria inscrição. A relação oficial dos estudantes selecionados está previamente agendada para publicação a partir do dia 10 do mês de maio, de 2019, no mesmo Portal da Educação.

O período de matrícula se dará entre os dias 21 e 24 do mês de maio de 2019. Cada matrícula deverá ser efetuada no turno e no local que o próprio acadêmico escolheu para participar do curso. Cada candidato deverá portar os documentos exigidos, conforme o documento do edital, que incluem os necessários documentos pessoais e os documentos que registram o histórico escolar do Ensino Fundamental II e o Histórico Escolar do Ensino Médio. O início das aulas do curso está previsto para o dia 27 do mês de maio de 2019 e seguirão até dezembro deste mesmo ano, ou seja, até a véspera do vestibular.

Existem mais benefícios que este programa oferece aos estudantes da rede pública de ensino. Para a execução integral deste projeto de ensino serão selecionados em torno de 1.034 estudantes universitários, que cursam nas instituições universitárias parceiras, os quais atuarão como professores e como os monitores dos futuros vestibulandos.

Por Paulo Henrique dos Santos

Programa Universidade Para Todos


São oferecidas mais de 6 mil vagas no Vestibular 2019/2 da PUC-Minas.

Considerada uma das principais universidades da região sudeste, a Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, a PUC Minas, está recebendo via internet as inscrições para as pessoas que desejam participar do segundo vestibular de 2019 realizado pela instituição. Esse processo admissional oferece mais de 6 mil vagas e os estudantes podem ingressar por meio da escrita de uma redação ou utilizando a nota obtida em uma das últimas edições do Enem. Confira abaixo as principais informações.

A respeito das mais de seis mil vagas no processo seletivo da PUC de Minas Gerais

De acordo com as informações apresentadas no documento oficial, a faculdade vai oferecer milhares de vagas nas unidades que estão na cidade de Belo Horizonte e também nos polos presentes em outros municípios do estado. Com isso, confira abaixo a lista do número de vagas, as graduações e as cidades que essas oportunidades:

– Campus: Poços de Caldas

50 vagas para comunicação social (publicidade e propaganda).

60 vagas para ciências da computação.

60 vagas para engenharia de produção.

60 vagas para engenharia elétrica.

60 vagas para enfermagem.

60 vagas para fisioterapia.

60 vagas para medicina veterinária.

60 vagas para psicologia.

60 vagas para arquitetura e urbanismo.

60 vagas para relações internacionais.

114 vagas para direito.

120 vagas para administração.

120 vagas para engenharia civil.

– Campus: Uberlândia

60 vagas para sistemas de informação.

– Campus: Serro

60 vagas para direito.

– Campus: Arcos

60 vagas para direito.

– Campus: Betim

60 vagas para biomedicina.

60 vagas para enfermagem.

60 vagas para engenharia de produção.

60 vagas para fisioterapia.

60 vagas para medicina veterinária.

60 vagas para psicologia.

60 vagas para sistemas de informação.

60 vagas para administração.

120 vagas para direito.

– Campus: Contagem

60 vagas para engenharia elétrica.

60 vagas para sistemas de informação.

60 vagas para administração.

60 vagas para ciências contábeis.

120 vagas para direito.

120 vagas para engenharia mecânica.

Unidades em Belo Horizonte:

– Campus: Barreiro

60 vagas para administração.

60 vagas para ciências contábeis.

60 para sistemas de informação.

120 vagas para engenharia civil.

120 vagas para engenharia de produção.

120 vagas para nutrição.

120 vagas para direito.

– Campus: São Gabriel

50 vagas para comunicação social (jornalismo).

50 vagas para comunicação social (publicidade e propaganda).

60 vagas para engenharia de computação.

60 vagas para engenharia aeronáutica.

60 vagas para engenharia mecânica.

60 vagas para superior tecnologia em jogos digitais.

60 vagas para ciências contábeis.

115 vagas para direito.

120 vagas para administração.

120 vagas para psicologia.

120 vagas para sistemas de informação.

120 vagas para engenharia civil.

– Campus: Praça da Liberdade

44 vagas para comunicação social (publicidade e propaganda).

45 vagas para arquitetura e urbanismo.

49 vagas para psicologia.

53 vagas para relações internacionais.

55 vagas para engenharia civil.

60 vagas para medicina veterinária.

108 para engenharia de produção.

110 vagas para engenharia mecânica.

110 vagas para engenharia de software.

120 vagas para administração.

135 vagas para direito.

– Campus: Coração Eucarístico

30 vagas para filosofia (bacharelado).

30 vagas para filosofia (licenciatura).

35 vagas para ciências biológicas (bacharelado).

39 para fisioterapia.

40 vagas para ciências biológicas (licenciatura).

40 vagas para física.

40 vagas para matemática.

40 vagas para ciências sociais (licenciatura).

40 vagas para ciências sociais (bacharelado).

40 vagas para história (bacharelado).

40 vagas para história (licenciatura).

40 vagas para letras (licenciatura em português).

40 vagas para letras (licenciatura em português e inglês).

40 vagas para pedagogia.

40 vagas para geografia (licenciatura).

40 vagas para geografia (bacharelado).

41 vagas para comunicação social (cinema e audiovisual).

41 vagas para comunicação social (cinema e audiovisual).

45 vagas para comunicação social (jornalismo).

45 vagas para comunicação social (jornalismo).

59 vagas para comunicação social (relações públicas).

59 vagas para ciências econômicas.

60 vagas para comunicação social (publicidade e propaganda).

60 vagas para enfermagem.

60 vagas para fonoaudiologia.

60 vagas para engenharia elétrica.

60 vagas para engenharia de computação.

60 vagas para engenharia de controle e automação.

60 vagas para engenharia de energia.

60 vagas para serviço social.

60 vagas para serviço social.

77 vagas para odontologia.

78 vagas para educação física (bacharelado).

80 vagas para educação física (licenciatura).

83 vagas para relações internacionais.

87 para ciências da computação.

102 vagas para comunicação social (publicidade e propaganda).

116 vagas para engenharia mecânica.

119 vagas para engenharia civil.

119 vagas para arquitetura e urbanismo.

119 vagas para administração.

120 vagas para engenharia eletrônica e de telecomunicação.

120 vagas para engenharia química.

120 vagas para engenharia de produção.

120 vagas para ciências contábeis.

123 vagas para direito.

Para conferir o período das aulas e também a quantidade de vagas destinadas para alunos que fizeram a redação e o número de vagas aqueles que escolherem usar a nota do ENEM é preciso consultar o edital que está em: http://www1.pucminas.br/processoseletivo/?_ga=2.99377181.2085007732.1553618684-1571648770.1553618684. Esses dados foram listados a partir da página 02 no item “1. ESTRUTURA”.

Além das oportunidades citadas acima que são para encontros presenciais, a PUC também por meio desse vestibular vai oferecer formação superior na modalidade ensino a distância. Para conferir o número de vagas e os polos que são no estado de Minas Gerais e também unidades fora do estado mineiro, basta mais uma vez verificar o edital. Essas informações estão no tópico “2.2 Cursos ofertados na modalidade de Educação a Distância” página 06.

A respeito das formas de se pleitear uma oportunidade na PUC / MG

Como mencionado antes, os interessados vão ter duas opções para ingressar na instituição de ensino superior. A primeira é por meio do desempenho na escrita de uma redação. Para realizar a redação o aluno vai precisar agendar um dia entre as datas de 25 de março a 01º de agosto de 2019. É necessário ficar de olho em todos os contatos que o inscrito fornecer para instituição para ficar ciente do dia de fazer a redação. Já os que escolherem a nota do ENEM podem utilizar os resultados obtidos entre as avaliações de 2009 a 2018.

Inscrições

O período de inscrições já foi aberto e a universidade vai aceitar as participações dos candidatos até 01º de agosto de 2019, através do link que foi disponibilizado anteriormente quando se abordava sobre o edital. Boa sorte!

Por Isabela Castro

Vestibular


A Faculdade de Ciências Médicas de São José dos Campos está com as inscrições abertas para o vestibular 2019/2 para o curso de Medicina.

A Humanitas, Faculdade de Ciências Médicas de São José dos Campos, está com as inscrições abertas para seu curso de medicina com entrada no segundo semestre do ano de 2019. As inscrições ficam abertas entre o dia 07 de março e o dia 10 de maio de 2019. Essa é uma grande oportunidade se você quer seguir a carreira médica, principalmente se você mora na região de São José dos Campos e Vale do Paraíba.

Sobre as vagas

Segundo o edital, serão oferecidas 60 vagas para o curso de Medicina, em período integral. Essa será de entrada através de vestibulares próprios, vagas adicionais poderão ser oferecidas para atendimento aos Bolsistas do Programa Universidade Para Todos (PROUNI), mas nesse caso isso acontece sem a intervenção da faculdade.

As inscrições para o Processo Seletivo 2019 serão efetuadas exclusivamente pela Internet, no site da Fundação Vunesp, no seguinte link: www.vunesp.com.br, das 10 horas de 07 de março até às 23h59 de 10 de maio de 2019, mediante o preenchimento da ficha de inscrição. O pagamento da taxa de R$ 250,00 deverá ocorrer por meio do boleto emitido no ato da inscrição, impreterivelmente, até 13 de maio de 2019. No ato da inscrição, o candidato deverá escolher a cidade de realização das provas, são elas: São José dos Campos e São Paulo.

Sobre as provas

As provas serão aplicadas no dia 02 de junho de 2019, no horário das 14h às 19h, nas cidades determinadas, em locais ainda a serem definidos. Os candidatos deverão consultar o local e a sala de realização das provas, no portal da Fundação Vunesp, a partir de 24.05.2019.

O Processo Seletivo será realizado em fase única, mas com a aplicação de 2 provas, contendo, respectivamente, questões dissertativas e objetivas e uma prova de Redação em Língua Portuguesa que versarão sobre os conteúdos, conforme diretrizes e Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Médio, tendo em vista avaliar os conhecimentos e as habilidades do candidato, bem como a capacidade de raciocínio, de pensamento crítico, de compreensão, de análise e de síntese. As provas estão estruturadas da seguinte forma:

Prova I: de caráter eliminatório, constituída por 8 questões dissertativas, distribuídas entre as disciplinas de Química e Biologia, sendo 4 questões cada. Valor de cada questão será de 4 pontos. Pontuação máxima da prova: 32;

Prova II: de caráter eliminatório, constituída por 40 questões objetivas, distribuídas entre as disciplinas de Língua Portuguesa, 10 questões, matemática, 10 questões, Geografia, 05 questões, História, 05 questões, Língua Inglesa, 05 questões, e física 05 questões, com 5 alternativas cada. Pontuação máxima da prova: 40. Prova de redação: de caráter eliminatório, com pontuação máximo de 28. A pontuação total das provas será de 100 (cem).

As provas terão duração de 5 horas. O tempo mínimo de permanência na sala de prova será de 3 horas e 45 minutos. A classificação final dos candidatos será em ordem decrescente de pontuação final. Os resultados e a classificação dos candidatos ao Processo Humanitas, para o curso de Medicina, serão divulgados a partir das 15h do dia 27 de junho de 2019, nos portais da Fundação Vunesp e da Humanitas.

Sobre as matriculas

As matrículas de primeira chamada ocorrerão nos dias 1º e 02 de julho de 2019, das 8h às 15h, exclusivamente na Secretaria Acadêmica da Humanitas, o candidato deve portar os seguintes documentos:

  • 2 cópias do Certificado de Conclusão do ensino médio e respectivo Histórico Escolar;
  • 2 cópias do Diploma e Histórico Escolar, no caso de candidatos formados em curso de educação profissional técnica de nível médio;
  • 2 cópias da Certidão de Nascimento ou de Casamento;
  • 1 cópia da Carteira de Identidade ou outro documento de identidade oficial;
  • 1 cópia do Título de Eleitor e comprovante de regularidade em relação à última eleição;
  • 1 cópia do documento de comprovação de quitação de obrigações para com o serviço militar obrigatório (quando exigível);
  • 1 cópia do cartão de inscrição no CPF;
  • 1 cópia de um comprovante de residência do candidato;
  • 1 cópia da carteira de vacinação
  • 1 foto 3×4 recente;
  • O candidato deverá também possuir e indicar, obrigatoriamente, o endereço eletrônico (e-mail);
  • Comprovante de pagamento da primeira parcela da semestralidade.

Por Gabriel Bem

Vestibular


UNIVALI recebe inscrições em seu Vestibular de Inverno 2019 até o dia 23 de agosto.

A Universidade do Vale do Itajaí – UNIVALI, no Estado de Santa Catarina, está com inscrições abertas para preenchimento de vagas em cursos dos campus de Itajaí, Balneário Camboriú, Tijuca, Biguaçu, Kobrasol São José, São José e Florianópolis. A novidade é que não haverá processo seletivo por meio de vestibular e os interessados necessitam apenas realizar sua inscrição pelo site, anexar a documentação necessária e a aguardar a análise de sua documentação. Confira abaixo maiores informações sobre a inscrição e cursos.

Sobre as inscrições:

  • Para realizar sua inscrição, é necessário acessar o site do Processo Seletivo UNIVALI (www.univali.br/formas-de-ingresso/seletivo/seletivo-univali/Paginas/default.aspx) e preencher o Requerimento de Inscrição
  • O prazo para as inscrições é de 1º de abril até 23 de agosto de 2019

Alguns dos cursos e vagas disponíveis:

  • Arquitetura e Urbanismo – período matutino / 8 vagas disponíveis (campus de Florianópolis)
  • Arquitetura e Urbanismo – período matutino / 4 vagas disponíveis (campus de Balneário Camboriú)
  • Administração – período noturno / 36 disponíveis (campus de Balneário Camboriú)
  • Biomedicina – período matutino / 12 vagas disponíveis (campus de Itajaí)
  • Ciência da Computação – período noturno / 36 disponíveis (campus de Itajaí)
  • Ciências Biológicas período noturno / 26 vagas disponíveis (campus de Itajaí)
  • Ciências Contábeis – período noturno / 25 vagas disponíveis (campus de Biguaçu)
  • Comércio Exterior – período noturno / 26 vagas disponíveis (campus de Itajaí)
  • Direito – período matutino / 25 vagas disponíveis (campus de Balneário Camboriú)
  • Direito – período noturno/ 15 vagas disponíveis (campus de Tijucas)
  • Design (Jogos e Entretenimento Digital) – período noturno/ 6 vagas disponíveis (campus de Florianópolis)
  • Design Gráfico – período noturno/ 21 vagas disponíveis (campus de Balneário Camboriú)
  • Design de Interiores – período noturno/ 10 vagas disponíveis (campus de Florianópolis)
  • Design de Moda – período noturno/ 21 vagas disponíveis (campus de Balneário Camboriú)
  • Educação Física – período noturno / 26 vagas disponíveis (campus de Itajaí)
  • Enfermagem – período noturno / 25 vagas disponíveis (campus de Biguaçu)
  • Engenharia Ambiental e Sanitária – período matutino / 27 vagas disponíveis (campus de Itajaí)
  • Engenharia Civil – período integral / 5 vagas disponíveis (campus de Itajaí)
  • Engenharia Civil – período noturno / 10 vagas disponíveis (campus de São José)
  • Engenharia de Computação – período matutino / 27 vagas disponíveis (campus de Itajaí)
  • Engenharia de Produção – período noturno / 31 vagas disponíveis (campus de Itajaí)
  • Engenharia Mecânica – período noturno / 22 vagas disponíveis (campus de Itajaí)
  • Engenharia Química – período matutino / 27 vagas disponíveis (campus de Itajaí)
  • Estética – período matutino / 26 vagas disponíveis (campus de Balneário Camboriú)
  • Farmácia – período matutino / 15 vagas disponíveis (campus de Itajaí)
  • Fisioterapia – período matutino / 24 vagas disponíveis (campus de Itajaí)
  • Fisioterapia – período noturno / 11 vagas disponíveis (campus de Itajaí)
  • Fotografia – período noturno / 10 vagas disponíveis (campus de Florianópolis)
  • Gestão Portuária – período noturno / 26 vagas disponíveis (campus de Itajaí)
  • Jornalismo – período noturno / 26 vagas disponíveis (campus de Itajaí)
  • Letras com habilitação em Língua Portuguesa e suas Respectivas Literaturas – período noturno / 20 vagas disponíveis (campus de Itajaí)
  • Logística – período noturno / 26 vagas disponíveis (campus de Itajaí)
  • Matemática – período noturno / 20 vagas disponíveis (campus de Itajaí)
  • Negócios Digitais – período noturno / 26 vagas disponíveis (campus de Itajaí)
  • Nutrição – período matutino / 26 vagas disponíveis (campus de Itajaí)
  • Nutrição – período noturno / 16 vagas disponíveis (campus de Itajaí)
  • Odontologia – período integral / 6 vagas disponíveis (campus de Itajaí)
  • Pedagogia – período noturno / 25 vagas disponíveis (campus de Balneário Camboriú)
  • Produção Audiovisual – período matutino / 16 vagas disponíveis (campus de Itajaí)
  • Psicologia – período noturno / 31 vagas disponíveis (campus de Balneário Biguaçu)
  • Psicologia – período matutino / 16 vagas disponíveis (campus de Florianópolis)
  • Publicidade e Propaganda – período noturno / 10 vagas disponíveis (campus de Florianópolis)
  • Publicidade e Propaganda – período noturno / 26 vagas disponíveis (campus de Itajaí)
  • Relações Internacionais – período matutino / 20 vagas disponíveis (campus de Balneário Camboriú)

Boa sorte!

Por Barbara S.

Vestibular


Vestibular da UEG oferece 780 vagas de graduação com início no segundo semestre de 2019.

Estão abertas até o dia 25 de abril as inscrições para o vestibular da Universidade Estadual de Goiás, para ingresso no segundo semestre de 2019. São 780 vagas oferecidas em cursos de graduação nas cidades de Goiânia, Ipameri, Anápolis, Aparecida de Goiânia, Iporá, Morrinhos, Palmeiras de Goiás, Pires do Rio, Uruaçu, Itumbiara, São Luís de Montes Belos, Minaçu e Inhumas.

As vagas se distribuem entre os cursos de Agronomia, Arquitetura e Urbanismo, Ciências Biológicas (licenciatura), Direito, Educação Física (bacharelado e licenciatura), Engenharia Agrícola, Engenharia Civil, Farmácia, Fisioterapia, Medicina Veterinária, Pedagogia (licenciatura), Psicologia, Química Industrial, Química (licenciatura) e Zootecnia.

Também será possível a participação do candidato como treineiro, para aqueles que quiserem testar seus conhecimentos ou que ainda não tenham concluído o Ensino Médio. Esse candidato não poderá concorrer a vagas em nenhum curso ou mesmo aproveitar a nota obtida na prova em seleções futuras.

Como será a prova?

O processo seletivo contará com três tipos de provas: Objetiva, de redação e de habilidade específica, sendo a última aplicada somente aos candidatos ao curso de Arquitetura e Urbanismo.

As provas objetivas e de redação serão aplicadas no dia 26 de maio de 2019 entre 13h10min e 17h10min. Já a prova de habilidade específica do curso de Arquitetura e Urbanismo, a ser realizada em Anápolis, será aplicada no dia 05 de maio, também das 13h10min às 17h10min.

As provas englobarão conhecimentos das áreas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; Matemática e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; e Ciências Humanas e suas Tecnologias. Porém, o número de questões e o peso de cada uma irão variar de acordo com a área de conhecimento a que pertence o curso pretendido pelo candidato. As habilidades e competências específicas a serem avaliadas para cada curso encontram-se descritas no edital de seleção.

A prova objetiva terá 52 questões de múltipla escolha, com 5 alternativas cada, e uma pontuação máxima de 130 pontos. A prova de redação, a ser realizada por todos os candidatos, terá um valor total de 70 pontos e deverá ser feito em até 30 linhas, na modalidade textual estabelecida pela banca.

Já a prova de habilidade específica avaliará três tipos de conhecimentos: habilidades geométricas, com 4 questões de 5 pontos; visualização espacial, com 3 questões de 10 pontos; e clareza de expressão, dividida em 3 questões de desenho, criatividade e memória visual, totalizando juntas 50 pontos. Sendo assim, a pontuação máxima que poderá ser obtida na prova é de 100 pontos.

Como posso me inscrever?

As inscrições poderão ser realizadas pelo site http://www.nucleodeselecao.ueg.br/detalhe_processos.asp. Nele também é possível encontrar o edital e outros documentos. O valor cobrado na inscrição será de R$ 130,00 para aqueles que concorrerem ao curso de Arquitetura e Urbanismo, R$ 120,00 para os demais cursos e de R$ 100,00 para aqueles que realizarem a prova como treineiros. O edital também deixa claro que o candidato precisará possuir um CPF próprio para poder se inscrever.

Há também a possibilidade de optar por um curso como segunda opção no momento da inscrição, desde que a segunda opção não seja o curso de Arquitetura e Urbanismo. Porém, aqueles que escolherem Arquitetura e Urbanismo como primeira opção deverão obrigatoriamente escolher uma segunda opção de curso.

Esse vestibular também contará com vagas reservadas a candidatos cotistas que pertencerem aos seguintes critérios: serem oriundos de escola pública, negros, indígenas ou pessoas com deficiência. O candidato, mesmo que possua mais de um critério, deverá optar por aquele ao qual deseja concorrer.

O resultado final do vestibular será divulgado no dia 16 de julho de 2019 na mesma página e as matrículas dos aprovados em primeira chamada será feita entre os dias 17 e 19 de julho. As aulas terão início no dia 5 de agosto.

Por Bruno Esteves

Vestibular


A Universidade Estadual de Goiás oferta 780 vagas em seu Vestibular 2019 do 2º Semestre.

Estão abertas as inscrições para o processo seletivo do segundo semestre da Universidade Estadual de Goiás.

De acordo com edital lançado pelo estabelecimento de ensino, podem ingressar os candidatos que já encerraram o ensino médio ou encerrarão até a data da matrícula. As vagas obedecem o sistema universal de classificação e o sistema de cotas para estudantes que cursaram a rede pública de ensino e para os candidatos que se auto denominam negros, indígenas ou pessoas com deficiência. O processo também está disponível para aqueles que ainda não encerraram o ensino médio, mas são considerados "treineiros".

Cursos

Segundo a universidade, 780 vagas estão disponíveis sendo que 374 são pelo sistema universal de ingresso e outras 203 destinadas pelo sistema de cotas aos que estudaram em escola pública e outras 156 para os que se denominam negros e outras 47 para os que possuem algum tipo de deficiência ou se declaram indígenas.

Os cursos contemplados são: Agronomia, arquitetura e urbanismo, ciências biológicas, direito, educação física, engenharia agrícola e civil, farmácia, fisioterapia, medicina veterinária, pedagogia, psicologia, química industrial, química licenciatura e zootecnia. As opções estão à disposição tanto nos campus da capital quanto aqueles espalhados pelo interior.

Cronograma

De acordo com o edital, o período de inscrições vai até o dia 05 de abril cujos interessados podem realizar em http://www.nucleodeselecao.ueg.br onde pode ser realizado até a mesma data o pedido de isenção da taxa de inscrição, obedecendo a critérios socioeconômicos e definidos pela universidade. Para os que efetuarão o pagamento, o último prazo é o dia 26 de abril. No dia 02 de maio serão disponibilizadas as inscrições confirmadas, divulgação de concorrência e outras informações de interesse do processo seletivo.

No dia 05 de maio será realizada a prova de habilidade para os candidatos que optaram o curso de arquitetura e urbanismo que acontece na cidade de Anápolis. Já a realização das provas objetiva e de redação para os cursos acontecem no dia 26 de maio nas cidades onde o campus da universidade está presente. Na mesma data, o gabarito preliminar será revelado.

Três dias após a aplicação das provas – isto é, no dia 29 de maio – será apresentado aos candidatos o gabarito oficial com a nota de corte e o desempenho individual sendo revelados no mês de junho.

O resultado final, de acordo com o edital acontece no dia 16 de julho com as matrículas iniciando entre 17 a 19 de julho. O início das aulas acontece no dia 05 de agosto. O edital prevê um total de até quatro chamadas para os candidatos no preenchimento dos cursos.

Orientações

Para a realização das provas, o candidato deve portar os seguintes itens: uma caneta transparente de tinta preta, documento oficial de foto e comprovante da inscrição. Para o preenchimento correto do cartão resposta, a caneta de cor preta deve ser usada.

É proibido que o candidato leve algum tipo de acompanhante no momento da realização da prova, carteiras bolsas e outros itens pessoais deverão ser depositados em compartimento especial até o final da realização da prova. As proibições se estendem sendo vedada a utilização de objetos eletrônicos, relógios, óculos escuros, réguas, calculadora ou outro método de consulta.

As regras são similares às encontradas no ENEM: o cartão resposta só pode ser levado quarenta minutos antes do término das provas. É permitido que o candidato leve líquido ou algo alimentício, porém a água deve estar em garrafa transparente e os alimentos acondicionados em embalagens de plástico transparentes.

Outro ponto importante é que o candidato só poderá deixar a sala de aplicação das provas, duas horas após o início da aplicação do processo seletivo, sendo proibido de levar o cartão resposta.

Os candidatos serão eliminados se não comparecerem ao local na prova objetiva e de redação, deixar todas as questões em branco no caderno de respostas ou marcar todas as alternativas, entregar a folha da redação em branco, obter nota zero em redação ou nas provas e se desobedecer as regras estabelecidas no edital.

O edital pode ser consultado em: http://www.nucleodeselecao.ueg.br/pdfs/processos/250/Edital%20Final%20-%20PS%202019-2.pdf.

Por Leandrinho de Souza

Vestibular


IFG recebe inscrições dos interessados até o dia 5 de maio em seu Vestibular 2019.

O Instituto Federal de Goiás – IFG – está com inscrições abertas para o vestibular de meio de ano, destinado ao preenchimento de vagas em cursos que tem início no segundo semestre de 2019. As vagas disponíveis são destinadas a diferentes cursos ofertados pelo Instituto e em diferentes cidades do Estado de Goiás. Confira abaixo detalhes sobre prazos para inscrição, datas das provas, cursos disponíveis e não perca tempo!

Sobre as Vagas e Cursos disponíveis:

  • Licenciatura em Ciências Sociais no Campus de Formosa / GO – 20 vagas disponíveis para o período noturno, com duração de 8 semestres
  • Licenciatura em Física no Campus de Goiânia / GO – 16 vagas disponíveis para o período vespertino, com duração de 8 semestres
  • Licenciatura em História no Campus de Goiânia / GO – 26 vagas disponíveis para o período vespertino, com duração de 8 semestres
  • Licenciatura em Letras – Português no Campus de Goiânia / GO – 10 vagas disponíveis para o período vespertino, com duração de 8 semestres
  • Licenciatura em Música no Campus de Goiânia / GO – 26 vagas disponíveis para o período vespertino, com duração de 8 semestres
  • Licenciatura em Química no Campus de Itumbiara / GO – 24 vagas disponíveis para o período noturno, com duração de 8 semestres
  • Licenciatura em Química no Campus de Luziânia / GO – 30 vagas disponíveis para o período vespertino, com duração de 8 semestres
  • Licenciatura em Química no Campus de Uruaçu / GO – 20 vagas disponíveis para o período vespertino, com duração de 8 semestres

Sobre as Inscrições:

  • O prazo para inscrição é de 1º de abril a 5 de maio de 2019 e as inscrições devem ser realizadas exclusivamente pelo site do Instituto Federal de Goiás – www.ifg.edu.br/selecao.www.ifg.edu.br/selecao.www.ifg.edu.br/selecao.www.ifg.edu.br/selecao.
  • As inscrições são gratuitas.

Sobre as Etapas e Provas:

  • A Prova Objetiva e a Prova de Redação (de caráter eliminatório e classificatório) serão realizadas no dia 19 de maio de 2019, sendo que o gabarito final será divulgado no dia 27 do mesmo mês. As Provas terão início às 15h e término às 18h.
  • A Prova Objetiva vale 20 pontos e será composta por 20 questões, cada uma delas com 4 alternativas, das áreas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias (8 questões); Ciências Humanas (6 questões) e Ciências Exatas, da Terra e Biológicas (6 questões).
  • A Prova de Redação vale 100 pontos e será avaliada de acordo com Adequação ao tema (20 pontos), Apropriação da coletânea de textos (20 pontos), Adequação à escrita formal da Língua Portuguesa (20 pontos), Coesão e Coerência (20 pontos) e adequação ao gênero textual da proposta (20 pontos).
  • Teste de Verificação de Habilidade em Música, restrito aos candidatos ao curso de Licenciatura em Música será composto por Teste de escrita musical (com 5 questões dissertativas), Teste de Solfejo e Leitura Rítmica e Teste prático de Instrumento ou Canto.

Sobre o Conteúdo Programático:

  • Na área de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias serão cobrados conteúdos de Arte (artes visuais, música, dança, teatro) e conhecimentos relacionados, Estudo e análise textual (verbais e não verbais) e Estudo e análise de Textos de Inglês ou Espanhol (verbais e não verbais).
  • Na área de Ciências Humanas serão cobrados conteúdos de Organização política e social, ordenamento e estrutura do Estado, Movimentos sociais, Homem, espaço e tempo, Relações sociais e de produção, Relação homem e meio e Diversidade cultural e social de sociedades humanas.
  • Na área de Ciências Exatas, da Terra e Biológicas serão cobrados conteúdos de Molécula, célula e tecidos, Conjuntos numéricos, Força, movimento e equilíbrio e Matéria e propriedade da matéria.

Para se inscrever no vestibular, ver mais detalhes e concorrer a alguma das vagas listadas, acesse o site do IFG.

Boa sorte!

Por Barbara S.

Vestibular


Estão abertas as inscrições para segundo semestre do Vestibular Cederj.

A grande maioria das faculdades do Brasil que utilizam o vestibular como processo seletivo já realizaram ou estão em fase final de realização dos processos admissionais para o primeiro semestre. Com isso, muitas já estão divulgando informações sobre os vestibulares para o segundo metade do ano. E uma instituição que está com o período de inscrições abertos para a incorporação de novos estudantes é o Cederj, Centro de Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro. São mais de 7.000 oportunidades, cujo período de participações termina no dia 09 de maio de 2019. Veja as informações no texto abaixo.

A respeito das mais de 7.000 vagas oferecidas pelo processo seletivo do Cederj

Para que as pessoas que não possuem informações sobre o Cederj, essa instituição é formada pela união de outras fundações de ensino superior do Rio de Janeiro, que são: UniRio, Uenf, Uerj, UFRRJ, UFF, Cefet-RJ e UFRJ. Para o segundo período do ano foram disponibilizadas 7.684 oportunidades. Para conferir o número de vagas e quais graduações estão sendo oferecidas confira a lista abaixo:

– Licenciatura:

200 vagas para História.

240 vagas para Geografia.

330 vagas para Letras.

335 vagas para Turismo.

338 vagas para Química.

375 vagas para Física.

830 vagas para Matemática.

916 vagas para Biologia.

1080 vagas para Pedagogia.

– Bacharelado:

240 vagas para Ciências Contábeis.

400 vagas para Administração Pública.

400 vagas para Engenharia de Produção.

711 vagas para Administração.

– Tecnologia:

250 vagas para Gestão em Turismo.

529 vagas para Computação.

540 vagas para Segurança Pública.

É importante ressaltar que na modalidade “Tecnologia”, o curso de Segurança Pública é voltado exclusivamente para profissionais das seguintes categorias: bombeiros, forças armadas, policiais (civis, federais, rodoviários, e militares), agentes penitenciários, guardas municipais do estado do Rio de Janeiro. Servidores que são policiais civis, militares e agentes portuários de outras localidades do Brasil também podem se inscrever. Docentes do ensino público carioca também podem participar. Para essa última categoria, o edital traz todos os dados. As informações estão na página 2, no item “2. DAS VAGAS”. O edital pode ser acessado por meio do seguinte link: http://cederj.edu.br/vestibular/cederj-oferece-mais-de-7-mil-vagas-na-graduacao.

Mesmo que as aulas aconteçam a distância, os estudantes contam com apoio por meio de polos que estão espalhados em diferentes cidades do Rio de Janeiro. Veja agora a relação de todos os municípios: Rio Bonito, Miracema, Nova Iguaçu, Belford Roxo, São Francisco de Itabapoana, Itaocara, Magé, Petrópolis, Angra dos Reis, Volta Redonda, Natividade, Piraí, Itaperuna, Santa Maria Madalena, Nova Friburgo, Barra do Piraí, Niterói, Três Rios, Duque de Caxias, São Gonçalo, Bom Jesus do Itabapoana, Rocinha, Cantagalo, Saquarema, Miguel Pereira, Itaguaí, Paracambi, Campo Grande, São Pedro da Aldeia, Resende, São Fidélis, Macaé e Rio das Flores.

Para verificar o curso em cada um dos polos citados acima, basta mais uma vez consultar o edital. Essa listagem também está no tópico “2. DAS VAGAS”. Entretanto, o guia encontra-se a partir da página 3.

Informações sobre a única avaliação que será aplicada no vestibular do Centro de Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro

Os interessados vão precisar participar de apenas uma etapa. Essa fase vai ser caracterizada por um teste de 60 perguntas sobre os seguintes conteúdos: história, geografia, química, matemática, física, biologia, espanhol ou inglês, literatura brasileira e língua portuguesa. Como parte da prova, eles vão precisar escrever uma redação e também responder algumas questões específicas. Veja a seguir os cursos que pedem conteúdos próprios:

– Tecnologia em Turismo, História e Licenciatura em Turismo: história e geografia.

– Geografia: geografia, literatura brasileira e português.

– Tecnologia em Segurança Pública: história, literatura e português.

– Química: química.

– Letras e Pedagogia: literatura e português.

– Matemática: matemática.

– Engenharia de Produção, Tecnologia em Sistemas de Computação e Física: física e matemática.

– Ciências Biológicas: química e biologia.

– Ciências Contábeis, Administração Pública e Administração: matemática e história.

Como mencionado no parágrafo introdutório à avaliação ocorre em 09 de maio e ela terá início às 9 horas. Já para as pessoas que não desejam realizar a prova e vão optar pela nota da última edição do Exame Nacional do Ensino Médio, ou seja, ENEM 2018. Cerca de 30% das vagas estão reservadas. É importante salientar que caso escolha essa opção, os interessados não vão poder escolher nenhum tipo de cota. Por fim, é importante salientar que o Cederj também desenvolveu um “Manual do Candidato”. Esse documento também está disponível no link em que o edital foi cedido. O site foi disponibilizado no tópico anterior.

Inscrições para o vestibular do segundo semestre do Cederj

As inscrições devem ser efetuadas por meio do link: http://www.provaecomprova.com/vestcederj/inscricao. O valor para a taxa de participação foi fixado em R$ 88,00, o pagamento da taxa deve ser feito até 08 de maio de 2019. Boa sorte!

Por Isabela Castro

Vestibular


Estão sendo ofertadas 1.040 vagas no vestibular de inverno da UDESC em 2019. Inscrições podem ser realizadas até o dia 06 de maio de 2019.

Já está valendo as inscrições para o vestibular de inverno da Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC – para o segundo semestre deste ano. As oportunidades estão disponíveis para os que já se formaram no ensino médio ou aqueles que concluirão os estudos até a data da matricula. Pelo calendário da universidade não haverá reserva de vagas.

Segundo edital lançado pelo estabelecimento educacional, trinta por cento das oportunidades estão amparadas pelo ingresso de cotas. Destes, vinte por cento para aqueles que cursaram todo o ensino médio em escolas públicas ou instituições públicas com gratuidade de ensino e outros dez por cento para candidatos de origem negra, porém o candidato não é obrigado a optar por este sistema.

Distribuição de vagas

As vagas estão disponíveis nos seguintes polos:

Grande Florianópolis – Campus de Florianópolis oportunidade para administração, administração pública, e ciências econômicas além de educação física e fisioterapia. Na capital do estado também possui vagas nas áreas de história, geografia e pedagogia.

Norte Catarinense – Campus de Jonville com oportunidades para ciência da computação, engenharia civil de produção e de sistemas, engenharia elétrica e mecânica, física, matemática, química e tecnologia em analise e desenvolvimento de sistemas. Já no campus de São Bento do Sul estão disponíveis as oportunidades para sistemas de informação e engenharia de produção para habilitação mecânica.

Planalto serrano – Campus de Lages tem oportunidades para agronomia, engenharia ambiental e sanitária, engenharia florestal e medicina veterinária.

Oeste catarinense – Campus de Chapecó e Pinhalzinho têm oportunidades para enfermagem, engenharia química e zootecnia.

Vale do Itajaí – Campus de Ibirama com oportunidades em ciências contábeis, engenharia de software e engenharia civil. Já no campus de Balneário Camboriú estão disponíveis as oportunidades para engenharia de petróleo e administração pública.

Sul Catarinense – Campus de Laguna com oportunidade em arquitetura e urbanismo, ciências biológicas em biologia marinha e biodiversidade.

Segundo números da Universidade, todas estas unidades somam 1.040 vagas ofertadas.

Inscrição

A inscrição para os interessados no vestibular deve ser realizada pela internet no seguinte link: http://www.aietec.com.br/inscbd/2005insc/main_concurso.php?id_concurso=299228 até o dia 06 de maio deste ano. Para a garantia no vestibular o candidato ou candidata deve possuir em mãos o CPF juntamente com o documento de identidade. Para o conhecimento completo, é importante ler o edital e preencher todos os campos de requerimento de inscrição.

O valor do vestibular custa 110 reais, porém o interessado pode pedir a isenção desta taxa caso comprove a impossibilidade de pagamento. Doadores de sangue, candidatos de origem negra ou aqueles que cursaram a escola pública podem se beneficiar do pedido.

Provas

Após a confirmação da inscrição até o dia 23 de maio, a confirmação da realização do vestibular estará disponível no site: http://www.vestibular.udesc.br sendo que a prova tem como composição as provas objetivas e uma redação. A aplicação das provas acontece nas cidades de Chapeco, Joinville, Balneário Camboriú, Florianópolis, Ibirama, Lages, Laguna e São Bento do Sul.

Pela parte da manhã, os candidatos terão pela frente as provas objetivas de matemática, biologia, língua estrangeira além de língua portuguesa e literatura. Na parte da tarde acontece as provas objetivas de física, química história e geografia e por final a parte de redação.

Cada candidato deverá pontuar até 10 das 100 questões em cada uma das áreas para não ser eliminado do vestibular. A prova de redação deverá conter a dissertação de temas relacionados com a atualidade, conhecimento gerais e obras literárias.

Durante a prova será proibida a comunicação com outros candidatos no momento da aplicação das questões; proibido também que durante a prova o candidato porte algum dispositivo eletrônico; também não pode portar óculos escuros, luvas ou artigos de chapelaria e também não deve portar nenhuma arma, mesmo se o candidato ou candidata possuir a autorização.

A classificação e os aprovados serão publicados ate o dia 24 de junho deste ano.

O edital e demais informações: https://www.udesc.br/vestibular/vestibulardeinverno/2019_2.

Por Leandrinho de Souza

Vestibular


Cronograma do Enem 2019 está em atraso e deverá ser divulgado nos próximos dias.

Uma importante notícia para quem pretende realizar o Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem, este ano. O Ministério da Educação, o MEC, diante de todas as confusões que o envolvem, por meio de sua comissão formada, estaria tendo dificuldades para o processo de analisar as questões do exame. Com isso, os indicativos são grandes sobre um possível atraso no cronograma desse, que é o maior vestibular do país.

O grupo começou a sua atuação no dia 20 de março e tem a previsão de finalizar o processo nesta sexta-feira, dia 29, ou na segunda-feira, dia 1º de abril. Até onde se sabe, a regra prevê uma duração máxima de 10 dias para a análise.

Foco do problema

Um dos grandes problemas enfrentados pela comissão é que, diante de perguntas que são consideradas inadequadas para o exame, é obrigatório o parecer do diretor relacionado à Diretoria de Avaliação da Educação Básica, a Daeb. Essa se refere ao Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais, o Inep. Assim, desde a última quarta-feira, dia 27 de março, o cargo está em aberto, após o pedido de demissão de Paulo Roberto Cesar Teixeira. Até o momento dessa matéria, ninguém havia sido nomeado para a substituição. Não bastasse isso, o presidente do Inep também seria o responsável pela função de dar um parecer final sobre as questões que são aprovadas ou não para a prova. O cargo era ocupado por Marcus Vinicius Rodrigues, que foi exonerado da função na terça-feira, dia 26 de março, após um desentendimento com o atual ministro Ricardo Vélez Rodriguez. O foco do atrito se deu após alegações do chefe da pasta de que Rodrigues havia aprovado importantes mudanças relacionadas à avaliação para a alfabetização, tudo sem o seu consentimento.

Para dar seguimento ao processo, somente após a comissão finalizar todo o seu trabalho é que será possível escolher e decidir sobre as 180 questões para o exame deste ano. Por si só, trata-se de um trabalho demorado, já que lida com uma análise técnica e pedagógica minuciosa, seguindo um rigoroso padrão e método estatístico.

O Enem é realizado no mês de novembro. Em informações exclusivas do jornal O Estado de São Paulo, a comissão é formada por três membros que são os responsáveis pela análise transversal de todos os itens do Enem. Portanto, o objetivo dessa é o de identificar as abordagens controversas e com teor ofensivo sobre os grupos sociais e segmentos, costumes nacionais, tradições e simbolismos.

Presidente do Inep

Uma das grandes polêmicas do momento se refere ao general Francisco Mamede de Brito Filho, que está assumindo todas as funções do presidente do Inep. Não bastasse a sua não nomeação, muitos criticam sua escolha, uma vez que ele não possui qualquer tipo de experiência em avaliações desse porte ou na área da Educação.

Sobre a sua trajetória, sabe-se que Francisco comandou o Batalhão Brasileiro no Haiti e que, ainda, serviu no Gabinete de Segurança Institucional juntamente ao Presidente da República. Anteriormente à demissão de Rodrigues, o general era o chefe de gabinete do Instituto Nacional, desenvolvendo apenas algumas funções burocráticas do mesmo. O militar serviu no Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República e comandou o Batalhão Brasileiro no Haiti. Até a demissão de Rodrigues, ele era o chefe de gabinete no Inep e tinha apenas funções burocráticas.

Vélez e as nomeações para seu gabinete

Ricardo Vélez Rodriguez também nomeou na última quarta-feira, dia 27, duas pessoas para os cargos de assessoria em seu gabinete. O primeiro é Ricardo Luiz Silveira da Costa, um importante especialista em Inquisição e História Medieval. Já Murilo Resende, defensor da escola sem partido, acabou sendo promovido para a atuação direta com Vélez. O mesmo nome havia tido indicações iniciais para a diretoria responsável pelo Enem. Porém, após repercussão negativa, o mesmo foi designado como assessor em outra secretaria. Vale lembrar também que Tânia Almeida pediu a exoneração de sua função na Secretaria de Educação Básica do MEC, em publicação no Diário Oficial. Almeida deixou o seu posto após a publicação da pasta sobre uma portaria que suspendia as avaliações de alfabetização no país. Para o lugar dela, foi indicado Alexandro Ferreira de Souza, que ocupava até então o cargo de secretário na Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica.

Por Kellen Kunz

Prova Enem


As inscrições para os estudantes matriculados nas instituições de ensino superior podem se realizadas até o dia 30 de abril de 2019. Para os estudantes que não estão matriculados, o prazo de inscrição será somente até o dia 29 de março de 2019.

O programa do Governo Federal concede aos alunos matriculados e não matriculados em universidades privadas de todo Brasil bolsa de estudos de 50% e 100% da mensalidade

O Prouni (Programa Universidade para Todos) está com as inscrições abertas para as bolsas remanescentes destinadas a estudantes matriculados e não matriculados em universidades e faculdades públicas de todo país, referentes ao primeiro semestre de 2019. O cronograma do programa foi publicado nesta segunda-feira, dia 25 de março de 2019, no Diário Oficial da União e pode ser acessado no endereço http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=109951-edital-prouni-remanescentes-1-2019-versao-dou&category_slug=marco-2019-pdf&Itemid=30192

Inscrições vagas remanescentes Prouni pela internet

As inscrições para os estudantes matriculados nas instituições de ensino superior podem se realizadas até o dia 30 de abril de 2019. Para os estudantes que não estão matriculados em nenhuma instituição de ensino, o prazo de inscrição será somente até o próximo dia 29 de março de 2019, sexta-feira. As inscrições para vagas remanescentes do Prouni 2019 podem ser realizadas exclusivamente pela internet no endereço http://siteprouni.mec.gov.br. As exigência serão as mesmas propostas aos alunos que foram pré-selecionados referente a primeiro semestre de 2019, nas chamadas regulares do processo seletivo do ProUni.

Para concorrer às bolsas do Prouni o candidato deve ter renda de até três salários mínimos por pessoa.

O programa do governo Federal oferece aos estudantes de todo país bolsas de estudo integrais e parciais de 50% em cursos superiores de graduação e instituições privadas de educação e ensino superior. Para concorrer à bolsa integral os estudantes devem ter renda familiar bruta mensal per capita de até 1,5 salário mínimo por pessoa. E para as bolsas de estudo parciais, com 50% do valor, os candidatos têm que ter renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa.

Entre outros requisitos para concorrer à bolsa remanescente do Prouni Brasileiro, os candidatos não pode ter diploma de curso superior e deve ter participado de qualquer edição do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) a partir do ano 2010. A nota do ENEM para concorrer à bolsa deve ser superior a 450 pontos e o estudante não pode ter zerado a prova de redação.

E também, podem concorrer as bolsas de estudos em cursos de licenciatura os professores da rede pública de ensino do Brasil, no efetivo exercício do magistério da educação básica e que não tenham participado do Enem.

Vagas remanescentes Prouni

As vagas remanescentes são mais uma chance proposto pelo MEC para os estudantes brasileiros ingressarem em um curso superior com uma bolsa de estudo pagando parte metade ou até mesmo ficando isentos de pagar. As bolsas deste processo são provenientes de desistência de candidatos que foram contemplados com as bolsas nas chamadas regulares (primeira chamada, segunda chamada e lista de espera) e, por algum motivo, como falta de documentação, não chegaram a poder utilizar a bolsa ou ocupar a vaga.

Processo de seleção vagas remanescentes Prouni

Esse processo de seleção é diferente do processo seletivo regular, já que não há chamadas e nem nota de corte diária. A ocupação da vaga neste processo de vagas remanescentes é feita por ordem de inscrição. Quando o candidato concluir a sua inscrição, a bolsa de estudo é automaticamente reservada a ele. Após a inscrição e confirmar a ocupação da vaga, o candidato inscrito deve comparecer à instituição de ensino superior em até dois dias úteis após. O aluno deverá comprovar as informações prestadas no ato da inscrição na instituição de ensino.

Por Adoniran Peres

Prouni vagas remanescentes


Confira a lista de universidades que aceitam o ENEM para ingresso em seus cursos.

A lista de universidades que aceitam o ENEM só tem aumentado a cada ano. Aqui trazemos uma lista das instituições públicas que usam como vestibular o ENEM através do SISU.

  • UFGD – FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS
  • UFCSPA – FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE
  • UFABC – FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC
  • UFT – FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS
  • UFBA – UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
  • UFFS – UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL
  • UFPB – UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA
  • UFAL – UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS
  • UFCG – UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE
  • UFG – UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS
  • UFJF – UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA
  • UFLA – UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
  • UFMT – UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
  • UFMS – UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL
  • UFMG – UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS
  • UFOP – UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO
  • UFPEL – UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS
  • UFPE – UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO
  • UFRR – UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA
  • UFSC – UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA
  • UFSM – UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA
  • UFSCAR – UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS
  • UFSJ – UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI
  • UFS – UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE
  • UFU – UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA
  • UFV – UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA
  • UFAC – UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE
  • UFAM – UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS
  • UFCA – UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI
  • UFC – UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ
  • UFES – UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO
  • UFMA – UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO
  • UFOB – UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DA BAHIA
  • UFPR – UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ
  • UFPI – UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ
  • UFRB – UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA
  • UFRJ – UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO
  • UFRN – UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
  • UFRGS – UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL
  • UFESBA – UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL DA BAHIA
  • UFTM – UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO
  • UFVJM – UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI
  • UFF – UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE
  • UFRA – UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DA AMAZÔNIA
  • UFRPE – UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO
  • UFRRJ – UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO
  • UFERSA – UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO
  • UEZO – CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTADUAL DA ZONA OESTE
  • UEMG – UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS
  • UERN – UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
  • UEPB – UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA
  • UEFS – UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA
  • UEL – UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA
  • UEMS – UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MATO GROSSO DO SUL
  • UESC – UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ
  • UENP – UNIVERSIDADE ESTADUAL DO NORTE DO PARANÁ
  • UENF – UNIVERSIDADE ESTADUAL DO NORTE FLUMINENSE DARCY RIBEIRO
  • UESPI – UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ
  • UERGS – UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL
  • UESB – UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA
  • IFPB – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA
  • IFSC – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA
  • IFAM – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS
  • IFTM – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TRIÂNGULO MINEIRO
  • IFBAIANO – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO
  • IF CATARINENSE – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CATARINENSE
  • IFBA – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA
  • IFAL – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALAGOAS
  • IFB – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIENCIA E TECNOLOGIA DE BRASILIA
  • IFG – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE GOIÁS
  • IFMS – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MATO GROSSO DO SUL
  • IFMG – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS
  • IFPE – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO
  • IFRR – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RORAIMA
  • IFSP – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO
  • IFS – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SERGIPE
  • IFAC – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO ACRE
  • IFAP – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAPÁ
  • IFCE – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ
  • IFES – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO ESPÍRITO SANTO
  • IFMA – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO
  • IFNMG – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO NORTE DE MINAS GERAIS
  • IFPA – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PARÁ
  • IFPI – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ
  • IFRJ – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO
  • IFRN – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE
  • IF SERTÃO – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SERTÃO PERNAMBUCANO
  • IFSEMG – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS
  • IF SUL DE MINAS – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS
  • IFTO – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS
  • IFFARROUPILHA – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA
  • IF FLUMINENSE – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FLUMINENSE
  • IF GOIANO – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO
  • IFSUL – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE
  • FAETERJ CAXIAS – FACULDADE DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
  • FAETERJ PARACAMBI – FACULDADE DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
  • FAETERJ PETRÓPOLIS – FACULDADE DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO – FAETERJ
  • FAETERJ R DE JANEIRO – FACULDADE DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO – FAETERJ
  • FMPFM – FACULDADE MUNICIPAL PROFESSOR FRANCO MONTORO DE MOGI GUAÇU
  • CEFET/RJ – CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA
  • CEFET/MG – CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS
  • ENCE – ESCOLA NACIONAL DE CIÊNCIAS ESTATÍSTICAS
  • ESCS – ESCOLA SUPERIOR DE CIÊNCIAS DA SAÚDE

Por Gabriel Bem

Enem e Universidades


Universidade Anhanguera está com vagas abertas para cursos presenciais, semi-presenciais e a distância.

Você já deve ter ouvido falar da Universidade Anhanguera, certo? Além disso, com certeza deve ter ouvido, na televisão, nas redes sociais e até mesmo no próprio YouTube, que a universidade conta com professores qualificados e uma grade curricular nota 10. Agora, você sabia que as matrículas estão abertas e há vagas em várias cidades de todo o Brasil? Foi isso que você leu: TODO o Brasil. Quer ver? Experimente abrir o site do Vestibular Anhanguera e busque o seu curso favorito. Você vai ver que ele estará presente nas cinco regiões do nosso país.

Para sua total comodidade, o Vestibular Anhanguera está com vagas abertas para cursos presenciais, semi-presenciais e a distância. E não é só isso: os cursos se distribuem nas modalidades bacharelado, licenciatura e tecnólogo.

Como funciona o Vestibular Anhanguera?

  1. Em primeiro lugar, você deve escolher o curso ideal para você. Sabendo disso, escolha a modalidade, a instituição, o horário e o local;
  2. Inscreva-se no Vestibular, não se esqueça de ler todo o regulamento para ficar a par de tudo.
  3. Dirija-se ao campus para fazer a prova no dia e horário que você agendou a prova.
  4. Faça sua matrícula e estude em uma das faculdades mais credenciadas do país!

Atenção! Se você optar por fazer a sua pré-matrícula na inscrição para o Vestibular, não só ganhará a isenção da taxa de inscrição, como também garantirá vaga na turma e no curso que você escolheu!

Não tenho dinheiro para fazer uma faculdade particular

Não se preocupe, pois a Anhanguera conta com diversos recursos como bolsas e parcelamento que podem te ajudar a conquistar a primeira e a segunda graduação:

  1. PEP, o financiamento estudantil que parcela até 70% do seu curso e ainda sem juros. Com ele, a mensalidade vai caber no seu bolso!
  2. Bolsa incentivo: Aqueles que vão prestar o Vestibular Anhanguera e têm dificuldades financeiras podem optar, na hora da inscrição, por essa bolsa.
  3. Desconto pontualidade: Se você faz EAD e paga o seu boleto até o 5° dia útil de seu vencimento, você receberá um desconto!
  4. Prouni: Se você cursou o Ensino Médio na rede pública ou particular na condição de bolsista integral, pode contar com o Programa Universidade para Todos. Mas atenção, ele só vale para estudantes que ainda não tenham curso superior e, para se candidatar, você deve ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio e tirado o mínimo de 450 pontos na média das cinco notas obtidas nas provas do exame.
  5. Você é um servidor público e deseja cursar a primeira ou a segunda faculdade? Saiba que a universidade oferece um desconto especial para servidores públicos.
  6. FIES: Este financiamento é justamente para cursos não-gratuitos e você paga uma taxa de juros de apenas 6,5% ao ano.
  7. PREVALER: Você terá a possibilidade de pagar o seu financiamento em até 2,5 vezes o tempo do seu curso. Você poderá pagar 50% da mensalidade em 12 parcelas sem juros! Mas atenção, é apenas para cursos presenciais.

Falando em ENEM, eu prestei… a faculdade pode utilizar a nota?

É claro que sim! E você nem precisará fazer o Vestibular. Mas fique atento: você deve entregar a nota do ENEM no dia da prova ou na secretaria da instituição. Depois disso, se você não entregou a nota, só serão considerados os pontos que você obteve no processo seletivo. Caso você tenha dúvidas se a sua nota pode ser usada, basta acessar o site da Anhanguera (www.anhanguera.com/graduacao/enem.php) e inserir a nota da redação e a nota da prova nos respectivos espaços. Atenção, pois a sua nota do ENEM vale bolsa na Universidade Anhanguera.

Você viu como é fácil conseguir uma vaga tão sonhada no curso superior através do Vestibular Anhanguera? Apenas uma faculdade que acredita no potencial de seus alunos de serem referências pode disponibilizar tantos cursos e vantagens. Não se esqueça de compartilhar com seus amigos, com certeza a Anhanguera tem um curso ideal para todos!

Por Jéssica Lima Cochete

Anhanguera


Confira as Universidades que estão com matrículas abertas para os aprovados no último vestibular com ingresso nos cursos de graduação em 2019.

As principais Universidades do Brasil estão com matrículas abertas para os aprovados no último vestibular com ingresso nos cursos de graduação em 2019. Fiquem atentos aos prazos, as instituições de ensino apresentam, muitas vezes, mais de uma lista de chamadas, conforme os cronogramas detalhados em edital. Muitas vezes, mesmo não sendo aprovado em 1ª chamada, devido a esquecimentos, desistências de alunos aprovados em outros cursos de outras universidades, o número de candidatos aprovados nas próximas chamadas pode ser maior que o esperado.

Confira a lista das principais Universidades do Brasil com matrículas abertas em março e abril de 2019

Universidade Estadual do Maranhão com matrícula entre 23 e 30 de março 2019

A UEMA (Universidade Estadual do Maranhão) está com matrículas abertas para os aprovados no Vestibular EaD UEMA 2019. As matrículas estão sendo realizadas entre os dias 23 a 30 de março de 2019 e a previsão do início das aulas será para o mês de abril. A UEMA, que é pioneira, entre as Universidades públicas, no processo de institucionalização da EAD, ofereceu mais 3.325 vagas no vestibular deste ano. A lista dos classificados e mais informações podem ser acessadas no link http://www.uemanet.uema.br/vestibularead/?p=4096.

Universidade Federal do Rio Grande – início das matrículas no dia 25 de março

A Universidade Federal do Rio Grande (FURG), no Rio Grande do Sul inicia as matrículas dos selecionados do Vestibular 2019 pelo ENEM no dia 25 de março de 2019. O resultado final do Vestibular será publicado no dia 22 de março. A Universidade ofertou 447 vagas gratuitas, distribuídas em diversos cursos, nos campi: Santo Antônio da Patrulha, Carreiro (Rio Grande), Santa Vitória do Palmar e São Lourenço do Sul.

Universidade Federal Fluminense – matrículas abertas para aprovados no curso de Arquitetura e Urbanismo

A Universidade Federal Fluminense (UFF) está com matrículas abertas, entre os dias 22 e 25 de março de 2019, para os aprovados no vestibular na 1ª reclassificação e remanejamento do curso Arquitetura e Urbanismo 2019. A matrícula para a segunda reclassificação do curso será realizada no dia 1º de abril.

Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia com matrícula aberta segunda chamada entre 27 e 28 de março

A Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) realiza a matrícula dos aprovados em segunda chamada no vestibular entre os dias 27 e 28 de março. A matrícula deve ser realizada na Secretaria de Cursos do campus que o candidato foi aprovado.

Universidade Estadual do Vale do Acaraú com matrículas nos dias 22 e 23 de abril de 2019

A Universidade Estadual do Vale do Acaraú (UVA), no Ceará, iniciará as matrículas para os aprovados no Vestibular 2019/1 nos dias 22 e 23 de abril de 2019. O resultado do vestibular, que foi realizado no dia 17 de março, será publicado em 12 de abril. A Universidade oferece no vestibular 812 vagas gratuitas para diversos cursos que serão ministrados na cidade de Sobral (CE). Mais informações no site oficial da seleção https://vestibular.uvanet.br.

Universidade Federal de Juiz de Fora com matrículas para aprovados no 4ª edital de reclassificação

A Universidade Federal de Juiz de Fora – MG (UFJF) convoca os alunos aprovados no 4ª edital de reclassificação para realizarem a pré-matrícula on-line entre os dias 20 e 22 de março de 2019 e matrícula presencial posteriormente entre os dias 26 e 27 de março de 2019. Mais informações podem ser acessadas no link http://www.ufjf.br/cdara/2019/03/20/4a-reclassificacao-e-antecipacao-do-pism-trenio-2016-2018-1o-semestre-novo.

Unicamp com matriculas para 7ª e 8ª chamadas

A Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), por meio da Comissão para os Vestibulares (Comvest), está com matrículas abertas para os convocados na 7ª chamada nas modalidades vestibular Unicamp 2019 e Enem-Unicamp (Exame Nacional do Ensino Médio). A lista para matrícula da oitava chamada será divulgada no dia 26 de março de 2019. As listas e mais informações podem ser consultadas no link http://www.comvest.unicamp.br/7629-2.

Por Adoniran Peres

Universidade


Confira dicas para escolher um bom cursinho pré-vestibular.

Muitas faculdades já divulgaram as datas e o que será cobrado como leitura obrigatória e você definitivamente quer estar entre os maiorais que conquistarão uma vaga no curso superior em 2020, certo? Você sabe que, mesmo aquele curso superior tenha poucos candidatos por vaga, você tem uma concorrência e não quer ficar para trás, certo? Ou ainda, você sente que as aulas regulares não são o suficiente e você necessita de mais uma mãozinha para garantir a sua vaga? Seja qual for a sua razão, saiba que todo conhecimento é válido e se acomodar pode custar caro na hora de fazer a prova e que, além disso, um curso pré-vestibular possui professores especialistas em ENEM e Vestibular e, por isso, você estará familiarizado com o conteúdo e preparado para o que poderá cair na prova. Para que você tenha sucesso na sua escolha de um cursinho, separamos aqui três dicas de ouro para você, confira!

1 – Cuidado com falsas promessas

Você precisa muito de um curso pré-vestibular, mas não se afobe para não cair em armadilhas, ok? Uma delas, por exemplo, é o estágio que estudantes de graduação precisam fazer para poder dar aulas. Muitas vezes, esses estudantes que conseguem estágio na escola não estão realmente preocupados em ensinar alguma coisa aos alunos que se inscreverem, mas sim apenas cumprir as horas. Caso algum deles ofereça um cursinho, especialmente se for na própria escola onde você estuda, procure saber a grade do curso e se ele tem capacidade de fazer a diferença na hora que você estiver prestando o Vestibular. O mesmo acontece com a internet: existem muitas plataformas que oferecem não só cursinhos, mas também correção de redação. Falaremos mais sobre o que você precisa fazer para evitar ciladas na próxima dica.

2 – Busque referências e feedback

Estamos na era digital, isso você está cansado de ouvir. Saiba que, da mesma forma que você procura feedbacks para assistir aquela série ou para ir naquele restaurante novo, você pode encontrar pessoas que já fizeram o curso pré-vestibular que você está interessado. Veja o que essa pessoa tem a dizer sobre os professores, material, horário, estrutura do ambiente, etc. Quase sempre o próprio cursinho divulga em seu site e através de anúncios externos quantos estudantes passaram em tal curso. Outra coisa que você pode fazer é pesquisar sobre os professores contratados pelo cursinho que você se interessou. Se possível, assista uma aula sem compromisso para saber se você vai se dar bem nesse local ou não.

3 – Busque por Curso pré-vestibular oferecido por universidades.

Os cursinhos de sua cidade são muito caros? Então você pode fazer um curso gratuito. A maioria das universidades públicas da atualidade estão oferecendo cursinho pré-vestibular tanto para jovens quanto para adultos. Você apenas precisa prestar atenção na data de inscrição e se precisa fazer alguma prova para poder se matricular. São os estudantes das universidades que dão aulas, mas, diferentemente da primeira situação que vimos na primeira dica, estes estudantes passam por um processo seletivo rigoroso e ficam sob supervisão dos professores, afinal de contas, é o nome da faculdade que oferece o cursinho que está em jogo. Se você pretende prestar vestibular na faculdade e ela oferece o cursinho, vai ser uma forma de você já ir se familiarizando com ela, com os professores e futuros colegas.

Essas dicas parecem básicas, mas são muito importantes para quem deseja ingressar em uma faculdade. Lembre-se de que, gratuitos ou não, esses cursinhos exigem dedicação do aluno, mas, daqui a alguns anos, na hora de pegar seu diploma, você vai ver que tudo valeu a pena. Compartilhe esse texto com seus amigos para ajudá-los a escolher e não se esqueça de deixar um comentário contando para nós qual curso você vai prestar e se você decidiu fazer um curso preparatório. Boa sorte!

Por Jéssica Lima Cochete

Curso pré-vestibular


Confira a lista dos livros que devem ser lidos para a realização dos principais vestibulares do Brasil em 2020.

Todo o ano os vestibulandos de todo país têm a tarefa de ler uma grande lista de livros para o ano de provas. A tarefa é difícil, mas necessária, principalmente se você busca vaga nos vestibulares mais concorridos do Brasil, além disso, a tarefa pode ser até prazerosa, afinal quem não gosta de um bom livro?

Para facilitar a busca das obras, trazemos aqui uma lista de todos os livros dos principais vestibulares 2020.

Vestibular 2020 da Fuvest: responsável pelo vestibular da Universidade de São Paulo (USP)

Poemas Escolhidos – Gregório de Matos

Claro Enigma – Carlos Drummond de Andrade

A Relíquia – Eça de Queirós

Sagarana – Guimarães Rosa

Minha Vida de Menina – Helena Morley

Quincas Borba – Machado de Assis

Angústia – Graciliano Ramos

O Cortiço – Aluísio Azevedo

Mayombe – Pepetela

Vestibular 2020 da Unicamp

Poesia:

Racionais Mc’s, Sobrevivendo no inferno.

Luís de Camões, Sonetos. Que são os seguintes: Alma minha gentil, que te partiste; A fermosura desta fresca serra; Busque Amor novas artes, novo engenho; Ah! Minha Dinamene! Assi deixaste; Amor é um fogo que arde sem se ver; Enquanto quis Fortuna que tivesse; De vos me aparto, ó vida! Em tal mudança; Cá nesta Babilônia? donde mana; Como quando do mar tempestuoso; Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades; Esta lascivo e doce passarinho; O Céu, a terra, o vento sossegado; Na ribeira do Eufrates assentado; O tempo acaba o ano, o mês e a hora; O dia em que eu nasci, moura e pereça; Sete anos de pastor Jacob servia; Pede o desejo, Dama, que vos veja; Vencido está de amor meu pensamento; Quando de minhas mágoas a comprida; Transforma-se o amador na cousa amada.

Ana Cristina Cesar, A teus pés.

Contos:

Machado de Assis, O espelho.

Guimarães Rosa, A hora e a vez de Augusto Matraga, do livro Sagarana.

Romance:

Érico Veríssimo, Caminhos Cruzados (Livro distribuído pelo governo federal no PNBE).

José Saramago, História do Cerco de Lisboa.

Júlia Lopes de Almeida, A falência (Livro em domínio público)

Teatro:

Dias Gomes, O bem amado.

Crônica:

Nelson Rodrigues, A cabra vadia.

Diário:

Carolina Maria de Jesus, Quarto de despejo.

Sermões:

Padre Antônio Vieira

Sermão de Quarta-feira de Cinza – Ano de 1673, aos 15 de fevereiro, dia da trasladação do mesmo Santo;

Sermão de Quarta-feira de Cinza – Ano de 1672;

Sermão de Quarta-feira de Cinza – Para a Capela Real, que se não pregou por enfermidade do autor.

Vestibular 2020 da UEPG

Vidas Secas (Graciliano Ramos)

Vestido de Noiva (Nelson Rodrigues)

Quarto de despejo: diário deu uma favelada (Carolina Maria de Jesus)

Universidade Estadual de Ponta Grossa

Obra completa (Murilo Rubião)

Toda Poesia (Paulo Leminski)

Vestibular 2020 da UERJ

Para o exame de Qualificação as obras cobradas serão: Hora de alimentar serpentes, de Marina Colasanti; e Gota D’Água, de Chico Buarque e Paulo Pontes

Para o Exame Discursivo as obras cobradas serão: Vidas Secas, de Graciliano Ramos; Antes de Nascer o Mundo, de Mia Couto

Vestibular 2020 da UFPR

Últimos Cantos – Gonçalves Dias

Clara dos Anjos – Lima Barreto

O Uraguai – Basílio da Gama

Morte e Vida Severina – João Cabral de Melo Neto

Casa de Pensão – Aluísio de Azevedo

Relato de um certo oriente – Miltom Hatoum

Sagarana – Guimarães Rosa

Nove Noites – Bernardo Carvalho

Vestibular 2020 da UFRGS

São Bernardo – Graciliano Ramos

Feliz Ano Velho – Marcelo Rubens Paiva

Bagagem – Adélia Prado

Úrsula – Maria Firmina dos Reis

A máquina de fazer espanhóis – Valter Hugo Mãe

As Meninas – Lygia Fagundes Telles

Hamlet – William Shakespeare

Papéis Avulsos – Machado de Assis

Álbum/Disco Elis & Tom [1974]

Diário da Queda – Michel Laub

Quarto de despejo: diário de uma favelada – Carolina Maria de Jesus

Poemas de Florbela Espanca, um total de 22, que são os seguintes: Horas rubras; Vaidade; A minha dor; Suavidade; Se tu viesses ver-me; Frêmito do meu corpo; Fanatismo; Doce certeza; Ser poeta; Súplica; Quem sabe?!…; A Mulher; Amar!; Ódio; Neurastenia; A Mulher II; Realidade; Lágrimas ocultas; Amiga; O maior bem; Eu; Fumo.

Por Gabriel Bem

Livros vestibular


Inscrições do Fies 2019-1 ficam abertas até o dia 14 de fevereiro de 2019.

Boa notícia para os estudantes de nível médio. Já está aberto o período de inscrição de participação no Fundo de Financiamento Estudantil, ou Fies, edição de 2019 – 1. Deste o dia 7 de fevereiro é possível a todos os estudantes se cadastrarem.

Todos os interessados poderão cadastrar inscrições, as quais serão recebidas até às 23h59 do dia 14 deste mesmo mês. Todo candidato, portanto, deverá comprovar sua participação no Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem, a partir do ano de 2010, apresentando a média padrão de 450 pontos e uma nota acima de zero, na parte da redação. Estes são requisitos obrigatórios, cobrados em todas as modalidades do programa Fies, e do Fies Fundo Garantidor; de Juros Zero e do P-Fies.

Conforme os dados registrados no site oficial, todos os candidatos poderão reservar até três opções de cursos, no ato de inscrição neste próximo Fies ou no P-Fies, observando o perfil de cada participante e as suas preferências.

Sobre as modalidades do Fies 2019 – 1, seguem as informações:

As normas a serem seguidas sob a diferentes modalidades do programa Fies podem ser conferidas a seguir, para que cada estudante possa ser orientado em qual delas se encaixar:

O Fies Fundo Garantidor de Juros Zero, com oferta de 100 mil vagas para este ano de 2019. Neste caso, este programa está voltado aos estudantes dentro da renda familiar com até três salários mínimos por membro. Esta modalidade é a de juros zero, sendo operada conforme a correção na inflação. Sua abrangência é em escala nacional, sendo realizado por meio do Fundo Garantidor, do Tesouro Nacional. Será realizada uma chamada regular, além da lista de espera. Os pré-selecionados deverão complementar via online, entre os dias 26 de fevereiro e 7 de março.

O P-Fies está ofertando cerca de 450 mil, nesta edição de 2019, conforme o MEC. esta parte do programa está voltada para os estudantes cuja renda familiar esteja em até cinco salários mínimos por membro. Os juros serão definidos por meio dos bancos parceiros. Este programa abrange, com prioridade, a região Centro-Oeste; o Nordeste e o Norte. Esta parte do fies é mantida pelos Fundos Regionais, haverá apenas uma chamada regular, não existindo uma lista de espera, neste caso, e não exige a complementação online, normalmente destinada os pré-selecionados.

Os cursos com prioridade de preenchimento, de acordo com o que define o Ministério da Educação, MEC, são os seguintes:

Nas áreas de Saúde; de Engenharia e Computação e na de licenciaturas; de Pedagogia e do Normal Superior, sendo equivalente a 60% das vagas.

A outra parte do programa dá prioridade às outras regiões atendidas, focando nas mesorregiões, que apresentam um menor Índice de Desenvolvimento Humano Municipal. Deste modo, serão beneficiados Estados do Norte e Nordeste.

Todos os resultados do Fies, para as duas modalidades do programa, o Fies e o P-Fies, serão divulgados no dia 25 de fevereiro. No caso dos estudantes pré-selecionados para o Fies Juros Zero, será necessário complementar as informações por meio do site, entre os dias 26 de fevereiro e 7 de março, em seguida, comparecer com a documentação nas instituições de ensino superior. O P-Fies não necessita de complementação das informações via online.

Todos os estudantes pré-selecionados, independente da modalidade em que estejam inseridas, deverão comparecer à Comissão Permanente de Supervisão e de Acompanhamento, o CPSA, da própria instituição de ensino em que a vaga está disponível, para análise da documentação. O passo seguinte será um prazo de 10 dias para comparecerem aos bancos conveniados ao Fies e ao P-Fies, no sentido de firmar a contratação de financiamento.

Por Paulo Henrique dos Santos

 Fies 2019


Lista de Aprovados em Primeira Chamada do Prouni 2019 já está disponível para consulta.

Segundo dados divulgado pelo MEC, mais de 950 mil estudantes se candidataram para disputar uma das 243 mil bolsas de estudo integrais ou parciais nas universidades brasileiras.

A primeira lista foi divulgada, nesta quarta-feira, dia 06, na página do Programa Universidade para Todos (Prouni).

Hora de organizar a papelada: Os aprovados têm até o dia 14, próxima quarta-feira, para apresentarem a documentação às universidades onde foram selecionados.

Essa etapa é muito importante, pois é a confirmação de interesse, por parte do estudante, garantindo assim a matrícula no curso desejado.

Atenção: Para quem não foi selecionado, nesta primeira etapa, ainda tem a chance de ser convocado em uma segunda chamada, prevista para o dia 20 de Fevereiro.

Os dias para entrega da documentação e matrícula, dessa segunda chamada acontecem entre 20 e 27, também de Fevereiro.

Para quem não conseguir aprovação, nesses dois momentos, a lista de espera é uma opção, de quem sabe, ser convocado.

O cadastro acontece entre os dias 7 e 8 de Março, com previsão de resultado em 11 do mesmo mês. Ou seja, vale muito à pena tentar.

Você sabe o que é o PROUNI e quem pode participar?

O programa é voltado para estudantes que têm interesse em concorrer a bolsas de estudo integrais ou parciais, em cursos de graduação.

Para participar do processo de seleção, os candidatos devem ter obtido pelo menos 450 pontos na média das notas do ENEM (2018) e não ter zerado a nota de redação.

Alguns critérios são levados em consideração na contemplação dessas bolsas.

Estudantes que desejam conquistar a bolsa integral devem comprovar, por exemplo, renda familiar de até um salário mínimo e meio por pessoa.

Já para quem concorre a 50% de desconto, a renda familiar pode ser de até três salários mínimos por pessoa.

Quer saber quais instituições participam do PROUNI?

Conheça aqui, quais são as Universidades que aderiram ao Programa e oferecem cursos de graduação através do processo de seleção PROUNI.

Entenda qual a relação do PROUNI x ENEM

Notas de exames anteriores não são levadas em consideração, por isso vale lembrar que o estudante deve ter participado do ENEM 2018.

Outro fator importante é que o candidato deve ter obtido 450 pontos na média das áreas de interesse e pontuado acima de zero na produção textual.

Logo, não basta apenas participar do Exame Nacional do Ensino Médio. É muito importante se preparar e garantir uma boa pontuação.

Depois de pontuar e fazer bonito no ENEM; veja como participar da seleção:

Este ano, as inscrições e resultados já estão acontecendo, como você viu no início deste artigo, mas fique atento, pois o processo tem etapa única e ocorre logo no primeiro semestre do ano.

As inscrições são gratuitas e pela internet. Tudo bem simples! É só ficar atento à página do Programa para não perder nenhuma novidade.

Todo o processo é divulgado pela internet? Sim. Além de outros canais de comunicação.

Aos contemplados, agora nesta primeira ou segunda chamada, vale lembrar que as instituições participantes do programa podem divulgar os resultados nos murais informativos ou no próprio site.

Cabe, exclusivamente, aos interessados o acompanhamento de datas, prazos, horários e resultados da seleção.

Conferir o calendário, bem como informações, é essencialmente necessário em todo o processo.

Então, não custa lembrar aos pré-selecionados, agora em 2019, que o prazo na primeira chamada vai de 06 a 14 de fevereiro de 2019.

Entre os dias 20 e 27 de fevereiro será o prazo para a entrega da documentação e matrícula dos pré-selecionados na segunda chamada.

É preciso que o estudante, não selecionado em nenhuma duas primeiras chamadas, declare interesse (se houver) em participar da lista de espera.

Esse procedimento, também, acontece exclusivamente pelo site do PROUNI, nos dias 07 e 08 de Março.

Com resultado previsto para o dia 11, entre os dias 12 e 13 de março, os estudantes já devem comparecer às instituições para apresentar a documentação e efetuar matrícula.

Você pode conhecer mais sobre o processo, como critérios de desempate, requisitos para lista de espera, entre outros detalhes importantes, no site oficial do Programa ou acompanhando nossas novidades por aqui.

Mayara Barreto Arruda


Inscrições poderão ser feitas até o dia 14 de fevereiro de 2019.

Estão abertas a partir de hoje, dia 07 de fevereiro, as inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Os interessados em receber o empréstimo para pagar mensalidades de graduações em cursos oferecidos por instituições privadas terão até o dia 14 de fevereiro para se inscrever no programa do Governo Federal.

A seleção terá seu resultado divulgado no dia 25 de fevereiro.

Inscrições

A inscrição dos candidatos deverá, como nos anos anteriores, ser feita através da internet. O endereço para cadastro é o http://fiesselecao.mec.gov.br/. O estudante irá preencher seus dados, indicando o curso desejado, bem como a instituição de ensino privada e o turno de preferência. É possível registrar mais três possibilidades de graduação.

Atualmente, o Fundo de Financiamento Estudantil possui duas modalidades:

– O P-Fies, que é destinado a alunos com renda familiar per capita que varia entre três e cinco salários mínimos. Nesta modalidade, que não possui limite de vagas, os juros do financiamento variam de acordo com os bancos;

– O Fies, por outro lado, destina-se a alunos de famílias com renda mensal per capita de no máximo três salários mínimos. São 100 mil vagas anuais para esta modalidade, que conta com juro zero no financiamento.

Para ambas as modalidades é preciso ter obtido nota 450 (no mínimo) no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Também é necessário não ter recebido nota 0 na redação do mencionado exame.

Em relação ao P-Fies, houve uma mudança significativa em relação às convocações de 2018. No ano passado, a convocação era feita por ordem classificatória. Neste ano, porém, os alunos serão convocados de acordo com a ordem de inscrição. Portanto, aos interessados é interessante agilizarem suas inscrições, para evitar uma convocação tardia que poderá atrapalhar seu cronograma de estudos.

Critérios de seleção no Fies

A modalidade mais cobiçada do Fies, que aceita alunos oriundos de famílias com renda per capita mensal de até três salários mínimos, segue classificando os alunos de acordo com a nota obtida no Enem. A preferência é dada aos candidatos que (pela ordem):

– Não concluíram o ensino superior e não foram beneficiados pelo Fies;

– Não concluíram o ensino superior, mas já tiveram o financiamento anteriormente, estando com a dívida quitada

– Já concluíram uma graduação, tendo obtido financiamento estudantil na ocasião. A dívida também deve estar quitada.

No caso de empate, a ordem de classificação é estipulada seguindo os seguintes critérios:

1) maior pontuação na redação;

2) maior pontuação obtida na prova de linguagens;

3) maior pontuação obtida na prova de matemática;

4) maior pontuação na prova de ciências da natureza;

5) maior pontuação na prova de ciências humanas.

Não podem participar do Enem candidatos que estão com financiamento vigente. Também é vetado o ingresso de candidatos inadimplentes, seja com o Fies ou com o Programa de Crédito Educativo. O candidato poderá participar assim que regularize sua situação.

Prouni

O Programa Universidade para Todos (Prouni) 2019 divulgou na quarta-feira, dia 06 de fevereiro, a lista dos aprovados. Os candidatos podem acessar a lista no site www.siteprouni.mec.gov.br/.

Os aprovados devem se apresentar nas universidades em que conquistaram a vaga com os documentos solicitados para realizar a matrícula. O período para entrega da documentação se encerra no dia 14 de fevereiro.

A segunda chamada do Prouni está prevista para o dia 20 de fevereiro. A entrega dos documentos para os aprovados na segunda chamada ocorrerá entre os dias 20 e 27 de fevereiro.

Por fim, os não selecionados poderão aderir à lista de espera. Isso deverá ser feito entre os dias 07 e 08 de março, com resultado previsto para divulgação no dia 11 de março.

Em 2019, o Prouni recebeu cerca de 950 mil candidatos. São ofertadas mais de 243 mil vagas, maior número desde que o programa foi criado, em 2004.

Por Luís Fernando Santos


Inscrições até o dia 27 de fevereiro de 2019.

O Einstein Floripa Vestibulares, um cursinho popular gratuito da capital de Santa Catarina, está com inscrições abertas para interessados em fazem um curso focado na aprovação de vestibulares. Ao todo o cursinho oferece 120 vagas para o extensivo de 2019.

Sobre as inscrições

As inscrições começaram no dia 03 de fevereiro de 2019 e vão até às 23h 59min do dia 27 de fevereiro de 2019. O estudante interessado deve fazer a inscrição pelo site do cursinho (www.einsteinfloripa.xyz/ps-alunos), onde deve preencher uma ficha de inscrição que contém perguntas objetivas e dissertativas referentes a dados pessoais, incluindo questionário socioeconômico. Será cobrada taxa no montante de R$ 20,00 (vinte reais) para participação no processo seletivo.

O edital deixa claro que poderão participar de todo o processo seletivo candidatos de idade superior a 16 anos na data de início do processo seletivo, que já tenham cursado ou estejam cursando o terceiro ano do ensino médio em 2019, com renda familiar bruta per capita não superior a R$ 1.497,00, o que correspondente a 1,5 (um e meio).

Sobre a Seleção

A seleção dos candidatos ocorrerá em três fases. A primeira etapa é o preenchimento da ficha e a análise dos dados, buscando averiguar se o candidato se enquadra nos pré-requisitos.

A segunda etapa do processo seletivo é uma prova teórica. A prova será aplicada na data provável do dia 9 de março de 2019, sendo que o local será divulgado por meio da internet. A duração será de quatro horas, contando 60 questões objetivas de múltipla escolha, sendo que os conteúdos serão os seguintes: 12 questões de Língua Portuguesa e Literatura; 10 questões de Matemática; 07 questões de Física; 07 questões de Química; 07 questões de História; 07 questões de Geografia; 07 questões de Biologia; 03 questões de Filosofia e Sociologia. Cada uma das questões de múltipla apresenta 05 alternativas, das quais apenas 01 alternativa é correta. Serão considerados aptos a fazerem a entrevista individual, que é a terceira etapa, os 240 candidatos que ficarem mais bem colocados de acordo com a nota. A classificação será feita em ordem decrescente de nota.

A terceira etapa do processo seletivo é a análise do perfil do candidato, compreendendo triagem de documentos e entrevista individual. O local da entrevista individual também será divulgado por meio da internet. O período para escolha dos dias e horários para realização da entrevista e da entrega dos documentos será entre o dia 13 de março de 2019, após a divulgação dos aprovados da segunda etapa, até às 20h do dia 15 de março de 2019.

Os documentos que o candidato deve apresentar nessa terceira etapa são os seguintes: documento oficial com foto (podendo ser Carteira de Identidade, Carteira Nacional de Habilitação, etc); qualquer documento que identifique o número de CPF ou a emissão do comprovante de inscrição do CPF emitido no site da Receita Federal; comprovante de residência (água, luz, telefone, etc); comprovantes de renda que justifique a situação socioeconômica selecionada pelo candidato no preenchimento da ficha de inscrição; histórico escolar do ensino fundamental e médio ou equivalente; comprovante de término do ensino médio, se aplicável; duas fotos 3×4.

Para comprovar a renda são exigidos os seguintes documentos: Holerites ou equivalentes dos três meses anteriores à entrevista (dezembro, janeiro e fevereiro), de todos os membros integrantes do grupo familiar que recebam vencimentos; extrato de todas as contas bancárias (dos três meses anteriores à entrevista); comprovantes de outros tipos de rendimento (ações, ajuda financeira, etc); Cópia do(s) contratos de locação ou arrendamento(s) acompanhado(s) dos recibos dos três meses anteriores à entrevista; carteira de trabalho de todos os membros integrantes do grupo familiar, empregados ou não; contas de água e luz dos três meses anteriores à entrevista; declaração de Imposto de Renda de Pessoa Física acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal do Brasil e da respectiva notificação de restituição, quando houver.

Só serão convocados para a matrícula os candidatos que forem aprovados em todas as três etapas do processo seletivo.

Gabriel Bem


Inscrições podem ser feitas até o dia 3 de fevereiro de 2019.

Este é um momento de muita aflição, tanto para os candidatos do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), quanto para suas famílias, pois abriu na madrugada da última quinta-feira (31), as inscrições para a primeira edição do ano do Programa Universidade Para Todos (Prouni), que é aberto no início e no meio do ano.

Este ano, o Prouni teve recorde no número de bolsas abertas para os candidatos às vagas, contando com 243.888 bolsas de estudo em universidades privadas em todo o Brasil. E dentre estas, 116.813 são bolsas integrais e 127.075 são parciais, que foram disponibilizadas por 1.239 faculdades espalhadas pelo país.

Lembrando que para se candidatar, é necessário ir ao site do programa e inscrever-se, tendo até o domingo (3) para isso.

As datas que haviam sido divulgadas anteriormente pelo Ministério da Educação dos programas Sisu, Prouni e Fies, foram alteradas em razão da instabilidade que o sistema do Sisu 2019 estava apresentando, portanto, é importante ficar atento.

Cronograma Prouni 2019

É sempre importante ficar atento às datas quando se trata de programas assim como o Prouni, pois assim o candidato não corre o risco de perder a sua vaga em função da não apresentação de documentos ou qualquer outra falha na leitura do cronograma.

O início das inscrições é no dia 31 de janeiro, tendo seu encerramento em 3 de fevereiro, então neste período os candidatos devem se encaminhar ao portal do Prouni para fazer sua inscrição.

A primeira chamada daqueles que passarem se dará logo no dia 6 de fevereiro e a entrega dos documentos para que seja efetivada a matrícula deve ser feita entre o dia 6 e 14 do mesmo mês.

Depois há a segunda chamada que acontece no dia 20 de fevereiro e desde esta data até o dia 27 os candidatos deverão se apresentar na faculdade para entregar os documentos da matrícula.

Entre os dias 7 e 8 de março, aqueles que não passaram na primeira ou segunda chamada, poderão estar colocando seus nomes na lista de espera, cujo resultado sairá no dia 11 de março.

É muito importante estar atento tanto ao portal, quanto às listas divulgadas pelas faculdades nestes dias, porque muitas pessoas acabam perdendo a oportunidade por não verificarem as últimas notícias liberadas pela instituição à qual se inscreveram.

E também não se esqueça de participar da lista de espera se for o seu caso, porque muitos acabam desistindo por pensar que não têm chances de passar e, por este mesmo motivo, outros que estavam em posições não favoráveis, costumam ser alavancados.

O que é o Prouni e quem pode se inscrever?

O Programa Universidade para Todos tem como função disponibilizar bolsas parciais e totais em todo o país, que são liberadas por instituições de ensino superior privadas. E para participar do programa é utilizada a nota que o candidato obteve no Exame Nacional do Ensino Médio.

Contudo, existem alguns requisitos que os candidatos devem se enquadrar para ter direito às bolsas, como o requisito de renda, pois para bolsas integrais a renda familiar bruta mensal per capita deve ser de no máximo 1,5 salário mínimo, enquanto para bolsas parciais, esse valor sobe para 3 salários mínimos.

Além disso, o candidato precisa, necessariamente, preencher um dos seguintes requisitos:

  • ter feito todo o ensino médio em escola pública
  • ter sido bolsista integral durante todo o ensino médio em uma instituição de ensino privada
  • ter feito o ensino médio parcialmente em uma instituição de ensino privada, mas na condição de bolsista integral durante o período
  • ser portador de alguma deficiência
  • ser professor do corpo docente permanente de uma escola pública, sendo que neste caso não é aplicado o fator de renda familiar.

Marcio Augusto Veloso Filho


Interessados poderão se inscrever até o dia 6 de fevereiro de 2019.

A Pontifícia Universidade Católica de São Paulo lançou edital para o vestibular de verão 2019. As vagas são destinadas aos candidatos que prestaram as edições do Enem 2017 e 2018. A PUC recebe as inscrições até às 00:00h do dia 06 de fevereiro de 2019. Confira agora as principais informações acerca do vestibular de verão 2019 da PUC e veja como participar.

Alunos que desejam uma vaga em uma das melhores universidades do país já podem comemorar. Estão abertas as inscrições para o vestibular de verão da PUC 2019. Serão mais de 400 vagas divididas entre diversos cursos. Para ingressar na PUC utilizando a nota do Enem 2017 ou 2018 é necessário ter concluído o ensino médio até o final do ano passado e ter sido avaliado no Enem com nota igual ou superior a 450 pontos.

Inscrições

Os alunos classificados preencherão as vagas em cursos superiores da PUC logo no 1° semestre de 2019. Para se inscrever, os interessados precisam preencher o formulário no endereço http://www.nucvest.com.br/outros-ingressos/processo-seletivo-pucsp-2019-enem.html até o dia 6 de fevereiro e realizar o pagamento da taxa, no valor de R$30.

Os candidatos podem utilizar o resultado do Enem 2017 ou 2018, no entanto, para quem prestou a prova nos dois anos citados, é recomendado que se utilize o resultado do exame em que se obteve maior pontuação.

Resultado

Após o período de inscrição, a lista de seleção dos candidatos será divulgada a partir do dia 08 de fevereiro. As classificações serão feitas seguindo a ordem decrescente da nota do Enem e as matrículas serão recebidas nos dias 11 e 12 de fevereiro de 2019. Lembrando que só serão aceitas as matrículas dos candidatos convocados.

Matrícula

O candidato que for classificado e tiver o seu nome divulgado na listagem deverá comparecer no local, dia e hora indicados no site http://www.nucvest.com.br/outros-ingressos/processo-seletivo-pucsp-2019-enem.html para realizar a matrícula, portando os seguintes documentos: CPF, documento de identificação com foto; comprovante de residência; certificado de conclusão do ensino médio; histórico escolar do segundo grau; duas fotos 3×4 recentes e idênticas, além de comprovante de pagamento da matrícula.

Cursos

No ato da inscrição, os interessados precisam optar por um dos cursos disponíveis. Não haverá possibilidade de alteração da opção do curso após o envio do formulário. O candidato poderá escolher um dos seguintes cursos: Arte, História e Curadoria; Administração; Ciências Contábeis; Ciências Atuariais; Ciências Econômicas; Ciência da Computação; Comunicação e Artes do Corpo; Ciências Sociais; Comunicação Social- Publicidade e Propaganda; Comunicação e Multimeios; Enfermagem; Design; Engenharia Civil; Engenharia Biomédica; Filosofia; Engenharia de Produção; Fonoaudiologia; Fisioterapia; Jornalismo; História; Letras- Língua Portuguesa; Letras: Língua Inglesa- Tradução; Serviço Social; Teologia e Pedagogia.

Sobre a PUC

A PUC é uma universidade católica, de ensino privado e é mundialmente conhecida por sua excelência de ensino e tradição. Em 2018, a Instituição foi classificada como a 21° melhor Universidade da América Latina no “QS World University Rankings". No Brasil, a PUC foi classificada como a 5° melhor universidade, de acordo com esse mesmo ranking.

A Universidade, que é mantida pela Fundação São Paulo, possui unidades de ensino em 5 campi nas localidades de Marquês de Paranaguá, Monte Alegre, Sorocaba, Santana e Ipiranga. Além de Instituição Privada, a PUC é confessional e Filantrópica.

A PUC é uma das universidades Brasileiras mais concorridas e, por esse motivo, o ingresso pode ser muito difícil. Recentemente, a instituição adotou o Enem como forma de ingresso e utiliza o resultado do exame como critério avaliativo. O novo modelo não tornou o acesso mais fácil. No entanto, o ensino é de alta qualidade e todo esforço para estudar na PUC é recompensado.


Aprovados devem realizar as matrículas entre os dias 30 de janeiro e 4 de fevereiro de 2019.

Fala, galera! Hoje é um dia muito importante para você que se preparou e deu o seu melhor no ENEM 2018.

Já com a nota em mãos, tenho certeza que seu desejo agora é ingressar nas universidade públicas do ensino superior, não é mesmo? Para isso é preciso seguir algumas etapas e, principalmente, não se esquecer de algumas datas e regras essenciais nesse processo.

Por isso, separamos aqui para vocês algumas informações importantes para quem está à espera da lista do Sisu 2019.

Como previsto no edital, as inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) encerram neste domingo, dia 27, às 23h59.

Ansioso para saber o resultado? Calma! A lista de aprovados deve sair ainda hoje. Isso mesmo! Dia 28 de Janeiro. No site http://sisu.mec.gov.br/. Você poderá acompanhar as novidades e resultado da seleção.

O resultado do Sisu também pode ser consultado no na Central de Atendimento do MEC, no telefone 0800-616161.

Para quem receber a boa notícia da aprovação, o indicado é comparecer às universidades a qual foram selecionados, em horário e com os documentos necessários para efetuar a matrícula.

O processo de matrícula ocorrerá de 30 de Janeiro a 04 de Fevereiro.

Mais de 129 instituições ofereceram vagas em todo o país. Foram no total 235.461 oportunidades.

Anote aí para não esquecer! Datas das próximas etapas do Sisu:

  • 1ª chamada: 28 de janeiro

  • Matrículas da 1ª chamada: 30 de janeiro a 4 de fevereiro

  • Inscrição na lista de espera: 28 de janeiro a 4 de fevereiro

  • Convocações de outras chamadas: a partir de 7 de fevereiro

Apesar de tantas vagas, sabemos que nem todos são contemplados, então, não desanime. Para quem não for convocado agora, nesta primeira chamada, pode se inscrever na lista de espera entre os dias 28 e 04 de Fevereiro. Legal, não acha?

Mas atenção: as regras de inscrição na lista de espera deste ano mudaram.

Até o ano passado, o candidato a uma vaga no ensino superior poderia escolher duas opções de curso podendo desistir da segunda opção para ficar na lista de espera da primeira.

O que mudou?

O candidato que escolheu duas opções e for chamado em uma das duas opções, não poderá se inscrever para a lista de espera de outra opção.

Se ele não for selecionado, poderá ficar na lista de espera de apenas uma das suas opções de curso. As convocações de outras chamadas estão previstas para ocorrer a partir de 7 de fevereiro.

Para o MEC essa mudança dará "maior liberdade de escolha para os estudantes não selecionados na chamada regular dos processos seletivos do Sisu".

Ainda de acordo com o ministério, essas mudanças diminuíram a ociosidade das vagas e, consequentemente, permitirá que todos os estudantes estejam matriculados antes do período letivo.

Como me inscrever na Lista de espera?

O candidato deve acessar o sistema durante o período especificado no calendário e, em seu boletim, selecionar o botão que corresponde à confirmação de interesse em participar da lista de espera do Sisu.

Cabe às próprias instituições de ensino a convocação dos candidatos para a matrícula. Assim, é importante que os candidatos acompanhem as convocações da lista de espera junto à instituição na qual tenha manifestado interesse.

Para quem não for selecionado e deseja tentar outras formas de ingresso às universidades, a dica é tentar por financiamentos como o FIES 2019. As Inscrições vão de 7 a 14 de fevereiro de 2019. Outra maneira de conseguir garantir uma vaga no ensino superior é o programa EducaMais Brasil, que oferece bolsas de até 75% para cursos em diversas modalidades. Enfim, não faltam oportunidades para você começar a conquistar sua formação profissional.

Ainda restou alguma dúvida sobre a inscrição do Sisu? Comente que iremos te responder.

Mayara Barreto Arruda


Prorrogação do Sisu altera datas do Prouni e Fies 2019.

Com as datas anteriormente marcadas, tanto o Prouni, quanto o Fies, tiveram os dias da inscrição adiados pelo Ministério da Educação.

Nesta sexta-feira, dia 25 de janeiro, os calendários relativos ao primeiro semestre do ano de 2019, tanto o Prouni (Programa Universidade para Todos), quanto o Fies (Fundo de Financiamento Estudantil), foram adiados, tendo sido essa medida publicada no DOU (Diário Oficial da União).

De acordo com o MEC, a decisão de se adiar as datas, foi em prol de se melhorar o acesso em decorrência do elevado tráfego existente e de garantir o acesso e a inscrição de todos os estudantes e também, pois, os mesmos vinham tendo dificuldades para finalizar a inscrição e realizar alterações nas opções de cursos. Segundo alguns alunos, o sistema demorava para abrir e também, o login da página não estava finalizando de forma correta.

Com isso, o Prouni, que, inicialmente abriria as suas inscrições no dia 29 de janeiro, foi adiado para o dia 31 de janeiro. Já o Fies, que inicialmente tinha a data de 5 de fevereiro para abrir as inscrições, foi adiado para o dia 7 de fevereiro.

PRORROGAÇÃO DO SISU 2019

O MEC informou nessa última quinta-feira, em uma declaração, que o sistema do Sisu (Sistema de Seleção Unificada) se encontrava sólido e que a vagarosidade que tinha sido registrada, era em decorrência ao grande volume de acessos que estavam acontecendo todos de uma única vez.

Entretanto, em decorrência desses problemas que haviam sidos registrados, houve uma determinação para que se prorrogasse a data das inscrições. Ao invés de se encerrarem no dia 25 de janeiro, de acordo com as regras, o sistema passará a receber as inscrições até o dia 27 de janeiro (domingo), até às 23:59hs.

De acordo com a publicação na íntegra da nota, o Ministério da Educação prorrogou as inscrições do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) até às 23:59hs do próximo domingo, 27, com finalidade de garantir o acesso e a inscrição de todos os estudantes.

Segundo o MEC, o sistema vinha funcionando de forma equilibrada na quinta-feira, 24, e a demora eventual que foi registrada veio em resultado do alto volume de acessos. O MEC fez todo o possível para que o sistema continuasse funcionando de forma correta.

Foi informado também, que a partir do dia 24 de janeiro, as notas de corte serão atualizadas à zero hora e não mais, como teria sido informado anteriormente, em quatro horários ao longo do dia (7h, 12h, 17h30 e 20h). Tudo isso estava sendo feito de modo a não prejudicar os estudantes.

Ainda, segundo o Ministério da Educação, na segunda-feira, dia 28, sairá o resultado da seleção. Este foi preservado de acordo com o calendário que havia sido divulgado antes.

PROUNI – NOVAS DATAS

• Início das inscrições: 31 de janeiro

• Término das inscrições: 3 de fevereiro, às 23:59hs

• Primeira chamada: 6 de fevereiro

• Entrega da documentação para assegurar a matrícula: 6 a 14 de fevereiro

• Segunda chamada: 20 de fevereiro

• Entrega da documentação para assegurar a matrícula: 20 a 27 de fevereiro

• Aceitação à lista de espera: 7 e 8 de março

• Resultado da lista de espera: 11 de março

• Entrega da documentação para assegurar a matricula: 12 e 13 de março

FIES – NOVAS DATAS

• Início das inscrições: 7 de fevereiro

• Término das inscrições: 14 de fevereiro, às 23:59hs

• Resultado da pré-seleção do Fies e P-Fies: 25 de fevereiro

• Complementação da inscrição: 26 de fevereiro a 7 de março, às 23:59hs

• Pré-seleção da lista de espera: 27 de fevereiro a 10 de abril, às 23:59hs

• Término da inscrição no FiesSeleção: 28 de fevereiro a 11 de março, às 23:59hs

Texto escrito por Carol Wurlitzer


As inscrições para o Sisu ficam abertas até o dia 25 de janeiro de 2019.

Novo processo seletivo para ingresso no ensino superior está sendo aberto. Trata-se do período de inscrições Sisu de 2019. Neste artigo, serão inseridas as informações essenciais sobre os vestibulares e mais um tutorial para auxiliar o aluno no procedimento de cadastro de inscrição, no Sisu de 2019.

Em primeiro lugar, o que é o Sisu e como o mesmo funciona?

Trata-se de um Sistema de Seleção Unificada, cujo título é conhecido pela sigla Sisu, sendo um programa do próprio MEC, Ministério da Educação e da Cultura, elaborado para garantir a disponibilização de diversas cadeiras, para estudantes, nas mais diferentes universidades em todo o Brasil.

Assim que foi divulgado o resultado do Enem de 2018, todos os alunos necessitam manter-se atentos à inscrição no Sisu de 2019, já que é por meio deste processo que os estudantes poderão garantir o ingresso nas Universidades públicas, sendo o Sisu o principal meio de acesso às instituições de Ensino Superior, públicas e de qualidade, no Brasil.

Por meio do Sisu são automatizadas todas as notas, no sentido de se classificar os estudantes, vestibulandos, de modo a conduzi-los à inscrição. Porém, é imprescindível ter participado do Enem 2018, para que seja possível concorrer a uma das vagas existentes no curso e na Universidade optada.

O itinerário desse programa do Sisu de 2019 é o seguinte:

De acordo com o edital já divulgado por meio do MEC, e conforme as datas confirmadas para o processo do Sisu de 2019, seguem as informações para a inscrição e a realização das matrículas:

O período de matrículas se dará entre os dias 22 de janeiro e 25 de janeiro de 2019, às 23h59. A prova de primeira chamada está agendada para o dia 28 de janeiro.

As matrículas dos estudantes, aprovados na prova de primeira chamada, se darão entre os dias 28 de janeiro e 4 de fevereiro de 2019.

Todos os interessados deverão manifestar seu interesse na lista de espera, entre os dias 30 de janeiro e 4 de fevereiro de 2019.

Todas as demais convocações de chamadas se darão a partir do dia 7 de fevereiro de 2019.

O procedimento para cadastro de inscrição no processo do Sisu de 2019 é o seguinte:

O primeiro passo será verificar se realmente o estudante tem direito a participar do Sisu de 2019, sendo o requisito básico o acadêmico ter alcançado uma nota acima de zero na parte de redação, no Enem de 2018.

Exatamente como em todos os anos anteriores, cada estudante que esteja em situação regular, conforme o descrito acima, terá direito de cadastrar a inscrição para até duas vagas, embora seja obrigatório deixar claro qual a ordem de preferência e o turno de aulas.

Todo estudante também deverá definir com precisão a modalidade na qual se enquadra, ou seja, dentro da ampla concorrência ou dentro dos critérios de raça ou situação social.

Assim:

O primeiro passo será o cadastro de inscrição por meio do site oficial do programa: http://sisu.mec.gov.br. Observação: a inscrição é inteiramente gratuita e isenta de quaisquer taxas.

O segundo passo será o preenchimento dos campos no formulário, no qual o estudante deve selecionar duas opções, no máximo, de curso e confirmar.

O terceiro passo será a conclusão e conferência de todo o procedimento, item por item.

Finalizando, entre os dias 30 de janeiro e 7 de fevereiro de 2019, todos os estudantes deverão manifestar interesse em alguma das vagas para a qual os mesmos não tenham sido aprovados na prova de primeira chamada, porém, será permitido somente marcar o curso escolhido na 1ª opção registrada na inscrição.

Para mais informações e atualizações, acesse o site: https://www.enem2019.top/inscricoes-sisu-2019.

Por Paulo Henrique dos Santos

Sisu


Prazo de inscrições termina no dia 20 de janeiro de 2019.

Estão abertas as inscrições para o vestibular 2019/1ª via por meio do Exame Nacional do Ensino Médio ( ENEM). A oportunidade é para os campi de Leopoldina e Divinópolis, e o prazo permanece apenas até o dia 20 de janeiro.

Para participar do processo, o interessado deve ter realizado o ENEM 2017 ou 2018 e também ter atingido a pontuação mínima de, pelo menos, 450 pontos nas provas objetivas, além de 500 na redação. Que tal aproveitar a oportunidade?

A expectativa é que os resultados sejam divulgados no dia 28 de janeiro e o prazo para recurso é até o dia 29. Os interessados devem ficar atentos, pois a lista de aprovados no processo deve ser divulgada no dia 30 de janeiro, após às 18h. A pré-matrícula dos candidatos está prevista para ocorrer de forma virtual entre os dias 11 e 13 de fevereiro de 2019. Presencialmente, a matrícula está prevista para o dia 13 também.

Para Divinópolis, estão sendo oferecidas 72 vagas, sendo 36 para o curso de engenharia de computação e o restante para design de modas. Para o campus de Leopoldina, são 30 vagas para o curso de engenharia de computação.

Para fazer a sua inscrição no Campus de Leopoldina é só acessar: https://www.vestibular.cefetmg.br/processos/20191_SUPL.

Campus Divinópolis: https://www.vestibular.cefetmg.br/processos/20191_SUPD.

Dicas de estudos para o ENEM

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é a principal porta de entrada para várias Universidades Públicas do Brasil. O estudante deve manter o foco nos estudos, a fim de garantir uma boa pontuação para conseguir entrar na Universidade que almeja.

Frequentar cursinhos e estudar por meio de apostilas específicas para o ENEM é fundamental para o aprendizado. Nas aulas, os professores trabalham cada conteúdo de forma direcionada, o que facilitará o aprendizado.

Nas aulas, também, os professores abordarão os principais tópicos de cada disciplina para o ENEM, e o estudante poderá compreender o estilo de prova.

Durante os estudos, o estudante deve montar um cronograma com as disciplinas que serão estudadas no dia. Ele deve separar um tempo para rever o que foi aprendido em sala de aula, para que o conteúdo possa permanecer na memória.

Fazer exercícios e resolver as últimas provas do ENEM também é essencial. Por meio da resolução de questão, por exemplo, o estudante poderá identificar as suas dificuldades e tentar sanar os seus pontos fracos até o dia da prova.

Simulados também devem fazer parte da preparação. Por meio desse tipo de prova, o estudante poderá ter uma noção real de como está o seu desempenho. Para isso, ele deve encarar os simulados como se fossem, realmente, as provas do ENEM. Ao fazer o simulado, não se esqueça de cronometrar o tempo, para saber como está em cada disciplina.

A redação também é outro diferencial. Não basta apenas ir bem na prova objetiva, pois a redação no ENEM pode fazer a diferença para conquistar a vaga no curso almejado. A dica é começar a treinar redação o quanto antes, para ganhar conhecimento no conteúdo e aprender a estruturar redação de acordo com as regras exigidas. Na correção, fique atento ao feedback para saber em que precisa melhorar.

O estudante deve separar tempo para ficar com a família e os amigos. Descansar a mente também é importante para o aprendizado e para renovar as energias. Equilíbrio é fundamental para conquistar o sucesso em qualquer área.

Durante as aulas, o estudante deve preocupar em compreender o conteúdo e não ter medo de perguntar para tirar as dúvidas, pois pode vir a ser uma questão de prova, por exemplo.

Com dedicação, foco e força de vontade o estudante vai conseguir tirar uma boa nota no ENEM e conquistar a vaga no curso almejado.

Compartilhe a notícia com os seus amigos e boa sorte nos estudos!

Por Babi


Inscrições podem ser feitas até o dia 22 de janeiro de 2019.

A UNIFESP, Universidade Federal de São Paulo de Diadema, está com inscrições abertas para o processo seletivo do Cursinho Pré-Vestibular Social, CIUNI. Os interessados têm até o dia 22 de janeiro de 2019 para se inscrever pela internet. O cursinho é exclusivamente voltado para estudantes de baixa renda, que vão concluir o Ensino Médio no próximo ano em escolas públicas ou que já concluíram. Sendo que serão priorizados os candidatos residentes no município de Diadema e Grande ABC.

Sobre as vagas e Inscrições

O CIUNI Diadema está oferecendo 55 vagas, distribuídas de acordo com a seguinte proporção: 10% das vagas (seis vagas) destinadas a ex-alunos(as) do CIUNI Diadema; 50% das vagas (vinte e sete vagas) destinadas a candidatos autodeclarados pardos, indígenas e pretos; 40% das vagas (vinte e duas vagas) destinadas à ampla concorrência. Segundo informado, as vagas não preenchidas serão redistribuídas considerando a proporção de vagas adotadas.

Não há limite de idade para a realização da inscrição. Apesar disso, o interessado precisava ficar atento a algumas restrições, são elas: os candidatos deve ter disponibilidade de horário para as aulas que estão prevista de ocorrer de segunda a sexta das 18h00 às 22h30, e aos sábados das 10h às 16h. Não serão aceitas inscrições de candidatos que cursam ou concluíram Ensino Superior; que estejam regularmente matriculados em outro cursinho pré-universitário, privado ou popular, no ano de 2019; e que cursam ou concluíram o ensino médio em escolas particulares, ainda que bolsistas integrais ou parciais.

As inscrições serão feitas exclusivamente na forma online, pelo link: bit.ly/CIUNI-2019. Elas começaram no dia 15 de dezembro de 2018 e vão até o dia 22 de janeiro de 2019, às 23h59. O edital informa que não será aceita nenhuma inscrição fora do período descrito acima.

Sobre o processo seletivo

O processo seletivo será composto de quatro etapas, que são as seguintes: declaração de situação socioeconômica da família, pré-seleção, estudo de renda familiar e apresentação e confirmação de interesse.

A primeira etapa, declaração de situação socioeconômica do grupo familiar, será realizada através do preenchimento da planilha que está disponível no seguinte link: bit.ly/PLANILHADF-2019. Após o seu correto preenchimento, seguindo as instruções, o interessado deverá enviar a planilha para o e-mail: ciuni.diadema@gmail.com, com a identificação no assunto: “PS Alunos– 2019”, no período de 15 de dezembro de 2018 a 22 de janeiro de 2019 às 23h59.

Na pré-seleção será realizado um levantamento em que serão consideradas as informações obtidas na inscrição online. Os alunos serão classificados seguindo os seguintes critérios: a) Renda per capita familiar; b) Tempo de conclusão do ensino médio; c) Modalidade de ensino do ensino médio cursada pelo candidato (ENCCEJA/EJA/Supletivo; Ensino Médio regular; Ensino Médio técnico/ETEC/IFE, em ordem de prioridade); d) Local de residência do candidato. Em caso de empate, o critério adotado será: a) A menor renda per capita; b) O maior tempo de conclusão do ensino médio; c) Candidato munícipe de Diadema. Serão pré-selecionados duzentos e oitenta (280) candidatos.

Já na terceira fase o candidato deve entregar a documentação obrigatória, que deverá ser realizada nos dias 29 ou 30 de janeiro de 2019, das 16h às 20h, na Fundação Florestan Fernandes. O objetivo é confirmar as informações prestadas na inscrição online, caso a documentação não seja entregue, o candidato será desclassificado da próxima etapa.

Na última etapa somente serão convocados os candidatos que entregaram corretamente a documentação e não apresentaram inconsistências. Esses deverão assinar a apresentação e confirmação de interesse (ACI). A lista dos candidatos convocados para a ACI será divulgada no dia 18 de fevereiro de 2019, na página e perfil do CIUNI Diadema no Facebook. Os candidatos(as) convocados(as) deverão agendar a ACI entre 18 e 21 de fevereiro de 2019, até às 12h.

No dia 04 de março de 2019, será divulgada na página e perfil do CIUNI Diadema no Facebook a lista de candidatos convocados para a matrícula da primeira chamada e a lista de espera para a segunda chamada.

Gabriel Bem


Confira aqui a lista de instituições de Minas Gerais com vagas no Sisu 2019.

Se você mora no estado de Minas Gerais e está buscando uma vaga em uma universidade federal, você está entre as pessoas com mais chances de conseguir a vaga dentre os milhões de brasileiros. O motivo disso é que, dentre as 26 unidades federativas que estão disponibilizando vagas em 2019, Minas Gerais é a que tem o maior número de universidades cadastradas.

Nada menos do que dezenove institutos e universidades têm vagas distribuídas em sessenta municípios do estado das Minas Gerais. Se você estudou em escolas públicas terá direito a participar do processo seletivo como cotista.

Veja abaixo algumas instituições onde você poderá se inscrever no SiSU 2019:

CEFET de Minas Gerais

O Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET – MG), fundado há 108 anos (em setembro de 1910), está com setecentas e duas vagas disponíveis. Dessas vagas, trezentas e cinquenta e uma são para estudantes cotistas. Há vagas para duas unidades de Belo Horizonte e para unidades dos municípios de Curvelo, Araxá, Varginha, Timóteo, Nepomuceno, Leopoldina e Divinópolis.

IFTM

O Instituto Federal do Triângulo Mineiro, fundado há 10 anos (em dezembro de 2008), está oferecendo setecentas e noventa e cinco vagas. Dentre elas, quatrocentas e setenta e sete são oferecidas pela Lei de Cotas e quarenta e seis para ações afirmativas.

IFMG

O Instituto Federal de Minas Gerais tem mil e quinze vagas disponíveis. Dentre essas vagas, quinhentas e doze são para estudantes cotistas.

UNIMONTES

A Universidade Estadual de Montes Claros, fundada há 56 anos (em maio de 1962), está com a oferta de mil cento e sessenta e nove vagas. Dentre essas, são quinhentas e sessenta e seis vagas para ações afirmativas.

UNIFAL

A Universidade Federal de Alfenas, fundada como “Escola de Farmácia e Odontologia de Alfenas” há 104 anos (em abril de 1914) e rebatizada para UNIFAL – MG há 13 anos e meio (em julho de 2005), está oferecendo mil e cinquenta e sete vagas no total. Dentre elas, serão quinhentas e vinte e nove reservadas para estudantes cotistas.

UFMG

A Universidade Federal de Minas Gerais, universidade com 91 anos de história, fundada no dia do 105º aniversário da declaração de independência do Brasil (em 7 de setembro de 1927), tem três mil, cento e sessenta e sete vagas disponíveis, sendo três mil, cento e setenta e duas delas para candidatos cotistas.

UFU

A Universidade Federal de Uberlândia, fundada há 62 anos (em janeiro de 1957), tem três mil, duzentas e dezenove vagas para 2019. Dentre essas vagas, mil, seiscentas e dezoito são destinadas à Lei das Cotas.

As vagas estão distribuídas em vários campi. Os locais onde as vagas estão distribuídas são: Câmpus de Santa Mônica, Câmpus Educação Física e Câmpus Umuarama, localizados no município de Uberlândia; Câmpus de Monte Carmelo; município de Patos de Minas; e Câmpus de Pontal, que fica em Ituiutaba.

UFTM

A Universidade Federal do Triângulo Mineiro, fundada há 65 anos (abril de 1953) como Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro e depois rebatizada para Universidade Federal do Triângulo Mineiro, está oferecendo para o ano que entra, nada menos do que novecentas e oitenta e quatro vagas. Desse total, serão quatrocentas e noventa e três vagas reservadas para cotistas. Se você for aprovado para iniciar seus estudos nessa universidade, você estudará em um dos seguintes locais: Centro Educacional, Unidade I, Unidade Manoel Terra, Hospital das Clínicas – Uberaba; e Iturama.

UFVJM

A Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, fundada há 65 anos (em setembro de 1953) com o nome de Faculdade de Odontologia de Diamantina, mudou de nome há 13 anos (em setembro de 2005) para o seu nome atual. Esta universidade está oferecendo seiscentas e trinta e nove vagas no total. Desse total, serão trezentas e trinta e três vagas validadas pela Lei de Cotas.

Como Se Inscrever?

Para se inscrever você precisa ter feito o ENEM em 2018. Veja informações detalhadas diretamente no site do MEC clicando aqui. ​​​​

Por Bruno Rafael da Silva


Inscrições poderão ser feitas entre os dias 29 de novembro e 13 de dezembro de 2018.

O período de férias está próximo e com ele a temporada de vestibulares. Recentemente, entre outros processos seletivos, foi aberto o Vestibular 2019 da Uncisal.

O período de cadastro de inscrições iniciou no dia 29 de novembro e se estenderá até o dia 13 de dezembro de 2018. Este é o novo vestibular promovido pela Universidade Estadual de Ciências da Saúde do Estado de Alagoas, Uncisal, ou o Vestibular na edição de 2019. O registro de inscrição deverá ser efetuado por meio do site do da banca organizadora Cespe/UnB, responsável pelo andamento do processo, e os todos os alunos candidatos deverão pagar uma taxa estipulada no valor de 190 reais.

Sobre a solicitação de isenção de taxa para o Vestibular Uncisal 2019, seguem as informações:

Todos os estudantes que possuem uma renda de até um salário mínimo mensal, ou que estejam desempregados, ou sejam doadores de sangue, poderão solicitar o direito de isenção de taxa durante o período das inscrições. Entre todas as condições citadas, será necessário residir no Estado de Alagoas há, no mínimo, dois anos. São condições essenciais para se conquistar o direito de isenção.

A Universidade Estadual de Ciências da Saúde do estado de Alagoas também concederá, por meio de seus gestores, direito a um desconto no mesmo valor da inscrição destinado aos candidatos oriundos da rede pública de educação, colégios públicos, ou para os bolsistas estudando na rede privada de ensino. Todos os estudantes que se enquadrarem neste mesmo requisito pagarão menos da metade do valor da taxa, ou seja, 70 reais.

De acordo com o que está estabelecido neste Edital do Vestibular, a partir do dia 20 de dezembro de 2018 será publicado o resultado definitivo dos pedidos de isenção ou de redução de taxa. Deste modo, o prazo final para o pagamento será o dia 28 de dezembro de 2018.

Sobre as provas deste vestibular, as mesmas serão realizadas entre os dias 12 e 13 do mês de janeiro de 2019, e os locais de realização serão divulgados no dia 7 do mesmo mês. A cada dia de prova, serão 60 questões objetivas a serem resolvidas e os conteúdos programáticos a serem ministrados são os de ensino médio e no segundo dia, além da prova, também será realizada uma prova de redação.

Sobre as vagas e os resultados, seguem as informações:

Serão 490 vagas abertas, destinadas aos cursos superiores, das quais 50 estão reservadas para a área de Medicina. A universidade oferecerá, também, vagas para os cursos de Enfermagem; de Fonoaudiologia; de Fisioterapia; de Terapia Ocupacional; de Radiologia; de Gestão Hospitalar; de Tecnologia de Alimentos; de Segurança no Trabalho e no curso de Sistemas para internet.

As vagas disponíveis previamente são destinadas aos candidatos oriundos da rede pública de ensino. Deste modo, para concorrer dentro do citado sistema de cotas será necessário ter cursado entre 6º e 9º ano do ensino fundamental e também todo o ensino médio em alguma escola pública.

Junto deste benefício, todos os cotistas terão direito de receber o bônus de 5% em sua pontuação final neste mesmo vestibular. Para o caso dos candidatos que estudaram apena no ensino médio em rede pública de ensino, o bônus será de 4%.

Assim, o resultado definitivo, com a relação total dos estudantes aprovados, deverá ser publicado no dia 1º de fevereiro de 2019. O período de matrículas se dará entre os dias 4 e 8 do mesmo mês de fevereiro de 2019.


Provas serão aplicadas no dia 25 de novembro de 2018.

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense aplicará a segunda fase das provas do Vestibular 2019, válidas para o primeiro semestre.

Para quem gosta de dormir é bom prestar atenção nos horários, já que a prova terá início às 8:30, entretanto, são exigidas a pontualidade de no mínimo uma hora, ou seja, 7 horas e 30 minutos deverão já estar no local onde serão realizadas as provas.

Vale lembrar que não basta apenas levar os documentos de identidade, o cartão de confirmação e caneta esferográfica de tinta preta, como são exigidas também para prestar o ENEM.

Exigência da prova

Como de costume, é exigida uma prova de redação para poder ser redigida com clareza, objetividade, argumentação precisa e solução para o problema apresentado. A segunda fase é válida para os seguintes cursos: Arquitetura e Urbanismo, Música e Design Gráfico.

A prova tem caráter simples, já que para passar à segunda fase do IFF era necessário ao menos ter acertado 20% da prova, sem ter zerado nenhuma das questões de conhecimento. Nesta segunda fase, a prova terá duração máxima de duas horas.

Vagas e o resultado

Neste ano serão ofertadas cerca de 522 vagas, sendo que a metade será destinada a pessoas que possuem cotas, além de estudantes de escolas públicas, pretos, pardos, indígenas e quem possui algum tipo de deficiência, seguindo as normas protocolares da maioria das universidades.

O resultado final sairá no dia 13 de dezembro e o prazo de matrícula serão entre os dias 13 e 15 de janeiro.

Dicas para se dar bem na prova

Uma das questões mais complicadas para todo estudante que quer passar em uma universidade federal é justamente como vai se preparar para a prova.

A tão temida prova não tem erro, mas é necessário preencher certos requisitos fundamentais para se sair bem nos vestibulares no geral. O primeiro deles são os mapas mentais.

Os mapas mentais servem como organogramas ou nas categorias de lógica, ou seja, existe um parâmetro a ser seguido para conseguir extrair todo conteúdo que deve ser revisado, aprimorado e entendido da melhor forma possível.

Além disso, estes mapas servem como auxiliadores para fugir um pouco do habitual, ao invés de ler muito e entender pouco. Vale recordar que antes de mais nada, o que vale a um estudante não é válido para outro, ou seja, cada caso é um caso.

Para questões que envolvem exatas, é necessário ver os conhecimentos mais complicados de serem compreendidos logo de cara, entre eles, matérias de química do terceiro ano como hidrocarbonetos e funções químicas, matérias que normalmente a maioria dos candidatos possuem certa dificuldade.

Na tão temida física, é bom recordar temas como movimento retilíneo uniforme, movimento retilíneo uniforme variado, óptica e toda parte dos circuitos elétricos.

Na parte de matemática é válido recordar tanto geometria espacial quanto analítica, onde a maioria dos estudantes possuem um grau de dificuldade maior, assim como questões de trigonometria, que são cobrados em extrema frequência, eliminando muitos alunos por não compreenderem da maneira correta o problema apresentado.

Quanto as questões de linguagens, é válido dividir em duas grandes partes. A primeira parte é ler bastante todas as questões (isso em sua preparação) para chegar na hora da prova e aguentar o pique das perguntas complicadas e sugestivas que induzem o candidato ao erro a todo instante.

Na segunda parte é bom recordar as questões ambíguas e interpretar Mafalda, Haron e Calvin com perfeição.

A partir dessas dicas é possível que o candidato saia melhor preparado e, por conseguinte, saia das provas mais tranquilo e com a consciência de que realizou um grande exame, com chances de passar sem maiores dificuldades, independente do resultado de seus concorrentes.

Thalles Cakan


Mudanças podem ocorrer devido ao Novo Ensino Médio.

Assunto que tem gerado muita discussão entre professores e alunos, o novo ENEM já começa a traçar mudanças significativas que variam de cada candidato que prestará o exame futuramente.

De acordo com o novo modelo, o exame passará a ser realizado em duas grandes e importantes etapas. A primeira já conhecida por muitos, seriam as provas gerais, ou seja, Linguagens, Matemática, Ciências da Natureza e a uma novidade, a Formação Técnica e Profissional.

O segundo dia ficará por conta da necessidade do candidato de escolher sua carreira no mercado de trabalho, em outras palavras, o estudante realizará a prova de acordo com as matérias preferidas, tendo assim as chances de entrar em uma universidade com mais facilidade.

Prós

Um dos temas que possibilitam a discussão aberta é justamente a escolha de cada candidato, no que se sente mais facilidade. A atual prova exige conhecimentos que o futuro universitário precisa ser ‘convencido’ a estudar mesmo não tendo tanta afinidade, tornando o exame mais difícil e complicado de ser passado e entendido da melhor forma possível.

Este sistema pode ajudar o candidato a tornar a educação brasileira mais competitiva com os chamados países de primeiro mundo e até mesmo se alinhar no ranking da educação em comparação com nossos vizinhos sulamericanos.

Contras

Para pessoas que já terminaram a faculdade ou que estão iniciando sua carreira acadêmica, seria um tanto complicado ter repassado tamanho conteúdo.

Neste sistema pode se tornar mais fácil o nível da prova e aumentar ainda mais a concorrência em níveis de afinidade e não em seu geral, o que é bastante complicado em nossa sociedade.

Um dos problemas analisados é justamente a capacidade que o aluno poderá ter ao realizar a prova, pois vai exigir que essa ‘afinidade’ tenha uma obrigação mais do que extrema de passar no ENEM e consequentemente se dar bem no mercado de trabalho.

O termo geral passará a ser específico, tornando matérias complicadas como exatas (a maioria dos estudantes preferem evitar), apenas um grupo de palavras, deixando de ser ‘obrigada’ e passando a ser apenas complementar.

Outras considerações

Vale lembrar que muitos estudantes reclamam da prova ser longa e extensa, com leituras complicadas e as famosas pegadinhas são um problema a parte dos candidatos como num todo, exigindo um nível de ambiguidade e solução de modo prático e rápido, já que em média temos apenas 3 minutos para resolver cada questão.

Não adianta tentar solucionar o modelo de aprendizado, sendo que o peso maior está no próprio berço e história que o país carrega. É válido alternativas, mas se os primeiros contatos (creche e escola) não dão aval necessário para melhorar o cenário educacional de nosso país, será complicado de adotar um sistema que permite um comodismo a parte dos estudantes nos seus diferentes níveis de conhecimento.

Um dos passos para mudar tal situação é utilizar técnicas que estimulem raciocínio rápido, leituras de grandes textos contextualizadas de maneira mais eficiente, mapas mentais, sudoku e kakuro (matemática principalmente em operações simples), gibis, textos teatrais, folclore, fábulas para estimularem possíveis soluções para histórias indecifráveis como Dom Casmurro e Memórias Póstumas de Brás Cubas.

Educação a distância

Outro problema apresentado é que os estados poderão oferecer 30% do conteúdo a distância, o que pode acarretar mais problemas do que benefícios.

O comodismo e a falta de disciplina por grande parte dos alunos serão um problema a mais para ser solucionado. O professor é visto como bandido, ou seja, está lá para apenas passar o conteúdo e não como instrutor.

Boa parte das regiões mais afastadas, principalmente de regiões ribeirinhas ou lugares de difícil acesso, não tem condições de ter uma internet adequada, podendo ter dificuldades de aprendizado com uma frequência indesejável ao cenário nacional.

A diminuição das relações com outras pessoas seria um outro grande problema, diminuindo a interação e aumentando a participação dos estudantes no cenário digital, tornando frios e insensíveis nas questões sociais que são necessárias no quesito aprendizado, princípios, ética, moral, além de se tornarem irredutíveis a opiniões adversas as suas, o que já vem acontecendo com uma certa frequência indesejável.

A formação básica terá 1.800 horas, enquanto 1.200 serão para o ensino médio.

Resta saber se essa mudança surtirá efeito no futuro para quem sabe melhorar a educação de nosso país, como também ajudando a preservar os velhos tempos deixados antes deste novo modelo entrar em vigor.

Thalles Cakan


Prazo de inscrição termina no dia 6 de dezembro de 2018.

O segundo semestre de 2018 está chegando ao seu quinto mês, novembro, e o período de vestibular está oficialmente aberto em todas as universidades e faculdades do Brasil. Este é o momento do ano que precede o período de férias e no qual todos os estudantes devem se manter atentos e dedicados ao estudo.

Assim, já está aberto o prazo para o cadastro de inscrições gratuitas no Vestibular de 2019 promovido pela Faculdade Católica do Tocantins, ou a Católica-TO. Esta mesma instituição de ensino também abre prazo para o tipo de seleção dita: Processo Seletivo Itinerante, que é organizado em datas flexíveis, nas quais as provas são realizadas em conformidade com a cidade onde serão ministradas; também está incluso o aproveitamento pela avaliação das notas do Exame Nacional do Ensino Médio, ou Enem; a devida análise em torno do histórico escolar do candidato e a prova pré-programada.

Todos os prazos destinados aos cadastros flexibilizam-se em perfeita conformidade com as modalidades determinadas por cada um dos estudantes candidatos.

Sobre a inscrição, as informações seguem logo abaixo:

O acima descrito Vestibular Itinerante funciona do seguinte modo: as inscrições, no geral, encerram a cada 72 horas que precedem o dia de prova a ser realizada em cada cidade que constitui opção do estudante candidato. Neste caso, a organização distributiva das provas é a seguinte:

Prazo máximo das inscrições que terminam no dia 15 do mês de novembro:

Município de Santana do Araguaia, Estado do Pará; município de Caseara, Estado do Tocantins; no município de Divinópolis, Estado do Tocantins; no município de Formoso do Araguaia, Estado do Tocantins; no município de Gurupi, Estado do Tocantins; no município de Dianópolis, Estado do Tocantins; no município de Natividade, Estado do Tocantins; no município de Guaraí, Estado do Tocantins; no município de Pedro Afonso, Estado do Tocantins e no município de Vila Rica, Estado de Mato Grosso.

Prazo máximo das inscrições que terminam no dia 6 de dezembro:

No município de Redenção, Estado do Pará; no município de Xinguara, Estado do Pará e no município de Conceição do Araguaia, Estado do Pará.

Para todas as demais modalidades programadas para o itinerário deste Vestibular, o prazo de inscrição termina, oficialmente, no dia 30 do mês de janeiro de 2019.

Portanto, neste Vestibular Itinerante a organização da realização das provas se dará no dia 18 de novembro, conforme segue:

Município de Santana do Araguaia, no Pará, município de Caseara, em Tocantins; município de Divinópolis, em Tocantins; município de Formoso do Araguaia, em Tocantins; município de Gurupi, em Tocantins; município de Dianópolis, em Tocantins; município de Natividade, em Tocantins; município de Guaraí, em Tocantins; município de Pedro Afonso, em Tocantins e município de Vila Rica, em Mato Grosso.

As provas previstas para o dia 9 de dezembro seguem as cidades:

Município de Redenção, Estado do Pará; município de Xinguara, Estado do Pará e em Conceição do Araguaia, Estado do Pará.

Sobre a avaliação do Enem, todos os estudantes deverão apresentar a devida pontuação alcançada entre uma das edições realizadas entre os anos de 2015 e 2017.

A devida apresentação do histórico escolar para a devida avaliação do conjunto de notas registradas no ensino médio.

A totalidade de resultados para todas as modalidades que fazem parte deste Vestibular estarão devida mente divulgados para os estudantes depois de 72 horas da realização dos testes, via e-mails.

As vagas a serem distribuídas neste vestibular são em número de 700 cadeiras, destinadas ao primeiro semestre de 2019. Faculdade de Administração; de Agronomia; faculdade de Arquitetura e Urbanismo; de Ciências Contábeis; faculdade de Direito; de Engenharia Ambiental e Sanitária; de Engenharia Civil; de Engenharia da Produção; faculdade de Engenharia Elétrica; de Medicina Veterinária; de Sistemas de Informação e faculdade de Zootecnia.

Paulo Henrique dos Santos


Inscrições serão recebidas até o dia 19 de novembro de 2018.

A Universidade do Vale dos Rios dos Sinos (Unisinos), do Rio Grande do Sul, está com inscrições abertas para o vestibular de verão. Que tal aproveitar a oportunidade? No total, estão sendo oferecidas mais de 8 mil vagas tanto em cursos presenciais quanto à distância.

Além disso, o ENEM pode ser usado para a seleção. O valor da taxa de participação é de R$ 40,00 e as inscrições ficam abertas somente até o dia 19 de novembro. O último dia para o pagamento do boleto é dia 20 de novembro, por isso, os candidatos devem ficar atentos.

Processo seletivo Unisinos

O processo de seleção será composto pelas fases:

– Vestibular tradicional composto por provas objetivas e redação

– Processo de seleção alternativo em que pode ser feito redação ou também a utilização da nota da ENEM, para candidatos com ou mais de 25 anos de idade.

– ENEM

– Se o candidato optar pelo curso à distância, poderá escolher entre o uso da redação ou também a prova do ENEM.

Vestibular Unisinos

A prova do vestibular está prevista para acontecer no dia 24 de novembro, a partir das 09h. A prova objetiva será composta por 23 questões e no total valerá 10 pontos, sendo:

– 5 questões de prova de português

– 4 questões de ciências humanas e cultura em geral, que inclui disciplinas como geografia, história, literatura e filosofia.

– 7 questões sobre ciências exatas, que inclui matemática e física.

– 4 questões relacionadas à Ciência da Natureza, que abrange disciplinas como biologia e química.

– 3 questões que contemplam Língua estrangeira, em que o candidato pode optar por espanhol ou inglês.

Em relação à prova de redação do processo de seleção da Unisinos, tem o valor de 10 pontos e vai abranger a produção de um texto de caráter argumentativo que deve ter entre 30 e 35 linhas.

O candidato poderá escolher entre um dos dois temas que serão oferecidos e para contextualizar a prova terá textos e informações que focam os principais aspectos relevantes. Serão avaliados diversos critérios como, por exemplo, o conteúdo, a adequação linguística, a apresentação e a escrita de todo o texto deve ser feito a caneta, pois provas feitas a lápis serão anuladas.

Vagas do processo de seleção

A Universidade está oferecendo um total de 8.340 vagas, que serão distribuídas nos campi de São Leopoldo e Porto Alegre, além dos polos relacionados ao ensino à distância. A lista com os aprovados e os suplentes está prevista para ser publicada no dia 28 de novembro, a partir das 14h.

O início das aulas está previsto para acontecer no dia 25 de fevereiro. As inscrições podem ser feitas por meio do link: http://www.unisinos.br/vestibular/sobre-vestibular.

Dicas de estudo:

– Leia todo o edital do programa com atenção. Fique atento aos prazos para não perder nenhuma data importante.

– Nesta reta final, faça um cronograma de estudo. Faça uma avaliação crítica do seu desempenho nos conteúdos e tente identificar as disciplinas que está mais fraco, para fazer uma revisão e melhorar o seu desempenho. Conhecer os seus pontos fortes e fracos é fundamental para seu sucesso.

– Além do estudo, separe um tempo para fazer atividade física, pois isso vai ajudar a aliviar o nervosismo e a ansiedade. A grana está curta? Invista em uma caminhada. É gratuita e faz muito bem a sua saúde.

– Faça simulados para treinar o seu desempenho. Por meio deles, você terá uma noção de como está em cada conteúdo.

– No dia da prova, mantenha a calma e a tranquilidade. Lembre-se de que você fez a sua parte da melhor forma e confie no seu potencial.

Compartilhe a notícia do processo seletivo Unisinos nas suas redes sociais e sucesso!

Por Babi


Inscrições até o dia 2 de dezembro de 2018.

Este segundo semestre de 2018 está chegando ao fim, e o período de vestibular está apenas começando. Universidades em todo o território nacional estão abrindo processos de seleção para vagas em diversos cursos.

Entre as grandes instituições prontas para o certame está a Universidade Católica do Estado de Pernambuco, a Unicap, a qual já abriu o período de inscrições destinadas à realização do novo Vestibular de 2019. Estão sendo abertas, oficialmente, em torno de 3.450 vagas para os 34 cursos de graduação. Todo cadastro deve ser registrado seguindo o procedimento estabelecido, exclusivamente por meio da internet, sendo que o prazo terá duração até o dia 2 de dezembro de 2018.

O valor da taxa exigida é de 150 reais para todos os estudantes.

Deste modo, todos os estudantes pertencentes à rede pública de educação contam com o direito a um desconto de até 50% no valor da taxa de inscrição. Para que isso seja possível, será necessário apresentar o devido certificado de conclusão do ensino médio diretamente à Comissão deste Vestibular, a COAVE. Observação importante: este documento exigido deverá ser apresentado à comissão antes do fim do prazo estabelecido de duração das inscrições.

Outra observação importante:

Todo candidato poderá, no ato da inscrição, caso seja de seu interesse, realizar a solicitação da utilização de sua nota de redação alcançada no Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem. Porém, neste caso, apenas serão válidas as notas atingidas no Enem do ano de 2016 ou de 2017 e, ainda, todo estudante deverá participar, também, de uma prova objetiva neste Vestibular de 2019 da Unicap.

Sobre as provas, as informações são as seguintes:

De acordo com o Manual do Candidato, a partir do dia 12 do mês de dezembro de 2018, serão publicados para os estudantes todos os locais de realização das provas.

Os exames serão ministrados entre os dias 15 e 16 do mês de dezembro de 2018, em conformidade o curso e a modalidade de concorrência escolhida pelo próprio estudante, ou seja, o Vestibular Tradicional ou a avaliação que inclui a utilização da nota do Enem.

No site Vestibular Brasil Escola todos os estudantes poderão verificar o cronograma das provas.

Sobre as provas, as informações são as seguintes:

Todos os vestibulandos deverão responder um caderno contendo 50 questões objetivas, versando sobre um conteúdo programático próprio do ensino médio e, conforme for o caso, terão por tarefa suplementar a criação de uma redação, a qual deverá versar sobre o tema proposto.

No mesmo site os estudantes poderão conferir as provas e os gabaritos das outras edições.

Sobre o resultado as informações são as seguintes:

Os mesmos estão previstos para serem lançados na forma de uma relação completa dos aprovados, para a primeira chamada, em formato disponível a partir do dia 27 de dezembro de 2018.

O período das matrículas se dará entre os dias 3 e 4 do mês de janeiro de 2019. A Universidade Católica do Estado de Pernambuco, ou Unicap, deverá liberar, ainda, mais outras quatro em forma de reclassificações e de remanejamentos.

Este é um dos vestibulares mais esperados do ano, naquela região.

A conhecida Universidade Católica do Estado de Pernambuco, UNICAP, é mais popularmente chamada de Católica, e consiste em uma grande instituição de ensino superior privada, de caráter filantrópico e confessional, localizada na capital Recife. Fundada no dia 27 de setembro de 1951, a instituição foi reconhecida pelo próprio Governo Federal, por meio do Decreto nº 30.417 do dia 18 de Janeiro de 1952. A sua raíz remonta ao primeiro modelo de escola superior católica situado nas regiões norte e nordeste do Brasil, sendo a Faculdade de Filosofia; de Ciências e de Letras Manuel da Nóbrega, inaugurada no ano de 1943, pelos jesuítas.

Paulo Henrique dos Santos


Estudantes poderão se inscrever até o dia 19 de novembro de 2018.

Estão abertas as inscrições para a Universidade Estadual de Goiás (UEG), referente ao vestibular do primeiro semestre de 2019 e também para o processo realizado por meio do Sistema de Avaliação Seriada (SAS).

Os interessados em fazer parte da seleção devem fazer inscrição até o dia 19 de novembro, por meio do link: https://aplicacao.ns.ueg.br/autenticacao.asp. O valor da taxa de inscrição é de R$ 48,00 pelo processo SAS e de R$ 50,00 a R$ 90,00 pelo vestibular, que muda de acordo com a modalidade de participação.

Além disso, a UEG também recebeu pedidos de isenção do processo seletivo e a lista com os contemplados já foi divulgada pela Universidade. Para conferir, é só acessar o link: http://www.nucleodeselecao.ueg.br/detalhe_processos.asp.

Este é o último ano do processo de seleção por meio do SAS e por causa disso podem se inscrever apenas estudantes que estão matriculados no último ano do ensino médio e que também fizeram as provas nas duas primeiras fases.

O SAS é um sistema de avaliação seriada em que a inscrição e também a avaliação começa no 1º ano do ensino médio e se estende pelo 2º e 3º ano. Ao final de cada ano, o estudante faz uma prova, porém, a escolha do curso desejado só ocorre no 3º ano, ou seja, no último.

A principal diferença é que o estudante faz uma prova a cada ano com os conhecimentos exigidos daquele período, ao contrário do vestibular em que são cobrados os conhecimentos relativos aos três anos juntos. Depois da realização das três provas pelo estudante, é feito uma média com os resultados de cada ano e as vagas são preenchidas segundo a pontuação.

A Universidade Estadual de Goiás está oferecendo 5.035 vagas para o ano que vem, sendo 4.028 para o vestibular tradicional e o restante pelo processo de seleção por meio do SAS. Além disso, 45% é para o sistema de cotas, que abrange pessoas com deficiência, negras, estudantes da rede pública e indígenas.

As vagas contemplam vários locais como, por exemplo, Anápolis, Goiânia, Caldas Novas, Formosa, Inhumas, Ipameri, Jaraguá, Luziânia, Mineiros, Morrinhos, Santa Helena de Goiás, Senador Canedo, Niquelândia, Uruaçu, entre outros.

Os estudantes devem ficar atentos porque o local de prova está previsto para ser divulgado no dia 6 de dezembro. As provas do processo seletivo do SAS serão aplicadas no dia 8 de dezembro, enquanto a do vestibular tradicional está previsto para o dia 9 do mesmo mês.

Dependendo da área, também será exigido teste de habilidade específica, como para o curso de arquitetura, em que os lugares de provas serão divulgados no dia 22 de novembro e o teste previsto para ser aplicado no dia 25 do mesmo mês. O resultado deste teste está previsto para sair no dia 4 de dezembro.

Em relação à nota de corte do vestibular e do processo de seleção do SAS, devem sair no dia 19 de dezembro, e nesta data também deve ser divulgada a lista dos candidatos para a correção da nota de redação.

A lista dos aprovados deve ser divulgada no dia 22 de dezembro e as matrículas devem ocorrer nos dias 24 e 28. Além disso, outras chamadas serão realizadas e a expectativa é que sejam feitas entre os dias 7, 14 e 21 de fevereiro.

O edital pode ser acessado no site da Universidade Estadual de Goiás, por meio do link: http://www.nucleodeselecao.ueg.br/detalhe_processos.asp.

Nesta reta final de estudo, é fundamental manter o foco e estudar com disciplina, para tentar conseguir uma boa colocação. Além do conhecimento, o estudante deve procurar manter o equilíbrio para evitar ansiedade ou nervosismo, pois isso pode prejudicar o desempenho na hora da prova. Para ajudar, atividade física e uma alimentação saudável são fundamentais.

Compartilhe a notícia nas suas redes sociais e sucesso!

Por Babi


Inscrições podem ser feitas até o dia 31 de outubro de 2018.

O período de vestibulares está aberto. Em todos os Estados do Brasil diversas universidades estão com processos seletivos oficialmente abertos. A concorrência por vagas aumenta a cada ano que passa.

Assim, a Pontifícia Universidade Católica do Estado de São Paulo, a PUC-SP, iniciou o período de inscrições para o próximo Vestibular de Verão 2019, o qual se deu a partir da tarde desta última segunda-feira, dia 8 de outubro de 2018. O cadastro de inscrição poderá ser efetuado até o dia 31 de outubro, e o valor da taxa está estipulado em 120 reais; entretanto, este mesmo valor aumentará para 140 reais no período seguinte, ou seja, entre o dia 1º e o dia 21 de novembro de 2018.

A Pontifícia Universidade Católica do Estado de São Paulo, a PUC-SP, constitui uma instituição onde se leciona ensino superior, sendo de caráter privado e católica e brasileira. Esta universidade é mantida por meio da Fundação São Paulo, a FUNDASP, sendo oficialmente presidida pelo Grão-Chanceler da Universidade, além de estar atrelada legalmente à Mitra Arquidiocesana da capital de São Paulo. Todas as suas unidades de ensino estão estabelecidas em cinco campi universitários, entre os quais quatro estão localizados na mesma capital do Estado de São Paulo: em Monte Alegre; em Marquês de Paranaguá; em Ipiranga e em Santana. Possui mais um localizado em Sorocaba, no interior do Estado.

Sobre o procedimento de inscrição as informações são as seguintes:

Os estudantes deverão consultar os endereços de cada local de prova indicado, que estarão então disponíveis a partir do dia 27 do mês de novembro de 2018. Este Vestibular de Verão está programado para realização no dia 2 do mês de dezembro, com início a partir das 14 horas.

Com relação ao conteúdo programático, as informações são as seguintes:

Trata-se de um processo de vestibular tradicional, consistindo em um caderno com 81 questões objetivas versando sobre conteúdos em matéria de língua Portuguesa; em Matemática; em matéria de Química; matéria de Física; em Biologia; em História; em matéria de Geografia; em Língua Estrangeira e em matéria de Literatura, seguida da prova de Redação. São conteúdos que também são cobrados na prova do Enem.

Com relação ao resultado final, as informações são as seguintes:

A divulgação do resultado deste Vestibular de Verão ocorrerá a partir do dia 17 do mês de dezembro de 2018, com início a partir das 18 horas. O período para realização das matrículas será aberto em seguida, ou seja, elas serão recebidas entre o dia 18 e o dia 20 de dezembro, na sequência.

Na relação abaixo os estudantes poderão conferir o itinerário completo das informações do vestibular:

A realização da primeira chamada, no dia 17 de dezembro;

A realização da segunda chamada, no dia 8 de janeiro;

A realização da terceira chamada, no dia 15 de janeiro;

A realização da quarta chamada, no dia 29 de janeiro;

A realização da quinta chamada, no dia 4 de fevereiro;

A realização da sexta chamada, no dia 14 de fevereiro.

Esta sequência de datas é parte do calendário oficial deste Vestibular de Verão da PUC-SP.

Assim, a Pontifícia Universidade Católica do Estado de São Paulo está abrindo mais de 3 mil vagas, destinadas ao Vestibular de Verão de 2019. Para mais informações os estudantes poderão consultar o próprio Manual do Candidato e também acessar o site do Vestibular.

Esta é uma das universidades mais movimentadas do Brasil, portanto, todos os estudantes interessados deverão cadastrar inscrições o quanto antes.

Paulo Henrique dos Santos


Confira aqui mais detalhes sobre o Vestibular de Verão 2019 da Universidade Católica do Salvador.

O período de vestibulares está aberto. Em todos os Estados do Brasil diversas universidades estão com processos seletivos oficialmente abertos. A concorrência por vagas aumenta a cada ano que passa.

A instituição de ensino superior intitulada Universidade Católica do Salvador, a UCSAL, cujo principal câmpus está estabelecido no município de Salvador, capital do Estado da Bahia, constitui uma unidade brasileira que promove tradicionalmente ensino superior, sendo reconhecida por meio do Decreto de número 58, sancionado no dia 18 de outubro de 1961. Embora esteja plena de grande importância histórica, esta instituição ainda não recebeu o devido reconhecimento por meio do selo pontifício de Roma. Este fato a torna uma das poucas universidades brasileiras dessa natureza que não é pontifícia, ou seja, não faz ponte com Roma, Vaticano. Esta instituição é regida pelo seu atual chanceler, o Cardeal Arcebispo Primaz do Brasil. Dom Murilo Krieger, que exerce função de arcebispo de Salvador

A UCSal possui o seu núcleo inicial no antigo Convento da Lapa, que tornou-se palco de intensos dramas da História da Bahia, entre eles o martírio da abadessa Joana Angélica; e nele teve lugar o Curso de Letras, posteriormente acrescentado do curso de Direito, que se tornaram os núcleos da futura Universidade.

A Universidade Católica do Salvador possui um vigoroso time constituído de 980 professores e mais 770 colaboradores, contando com unidades de ensino estabelecidas no Campi de Pituaçu, na Federação, e atende, desde o ano de 2006, em torno de 17.000 alunos, matriculados em 26 cursos de graduação, dentro das áreas de Ciências Humanas; de Ciências Naturais e na área da Saúde; de Ciências Exatas; em Tecnologia e em Artes.

Assim, já está oficialmente aberto o período de inscrições para o novo vestibular, que se estenderá até o dia 17 de outubro de 2018. Este é o Vestibular de 2019 destinado ao provimento de vagas na Universidade Católica de Salvador, UCSal. O valor da taxa está estipulado em 20 reais.

Sobre a inscrição a o número de vagas as informações são as seguintes:

A Universidade Católica do Salvador está disponibilizando em torno de 1.900 vagas para o Vestibular de 2019. Todas as oportunidades em aberto se destinam à sede estabelecida na capital de Salvador, Estado da Bahia.

Outras informações importantes estão relacionadas a seguir:

Neste processo de seleção todas as atividades de aptidão e de ambientação estão programadas para realização no dia 20 de outubro de 2018. Esta será a primeira etapa a ser cumprida neste novo Vestibular promovido na UCSal.

A etapa segunda deste processo de seleção será ministrada a partir do dia 21 de outubro de 2018. Todas as provas deste vestibular serão constituídas de um caderno contendo questões versando sobre disciplinas objetivas, ou seja, em matéria de Ciências Humanas; sobre Linguagens e Códigos; sobre Matemática e Ciências da Natureza, e, em seguida, a realização da prova de Redação.

Todo este conteúdo programático faz parte das matérias da grade escolar de ensino médio. Deste modo, todos os estudantes estão técnica e relativamente preparados, porém, há necessidade de estudar muito para que seja possível atingir à classificação no vestibular da UCSal, que possui uma quantidade limitada de vagas e um contingente bastante elevado de alunos disputando as mesmas.

Este é um dos vestibulares mais aguardados do ano no Estado da Bahia. O resultado definitivo será devidamente publicado no dia 24 do mês de outubro de 2018. Observação importante: a divulgação dos resultados será efetuada apenas via e-mail ou pelo SMS, portanto, todos os estudantes necessitam manter bastante atentos.

Paulo Henrique dos Santos


A Unicamp oferta 645 vagas por meio de ingresso via Enem.

O tempo de vestibular chegou e muitos estudantes terão chance de ganhar vantagem na concorrência, neste ano, por meio do Enem.

Trata-se do processo seletivo promovido pela Unicamp, que deu início nesta última segunda-feira, dia 15 de outubro de 2018, o período oficial de inscrições destinadas à concorrência de vagas no vestibular de 2019. O método adotado neste vestibular é o seguinte:

Todos os estudantes, neste caso, poderão recorrer à nota obtida por meio do Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem, na edição deste mesmo ano ou no do ano de 2017, no sentido de poder conquistar o ingresso nos cursos de graduação desta universidade.

Esta é a nova modalidade adotada entre os formatos mais recentes de vestibular, o qual está sendo utilizado pela Unicamp com o objetivo preciso de elevar muitos estudantes à inclusão social.

Conforme as informações divulgadas pela própria comissão organizadora deste novo processo seletivo, a Comvest, para este caso estão sendo reservadas em torno de 645 vagas, o que equivale a mais ou menos 20% do total das 3.340 oportunidades que serão distribuídas entre 69 cursos.

O cadastro de inscrição deverá ser realizado por meio do próprio site oficial da universidade estadual, cujo prazo se estenderá até as 17 horas do dia 14 do mês de novembro de 2018. O pagamento da taxa será de 30 reais e, no caso dos estudantes que tenham o objetivo de tentar o ingresso exclusivamente por meio da nota do Enem, o mesmo deverá ser realizado até o dia 21 de novembro de 2018. Os estudantes que já cadastraram suas inscrições para este vestibular de 2019 (o processo de seleção tradicional) têm o dever de pagar 15 reais; e os candidatos com direito à isenção serão mantidos como os beneficiários nesta mesma modalidade.

De acordo com o que foi anunciado pela Unicamp, este critério de distribuição de vagas reservadas se dará da seguinte maneira:

Serão 50% em cada curso dentro do segmento EP, ou escola pública;

Serão 25% em cada curso dentro do segmento PP, ou autodeclarados pretos e pardos (cotas para estudantes afrodescendentes);

Serão 25% em cada curso dentro do segmento EP+PPI, ou seja, da escola pública junto aos estudantes autodeclarados negros e pardos.

Sobre o formato que está mantido as informações são as seguintes:

Todos os modelos de provas planejados para a edição de 2019 deste vestibular serão equivalentes aos da edição ministrada anteriormente.

Na 1ª fase será distribuído um caderno contendo 90 questões em múltipla escolha, versando sobre o seguinte conteúdo programático: em língua portuguesa e nas literaturas de língua portuguesa; em matemática; em história; em geografia; em filosofia; em sociologia; em física; em química; em biologia; em inglês e mais algumas matérias interdisciplinares. O tempo máximo para resolução da prova será de cinco horas.

Todas as provas ministradas na segunda etapa estão programadas para o mês de janeiro, sendo que cada caderno deverá ser resolvido em um tempo máximo de quatro horas.

Deste modo, segue o itinerário:

Em 13/01: prova de Redação e a prova em cima da matéria de língua portuguesa e nas literaturas de língua portuguesa;

Em 14/01: prova de Matemática, de geografia e de história;

Em 15/01: prova de Física, de ciências biológicas e de química.

O universidade Unicamp soltou uma notícia confirmando a homologação de mais 610 inscrições destinadas ao chamado “vestibular indígena”, apesar de que, uma parte dos candidatos desta classe ainda estejam em fase de ajustes em sua documentação.

Para o tradicional vestibular, esta instituição já contabilizou um número 76,3 mil cadastros para a concorrência de 2.589 vagas. Uma pesquisa está indicando grande alta na concorrência por cadeiras nas universidades.

Por Paulo Henrique dos Santos


Prazo de inscrições se encerra no dia 4 de novembro de 2018.

Os interessados em se inscreverem no vestibular 2019 da Faculdade de Medicina de Marília, no Estado de São Paulo, devem ficar atento ao prazo final das inscrições. Estão sendo ofertadas 120 vagas, 80 para o curso de Medicina e 40 para o curso de Enfermagem, deste total 15% são destinados exclusivamente para todos os estudantes do estado de São Paulo provenientes de escolas públicas, vejas todos os detalhes nos tópicos abaixo.

Como realizar as inscrições

Podem ser feitas diretamente na Fundação Vunesp, através do endereço: https://www.vunesp.com.br/Conta/Login?ReturnUrl=%2fFMMA1801%2fInscricao

Serão aceitas até o próximo dia 04 de Novembro, o custo para inscrição é de R$ 170,00.

A Famema possibilita descontos de 50% no valor da inscrição para todos os estudantes cursantes do ensino médio ou mesmo de cursos pré-vestibulares, desde que estejam desempregados ou comprovem não possuir renda de até dois salários mínimos.

Os resultados para aprovação dos descontos destas inscrições sairão até o próximo dia 19 de Outubro.

Como será o Vestibular

A prova tem data marcada para o dia 2 de Dezembro, às 14 horas e contar com 40 questões do tipo objetiva englobando as disciplinas de Língua Portuguesa, Geografia, Matemática, História, Física e Língua Inglesa, a prova também contará com 8 questões discursivas sobre as disciplinas de Física e Química, além de uma Redação a ser feita pelo candidato.

Os Resultados

Aconteceram a partir do dia 25 de Janeiro de 2019, nesta mesma data começa a liberação dos resultados para os convocados da primeira chamada com as primeiras matrículas programadas entre os dias 11 e 13 de Fevereiro.

As listas de chamadas

Serão no total 14 chamadas para os candidatos aprovados, sempre em 14 datas diferentes, vamos a lista de cada uma delas com suas respectivas datas abaixo:

  • 1º chamada para os candidatos aprovados: dia 25 de Janeiro de 2019
  • 2º chamada para os candidatos aprovados: dia 15 de Fevereiro de 2019
  • 3º chamada para os candidatos aprovados: dia 21 de Fevereiro de 2019
  • 4º chamada para os candidatos aprovados: dia 27 de Fevereiro de 2019
  • 5º chamada para os candidatos aprovados: dia 8 de Março de 2019
  • 6º chamada para os candidatos aprovados: dia 13 de Março de 2019
  • 7º chamada para os candidatos aprovados: dia 18 de Março de 2019
  • 8º chamada para os candidatos aprovados: dia 21 de Março de 2019
  • 9º chamada para os candidatos aprovados: dia 26 de Março de 2019
  • 10º chamada para os candidatos aprovados: dia 29 de Março de 2019
  • 11º chamada para os candidatos aprovados: dia 3 de Abril de 2019
  • 12º chamada para os candidatos aprovados: dia 10 de Abril de 2019
  • 13º chamada para os candidatos aprovados: dia 15 de Abril de 2019
  • 14º chamada para os candidatos aprovados: dia 18 de Abril de 2019

Um pouco mais sobre a Famema

Criada em 1966 pelo então governador Adhemar de Barros, a Faculdade de Medicina de Marília, ou simplesmente Famema, é uma faculdade pública estadual localizada na cidade de Marília, a cerca de 450 km de São Paulo. Atualmente a Famema ministra cursos tanto de Medicina como também de Enfermagem, além de oferecer cursos de Pós-graduação.

A faculdade também engloba um amplo complexo hospitalar com vários centros e institutos, dentre deles destacamos:

Hospitais das Clínicas de Marília: Unidade I (referente ao Centro Clínico-Cirúrgico), Unidade II (referente a parte Materno-Infantil) e Unidade III (do São Francisco).

O complexo ainda conta com um Hemocentro, um Instituto voltado ao cuidado dos Olhos, uma clínica especializada no tratamento do câncer, um ambulatório voltado ao cuidado de especialidades além de um centro de reabilitação.

Autor: Carlos B.


Seleção oferta mais de 4 mil vagas. Prazo de inscrição se encerra no dia 19 de outubro de 2018.

O período de vestibulares está aberto. Em todos os Estados do Brasil diversas universidades estão com processos seletivos oficialmente abertos. A concorrência por vagas aumenta a cada ano que passa.

Assim, já estão abertas as inscrições destinadas ao Vestibular de Verão 2019 promovido pela Pontifícia Universidade Católica do Estado de Goiás, a PUC-Goiás. Todos os cadastros deverão ser efetuados até o dia 19 de outubro de 2018. O valor da taxa de inscrição está estipulado em 110 reais. Depois desta data, o valor cobrado para a participação aumentará para 150 reais, sendo o preço válido até o próximo dia 25 de outubro.

A Pontifícia Universidade Católica de Goiás, ou PUC Goiás, constitui uma grande instituição universitária estabelecida no Estado de Goiás, cuja sede principal está localizada no município de Goiânia. Trata-se de uma universidade católica e também comunitária, de caráter pluridisciplinar, destinada à formação dos quadros de profissionais em nível superior, sendo reconhecida pelo próprio Governo estadual dentro dos termos do Decreto número 47.041 de 17 de outubro do ano de 1959, a princípio sob o título inicial de Universidade de Goiás, posteriormente alterado em sua denominação para a de Universidade Católica do Estado de Goiás, por meio do Decreto número 68.917, de 14 de julho do ano de 1971, tendo sido Fundada em 17 de outubro do ano de 1959 junto à própria Sociedade Goiana de Cultura. Deste modo, a PUC Goiás consiste na mais antiga universidade do Estado, antes mesmo do estabelecimento da Universidade Federal do Estado de Goiás naquele período.

Prosseguindo, este próximo exame seletivo, ou Vestibular da PUC de Goiás, será estruturado em duas modalidades distintas de concorrência, sendo que cada candidato necessita optar por uma delas no momento do ato de inscrição. Este processo de seleção se dividirá entre a modalidade de aproveitamento da nota atingida no Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem de 2017 e a modalidade que abrange apenas as provas gerais.

O itinerário deste vestibular abarca, também, todos os candidatos para o curso de Arquitetura e Urbanismo, cujas provas da fase de habilidades específicas serão realizadas no dia 26 de outubro, em horário agendado a partir das 14 horas.

Observação importante: todos os concorrentes aos cursos participarão das provas gerais no dia 27 de outubro de 2018, agendada a partir das 13 horas. Neste vestibular as provas aplicadas consistirão em um caderno composto de 40 questões objetivas versando sobre matéria de Ciências Humanas; sobre Ciências da Natureza; sobre Linguagens e Códigos e sobre Matemática, junto da composição da Redação, cujo tem ainda não foi divulgado.

Com relação ao resultado publicado sobre o desempenho dos candidatos na prova de habilidades específicas, será publicado a partir do dia 5 de novembro de 2018, depois das 16 horas.

Sobre o resultado geral as informações são as seguintes:

A lista completa dos aprovados na primeira chamada será publicada a partir do dia 7 do mês de novembro de 2018, depois das 12 horas. Para a segunda chamada a convocação está previamente agendada para o dia 15 seguinte do mesmo mês.

Sobre a quantidade vagas disponíveis para este próximo vestibular, as informações são as seguintes:

A Pontifícia Universidade Católica do Estado de Goiás está abrindo em torno de 4.375 vagas destinadas aos cursos superiores ministrados na Capital Goiânia. Todas as oportunidades estão programadas para ingresso de alunos já no primeiro semestre de 2019.

Para mais informações sobre o Edital, poderá consultar o site do Vestibular.

Paulo Henrique dos Santos


Inscrições até o dia 7 e 26 de novembro de 2018.

O fim do segundo semestre de 2018 está próximo e o período de vestibulares já está aberto para todos os estudantes do ensino médio. Em todas as regiões do Brasil universidades públicas e particulares estão abrindo prazo de inscrições para todos os cursos existentes.

Recentemente, a Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública – Bahiana – abriu oficialmente o seu período de inscrições para o Vestibular de Verão de 2019 (janeiro), cujo prazo se estenderá até o dia 7 de novembro de 2018, para cursos na área de Medicina. Com relação ao prazo para todos os demais cursos, o mesmo seguirá até o dia 26 do mês de novembro de 2018.

A instituição da Escola Bahiana de Medicina e de Saúde Pública, popularmente conhecida apenas como Bahiana, consiste em uma instituição destinada ao ensino superior estabelecida na Capital Salvador, Estado da Bahia, Brasil, cuja fundação se deu no ano de 1952. Esta universidade possui mais três unidades acadêmicas, que estão localizadas no bairro de Brotas e no bairro de Cabula.

Esta instituição de ensino superior possui um extenso rol de cursos de graduação na área de Medicina; em Biomedicina; em Enfermagem; em Fisioterapia; no setor de Odontologia; na área de Psicologia e em Educação Física. Além desta grade curricular, ela também possui diversas opções de cursos de extensão e de pós-graduação em lato e em stricto sensu. Todos os processos de vestibular realizados pela Bahiana geralmente são muito concorridos, sobretudo os vestibulares destinados ao curso de Medicina, dado que até há pouco tempo esta era a única faculdade particular estabelecida da capital daquele Estado que oferecia este curso.

Sobre o procedimento de inscrição as informações são as seguintes:

O valor das taxas se alteram em conformidade com o curso escolhido. Para o curso de Medicina, por exemplo, o valor cobrado na taxa de participação está em 340 reais. Em todos os demais cursos, segue um preço padrão de 40 reais.

Sobre as vagas, sua quantidade e cursos onde serão lotadas, as informações serão as seguintes:

A universidade Bahiana está ofertando 150 cadeiras para o curso de Medicina. Em todos os demais cursos, ou seja, no de Biomedicina; de Enfermagem; de Educação Física; de Fisioterapia; de Odontologia e no de Psicologia, a oferta chega até 340 cadeiras. Todas estas oportunidades se destinam à capital Salvador, no Estado da Bahia.

Demais informações sobre este Vestibular de Medicina são as seguintes:

O Vestibular de Medicina da Bahiana terá um itinerário estruturado da seguinte maneira:

A sua primeira etapa consistirá em uma prova, a qual conterá as questões objetivas, agendada para o dia 18 de novembro de 2018, cujo início se dará a partir das 8h30.

A segunda etapa será constituída das atividades vivenciais, agendada previamente para o dia 30 de novembro de 2018, com início a partir das 8h30.

Em seguida será realizada a prova de redação e de questões discursivas, agendada para o dia 2 de dezembro de 2018, com início a partir das 8h30.

Sobre os demais cursos, seguem as informações:

Serão realizadas as chamadas Atividades Vivenciais. Marcadas para o dia 5 de dezembro de 2018, com início a partir das 8h30.

As provas compostas de questões objetivas, e a prova de redação, serão realizadas no dia 9 de dezembro de 2018, com início a partir das 8h30.

Os resultados deste Vestibular de Medicina serão previamente publicados no dia 14 de dezembro de 2018; ao passo que os demais cursos terão sua lista de candidatos aprovados publicada a partir do dia 19 seguinte, do mesmo mês.

Paulo Henrique dos Santos


Inscrições podem ser feitas até o dia 11 de dezembro de 2019.

O segundo semestre de 2018 avança para o fim de seu quarto mês, e o número de processos de seleção está aumentando, sobretudo no que tange ao vestibular.

Recentemente o Centro Universitário intutulado Católica, do Estado de Santa Catarina, a CatólicaSC, iniciou o período de inscrições para o novo Vestibular de Verão de 2019, o qual será realizado, em parte, por meio do Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem. O cadastro será efetuado de forma gratuita e seguirá disponível até o dia 11 de fevereiro de 2019.

Assim, todo candidato deverá cadastrar inscrição para que a nota do mesmo, alcançada no teste do Enem, seja avaliada na instituição CatólicaSC. Deste modo, o estudante é avaliado mais rigorosamente e receberá o resultado do Vestibular em seguida. Todas as informações e os procedimentos para efetuar a matrícula poderão ser acessados nos Editais.

O Centro Universitário, da Católica do Estado de Santa Catarina, consiste em uma instituição destinada ao ensino superior, brasileira, e que possui duas unidades, uma estabelecida na cidade de Jaraguá do Sul e outra em Joinville.

Deste modo, no sentido de poder atender ao máximo às demandas regionais existentes, e aos contínuos processos de formação de acadêmicos, esta Instituição atua em variadas áreas de Ensino, de Pesquisa e em cursos de Extensão.

Este mesmo Centro Universitário Católica do Estado de Santa Catarina está estruturado de modo abranger a seguinte grade de cursos de graduação:

O Centro de Ciências Sociais Aplicadas e Jurídica; o setor de Administração na linha de formação em Comércio Exterior; o setor de Administração na linha de formação em Gestão Empresarial; o setor de Administração na linha de formação em Marketing; setor de Gestão de Recursos Humanos; setor de Ciências Contábeis; setor de Direito; centro de Teologia; departamento de Centro de Saúde; departamento de Biomedicina; setor de Nutrição; o Centro de Tecnologia e Artes; setor de Arquitetura e Urbanismo; setor de Design; setor de Engenharia Civil; setor de Engenharia de Produção; setor de Engenharia Mecânica; setor de Engenharia Elétrica; setor de Moda; setor de Sistemas de Informação.

O departamento de Pós-Graduação inclui:

Formação Lato Sensu em diversas áreas de conhecimento, tais como a de Administração Estratégica de Negócios; na área de Contabilidade Gerencial e de Controladoria; na área de Controladoria e Finanças; na área de Direito Civil e Empresarial; na área de Direito do Trabalho e de Previdência Social; na área de Engenharia de Produção; na área de Finanças e Orçamento; na área de Gestão de Negócios; na área de Gestão Estratégica de Pessoas; na área de Logística Empresarial; na área de Marketing; na área de Marketing, de Propaganda e de Vendas; na área de Projeto e na de Análise de Máquinas Elétricas Girantes.

Há também os cursos em Stricto Sensu, tais como:

O de Mestrado em Administração; curso de Mestrado em Informática, entre outros.

Sobre as vagas disponíveis e demais informações, segue:

As vagas disponibilizadas pela Unidade Universitária CatólicaSC, neste novo processo de seleção, vão contemplar, também, algumas provas que estão previamente agendadas, as quais a instituição, por meio de seus gestores, ministrará sobre os estudantes que não participaram ou não se classificaram no Enem.

Trata-se,portanto, de um vestibular bastante abrangente e democrático, voltado para o bem dos estudantes e de seu futuro profissional. Assim, na totalidade, a universidade de Santa Catarina, ou CatólicaSC, estará abrindo oficialmente em torno de 585 vagas destinadas ao campus de Joinville e mais 490 vagas destinadas ao campus da cidade de Jaraguá do Sul.

Paulo Henrique dos Santos


Inscrições até o dia 18 de novembro de 2018.

De tempos em tempos as universidades brasileiras alteram um pouco os métodos convencionais para a entrada de novos alunos. Isso é uma forma de fazer com que o número de aprovados seja maior. E uma das novas possibilidades criada pela instituição foi à união de dois meios seletivos: a realização de um vestibular e a nota obtida através do Exame Nacional do Ensino Médio, o ENEM. E o centro educacional que resolveu reunir esses dois exames avaliativos foi a Universidade de Santa Cruz do Sul, a Unisc, localizada no Rio Grande do Sul. São quase 3.000 novas vagas abertas pela Unisc em seu vestibular de verão. Para saber mais detalhes confira o texto abaixo.

A respeito das quase 3.000 vagas abertas pela Universidade de Santa Cruz do Sul para 2019

Para o próximo semestre a Unisc abriu por meio deste processo seletivo 2.935 oportunidades. Os novos alunos vão ser divididos por meio de 05 campi para os cursos superiores de diferentes modalidades. Para conferir quais graduações estão disponíveis em cada campus veja a relação abaixo:

Campus Santa Cruz do Sul:

110 vagas para Administração de Empresas.

55 vagas para Arquitetura e Urbanismo.

50 vagas para Biomedicina.

55 vagas para Ciências da Computação.

30 vagas para Ciências Biológicas. Bacharelado.

30 vagas para Ciências Biológicas. Licenciatura.

55 vagas para Ciências Contábeis.

30 vagas para Ciências Econômicas.

30 vagas para Computação.

50 vagas para Direito. Período: noite

50 vagas para Direito. Período: manhã.

55 vagas para Educação Física. Bacharelado.

55 vagas para Educação Física. Licenciatura.

55 vagas para Enfermagem.

55 vagas para Engenharia Agrícola.

55 vagas para Engenharia Ambiental.

55 vagas para Engenharia Civil.

55 vagas para Engenharia de Computação.

55 vagas para Engenharia de Controle e Automação.

55 vagas para Engenharia de Produção.

55 vagas para Engenharia Elétrica.

55 vagas para Engenharia Mecânica.

50 vagas para Engenharia Química.

40 vagas para Estética e Cosmético.

55 vagas para Farmácia.

20 vagas para Física.

55 vagas para Fisioterapia.

25 vagas para Fotografia.

40 vagas para Gastronomia.

30 vagas para Geografia.

50 vagas para História.

30 vagas para Jornalismo.

30 vagas para Letras Português.

30 vagas para Letras Português/ Espanhol.

30 vagas para Letras Português/ Inglês.

50 vagas para Matemática.

60 vagas para Medicina Veterinária.

50 vagas para Nutrição.

60 vagas para Odontologia.

55 vagas para Pedagogia.

25 vagas para Produção em Mídia Audiovisual.

50 vagas para Psicologia.

50 vagas para Química. Bacharelado.

50 vagas para Química. Licenciatura.

55 vagas para Relações Internacionais.

25 vagas para Relações Públicas.

55 vagas para Serviço Social.

Campus Capão da Canoa:

50 vagas para Administração de Empresas.

60 vagas para Direito.

Campus Montenegro:

55 vagas para Administração de Empresas.

55 vagas para Ciências Contábeis.

60 vagas para Direito.

50 vagas para Psicologia.

Campus Sobradinho:

50 vagas para Administração de Empresas.

50 vagas para Ciências Contábeis.

55 vagas para Direito.

Campus Venâncio Aires:

55 vagas para Administração de Empresas.

55 vagas para Ciências Contábeis.

50 vagas para Direito.

As aulas nas graduações são oferecidas em diferentes períodos do dia e é importante que o candidato fique ciente do período em que cada aula é dada. Para isso, consulte o documento oficial que está em: https://vestibular.unisc.br/pt/. Esses dados estão no “CAPÍTULO X – DOS CURSOS E DAS VAGAS”, na página 05.

A respeito do exame de vestibular e a nota do ENEM que serão a base para a entrada dos novos estudantes

Como mencionado no parágrafo de introdução, para o ano de 2019, a divisão da Unisc que é responsável pela entrada de novos alunos da instituição definiu que o processo seletivo será realizado por meio de etapas distintas. Para que o texto fique claro e consequentemente a interpretação não seja feita de forma equivocada. Inicialmente vai ser explicado, o processo seletivo para os alunos que querem concorrer a uma vaga na maioria dos cursos, menos na graduação de medicina.

Para a grande maioria, a universidade vai aplicar uma prova na data de 24 de novembro de 2018. Essa avaliação vai conter um total de 45 questionamentos a respeito das áreas trabalhadas durante o ensino médio. Eles também vão ter que escrever uma redação. E para compor a nota final, os interessados devem usar a média que conseguiram em uma das edições mais recentes do ENEM. Podem ser usadas notas das edições de 2016, 2017 ou 2018.

Já para as pessoas que desejam participar do processo seletivo para o curso de medicina. Eles vão realizar uma avaliação de Língua Portuguesa e também a escrita de uma redação em 12 de janeiro de 2018. O que não muda neste caso é a questão da nota do Exame Nacional do Ensino Médio. Para ambos os casos, ainda vão ser divulgados os locais onde as provas vão ser aplicadas. Para o primeiro grupo, que corresponde à maioria das graduações, o resultado vai ser divulgado em 27 de novembro de 2018. E para o conjunto corresponde à graduação de medicina, o resultado sai em 22 de janeiro de 2018.

Inscrições para o vestibular da Unisc para 2019

As inscrições foram abertas no mês de outubro. E para a grande maioria dos cursos, ela deve ser realizada até a data de 18 de novembro de 2018. Para as pessoas que vão participar do processo seletivo por meio do curso de medicina, ela deve ser efetuada até a data de 06 de janeiro de 2019. Ambos os casos por meio de: https://vestibular.unisc.br/pt/. A taxa é de R$ 40,00 (maioria das graduações) e R$ 100,00 (medicina). Boa sorte!

Isabela Castro.


Inscrições poderão ser realizadas até o dia 18 de novembro de 2018.

Reside no Rio Grande do Sul e está de olho nas oportunidades em vestibular? Pois saiba que estão abertas as inscrições para o processo do Vestibular de Verão da Universidade de Caxias do Sul, a UCS, para o ano de 2019.

Ficou interessado e quer mais detalhes sobre como fazer para não ficar de fora? Então nós te damos todas as dicas que você precisa saber para não perder essa oportunidade. Vamos a elas.

Sobre as vagas

No total, a UCS está oferecendo para essa edição do Vestibular de Verão mais de 5,5 mil vagas. As oportunidades são para as seguintes cidades: Vacaria, Bento Gonçalves, Guaporé, Farroupilha, Nova Prata, Canela, São Sebastião do Caí e para Caxias do Sul.

Como faço para me inscrever?

Quem estiver interessado em participar do processo, precisa fazer as suas inscrições pelo site, no endereço eletrônico https://ucsvirtual.ucs.br/vestibular/inscricao/. Vale lembrar que as inscrições são válidas somente até o dia 18 de novembro. Por isso, fique ligado e não perca o prazo.

A efetivação da inscrição somente é feita após o pagamento da taxa de participação. Para o curso de Medicina, essa é no valor de R$ 250. Já para o curso de Odontologia e Medicina Veterinária, o valor cobrado é de R$ 70.

Demais cursos de bacharelado irão pagar R$ 50. Treineiros precisarão quitar o valor de R$ 40. Somente são isentos de taxa de inscrição os inscritos em cursos de licenciatura.

Sobre o processo do Vestibular da UCS

A Universidade de Caxias do Sul aplicará provas para a avaliação de seus vestibulandos. Essas ocorrerão no dia 25 de novembro, no horário das 13h30 em diante.

Para os cursos de Odontologia, Medicina Veterinária e Medicina, serão realizadas provas de redação e objetivas, com a seguinte divisão: 10 questões sobre língua estrangeira (inglês ou espanhol), 10 questões de língua portuguesa, 10 questões de Biologia, 10 questões de Química e 10 questões de conhecimentos gerais.

Para os demais cursos, não haverá prova objetiva. Sendo assim, somente será aplicada uma redação.

Sobre a divulgação dos resultados

Ainda não há uma data oficial para a divulgação do resultado do Vestibular de Verão da UCS. Ao que tudo indica, portanto, essa será informada somente no dia da aplicação das provas do vestibular.

O início de matrículas, por outro lado, está previsto para começar no dia 30 de novembro. A partir de uma segunda chamada, as convocações serão feitas de forma individual e por telefone.

Edição de 2018 do Vestibular de Verão da UCS

Na edição de 2018 do Vestibular de Verão da Universidade de Caxias do Sul, foram ofertadas um total de 7 mil vagas para cursos tanto na modalidade presencial como à distância. As oportunidades foram para o Campi Sede, Guaporé, Vacaria, Farroupilha, Bento Gonçalves, Hortênsias e Nova Prata.

Todas as informações referentes ao edital, gabaritos, download das provas e demais informações sobre a edição podem ser conferidas no portal https://www.ucs.br/site/vestibular-verao-2018/.

Sobre a UCS

Desde a sua criação no ano de 1967, a Universidade de Caxias do Sul foi construída através do esforço de toda a comunidade. Considerada a mais antiga instituição voltada para o Ensino Superior, a UCS é uma Instituição Comunitária de Educação Superior e com a atuação mais direta na região nordeste do Rio Grande do Sul.

Sua mantenedora é a Fundação Universidade de Caxias do Sul, uma entidade jurídica e de direito privado. Como missão, a universidade tem o objetivo de produzir, sistematizar e de socializar com conhecimento de qualidade e de relevância, por meio de um desenvolvimento sustentável.

Com foco no conhecimento e princípios bem pautados, a UCS atua atualmente com multicampi, em uma região que engloba mais de 1,2 milhão de pessoas. Isso só demonstra cada vez mais o seu potencial e crescimento constante na melhoria da Educação.

Kellen Kunz


Inscrições serão recebidas até o dia 19 de outubro de 2018.

A UECE, abreviação para Universidade Estadual do Ceará, nesta última segunda-feira, dia primeiro de outubro realizou a abertura do prazo de suas inscrições destinadas ao Vestibular do primeiro semestre do ano de 2019. Os candidatos que possuírem interesse em fazer parte da seleção terão de efetuar suas respectivas inscrições até o prazo limite, que finda ainda neste mês, no dia 19 pela internet. Os vestibulandos deverão se inscrever por meio da página eletrônica da própria instituição de ensino superior, (acessível por este link) e efetivar sua participação no processo de seleção através do pagamento de uma taxa, que custa R$ 140.

Em determinados casos, em que os pedidos foram aprovados, a universidade concedeu redução da taxa ou então isenção total da mesma e o resultado final deste processo pode ser acessado através do site da instituição. Ainda que o vestibulando que requereu seu benefício tenha obtido deferimento como resultado, deverá também efetuar sua inscrição dentro do período estipulado pela Universidade Estadual do Ceará.

Sobre a realização das provas

Na quinta feira, dia 29 de novembro, a instituição de ensino em questão tem como data oficial, em seu calendário para a liberação do Cartão, que irão conter as Informações relativas a execução da primeira fase da seletiva. Neste documento deverá contar os dados sobre a localidade em que concorrente deverá realizar o vestibular, o qual já está marcado para acontecer no domingo, dia 2 de dezembro de 2018. Nesta referida etapa, o estudante terá de responder 80 (oitenta) questões de múltipla escolha, todas relacionadas às disciplinas que constam na grande curricular do ensino médio.

A primeira fase deste processo de seleção terá seu resultado, o qual conterá a lista dos estudantes convocados para a segunda fase, divulgado na sexta feira, dia 4 de janeiro do próximo ano. Já os locais de avaliações irão ser disponibilizados na quinta feira, dia 10, também do mês de janeiro de 2019.

A fase dois do Vestibular 2019/1 da Universidade Estadual do Ceará está prevista, segundo o calendário oficial, para acontecer nas datas de 13 e 14 de janeiro, ainda do ano que está para vir. Esta etapa do processo seletivo de 2019 irá contar 60 (sessenta) questões de múltipla escolha, as quais versarão sobre disciplinas que irão variar de acordo com o curso que o candidato está concorrendo. Além do mais, os participantes dessa etapa terão de realizar uma redação utilizando a Língua Portuguesa.

De acordo com o Edital do Vestibular, que foi publicado pela Universidade, os candidatos inscritos que irão concorrer ao curso de Música ainda deverão concorrer as vagas por meio de avaliações específicas, as quais deverão acontecer em dois dias, são eles 18 e 23 do mês de novembro de 2018.

Sobre as vagas e os resultados do Vestibular 2019/1

De acordo com o publicado pela UECE, 2.534 vagas foram disponibilizadas ao público, das quais 1.270 serão destinadas para a capital do estado, Fortaleza e as demais 1.264 serão distribuídas entre os campi localizados nas cidades do interior do estado cearense. Do total de vagas oferecidas pelo órgão, 50% (cinquenta por cento) delas estão destinadas aos estudantes que estudaram 100% (cem por cento) dos anos na rede pública de educação do estado.

Sobre o resultado final e matriculas do Vestibular

Ainda segundo as publicações da instituição, o resultado final da seleção, assim como as informações referentes as matrículas, deverão ser publicados posteriormente, através de um edital lançado pela UECE.

Caso ainda tenha dúvidas e queira saber mais sobre o vestibular 1/2019 da Universidade Estadual do Ceará, você deve acessar o edital do vestibular ou ainda a própria página eletrônica da UECE .

FILIPE R SILVA


Prazo de inscrições se encerra no dia 22 de novembro de 2018.

Desde o dia 29 de setembro (sábado), estão abertas as inscrições para o Vestibular 2019/1 da Universidade Presbiteriana Mackenzie, em São Paulo. A taxa é de 100 reais e os interessados poderão se inscrever até o dia 22 de novembro. No dia 30 de novembro serão liberados os endereços de onde as provas serão realizadas e no dia 5 de dezembro será a seleção, que começa às 8h30 para os grupos II e III. As provas dos demais cursos começarão às 14h30.

A prova terá questões objetivas de Química, Física, Biologia, Inglês, Matemática, Português, Geografia, História e também a Redação. Quem se inscrever no curso de Arquitetura e Urbanismo, terá que fazer também a prova de habilidades específicas, sendo que esta será às 14h30 do dia 6. No dia 20 de dezembro, a partir das 16 horas, o resultado estará sendo divulgado e no dia 8 de janeiro as matrículas já começam a ser feitas. Nos dias 11 e 22 de janeiro e também nos dias 01 e 20 de fevereiro, as demais convocações serão feitas.

Ao todo estão sendo oferecidas pelo Mackenzie 3.905 vagas, sendo 3.825 para o campus Higienópolis e 80 para o Alphaville.

A taxa de inscrição pode ser paga através de boleto bancário que o próprio candidato deverá imprimir, também é possível efetuar o pagamento através de cartão de crédito. A divulgação da lista de classificação geral por curso será feita no site do Mackenzie, respeitando a seguinte ordem:

– Primeira lista será divulgada após as 16 horas do dia 20 de dezembro e a matrícula no site deve ser feita de 20 de dezembro a 8 de janeiro, sendo que o prazo final para pagamento é dia 9/01.
– Segunda lista será divulgada dia 11 de janeiro às 16 horas e a matrícula pode ser feita de 11 a 17 de janeiro, o prazo final para pagamento é dia 18/01.
– Terceira lista será divulgada dia 22 de janeiro às 16 horas, o prazo de matrícula vai de 22 a 28 de janeiro, sendo o limite para pagamento dia 29/01.
– Quarta lista será divulgada no dia 1º de fevereiro após as 16 horas, com período de inscrição entre 1 e 6 de fevereiro e limite para que o pagamento seja feito em 07/02.

Quanto ao preenchimento do formulário por parte dos interessados nas vagas remanescentes, este só poderá ser preenchido através do site a partir do dia 12 de fevereiro e o prazo termina no dia 18 do mesmo mês. Caso haja vagas remanescentes depois que a matrícula da 5ª lista for encerrada, então será disponibilizada mais uma lista com os convocados no dia 28 de fevereiro e as matrículas começarão neste mesmo dia e terminarão no dia seguinte.

Quanto à 'Bolsa Mérito 2019/1º semestre', esta será concedida apenas àqueles candidatos que conseguirem ser aprovados em primeiro e também segundo lugares no processo seletivo. Ela será concedida logo na 1ª parcela e seguirá até o fim do curso, a não ser que o aluno o interrompa, seja por desistência ou trancamento.

Todos os alunos classificados e que estiverem na convocação da primeira e terceira listas, cujo pagamento já foi feito, podem solicitar o cancelamento e ter a restituição de 80% do valor pago, mas este pedido precisa ser feito no máximo até o dia 5 de fevereiro. Quanto àqueles da quarta lista, o prazo para solicitar o cancelamento é até 18 de fevereiro, assim poderão receber 80% do valor pago. Os da quinta lista, deve efetuar o pedido até o dia 1º de março.

Acesse aqui para obter maiores informações sobre o Vestibular 2019/1 da Universidade Presbiteriana Mackenzie, em São Paulo.

Por Russel


Seleção oferece mais de 4.500 vagas. Inscrições poderão ser feitas até o dia 3 de outubro de 2019.

As pessoas já sabem que para ser bem sucedido estudar é muito importante. Afinal, é por meio de uma formação de qualidade que as chances de trabalho aumentam e assim os profissionais conseguem êxito em suas carreiras.
No Brasil a cada ano que passa essa mentalidade sobre a importância de se possuir uma formação completa e de qualidade tem crescido cada vez mais, principalmente nos jovens estudantes do ensino médio, que aproveitam o ensino médio para se prepararem para processos seletivos que oferecem vagas em universidades.

Dessa forma, se você é residente de Santa Catarina e gostaria de conquistar uma vaga em curso universitário e dar o primeiro passo para a construção de um futuro promissor, não perca a oportunidade que está sendo oferecida pela UFSC.

A Universidade Federal de Santa Catarina acaba de abrir inscrições para o seu Vestibular do ano de 2019.

As inscrições tiveram início no último dia 04 deste mês de setembro e de acordo com o edital de abertura do processo, seu encerramento está previsto para o dia 03 do mês de outubro. Ou seja, os interessados terão um mês para realizarem as suas inscrições no processo seletivo da UFSC.

Ainda de acordo com as informações disponíveis no edital de abertura do processo, serão disponibilizadas um total de 4.555 oportunidades.

Quem desejar se inscrever para ter sua inscrição efetuada com sucesso precisa pagar uma taxa no valor de R$135.

No edital é informado que deste total de vagas disponíveis no processo, quase três mil são para estudantes que fazem parte do programa de cotas, o que inclui cotas de raças e de pessoas portadoras de deficiência.

As vagas serão disponibilizadas para cursos a serem realizados na UFSC, que possui instalações nas cidades de Joinville, Florianópolis, Curitibanos e Blumenau.

Os estudantes que tenham interesse em realizar o Vestibular 2019 e não possuem condições financeiras para pagar a taxa de inscrição, podem tentar a isenção.

Dessa forma, a universidade informa que irá receber os pedidos de isenção até a data do dia 24 do mês de setembro. Contudo, é preciso que a documentação seja entregue até este dia e que esteja completa.

Os documentos necessários estão informados no edital do processo, mas o pré-requisito mais importante é que o estudante possua inscrição no CadÚnico e no NIS, que é o Número de Inscrição Social (NIS).

Também serão aceitos solicitações de isenção de estudantes que tenham estudado ensino fundamental e médio em escolas que pertencem à rede pública de ensino ou alunos que sejam bolsistas em colégios da rede privada de educação, que possuam uma renda familiar de no máximo 1,5 salário por pessoa.

Para saber como os documentos devem ser enviado à universidade, o interessado deve consultar o edital. A universidade irá divulgar os nomes dos candidatos isentos no dia 27 do mês de setembro.

A UFSC ainda não informou os locais onde haverá aplicação das provas do vestibular. Mas a data para divulgação da data está prevista para o dia 22 do mês de novembro. Também a partir desta data os inscritos no processo terão acesso à informações sobre o número de inscritos por curso e o nível de concorrência.

As provas estão marcadas para serem realizadas do dia 08 ao dia 10 do mês de dezembro. Haverá aplicação de provas nas mesmas cidades em que os cursos serão realizados. As provas terão início às 14 hs.

Os interessados que se inscreverem para o curso de Artes Cênicas, além das provas, ainda terão que realizar um THE, que é um Teste de Habilidades Específicas, cuja data ainda será definida e informada pela Universidade.

O resultado final com os nomes dos candidatos aprovados no processo ainda não tem uma data confirmada, o que deve acontecer nos próximos dias.

Este processo vale entrada na universidade para os dois semestres do ano de 2019.

Sirlene Montes


Prazo para inscrições se encerra no dia 7 de dezembro de 2018.

Quem é estudante do ensino fundamental ou médio já sabe o quanto é importante possuir uma formação de qualidade. Afinal, o mercado de trabalho diante de uma grande oferta de mão de obra busca sempre pelos profissionais mais bem capacitados e para começar essa formação de qualidade que abre portas para o mercado de trabalho o ideal é realizar um curso universitário.

Dessa forma, a maioria dos estudantes do ensino médio se preparam para a realização de processos seletivos que oferecem vagas em curso de nível superior.

Diante disso, a Escola Superior de Propaganda e Marketing, conhecida como ESPM, acaba de anunciar que já está com inscrições abertas para o seu Vestibular 2019.

Os interessados poderão realizar suas inscrições no processo até a data do dia 7 do mês de dezembro.

A instituição de ensino superior irá disponibilizar vagas para os municípios do Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre.

Quem for de São Paulo ou do Rio de Janeiro ao realizar a sua inscrição precisará pagar uma taxa no valor de R$120. Já o valor da taxa de inscrição para candidatos do município de Porto Alegre é de R$90.

A data para realização das provas, independente da unidade, está marcada para ser realizada no dia 9 do mês de dezembro. As provas serão iniciadas às 10 hs.

Quem se inscrever no processo terá que realizar uma prova composta por 60 questões sobre Matemática, Língua portuguesa, Humanidades, Cultura Geral e Contemporânea e Inglês. Além de terem que realizar uma redação.

Em relação aos resultados, estes serão divulgados seguindo a sequência das chamadas que serão realizadas, o que ocorrerá de acordo com cada unidade. Assim, cada instituição disponibilizará um número de vagas.

Veja abaixo a sequência das chamadas para cada localidade:

ESPM de São Paulo:

– 1ª chamada a ser realizada no dia 12 do mês de dezembro de 2018;
– 2ª chamada a ser realizada no dia 17 do mês de dezembro de 2018;
– 3ª chamada a ser realizada no dia 9 do mês de janeiro de 2019;
– 4ª chamada a ser realizada no dia 15 do mês de janeiro de 2019.

ESPM do Rio de Janeiro:

– 1ª chamada a ser realizada no dia 12 do mês de dezembro de 2018;
– 2ª chamada a ser realizada no dia 17 do mês de dezembro de 2018;
– 3ª chamada a ser realizada no dia 9 do mês de janeiro de 2019.

ESPM de Porto Alegre

– 1ª chamada a ser realizada no dia 12 do mês de dezembro de 2018;
– 2ª chamada a ser realizada no dia 17 do mês de dezembro de 2018;

Para ter obter mais informações sobre este cronograma de chamadas, o que inclui os horários e dias para realização de matrículas, basta acessar os editais conforme a localidade.

Já em relação às vagas, em São Paulo a ESPM irá disponibilizar para a concorrência um total de 686 vagas para o 1º semestre de 2019. Essas vagas serão distribuídas em cursos de Comunicação Social (com habilitação em Publicidade e Propaganda), Administração, Jornalismo, Relações Internacionais, Design, Sistemas de Informação, Cinema Audiovisual e Ciências Socias.

No Rio de Janeiro o total de vagas disponibilizadas será de 510. Esse total deve ser distribuído nos dois semestres do ano de 2019. As vagas serão para os cursos de Cinema e Audiovisual, Design e Jornalismo, Administração e Comunicação Social (com Habilitação em Publicidade e Propaganda).

E por último, as vagas de Porto Alegre somam em 385. Todas para o 1º semestre de 2019. Os cursos são de Relações Internacionais, Administração, Design com Linhas de Formação em Moda ou Comunicação Visual, Relações Internacionais com habilitação em Marketing e Negócios, além de Jornalismo.

Serão aceitas inscrições para o Vestibular convencional e com o uso de nota obtida no Enem.

Para maiores informações acesse o site da ESPM.

Sirlene Montes


Interessados poderão se inscrever até o dia 8 de outubro de 2018.

Já estão abertas as inscrições para o Vestibular 2019 da Universidade Estadual Paulista (Unesp). Ao todo estão sendo ofertadas 7.345 vagas. As inscrições seguirão em aberto até o dia 08 de outubro e podem ser realizadas por meio do site: https://www.vunesp.com.br/VNSP1803.

Segundo informações da própria Unesp, algo em torno dos 400 mil estudantes do 3° ano de instituições de ensino públicas estaduais do estado (o que inclui as Etecs) terão direito a um desconto na faixa de 75% sobre o valor da taxa de inscrição. Antes de realizar a candidatura no vestibular 2019 da Unesp, esses alunos precisam procurar a Secretaria de seus respectivos coégios, a fim de fazer a retirada da senha que deverá ser informada ao sistema no momento de efetuar o cadastro na ficha de inscrição. Ao realizar esse processo um boleto será gerado será no valor de R$42,50.

Isenção ou redução de taxas

Os vestibulandos que solicitaram a isenção total ou a redução de 50% do valor da taxa terão seus pedidos analisados até a última semana do mês de setembro. Neste caso, os resultados sobre a aceitação( ou não) dos pedidos serão divulgadaos até a data do dia 25 do referido mês. Os participantes que conseguirem a gratuidade total da taxa terão suas inscrições confirmadas. Os demais precisaram efetuar o pagamento da outra metade para que o cadastro seja considerado válido.

Vale observar que a isenção total da taxa é direcionada para duas categorias de candidatos de baixa renda:

  1. Quem tem bolsa integral para estudar em escola particular e uma renda familiar de no máximo 1,5 salário por membro.
  2. Estudantes de baixa renda de escolas públicas

Nos dois casos é necessário que os inscritos tenham cadastro no CadÚnico.

Já para o desconto de 50% do valor da taxa, a informação é de que ele é direcionado para estudantes de nível médio ou candidatos pré-vestibulares que tenham renda menor que dois salários mínimos ou que estão em situação de desemprego.

Sobre as vagas oferecidas

Do número total de vagas (7.365), 3.698 são destinadas para estudantes de escolas públicas. E dentro dessas oportunidades, 1300 ainda são reservadas para candidatos que se declararem indígenas, pardos ou pretos.

As vagas apontadas acima para o vestibular 2019 da Unesp estão sendo distribuídas entre 173 cursos gratuitos. Eles são oferecidos em mais de 20 cidades do Estado de São Paulo.

No mais, a Unesp informa que aceita as notas do Enem como parte da pontuação obtida nas provas de conhecimentos gerais. O candidato precisa ter atenção, uma vez que essa opção deve ser apontada no momento da inscrição.

Vestibular Unesp 2019

A Unesp tem, por tradição realizar duas etapas de provas em suas seleções para vestibulares. Além disso, ainda há os testes de conhecimentos específicos em determinados casos. A universidade informa com antecedência onde os exames ocorrerão.

A primeira fase de seleção está prevista para ocorrer no dia 15 de novembro de 2018. Nessa etapa, as provas contarão com 90 questões objetivas dividas entre as disciplinas/áreas de matemática e suas tecnologias, ciências da natureza, ciências humanas, códigos e suas tecnologias e linguagens.

A primeira fase ocorrerá em 31 cidades do estado de São Paulo. Para os participantes de outras regiões as provas também serão aplicadas em Uberlândia (MG), Curitiba (PR), Campo Grande (MS) e Brasília (DF).

Os aprovados e convocados para a segunda fase terão seus nomes divulgados no dia 03 de dezembro. Essa etapa ocorrerá nos dias 16 e 17 de dezembro. Os exames terão 36 questões discursivas distribuídas entre as áreas acima + redação.

A classificação geral dos candidatos do vestibular 2019 da Unesp será divulgada no dia 1° de fevereiro. Os aprovados na primeira fase de convocação precisam se matricular, via internet, até o dia 04 do mesmo mês.

Para saber mais acesse o manual do candidato.

Denisson A. Soares


Interessados poderão se inscrever até o dia 25 de outubro de 2018.

Após algum tempo que esse tipo de processo seletivo tinha sido deixado de lado pela maioria das universidades brasileiras, o vestibular voltou a ser uma opção em muitas instituições. E uma faculdade que voltou a usar esse método foi a Universidade Federal do Tocantins, a UFT. A entidade está com mais de 900 vagas para que os alunos possam dar início a formação acadêmica a partir de 2019. Para saber todos os detalhes a respeito do vestibular da UFT, leia o texto abaixo contendo as principais informações.

A respeito das mais de 900 vagas oferecidas pela Universidade Federal do Tocantins

A UFT não utiliza o Vestibular há cerca de três anos. Neste tempo, os alunos entravam para a faculdade através da nota obtida pelo ENEM, pelo sistema do SISU. Mas, os responsáveis pela universidade resolveram adotar novamente essa forma de ingresso para o ano de 2019. Dessa forma, está sendo oferecido um total de 943 vagas pelo vestibular. Mesmo com a volta deste tipo de processo seletivo, os alunos que quiserem ingressar na UFT por meio do Exame Nacional do Ensino Médio podem optar por essa prática.

Confira a lista abaixo das vagas que estão sendo oferecidas em cada câmpus por meio do vestibular:

Câmpus: Araguaína

-20 vagas para ABI. LETRAS/ Língua Portuguesa e Literaturas.

-15 vagas para Biologia.

-15 vagas para Física.

-20 vagas para Geografia.

-15 vagas para Gestão de Cooperativas.

-15 vagas para Gestão de Turismo.

-20 vagas para História.

-15 vagas para Logística.

-20 vagas para Matemática.

-15 vagas para Medicina.

-20 vagas para Medicina Veterinária.

-15 vagas para Química.

-20 vagas para Zootecnia.

Câmpus: Arraias

-20 vagas para Matemática.

-20 vagas para Pedagogia.

-20 vagas para Turismo Patrimonial e Socioambiental.

Câmpus: Gurupi

-20 vagas para Agronomia.

-20 vagas para Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia.

-20 vagas para Engenharia Florestal.

-20 vagas para Química Ambiental.

Câmpus: Miracema

-20 vagas para Educação Física.

-20 vagas para Pedagogia.

-20 vagas para Psicologia.

-20 vagas para Serviço Social.

Câmpus: Palmas

-20 vagas para Administração.

-13 vagas para Arquitetura e Urbanismo.

-20 vagas para Ciências da Computação.

-20 vagas para Ciências Contábeis.

-20 vagas para Ciências Econômicas.

-20 vagas para Direito.

-10 vagas para Enfermagem.

-20 vagas para Engenharia Ambiental.

-20 vagas para Engenharia Civil.

-20 vagas para Engenharia de Alimentos.

-20 vagas para Engenharia Elétrica.

-20 vagas para Filosofia.

-20 vagas para Jornalismo.

-20 vagas para Medicina.

-20 vagas para Nutrição.

-20 vagas para Pedagogia.

-20 vagas para Teatro.

Câmpus: Porto Nacional

-20 vagas para ABI LETRAS Língua Portuguesa e Literaturas ou Língua Inglesa e Literaturas.

-15 vagas para Ciências Biológicas.

-20 vagas para Ciências Sociais.

-20 vagas para Geografia.

-20 vagas para História.

-20 vagas para Relações Internacionais.

Câmpus: Tocantinópolis

-20 vagas para Ciências Sociais.

-20 vagas para Educação Física.

-20 vagas para Pedagogia.

Para todos os cursos se tem vagas para cotistas de indígenas, quilombolas, portador de necessidade especial, escola pública e outros. Para saber a quantidade de oportunidades para essas ações afirmativas basta consultar o edital que está anexado em: http://ww2.uft.edu.br/. Essas informações estão no item “ANEXO I – QUADRO DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS” página 35.

Informações sobre a única etapa do processo seletivo adotada pela UFT

De acordo com o que está descrito no edital, os candidatos na data de 09 de dezembro de 2019 vão realizar uma prova contendo 76 questões de múltipla escolha:

  • 08 perguntas sobre Matemática e suas Tecnologias.
  • 20 perguntas sobre Ciências Humanas e suas Tecnologias.
  • 24 perguntas sobre Ciências da Natureza e suas Tecnologias.
  • 24 perguntas sobre Linguagens, Códigos e suas Tecnologias.

Além disso, os candidatos vão realizar uma redação. A avaliação acontece nas mesmas cidades em que a Universidade Federal do Tocantins tem uma unidade. Os locais e horários ainda vão ser divulgados.

Inscrições para o vestibular da UFT

As inscrições para este processo seletivo vão ser iniciadas em 26 de setembro e devem ser realizadas até a data de 25 de outubro. Os interessados vão ter que pagar uma taxa estipulada em R$ 120,00 para a participação. As inscrições devem ser feitas pelo: http://ww2.uft.edu.br/. Boa sorte!

Isabela Castro.


Prazo de inscrições se encerra no dia 8 de outubro de 2018.

Está de olho nas oportunidades em vestibular? Então saiba que a Associação Catarinense das Fundações Educacionais, a ACAFE, está com as inscrições abertas para o seu Vestibular de Verão desde a última segunda-feira, dia 10 de setembro.

Na edição de 2019, são ofertadas mais de 14 mil oportunidades no Vestibular da ACAFE. E é importante fazer saber que essas vagas são distribuídas entre diversas instituições de ensino. São elas: Faculdade Ieslusc, Uniarp, USJ, Unoesc, Unochapecó, Univille, Univali, Unisul, Uniplac, Unifebe, Unidavi, Unibave, Unesc, CatólicaSC, UnC e FURB. Todas elas estão localizadas no Estado de Santa Catarina.

Como se inscrever?

Para se inscrever é muito simples. Basta realizar a sua inscrição pela Internet, no endereço eletrônico http://acafe.org.br/concurso/vestibular/2019/1/acesso/Login/vLoginAcesso. A data final para a realização dessas é de 8 de outubro. Portanto, não perca o prazo limite.

Para quem se inscrever para o curso de Medicina, deverá realizar o pagamento de uma taxa no valor de R$ 200. Para os demais cursos, esse valor é de R$ 70.

Cada candidato tem como opção a escolha de, no máximo, duas opções de cursos para o Vestibular da ACAFE. Essa escolha não é válida, porém, para o Centro Universitário Municipal de São José (USJ), que somente aceita uma opção.

Além disso, o vestibulando que escolher por Medicina precisará colocar o curso de graduação como a sua primeira opção para concorrência.

Vale ressaltar que o USJ possui reserva de oportunidades para aqueles estudantes que tiverem finalizado todo o nível fundamental e o médio nas escolas públicas localizadas no município de São José. Essa opção precisa ser sinalizada já no momento em que o candidato realizar a SUS inscrição.

Sobre o Vestibular ACAFE

A ACAFE fará a divulgação dos locais de suas provas para o Vestibular na data de 5 de novembro. Para a seleção de Verão a aplicação dos exames acontecerá no dia 18 de novembro, nas seguintes cidades: Mafra, Grande Florianópolis, Xanxerê, Lages, Criciúma, Videira, Joinville, Chapecó, Tubarão, Joaçaba, Brusque, São Miguel do Oeste, Jaraguá do Sul, Blumenau, Rio do Sul, Itajaí e Araranguá.

A composição da seleção para o vestibular da ACAFE acontecerá da seguinte forma: para o curso de Medicina, a prova será realizada a partir das 13h, com um total de 63 questões de caráter objetivo sobre as disciplinas vistas no ensino médio, bem como uma redação sobre tema específico; e para os demais cursos, a prova se inicia a partir das 15h, com um total de 35 questões objetivas sobre as disciplinas vistas no ensino médio e, também, uma redação sobre um tema específico.

Para o participante, a ACAFE selecionou ainda algumas obras literárias que farão parte do processo de seleção, uma vez que algumas perguntas serão voltadas para os temas abordados nos livros. São elas: Olhos D’Água, de Conceição Evaristo; Quarto de Despejo, Diário de uma Favelada, de Carolina Maria de Jesus; As Fantasias Eletivas, de Carlos Henrique Schoereder; Capitães de Areia, de Jorge Amado; e, por fim, Quarenta Dias, de Maria Valéria Rezende.

Resultado Final do Vestibular da ACAFE

A publicação oficial do resultado final referente ao Vestibular de Verão da ACAFE será no dia 5 de dezembro, no horário a partir das 16h. Para conferir mais informações sobre o cronograma da matrícula, basta conferir tudo diretamente nas páginas que são oficiais de cada uma das instituições participantes, uma vez que há uma mudança nas datas de cada uma.

E para sanar outras dúvidas, é só acessar o site do Vestibular no endereço http://vestibular.acafe.org.br/. O edital completo do processo também está disponível no mesmo local.

Portanto, essa é uma grande oportunidade para você que quer construir uma carreira a partir de uma formação de qualidade. Não perca tempo e se inscreva já.

Kellen Kunz


Prazo de inscrições se encerra no dia 22 de outubro de 2018.

Estamos no mês de setembro de 2018. O segundo semestre avança e os processos vestibulares começam a surgir em todas as regiões do país.

Recentemente a Universidade Estadual de Ponta Grossa, UEPG, no Estado do Paraná, fez divulgar a abertura do período de inscrições para o Vestibular de Verão de 2019, cuja publicação oficial se deu nesta última quarta-feira, dia 12 de setembro de 2018. Todos os estudantes interessados deverão cadastrar suas inscrições até o dia 22 do mês de outubro, sendo que a taxa cobrada está no valor de 145 reais, com relação aos candidatos e em 108 reais em relação aos treineiros.

Assim, a Universidade Estadual de Ponta Grossa, UEPG, está abrindo oficialmente 786 vagas para este vestibular. Destas mesmas vagas, metade delas já está reservada aos candidatos cotistas, ou seja, afrodescendentes e pessoas com deficiência. Todas as oportunidades serão destinadas às duas unidades estabelecidas no município de Ponta Grossa e no de Telêmaco Borba.

Sobre o itinerário deste vestibular, as informações são as seguintes:

Todos os estudantes candidatos terão acesso ao quadro que determina as salas de cada turma, a partir do dia 9 de novembro de 2018. Deste modo, o processo de seleção está agendado para realização entre os dias 9 e 10 do mês de dezembro de 2018, e as provas começarão a ser preenchidas a partir das 15 horas, sendo que as etapas serão as seguintes:

A – no dia 9 de dezembro de 2018 serão ministradas as Provas de Conhecimentos Gerais e de Redação (discursiva);

B – no dia 10 de dezembro de 2018, serão ministradas as Provas Vocacionadas, em Três disciplinas, conforme o curso escolhido pelo candidato.

Todas as provas serão ministradas na cidade de Ponta Grossa; cidade de Apucarana; de Telêmaco Borba; de Cascavel; de Maringá; em Jacarezinho; em Umuarama; em União da Vitória; em Palmeira; em Castro; em Curitiba; em Francisco Beltrão; em Guarapuava e em Irati.

A divulgação preliminar dos gabaritos deste Vestibular de Verão estará disponível a partir do dia 11 do mês de dezembro de 2018, às 17 horas.

O resultado definitivo deste Vestibular de Verão, para vagas na Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), será oficialmente divulgado até o dia 4 do mês de janeiro de 2019. O período de matrículas se dará entre os dias 7 e 8 do mês de fevereiro de 2019.

Todas as posteriores chamadas serão realizadas em conjunto com o chamado Vestibular de Inverno e com o PSS da mesma UEPG.

As datas específicas seguem abaixo:

A relação que compõe a chamada Lista de Espera na 1ª chamada será publicada no dia 12 de fevereiro de 2019; a 2ª chamada se dará no dia 27 de fevereiro de 2019. A Lista de Espera para a 2ª chamada também será divulgada no dia 27 de fevereiro de 2019.

A fase da 3ª chamada se dará no dia 13 de março de 2019 e a Lista de Espera para a 3ª chamada, também se dará no dia 13 de março de 2019.

O Manual do Candidato poderá ser acessado no site Vestibular Brasil Escola.

A Universidade Estadual de Ponta Grossa, UEPG, consiste em uma instituição de caráter público e de ensino superior, que é mantida por meio do governo do Estado do Paraná, cuja unidade central e campi está situada na cidade de Ponta Grossa, e com um campi estabelecido na cidade de Telêmaco Borba. Esta mesma instituição possuir um rol de 38 cursos em graduação e mais 6 habilitações, suplementados de cursos de pós-graduação no nível da especialização, do mestrado e do doutorado. Em sua região de influência estão incluídos em torno de 22 municípios do interior do Estado do Paraná.

Paulo Henrique dos Santos


Inscrições podem ser feitas até o dia 11 de outubro de 2018.

A Universidade de Taubaté (Unitau), localizada na região do Vale do Paraíba, interior do Estado de São Paulo, está com as inscrições abertas para o seu Vestibular de Verão 2019 de Medicina, até a data de 11 de outubro. A taxa de inscrição cobrada esse ano é no valor de R$ 380.

No total são 60 vagas oferecidas pela universidade no curso de Medicinam, para o primeiro semestre do ano de 2019.

As inscrições podem ser realizadas clicando no Portal da Unitau.

Vestibular de Verão Unitau 2019: Vestibular de Medicina

Os vestibulares de Medicina realizados pela Unitau costumam ter duas fases de seleção. Nesta edição, a primeira etapa acontecerá no dia 21 de outubro, enquanto a segunda será no dia 16 de novembro, iniciando-se às 09:00h.

Na primeira fase, as provas serão compostas por 80 questões objetivas divididas entre as disciplinas de Língua Portuguesa, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), Matemática, Física, Química, Biologia, Geografia e História.

Já a fase seguinte contará com uma redação e questões discursivas apenas das disciplinas Biologia e Química.

Vestibular de Verão Unitau 2019: literatura obrigatória

Nas questões objetivas serão cobrados alguns conhecimentos sobre determinadas obras literárias. A literatura obrigatória do Vestibular da Unitau do ano de 2019 contará com os seguintes livros:

Coração, cabeça e estômago (Camilo Castelo Branco)

Do movimento romancista, o livro Coração, Cabeça e Estômago, escrito no século XIX por Camilo Castelo Branco (1825 – 1890), narra a história de várias mulheres sobre a perspectiva do protagonista defunto, Silvestre da Silva, que pediu ao seu amigo mais próximo que transformasse em um livro suas anotações sobre as moças que marcaram sua vida, de forma bastante satírica.

Triste Fim de Policarpo Quaresma (Lima Barreto)

O Triste Fim de Policarpo Quaresma é uma obra pré-modernista, do escritor Lima Barreto (1881-1922). O livro é distribuído em três partes, relatando a vida de Policarpo Quaresma, um funcionário público que, condizente com o movimento, tem o objetivo de valorizar mais a cultura de seu país.

Memorial de Aires (Machado de Assis)

A última obra do realista Machado de Assis, publicada no mesmo ano de sua morte, em 1908, considerada uma autobiografia pelo paralelismo entre velhice e romance, apresentando as frivolidades da elite brasileira do fim do século XIX. Além disso, é um dos livros que mais diferem das características machadianas de escrita, visto que não apresenta sarcasmo nem é narrada por um narrador onisciente.

Primeiras estórias (João Guimarães Rosa)

Esse livro reúne 21 contos, com histórias aparentemente banais, de facetas psicológica, autobiográfica, satírica, sarcástica, anedótica, cômica, trágica, lírica, erudita, fantástica, entre outras.

Laços de Família (Clarice Lispector)

A obra reúne 13 contos, com temas relacionados às clássicas problemáticas de família, abordando situações cotidianas de aprisionamento dos familiares nos laços da prisão doméstica.

A abordagem sincera da classe média carioca deu origem a adaptações cinematográficas desse livro.

Além dessas obras, também estão inclusas peças como “Nós matamos o cão tinhoso” de Luis Bernardo Honwana, “Hibisco roxo” de Chimamanda Nzozie Adichie, “Poemas negros” de Jorge de Lima e “Toda poesia” de Paulo Leminski.

Vestibular de Verão Unitau 2019: Resultados

A lista dos candidatos classificados na primeira fase do processo seletivo para a segunda fase do vestibular será divulgada no dia 01 de novembro. Após isso, a primeira chamada dos candidatos aprovados no sistema de seleção será divulgada pela universidade no dia 30 de dezembro.

Antes de realizar a inscrição, atente-se a todos os detalhes prescritos no edital e site da universidade. Para ver mais informações, acesse o Manual do Candidato do Vestibular de Verão Unitau 2019.

Felicia Lopes


O Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA) recebe inscrições dos interessados em ingressar no curso de graduação em Engenharia.

O Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA) está com inscrições abertas para 110 vagas para o curso de graduação em Engenharia, nas especialidades: civil – aeronáutica, computação eletrônica, aeroespacial e mecânica – aeronáutica. Para concorrer, é necessário apenas o nível médio. Que tal aproveitar a oportunidade?

As inscrições para o concurso ITA ficam abertas somente até o sábado, dia 15 de setembro, e como requisito é necessário:

– ser brasileiro nato;

– não ter 25 anos até o dia 31 de dezembro do ano referente à matrícula para ingressar no curso de graduação em Engenharia do ITA;

– Ter concluído ou estar concluindo o ensino médio em 2018.

As 110 vagas são para ambos os sexos.

Sobre os cursos de graduação no ITA

A oportunidade do concurso ITA é para os cursos de graduação na área de engenharia, sendo todos formado por 2 anos de um curso fundamental comum e três anos de curso profissional em uma das habilitações.

O curso ocorrerá no ITA, que está localizado em São José dos Campos e tem o objetivo de formar engenheiros que vão compor o Quadro de Oficiais da Ativa e Reserva da Aeronáutica.

Concurso ITA: vagas

Com 110 vagas ao todo, 25 são privativas para os interessados que queiram fazer parte do Quadro de engenheiros da Ativa da Força Aérea Brasileira, sendo 20 para ampla concorrência e o restante para os candidatos que se autodeclararem negros.

Concurso ITA: inscrições

As inscrições para o concurso ITA ficam abertas apenas até o dia 15 de setembro e o valor da taxa de inscrição é de R$ 140,00. Para aproveitar a oportunidade, é só acessar: http://www.vestibular.ita.br.

Provas do concurso ITA

De acordo com o edital, as provas do concurso ITA estão previstas para serem aplicadas no dia 23 de novembro e terão 60 questões, que contemplarão física, português, inglês, matemática, química e inglês.

Além disso, o concurso ITA também terá uma prova dissertativa envolvendo química, matemática e física, e uma redação sobre a inspeção de saúde. Essa fase vai ocorrer nas cidades: Campinas Brasília, Belém, Belo Horizonte, Cuiabá, Campo Grande, Goiânia, Curitiba, Juiz de Fora, Fortaleza, Londrina, Porto Alegre, Manaus, Natal, Rio de Janeiro, Recife, Ribeirão Preto, São José dos Campos, Salvador, São Luiz, Teresina, Vitória e São José do Rio Preto.

Os interessados devem ficar atentos porque os locais de prova serão divulgados a partir do dia 1º de novembro. O edita completo pode ser acessado por meio do link: http://www.vestibular.ita.br/instrucoes/index.htm.

Dicas de estudo para o concurso ITA

Com provas previstas para novembro, o interessado deve fazer um cronograma de estudo para manter o foco e ajudar na organização da rotina. É fundamental intensificar os estudos nesta reta final, para ganhar tempo e competitividade.

No planejamento, o estudante deve distribuir os conteúdos de acordo com o seu tempo disponível de estudo e trabalhar os conteúdos que ele tem mais dificuldade.

Nos fins de semana, é fundamental separar tempo para relaxar e renovar as energias. Horas de estudo seguidas podem gerar muito cansaço e perda na produtividade. A dica, por exemplo, é estudar no sábado e deixar o domingo livre para curtir a família ou os amigos. Ou estudar domingo de manhã e descansar à tarde.

Além de estudar teoria, resolver exercício é fundamental para guardar o conteúdo e conhecer o estilo da prova. Separe tempo para fazer provas anteriores do concurso ITA. Que tal programar um simulado toda semana?

Ao fazer o simulado, simule o tempo da sua prova. Marque um cronômetro, escolha um local silencioso e foque. Por meio dos simulados, você vai conhecer os seus pontos fortes e fracos, para saná-los até o dia da sua prova.

Você vai estudar para o concurso ITA? Não perca tempo e compartilhe a notícia nas suas mídias sociais. Muito sucesso!

Por Babi


A Unicamp realiza o seu 1º Vestibular Indígena oferecendo 72 vagas em 27 cursos de graduação.

A partir do dia 15 de Agosto (quarta-feira) a UNICAMP abre inscrição para o seu primeiro vestibular indígena em sua história. A expectativa é grande, no total a instituição espera ter, ao menos, 800 interessados disputando 72 vagas no total com 27 diferentes graduações a disposição de cada candidato.

A investida da Universidade tem o claro intuito de promover a inclusão social, a UNICAMP projeta uma despesa extra de R$ 300 mil somando todo investimento em infraestrutura e todo este esforço é justificado com o intuito da universidade propiciar o acesso a formação em grau superior para comunidades carentes como as etnias indígenas.

Boa parte deste investimento adicional se deve ao aumento da taxa de inscrição do Vestibular 2019, passando dos antigos R$ 165 para os atuais R$ 170, com este reforço em caixa a Universidade ganhará fôlego para projetos na formação de docentes (professores), infraestrutura na administração e várias iniciativas em novos estudantes em seu escopo de alunos, como esta.

Como se inscrever

O aluno deverá acessar o link: https://www.comvest.unicamp.br e preencher o formulário online respeitando todos os pré-requisitos necessários, entre eles a comprovação de pertencer a alguma etnia indígena em território nacional.

Prazos e Datas

As inscrições serão recebidas até o dia 14 de Setembro, o exame (vestibular) será aplicado em uma única etapa no dia 02 de Dezembro em diferentes locais do Brasil, serão eles:

  • Cidade de Campinas, no Estado de São Paulo;
  • Cidade de Dourados, no estado de Mato Grosso do Sul;
  • Cidade de Manaus, no estado do Amazonas;
  • Cidade de Recife, no estado de Pernambuco;
  • Cidade de São Gabriel da Cachoeira, no estado do Amazonas.

O programa de estudo das provas podem ser acessado diretamente através do link: http://www.comvest.unicamp.br/wp-content/uploads/2018/07/Programas_provas_indigenas_2019.pdf. As provas serão compostas por 50 questões, todas de múltipla escolha, distribuídas em quatro disciplinas principais:

  • Disciplina de Linguagens e Códigos com 14 questões;
  • Disciplina de Ciências da Natureza com 14 questões;
  • Disciplina de Matemática com 12 questões;
  • Disciplina de Ciências Humanas com 12 questões.

Os pré-requisitos

Todos os candidatos precisam ter a comprovação da conclusão do ensino médio, tanto em escolas indígenas como também em escolas da rede pública, além e ter obtido a certificação no ENEM ou em Exames Oficiais compatíveis.

Também será necessária a comprovação de pelo menos cinco pontos obrigatórios para caracterizar o vínculo com qualquer Comunidade Indígena:

  • declarar a residência em uma comunidade indígena e seu permanente vínculo;
  • declarar e justificar este vínculo, caso o candidato não residir permanentemente nesta área ou nesta comunidade;
  • através da declaração da etnia, do qual ao menos três lideranças devem assinar, demonstrar seu vínculo a comunidade do qual pertence;
  • detalhar os dados de contato destas lideranças que assinaram o documento da comunidade o qual pertence;
  • Indicar, sempre através de órgãos regionais da FUNAI, com o intuito da comprovação e atesto da localização desta comunidade no Brasil.

Os cursos oferecidos são:

  • Graduação de Administração;
  • Graduação de Administração Pública;
  • Graduação de Arquitetura e Urbanismo;
  • Graduação de Artes Cênicas;
  • Graduação de Artes Visuais;
  • Graduação de Ciências do Esporte;
  • Graduação de Ciências Econômicas;
  • Graduação de Ciências Sociais;
  • Graduação de Comunicação Social-Midialogia;
  • Graduação de Dança;
  • Graduação de Enfermagem;
  • Graduação de Engenharias Agrícola;
  • Graduação de Engenharia de Manufatura;
  • Graduação de Engenharia de Produção;
  • Graduação de Engenharia Elétrica;
  • Graduação de Estudos Literários;
  • Graduação de Farmácia;
  • Graduação de Filosofia;
  • Graduação de Geografia;
  • Graduação de Geologia;
  • Graduação de História;
  • Graduação de Letras;
  • Graduação de Licenciatura integrada química/física;
  • Graduação de Linguística;
  • Graduação de Música: licenciatura;
  • Graduação de Nutrição;
  • Graduação de Pedagogia;
  • Graduação de tecnologia em Saneamento Ambiental.

Boa sorte a todos os futuros estudantes!

Por Carlos B.


Vestibular da UFGD oferta 962 vagas em diversos cursos.

Nos últimos dias, diferentes entidades de ensino superior no Brasil anunciaram que estão com os seus respectivos períodos de inscrição abertas para distintos processos seletivos. Essas faculdades ainda usam o tradicional vestibular como meio de selecionar novos discentes. E a última a comunicar que está com mais de 900 vagas abertas foi a Universidade Federal da Grande Dourados, a UFGD, no Mato Grosso do Sul. Saiba agora todos os detalhes a respeito deste processo seletivo.

A respeito das mais de 900 vagas oferecidas pela UFGD no Mato Grosso do Sul

De acordo com o edital deste vestibular, a Universidade Federal da Grande Dourados vai oferecer ao todo 962 vagas para cursos que englobam as áreas de saúde, humanas, exatas e outras. Veja agora a relação com o número de vagas para cada um dos cursos:

– 25 vagas para Administração.

– 25 vagas para Agronomia.

– 30 vagas para Artes Cênicas.

– 27 vagas para Biotecnologia.

– 15 vagas para Ciências Biológicas/ Bacharelado.

– 15 vagas para Ciências Biológicas/ Licenciatura.

– 25 vagas para Ciências Contábeis.

– 25 vagas para Ciências Econômicas.

– 30 vagas para Ciências Sociais.

– 27 vagas para Direito.

– 25 vagas para Educação Física.

– 25 vagas para Engenharia Agrícola.

– 30 vagas para Engenharia Civil.

– 30 vagas para Engenharia de Computação.

– 25 vagas para Engenharia de Alimentos.

– 30 vagas para Engenharia de Aquicultura.

– 25 vagas para Engenharia de Energia.

– 26 vagas para Engenharia de Produção.

– 30 vagas para Engenharia Mecânica.

– 30 vagas para Física.

– 35 vagas para Geografia.

– 25 vagas para Gestão Ambiental.

– 30 vagas para História.

– 35 vagas para Letras.

– 25 vagas para Matemática/ Licenciatura (matutino).

– 30 vagas para Matemática/ Licenciatura (matutino e sábado pela manhã e à tarde). – Início das aulas no 2º semestre do ano letivo de 2019.

– 20 vagas para Medicina/ Bacharelado (integral). Início das aulas no 1º semestre do ano letivo de 2019.

– 20 vagas para Medicina/ Bacharelado (integral). Início das aulas no 2º semestre do ano letivo de 2019.

– 30 vagas para Nutrição.

– 25 vagas para Pedagogia.

– 30 vagas para Psicologia.

– 15 vagas para Química/ Bacharelado (integral).

– 15 vagas para Química/ Licenciatura (vespertino e sábado pela manhã e à tarde).

– 30 vagas para Química/ Licenciatura (noturno e sábado pela manhã e à tarde).

– 27 vagas para Relações Internacionais.

– 25 vagas para Sistemas de Informação.

– 25 vagas para Zootecnia.

Assim, em como em outros processos seletivos, neste também se tem vagas para cotistas. Neste caso em específico, há oportunidades para estudantes de escola pública (com influência ou não de salário mínimo). Além de vagas para cota racial e para pessoas portadoras de necessidades especiais. Para verificar o número de oportunidade para cada uma dessas cotas, acesse o edital que está disponível neste endereço: https://www.ufgd.edu.br. Essas informações vão ser encontradas no item “QUADRO 1 – Distribuição das Vagas”, a partir da página 04.

A respeito dos métodos avaliativos usados pela Universidade Federal da Grande Dourados para a escolha dos novos alunos

Para que os participantes ingressem na UFGD em 2019, eles vão ter que ter um bom resultado em duas provas distintas. A primeira delas é a escrita de uma redação, que vai acontecer no dia 25 de novembro de 2018, às 8h, valendo 40 pontos.

Já a segunda avaliação será uma prova de múltipla escolha, que também vai ocorrer em 25 de novembro de 2018. Entretanto, às 14h. Neste teste vão ter 60 questões dos seguintes conteúdos:

– 08 questões sobre Matemática e suas Tecnologias. Valor: 08 pontos.

– 14 questões sobre Ciências Humanas e suas Tecnologias. Valor: 14 pontos.

– 18 questões sobre Ciências da Natureza e suas Tecnologias. Valor: 18 pontos.

– 20 questões sobre Linguagens, Códigos e suas Tecnologias. Valor: 20 pontos.

O resultado final vai ser divulgado em 15 de janeiro de 2018. E o período de matrículas vai ser iniciado um dia depois, ou seja, 16 de janeiro de 2018, segundo o edital.

A respeito do período de inscrições

O período de inscrições foi aberto, na segunda-feira, dia 13 de agosto de 2018 e as participações vão ser aceitas até a data de 19 de outubro de 2018. E as inscrições devem ser feitas pelo site: http://arearestrita.ufgd.edu.br/area-restrita/novo.jsf. A taxa para a participação é de R$ 100,00.

Por Isabela Castro


Interessados devem realizar as inscrições até o dia 21 de novembro de 2018.

Novos processos seletivos estão sendo abertos nesse segundo semestre de 2018, tempo de vestibular. Deste modo, o Insper, no Estado de São Paulo, já abriu o período de inscrições para o Vestibular de 2019. O procedimento de seleção tradicional estabelece prazo de inscrição até o dia 21 do mês de novembro de 2018. O valor da taxa é de 200 reais. Os estudantes que vão ingressar no vestibular por meio do Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem, terão participação no valor de 50 reais, até o dia 10 do mês de janeiro de 2019.

O Insper ou Instituição de Ensino Superior Brasileira consiste em uma universidade especializada, que atua nas áreas de negócios, de economia, de direito, de engenharia mecânica, de engenharia mecatrônica e de engenharia da computação.

Assim, o Insper está abrindo em torno de 399 vagas para o Vestibular de 2019. Deste total de cadeiras, um número de 24 delas estão previamente reservadas para os candidatos com ingresso por meio do Enem. O conjunto total de vagas disponíveis se divide da seguinte maneira:

Para o curso de Administração são 150 vagas por meio das provas e 10 por meio do Enem; para o curso de Ciências Econômicas são 75 vagas por meio das provas e mais 5 por meio do Enem; para o curso de Engenharia da Computação são 50 vagas por meio das provas e mais 3 por meio do Enem; para o curso de Engenharia Mecânica são 50 vagas por meio das provas e mais 3 por meio do Enem e para o curso de Engenharia Mecatrônica são 50 vagas por meio das provas e mais 3 por meio do Enem.

O efetivo ingresso dos estudantes neste processo de seleção está agendado para o primeiro semestre do ano de 2019.

Sobre o itinerário deste certame seguem as informações:

A etapa primeira deste Vestibular do Insper se dará no dia 14 de dezembro de 2018, em dois turnos, ou seja, no período matutino serão distribuídos os cadernos com 30 questões objetivas versando sobre língua Portuguesa e mais duas redações; no período vespertino todos os candidatos deverão responder a 35 perguntas objetivas sobre as matérias de análise quantitativa e de lógica.

Todos os vestibulandos selecionados e convocados para a segunda etapa terão seus nomes divulgados a partir do dia 14 do mês de janeiro de 2019. Todos os estudantes selecionados participarão das atividades previamente agendadas até o dia 16 do mesmo mês de novembro. Os vestibulandos classificados serão encaminhados para esta fase definitiva entre os dias 19 e 23 do mesmo mês de novembro.

A segunda etapa deste Vestibular se dará para todos os classificados nas anteriores provas gerais da seleção e por meio da avaliação das notas conquistadas no Enem. A etapa definitiva deste processo seletivo se dará em cima das competências chamadas sócio-emocionais de todos os vestibulandos, abrangendo a realização do exame oral e da dinâmica entre grupos a respeito de temas polêmicos atuais, e todo esse conjunto de atividades será devidamente observado e analisado por uma banca especializada.

O resultado final definitivo do Vestibular de 2019 promovido pelo Insper tem data de publicação previa para o dia 1º do mês de fevereiro de 2019. Todos os estudantes aprovados terão suas matrículas realizadas até o dia 4 do mesmo mês. Com relação à segunda chamada de candidatos, informações serão publicadas no dia 5 do mesmo mês de fevereiro e o seu registro acadêmico se dará num prazo que se estenderá até o dia 7, na sequência.

Este é um dos vestibulares mais importantes do ano.

Paulo Henrique dos Santos


Prazo para se inscrever termina no dia 6 de setembro de 2018.

Na Região Norte do país, os estudantes tem boas notícias sobre vestibulares próximos de acontecer. Trata-se do início do processo seletivo promovido pela Universidade Federal do Estado de Roraima, a UFRR. Já está aberto o período para o cadastro das inscrições no Vestibular da UFRR de 2019, o qual iniciou na madrugada da última segunda-feira, dia 6 de agosto de 2018. Todos os estudantes poderão preencher seus cadastros ao longo deste prazo, que se estenderá até o dia 6 do mês de setembro de 2018.

O valor da taxa cobrada está em 70 reais, referente às duas primeiras fases deste Processo Seletivo de tipo Seriado, ou PSS, e mais um valor adicional de 100 reais para a terceira fase, que também será cobrado dos candidatos da Prova Integral, a PI. O total será 170.

Sobre a questão das demandas de isenção ou redução da taxa cobrada, as mesmas serão recebidas em um prazo estendido até o dia 10 do mês de agosto de 2018, entre às 8h30 e às 11h30 e entre às 14h30 e às 17h30, horários fixos. O local para realizar a solicitação será a CPV da UFRR, situado na Capital Boa Vista, Estado de Roraima. Todos os estudantes candidatos têm o dever portar consigo o formulário impresso e a necessária documentação descrita no documento do Edital.

A política de isenção de taxas está exclusivamente destinada aos estudantes vestibulandos que se enquadrem perfeitamente nos critérios estabelecidos pela universidade e, pelos menos, em uma das categorias logo abaixo:

Ou para as pessoas que estejam inscritas no chamado Cad-Único; ou para os estudantes matriculados em escolas públicas, ou para os estudantes bolsistas integrais, os quais pertençam a famílias com renda doméstica de até 1,5 salário mínimo.

Todos os vestibulandos podem e terão acesso ao resultado das solicitações de isenção a partir do dia 22 do mês de agosto de 2018.

Com relação ao itinerário deste vestibular seguem as seguintes informações:

Todos os locais de realização das provas deste Vestibular da UFRR de 2019 serão divulgados até o dia 9 do mês de novembro de 2018. Com relação ao exame, o mesmo será ministrado no dia 25 do mesmo mês, iniciando às 8 horas, e consistirá em um caderno com questões objetivas, além da feitura de uma redação.

Todos os estudantes candidatos, inscritos para o curso de Arquitetura e Urbanismo, terão acesso às informações sobre os locais de realização das provas referentes às habilidades específicas a partir do dia 28 do mês de novembro de 2018. Esta fase do processo de seleção será realizada no dia 2 do mês de dezembro de 2018, iniciando a partir das 8 horas.

A própria Universidade Federal do Estado de Roraima (UFRR) estará divulgando a pontuação das provas objetivas e fazendo menção a todos os convocados para a devida correção das redações, no dia 21 do mês de dezembro de 2018.

Com relação aos resultados, as informações sobre os desempenhos atingidos nas duas primeiras etapas deste PSS da UFRR de 2019 serão divulgado no dia 21 do mês de dezembro de 2018.

A mesma universidade anunciará toda a classificação preliminar referente à 3ª fase e, sobre a Prova Integral, no dia 4 do mês de fevereiro de 2019, além de abrir um prazo com dois dias, no máximo, para entrada de recursos. Com relação à versão definitiva dos resultados, a mesma será divulgada no dia 11 do mesmo de fevereiro.

Sobre o número de vagas à disposição, serão preenchidas em torno de 811 cadeiras neste Vestibular de 2019. Deste total, 466 vagas estão previamente reservadas para distribuição entre os chamados cotistas, ou seja, estudantes pertencentes a escolas públicas e para as pessoas com deficiência.

Paulo Henrique dos Santos


Interessados poderão se inscrever até o dia 23 de setembro de 2018.

A Pontifícia Universidade Católica, conhecida popularmente como PUC, é uma das faculdades mais conhecidas da América Latina. Presente em diferentes estados do Brasil e com unidades também no exterior, a PUC é uma organização privada e que seleciona novos alunos por meio do vestibular. E uma de suas unidades que está com inscrições abertas para o novo processo seletivo é a PUC de Campinas. Ao todo são 5.740 vagas para diversas graduações. Saiba todos os detalhes.

A respeito das novas abertas pela PUC de Campinas

A PUC é uma universidade reconhecida e premiada e o aluno sabe que estudar em uma instituição com essas características pode ser determinante para o seu futuro profissional. Por isso, para as pessoas que desejam participar do novo vestibular da instituição já foi divulgada a lista com o número de vagas para cada uma das graduações. Veja agora a relação dos cursos:

-70 vagas para Administração (matutino).

-70 vagas para Administração (noturno).

-160vagas para Arquitetura e Administração.

-20 vagas para Artes Visuais/ Licenciatura (noturno)

-40 vagas para Artes Visuais/ Bacharelado (noturno).

-60 vagas para Biblioteconomia.

-45 vagas para Ciências Biológicas/ Licenciatura.

-45 vagas para Ciências Biológicas/ Bacharelado.

-80 vagas para Ciências Contábeis (noturno)

-60 vagas para Ciências Contábeis (noturno)

-70 vagas para Ciências Econômicas (matutino).

-140 vagas para Ciências Econômicas (noturno).

-30 vagas para Ciências Sociais/ Licenciatura.

-30 vagas para Ciências Sociais/ Bacharelado.

-60 vagas para Design Digital.

-180 vagas para Direito (matutino).

-180 vagas para Direito (noturno).

-35 vagas para Educação Física/ Licenciatura.

-35 vagas para Educação Física/ Bacharelado.

-90 vagas para Enfermagem.

-70 vagas para Engenharia Ambiental e Sanitária.

-120 vagas para Engenharia Civil (matutino).

-120 vagas para Engenharia Civil (noturno).

-120 vagas para Engenharia da Computação.

-60 vagas para Engenharia de Controle e Automação.

-60 vagas para Engenharia de Produção.

-60 vagas para Engenharia de Software.

-60 vagas para Engenharia de Telecomunicações.

-60 vagas para Engenharia Elétrica.

-60 vagas para Engenharia Mecânica.

-60 vagas para Engenharia Química.

-90 vagas para Farmácia

-60 vagas para Filosofia/ Licenciatura.

-60 vagas para Filosofia/ Bacharelado.

-90 vagas para Fisioterapia.

-80 vagas para Fonoaudiologia.

-30 vagas para Geografia/ Bacharelado.

-30 vagas para Geografia / Licenciatura.

-30 vagas para História/ Bacharelado.

-30 vagas para História/ Licenciatura.

-90 vagas para Jornalismo (matutino).

-90 vagas para Jornalismo (noturno).

-30 vagas para Letras: Português e Inglês/ Licenciatura.

-30 vagas para Letras: Português e Inglês/ Bacharelado.

-60 vagas para Matemática.

-75 vagas para Medicina.

-75 vagas para Medicina.

-60 vagas para Medicina Veterinária (integral).

-60 vagas para Medicina Veterinária (noturno).

-60 vagas para Mídias Digitais.

-60 vagas para Museologia.

-90 vagas para Nutrição.

-94 vagas para Odontologia.

-60 vagas para Pedagogia (matutino).

-60 vagas para Pedagogia (noturno).

-130 vagas para Psicologia (integral: matutino e vespertino).

-65 vagas para Psicologia (integral: vespertino e noturno).

-90 vagas para Publicidade e Propaganda (matutino).

-90 vagas para Publicidade e Propaganda (noturno).

-90 vagas para Química.

-60 vagas para Relações Internacionais.

-90 vagas para Relações Públicas (matutino).

-90 vagas para Relações Públicas (noturno).

-70 vagas para Serviço Social.

-65 vagas para Sistemas de Informação.

-60 vagas para Superior de Tecnologia em Gestão da Tecnologia da Informação.

-60 vagas para Superior de Tecnologia em Gestão Comercial.

-60 vagas para Superior de Tecnologia em Gestão Financeira.

-60 vagas para Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos.

-60 vagas para Superior de Tecnologia em Gestão Pública.

-60 vagas para Superior de Tecnologia em Jogos Digitais.

-60 vagas para Turismo.

-90 vagas para Terapia Ocupacional.

Se você quiser saber de outras informações a respeito das graduações, basta acessar o seguinte endereço eletrônico: https://wl.sis.puc-campinas.edu.br/websist/portal/vestibular/inscricoes.aspx. Clique na aba “Manual do Candidato. Cursos Oferecidos” esses dados estão dispostos a partir da página 08.

Sobre as avaliações que os inscritos vão realizar para o processo seletivo da PUC de Campinas

As avaliações vão acontecer de forma distinta devido à quantidade de inscritos que participam anualmente do processo seletivo da instituição. Primeiramente, as pessoas que desejam conquistar uma vaga nos cursos de Arquitetura e Direito vão realizar uma avaliação no dia 19 de outubro de 2018.

Um dia depois, ou seja, em 20 de outubro, os demais inscritos vão realizar um teste com 50 perguntas de múltipla escolha e também a escrita de uma redação. A lista com o nome dos aprovados vai ser divulgada no dia 05 de novembro de 2018. Entretanto, a relação dos aprovados em Medicina vai ser publicada em 10 de dezembro de 2018. Uma vez que os alunos inscritos para o curso de Medicina vão realizar também uma avaliação específica em 09 de novembro de 2018. Para qualquer dúvida consulte o Manual do Candidato cujo link foi disponibilizado anteriormente.

Inscrições para o vestibular da Pontifícia Universidade Católica de Campinas

As inscrições só vão ser aceitas até a data de 23 de setembro de 2018 pelo site: https://wl.sis.puc-campinas.edu.br/websist/portal/vestibular/inscricoes.aspx. No dia 10 de outubro de 2018, a instituição vai disponibilizar o Cartão de Confirmação de Inscrição, o CCI. Neste documento também vai trazer informações sobre os locais das avaliações.

A respeito da taxa de inscrição se tem valores e dias variados. Para todos os cursos, exceto o de Medicina esse são os valores:

Até 26 de agosto: R$ 91,00.

Entre 27 de agosto a 10 de setembro: R$ 103,00.

Entre 11 a 23 de setembro: R$ 114,00.

Já para Medicina:

Até 26 de agosto: R$ 243,00.

Entre 27 de agosto a 10 de setembro: R$ 274,00.

Entre 11 de setembro até 23 de setembro: 305,00.

Boa Sorte!

Isabela Castro.


O Vestibular do ITA de 2019 terá cota para negros e mudanças na quantidade de fases.

Algumas instituições de ensino selecionam os novos alunos de forma muito específica: o vestibular. Esse tipo de seleção era usado pela maioria das organizações. Entretanto, algumas abandonaram ou diversificaram a possibilidade de entrada de novos estudantes. Uma fundação que é muito conhecida em todo território nacional e que usa deste tipo de processo seletivo é o Instituto de Tecnológico de Aeronáutica, o ITA. O tradicional vestibular do ITA já está com o período de inscrições aberto e para essa nova edição conta com algumas novidades em relação às edições anteriores. Se você quer saber sobre essas mudanças leia o texto abaixo e se informe sobre elas.

A respeito das novidades do processo seletivo do Instituto de Tecnológico de Aeronáutica

O ITA promove a formação em nível superior ligada à engenharia há mais de meio século. E se tornou uma instituição muito tradicional do Brasil e consequentemente com um dos processos seletivos mais concorridos. O ITA tinha um padrão no seu vestibular e para este ano dois pontos específicos foram reformulados. O primeiro dele se trata da quantidade de fases que os inscritos vão ser submetidos. Anteriormente, os inscritos realizam as provas escritas em quatro dias seguidos. Para essa nova edição, os candidatos vão participar de duas fases em meses distintos, sendo a primeira em 23 de novembro e a próxima nos dias 10 e 11 de dezembro.

A segunda mudança que foi adotada para o vestibular do ITA se trata da destinação de um número de vagas para candidatos negros. Neste ano, vão ser oferecidas 110 novas vagas e deste número cerca de 22 oportunidades vão ser para cota relacionada a questão racial. Essa medida foi adotada de forma inédita neste ano.

As etapas para a escolha dos novos alunos da instituição

Os inscritos vão participar de três fases distintas. Na primeira etapa, os candidatos vão realizar uma avaliação de múltipla escolha formada por 60 questões contendo os seguintes conteúdos: química, física, matemática, língua inglesa e língua portuguesa. Já a segunda etapa vai ser um teste de caráter discursivo com 30 perguntas sobre química, física, matemática e vão precisar escrever uma redação que o tema deve ser exposto no momento da realização da segunda fase.

Para a melhor preparação dos candidatos, o Instituto de Tecnológico de Aeronáutica mantém em sua página na internet três campos de auxílio nos estudos. O primeiro é sobre instruções para a realização dos exames. O segundo diz respeito ao programa de matérias e o último é uma série de orientações para a escrita da redação. Para acessar a estes tópicos clique em: http://www.vestibular.ita.br. Posteriormente, eles também vão ser submetidos a uma inspeção de saúde. Essa fase vai ser realizada no Esquadrão de Saúde de São José dos Campos / SP.

As provas vão ser aplicadas nas seguintes cidades: Goiânia, São José dos Campos, Vitória, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, São Luís, Campos Grande, Teresina, Campinas, Porto Alegre, Manaus, Belém, Ribeirão Preto, Salvador, Curitiba, Natal, São Paulo, Recife, Fortaleza, São José do Rio Preto, Brasília, Londrina, Juiz de Fora e Cuiabá.

Informações importantes para os inscritos que forem selecionados para estudarem no ITA

Em sua página oficial o ITA disponibilizou informações de extrema importância para os novos alunos. É relevante que os interessados neste processo seletivo saibam de alguns desses pontos. Como, por exemplo, que a instituição concede uma bolsa de estudo e de alimentação para os aprovados. Os novos estudantes podem ou não morar no campus da instituição que é localizado na cidade de São José dos Campos, interior de São Paulo.

O curso de engenharia tem a totalidade de cinco anos de estudo. Nos dois anos iniciais, os estudantes passam por um curso fundamental e nos anos posteriores eles passam por um curso profissional para uma das seguintes áreas da engenharia: Mecânica-Aeronáutica, Eletrônica, Computação, Civil-Aeronáutica, Aeronáutica e Aeroespacial. Essas informações e outros dados podem ser encontrados na página do ITA que foi disponibilizada no último parágrafo. Basta clicar em “Inscreva-se” que vai se ter uma relação de dados que é necessário consultar.

Inscrições para este processo seletivo

As inscrições devem ser feitas até o dia 15 de setembro de 2018 pelo link: http://www.vestibular.ita.br. A taxa de inscrição é de R$ 140,00. O nome com os selecionados deve ser divulgado na data de 21 de dezembro.

Por Isabela Castro


Interessados podem se inscrever até o dia 15 de agosto de 2018.

Muitos estudantes se encontram na expectativa da abertura das inscrições para o vestibular 2019 da UEG que é a Universidade Estadual de Goiás. Dessa forma, se este for o seu caso as notícias que acabam de chegar são bastante agradáveis. É que as inscrições já estão sendo realizadas e se encerram no dia 15 do mês de agosto. Continue lend este texto e saiba de todas as informações sobre o vestibular.

Quem deseja se tornar um aluno da Universidade Estadual de Goiás já pode realizar a sua inscrição para o Vestibular do ano de 2019. De acordo com as informações dos editais serão disponibilizadas vagas para os cursos de Medicina e de Direito.

Os candidatos que prestrarem o vestibular e conseguirem aprovação irão realizar o curso na cidade de Itumbiara. Já os aprovados para o cursod e Direito irão realizá-lo na cidade de Iporá.

As inscrições para o vestibular tiveram início na última quarta-feira dia 25 do mês de julho e o último dia de inscrição será o dia 15 do mês de agosto.

Quem se inscrever para o Vestibular 2019 UEG deverá pagar uma taxa de inscrição cujo valor é de R$80 para o curso de Direito e R$280 para candidatos ao curso de medicina.

A universidade para alguns casos irá conceder a isenção da taxa de participação no vestibular. Dessa forma as pessoas que não possuem condições de pagar por esta taxa tiveram como prazo para entrega da documentação os dias 10 a 13 do mês de julho, sendo que alista com os nomes dos candidatos isentos foi divulgada na última quarta-feira.

Ainda de acordo com as informações dispostas no edital do vestibular, a partir do dia 29 do mês de agosto outras informações serão divulgadas como por exemplo os locais para realização das provas. A data do vestibular já foi definida sendo ela o dia 02 do mês de setembro. Haverá aplicaçãod e provas nas cidades de Iporá, Gioânia e Itumbiara.

Os candidatos que irão concorrer a uma vaga no curso de Medicina da UEG terão que realizar uma prova objetiva formada por 60 questões de múltipla escolha, 4 discursivas e ainda terão que desenvolver uma redação com tema fornecido pela instituição. Já quem for concorrer a uma vaga no curso de Direito terá que realizar uma prova formada por 52 questões objetivas de múltipla escolha e realizar uma redação.

Os candidatos devem estar atentos pois logo no dia seguinte a prova, ou seja no dia 03 de setembro, a universidade irá divulgar o gabarito oficial preliminar. Dessa forma, os candidatos que por algum motivo se sentirem prejudicados, a instituição determina um prazo de dois dias para entrar com recursos.Assim, o resultado definitivo do gabarito do vestibular deve ser divulgado no dia 18 do mês de de setembro.

A lista com os nomes dos candidatos aprovados no vestibular será divulgada no dia 31 do mês de outubro. Desse modo, quem for aprovado deve realizar a sua matrícula no curso do dia 06 ao dia 08 do mês de novembro.

Para as vagas que ficarem sem serem preenchidas, a universidade realizará novas convocações, marcadas para s dias 21 e 28 do mês de novembro e no dia 04 do mês de dezembro.

Para esta edição do vestibular 2019 UEG, haverá a oferta de um total de 64 vagas, sendo que deste quantitativo 40 são para o curso de direito e 24 para o curso de Medicina.

A universidade torna público aos candidatos que 45% do total de vagas são exclusivas para estudantes que tenham cursado o ensino médio em escolas da rede pública de ensino, para candidatos declarados negros e para pessoas portadoras de deficiência.

Não perca essa oportunidade. Inscreva-se no site da UEG.

Ana Paula


Saiba aqui mais detalhes sobre as cotas raciais no Vestibular ITA 2019.

Uma boa notícia está sendo divulgada para uma parcela significativa dos alunos que pretendem participar dos exames vestibulares. Trata-se da abertura do direito à cota racial para o próximo processo seletivo do ITA.

Assim, o vindouro Vestibular de 2019 para vagas no Instituto Tecnológico de Aeronáutica, o ITA, no município de São José dos Campos, Estado de São Paulo, terá o seu período de inscrições aberto no dia 1º de agosto, próximo, e, juntamente ao cadastro, se seguirá a seguinte novidade: serão estabelecidas reservas de 20% das vagas para candidatos afrodescendentes. O critério adotado para as cotas raciais segue em plena conformidade com a determinação do Supremo Tribunal Federal, STF, sobre os concursos das Forças Armadas.

Portanto, entre as 110 vagas disponíveis para o ano de 2019, 22 delas se destinarão aos candidatos que, no ato da inscrição, se autodeclararem como negros. Deste modo, a avaliação se dará exclusivamente sobre o fenótipo do participante, ou seja, a cor da superfície da pele, havendo a atuação de uma comissão para analisar todos os inscritos, e o procedimento será filmado para que eventuais recursos possam ser apresentados pelos próprios vestibulandos.

De acordo com o que foi estabelecido pelo STF, na base da Lei 12.990/2014, é obrigatória a inclusão de uma significativa reserva de vagas para concorrentes negros e para concorrentes pardos, com relação às cadeiras da Administração Pública Federal. Dado isso, a Força Aérea, o Exército e a Marinha estão no dever de reservar uma parte das vagas em seus processos de seleção e em concursos públicos promovidos por esses mesmos órgãos, no sentido de fazer jus às cotas raciais.

Este acordo originou-se a partir do resultado de uma ação civil pública mobilizada, a qual foi anteriormente ajuizada pelo próprio Ministério Público Federal, o MPF.

Com relação ao vestibular do ITA, muitos professores o consideram um dos mais dificultosos e rigorosos em todo o Brasil, dentro das áreas de exatas. Reforçando: este Concurso de Admissão no ITA terá o seu período de inscrições aberto a partir do dia 1º de agosto, estendendo até o dia 15 de setembro de 2018.

Expirado o prazo de solicitação de isenção da taxa de inscrição, a divulgação do resultado desse recurso ocorreu na tarde do dia 25 de julho, terça-feira. Todos os estudantes isentos deverão inscrever-se normalmente para o Vestibular de 2019. Observação importante: esta mesma edição do Vestibular do ITA está configurada em um novo formato, a saber:

O Exame de Escolaridade evoluiu de uma para duas fases, tal como segue no itinerário abaixo:

A 1ª fase, marcada para o dia 23 de novembro, consistirá em 60 questões objetivas versando sobre Física; sobre Português; sobre Inglês; sobre Matemática e sobre Química, contendo o caderno de prova 12 questões para cada disciplina;

A 2ª fase, marcada entre 10 e 11 de dezembro, consistirá em 30 questões discursivas, versando sobre Matemática; sobre Química e sobre Física, além da prova discursiva (redação).

As obras literárias cobradas para este novo Vestibular serão:

Senhora, de José de Alencar; Quincas Borba, de Machado de Assis e São Bernardo, de Graciliano Ramos. Obras clássicas de literatura brasileiras.

Todos os estudantes, que forem aprovados no novo Exame de Escolaridade do ITA, conhecerão suas classificações a partir do dia 21 de dezembro de 2018. Estes mesmos vestibulandos passarão, em seguida, pela necessária Inspeção de Saúde. Todo vestibular constitui uma fase muito importante na história da vida profissional de todo estudante, integrando uma etapa fundamental de seu crescimento acadêmico e vocacional. Vale a pena conferir. Para informações, acesse o site do Vestibular do ITA, ou acesse o seguinte link: https://vestibular.brasilescola.uol.com.br/noticias/cotas-raciais-sao-novidade-vestibular-2019-ita-sp/343243.html.

Paulo Henrique dos Santos


Pedidos devem ser feitos até o dia 27 de julho de 2018.

Foram abertas na última segunda-feira, dia 23 de julho, os pedidos para a isenção referente à taxa de Vestibular da edição 2018/2019 e do Sistema de Ingresso Seriado, o SIS, do triênio 2019/2021 da Universidade do Estado do Amazonas, a UEA. Porém, vale lembrar que o tempo é curto, sendo as solicitações aceitas e recebidas somente até a próxima sexta-feira, dia 27 de julho.

A oferta da Universidade do Estado do Amazonas é de 1.893 vagas para os que forem aprovados durante a terceira etapa do SIS. É importante ressaltar que são destinadas 119 oportunidades para pessoas com deficiência e 126 para povos indígenas.

Já para o Vestibular, são no total 2.840 vagas. Dessas, 221 são para pessoas com deficiência e 138 para indígenas.

Como faço para pedir a isenção?

Para pedir a isenção do Sistema de Ingresso Seriado (SIS), basta acessar o site https://www.vunesp.com.br/UEAM1802. Já para a isenção do Vestibular da UEA, o endereço eletrônico é o https://www.vunesp.com.br/UEAM1801.

Nesse espaço, é possível enviar os documentos para participar do processo referente à desobrigação de pagamento do valor solicitado para a participação nos processos seletivos. Portanto, leia atentamente aos editais e documentos disponibilizados no mesmo link.

Quem pode pedir a isenção?

Para garantir a isenção, os candidatos precisam pedir a solicitação, como já citado anteriormente. Porém, somente estarão aptos aqueles que se encontram em uma das situações previstas em edital.

A primeira se refere ao trabalhador que possui uma renda mensal de, no máximo, três salários mínimos (cálculo em R$ 2.862). Ainda, podem se inscrever participantes que estejam desempregados ou, ainda, autônomos e/ou dependentes de um responsável com uma renda igual ou menor à citada de R$ 2.862.

Para não errar, todos os procedimentos referentes à solicitação da isenção e, ainda, a documentação necessária para cada uma das categorias poderão ser consultadas no edital.

Quando sairá o resultado?

Todos os isentos do Vestibular ou do SIS terão o seu nome divulgado no dia 6 de agosto de 2018. Para aqueles que não forem beneficiados, há a oportunidade de recorrer nos dias 7 e 8 de agosto.

Para esses pedidos de revisão, a resposta será dada no dia 10 do mesmo mês. Nessa data serão abertas também as inscrições para os processos seletivos.

Para aqueles candidatos que receberem a isenção, a inscrição no Vestibular e no SIS ocorre de forma automática. Sua inscrição deverá ser feita de 10 até 31 de agosto, estando as demais informações disponíveis também no edital da isenção.

Sobre os processos seletivos

A primeira etapa do SIS e do Vestibular da UEA é destinada para a prova, sendo ela de habilidades específicas. Essa é voltada somente para os candidatos para cursos de Música, Dança e de Teatro, ocorrendo sua aplicação no dia 16 de setembro. Para esses, o resultado sairá em 27 de setembro.

O documento contendo todos os locais de provas, chamado no processo de Cartão de Convocação, terá a sua liberação em 5 de outubro. Tanto o SIS como o Vestibular serão realizados nas mesmas datas, em 21 e 22 de outubro, a partir das 13h (horário local). Sua composição é a seguinte: dia 1 (21 de outubro), ocorrem as questões objetivas e referentes aos conhecimentos gerais; e dia 2 (22 de outubro), as questões sobre conhecimentos específicos e a redação.

O resultado final de todas as seleções da Universidade sairá em 4 de dezembro. No mesmo dia, será liberado o edital para a matrícula, com todo o cronograma do primeiro semestre de 2019. Em relação ao documento para o segundo semestre, os dias para a matrícula somente serão informadas no próximo ano, em data prevista em 25 de abril de 2019.

Todas as demais dúvidas e esclarecimentos podem ser sanadas nos editais já citados do processo.

Kellen Kunz


Pedidos deverão ser feitos até o dia 19 de julho de 2018.

O segundo semestre de 2018 começou bem para muitos estudantes residentes no município de Londrina, Estado do Paraná. Foi anunciado na Universidade Estadual de Londrina, a UEL, no Estado do Paraná, a abertura, nesta última segunda-feira, dia 9 do mês de julho de 2018, do período de solicitação necessária da isenção ou de um desconto sobre a taxa de inscrição para o Vestibular de 2019, destinado aos estudantes inscritos no chamado Cadastro Único do Governo Federal.

Todos os pedidos deverão ser cadastrados até o dia 19 do mês de julho. Assim, estudantes cujos membros da família possuam baixa renda e estejam matriculados na rede pública de educação, terão direito a fazer o pedido. O resultado prévio será divulgado no dia 25 de julho e o prazo para provimento de recursos será nos dias 26 e 27 de julho.

A lista definitiva dos estudantes isentos será divulgada até, no máximo, o dia 1º de agosto. De acordo com o Edital de Isenção, este benefício é distinto da inscrição no Vestibular 2019 da UEL, o qual terá seu período aberto a partir do dia 3 de setembro estendendo-se até o dia 5 de setembro de 2018.

Outro método de isenção ou de redução sobre o valor da taxa de inscrição se dará por meio da Análise Socioeconômica. Este tipo de modalidade terá um período de solicitações aberto entre o dia 16 de julho e o dia 3 de agosto de 2018. Será necessário preencher um formulário já disponível. Todos os interessados deverão enviar a sua documentação comprobatória no máximo até o dia 10 de agosto. As isenções serão concedidas conforme o nível de renda familiar per capita do estudante e o mesmo critério será adotado no desconto, que será de 30% ou 50%.

A Universidade Estadual de Londrina estará liberando o resultado prévio a partir do dia 27 do mês de julho, cujo prazo será de dois dias para que os interessados interponham os devidos recursos. A versão definitiva será divulgada no dia 30 do mês de agosto de 2018.

Todos os servidores da Universidade Estadual de Londrina e os seus dependentes também poderão contar com esse direito à isenção. Em relação a estes, o período de registro estará em aberto a partir do dia 30 de julho e se estenderá ao dia 10 de agosto e o resultado final será liberado no dia 20 do mês de agosto.

Sobre o Vestibular de 2019:

Todas as provas que compõem a 1ª fase desse Vestibular de 2019 da UEL serão ministradas no dia 21 do mês de outubro, entre às 14h e 18h, a qual disporá de questões objetivas versando sobre os devidos conhecimentos gerais. A fase segunda será realizada nos dias 2 e 3 do mês de dezembro de 2018, contendo as questões objetivas e discursivas necessárias.

Outra informação muito importante é a de que os estudantes inscritos no curso de Música serão submetidos às provas relativas às habilidades específicas, que serão realizadas previamente, ou seja, antes de se ministrarem as provas da primeira fase desse Vestibular, no dia 30 do mês de setembro. Para os estudantes inscritos nas graduações de Arquitetura e de Urbanismo; em Artes Visuais; em Design de Moda e em Design Gráfico, todas as provas que compõem as habilidades específicas já estão agendadas para o dia 4 do mês de dezembro de 2018.

Todos os interessados poderão conferir mais detalhes no próprio site da Coordenadoria de Processos Seletivos, o COPS, da Universidade Estadual de Londrina.

Paulo Henrique dos Santos


O cronograma do vestibular 2019 da Unicamp foi divulgado. Confira as informações.

Foi confirmado na última sexta-feira, dia 27 de abril, o período completo das inscrições e das datas de provas do vestibular 2019 da Unicamp. Com primeira fase do processo marcada para o dia 18 de novembro e segunda etapa para o período entre 13 e 15 de janeiro, serão aceitas as inscrições do dia 1º até o dia 31 de agosto, através de um formulário pela internet no endereço https://www.comvest.unicamp.br.

No total serão oferecidas 3,3 mil oportunidades pela universidade, sendo essas distribuídas em 70 cursos de graduação. As vagas são para os campi de Limeira, Piracicaba e Campinas, todas no Estado de São Paulo.

O valor que será cobrado para a taxa do vestibular ainda será divulgado futuramente no edital, com previsão de ser publicado em 7 de junho, conforme as informações da comissão que é responsável pela organização de todo o processo seletivo, a Comvest. E vale lembrar que nesta edição a Unicamp irá programar algumas mudanças, incluindo as cotas étnico-raciais e outras que buscam a inclusão social, como o vestibular indígena e as vagas por Enem.

Ficou curioso e quer mais detalhes sobre o vestibular? Então fica ligado nas informações que separamos para você.

Inscrições especiais

As inscrições para quem quer se inscrever pelo Enem iniciarão no dia 15 de outubro e vão até 14 de novembro de 2018. Já para a seleção voltada para o desempenho nas olimpíadas científicas será de 21 de novembro até 10 de janeiro de 2019.

O vestibular indígena, por outro lado, iniciará as suas inscrições no dia 15 de agosto e terminará no dia 14 de setembro de 2018. A prova ocorrerá em 2 de dezembro.

Para mais detalhes sobre as decisões que envolvem a aprovação das cotas étnico-raciais e o vestibular indígena, basta acessar o site http://encurtador.com.br/ltAT7 (link encurtado).

Sobre o formato do vestibular

Segundo a comissão responsável pela organização da prova, o formato e modelo das provas do vestibular da Unicamp será mantido e igual àquela aplicada na edição anterior. Sendo assim, na primeira etapa o exame será composto por um total de 90 questões com múltipla escolha e nas seguintes disciplinas: língua inglesa, língua portuguesa, literaturas de língua portuguesa, história, matemática, geografia, sociologia, filosofia, química, física, biologia e outras interdisciplinares. O tempo para a realização da prova é de, no máximo, cinco horas.

Já as provas da segunda etapa ocorrerão no mês de janeiro de 2019, com duração máxima de quatro horas. Sendo assim, no dia 13 será realizada uma redação e um exame sobre literaturas de língua portuguesa e língua portuguesa. Já no dia 14 a prova será dos conteúdos de história, geografia e matemática e, por fim, no dia 15 de ciências biológicas, química e física.

As avaliações sobre as habilidades específicas ocorrem entre 21 e 25 de janeiro, exceto para os cursos de música que terão divisão em duas fases. A primeira de 10 a 17 de setembro e a segunda entre 14 e 15 de outubro.

Isenção da taxa de inscrição

Apesar da obrigatoriedade de pagamento de taxa para a inscrição no vestibular, há ainda a possibilidade de que seja solicitada a isenção dessa até o dia 21 de maio. Essa pode ser feita por candidatos que são provenientes de famílias que possuem baixa renda, ou seja, que recebam por morador, no máximo, um salário mínimo e meio bruto por mês.

Além desses, ainda podem ser isentos outras duas categorias de pessoas: os funcionários da instituição Unicamp/Funcamp e, ainda, candidatos para os cursos de licenciatura no período noturno, englobando os cursos de pedagogia, matemática, licenciatura integrada em física/química, física, ciências biológicas e letras.

Entre os requisitos para essa última categoria estão: ter cursado o nível médio em instituições de rede pública, integralmente; e ser domiciliado e residente no Estado de São Paulo, concluindo ou já tendo concluído o ensino médio em 2018.

Conforme a Comvest, no total serão oferecidas 6,6 mil oportunidades de isenção em todas as 3 modalidades. A lista referente aos contemplados terá a sua divulgação em 23 de julho, sendo comunicado por correio eletrônico.

É importante salientar que a isenção não garante inscrição automática no processo seletivo. Assim, é preciso realizar a matrícula posteriormente utilizando um código dado pela instituição.

A ideia é que, apesar de todas as novas propostas que buscam uma maior inclusão social, a Unicamp irá manter a sua faixa de 80 mil inscrições no vestibular de 2019. No ano de 2018, no mesmo período foram contabilizados 83,7 mil participantes.

O projeto da instituição é o de investir mais de R$ 85 milhões em permanência e assistência estudantil durante esse ano. Esse valor é o dobro daquele aplicado há 5 anos.

Por Kellen Kunz


Veja aqui a lista de obras indicadas para o Vestibular de Verão UFPR 2018.

A Universidade Federal do Paraná é uma instituição pública de ensino superior, fundada no ano de 1912, sediada no Paraná. Atualmente, se encontra em vários campi pelo estado, oferecendo diversos cursos técnicos, de graduação, mestrado, doutorado e especialização lato sensu. Além de residências médicas e EAD (Ensino à Distância).

Nos últimos dias, a UFPR divulgou seu cronograma do vestibular dos anos de 2018 e 2019, junto de suas obras de leitura obrigatória. De acordo com a universidade, o exame de vestibular ocorrerá em duas fases, sendo a primeira fase aplicada na data de 21 de outubro e a segunda fase para as possíveis datas de 25 e 26 de novembro. Ainda não foram divulgadas as datas para pedido de isenção de taxa de inscrição e para a inscrição. Segundo fontes, estas informações serão publicadas em um edital no mês de Julho.

O diferencial do vestibular dos próximos anos é que serão cobradas as disciplinas de Filosofia e Sociologia, passando a ser não mais 80, mas 90 questões objetivas, na primeira fase. Quanto à segunda fase, o conteúdo será de conhecimentos específicos, sendo que as disciplinas que serão exigidas variam de acordo com o curso escolhido.

Leituras obrigatórias

Veja a seguir as obras literárias que serão cobradas pelo Vestibular 2018/2019 da UFPR:

  • O Uraguai, de Basílio da Gama;

  • Último Cantos, de Gonçalves Dias;

  • Várias Histórias, de Machado de Assis;

  • Morte e Vida Severina, de João Cabral de Melo Neto;

  • Eles Não Usam Black-tie, de Gianfrancesco Guarnieri;

  • Relato de um Certo Oriente, de Milton Hatoum;

  • Clara dos Anjos, de Lima Barreto;

  • Nove Noites, de Bernardo Carvalho.

Além destes, serão cobrados alguns livros específicos para avaliar os conhecimentos específicos exigidos no curso. Leia o edital para saber se o curso que pretende fazer exige a leitura destas obras a seguir:

Filosofia

Dentre as obras literárias filosóficas, estão:

  • KANT, Immanuel. Resposta à questão: O que é esclarecimento? Trad. Vinicius de Figueiredo. In: MARÇAL, J.; CABARRÃO, M.; FANTIN, M. E. (Orgs). Antologia de Textos Filosóficos. Curitiba: SEED-PR, 2009, p. 406-415;

  • PLATÃO. Defesa de Sócrates. Trad. Jaime Bruna. Coleção Os Pensadores. Vol. II. São Paulo: Victor Civita, 1972, p. 9-33;

  • FOUCAULT, Michel. Os corpos dóceis. In: FOUCAULT, Michel. Vigiar e Punir. Trad. Ligia M. Pondé Vassalo. 5. ed. Petrópolis: Vozes, 1987, p. 125-152.

Sociologia

Dentre as obras literárias sociológicas, estão:

  • DAVIS, Angela. Mulheres, raça e classe. São Paulo: Boitempo, 2016;

  • LARAIA, Roque. Cultura. Um Conceito Antropológico. Rio de Janeiro: Zahar, 2001;

  • LEBRUN, Gérard. O que é poder. São Paulo: Brasiliense, 2004;

  • LÉVI-STRAUSS, Claude. Raça e História. In: Antropologia Estrutural II. São Paulo: UBU, 2017;

  • MAQUIAVEL, Nicolau. O príncipe. 21ª edição. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1998;

  • MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. Manifesto comunista. São Paulo: Boitempo, 2005.

Música

Para os candidatos que pretendem cursar Faculdade de Música, é obrigatória a leitura destes livros:

  • BENNETT, Roy. Forma e estrutura na música. Rio de Janeiro: Zahar, 1986. ISBN: 8571104263;

  • BENNETT, Roy. Uma breve história da música. Rio de Janeiro: Zahar, 1986. ISBN: 8571103658;

  • LEMOINE, Enrique e CARULLI, G. Solfeo de los solfeos. Volumen 1A. Editapsol;

  • MED, Bohumil. Teoria da Música. Brasília: Musimed, 1996. ISBN: 8570920393;

  • POZZOLI, Heitor. Guia teórico-prático para o ensino do ditado musical. Partes I e II. São Paulo: Ricordi do Brasil. ISBN: 8599477218;

  • PRIOLLI, Maria Luisa de Mattos. Princípios básicos da música, V.1. Ponta Grossa: Casa Oliveira, 2013;

  • WILLEMS, Edgar. Solfejo. Curso elementar. Rio de Janeiro: Irmãos Vitale, 1994. ISBN: 8574071978;

  • Busca por “nome do estilo musical dados artísticos”, no Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira, disponível no site.

Não se esqueça de ler atentamente o Edital, quando este for liberado, para ter acesso a mais informações sobre o Vestibular 2018/2019 da UFPR.

Aurenivia Alves Pereira


Confira aqui a lista de livros que serão cobrados no Vestibular UFRGS 2019.

A UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) é uma instituição pública de ensino superior, situada no estado sulense brasileiro, Rio Grande do Sul, fundada em 1934, com sede em Porto Alegre (RS). É um dos maiores nomes dentre as universidades públicas do país, tendo sido, em 2016, considerada pelo MEC como a melhor universidade pública brasileira.

Atualmente, possui aproximadamente 30 unidades de ensino, com mais de 90 departamentos, que atendem aproximadamente 40 mil alunos de graduação, pós-graduação e ensino fundamental, médio e técnico. Em seu nome possui mais de 500 laboratórios e diversas bibliotecas e auditórios. Além de possuir também o Hospital de Clínicas de Porto Alegre, Jardim Botânico e Museu de Paleontologia, Observatório Astronômico, Centro de Teledifusão, Editora, e diversos outros centros.

Além disso, é uma universidade voltada para a pesquisa científica de qualidade, contando com mais de 700 pesquisadores de áreas básicas e aplicadas, de diversas áreas do conhecimento, em especial Biociências, Engenharias, Física e Química.

Para ingressar nesta universidade, o candidato pode prestar o vestibular próprio da universidade, que geralmente é realizado pela Coperse, ou usar a nota do Enem para ingresso através do Sisu. A UFRGS reserva 30% das vagas de cada um de seus cursos para o sistema de cotas, voltado para candidatos autodeclarados PPI (preto, pardo ou indígena).

Leituras obrigatórias

Na última quarta-feira, dia (11), a Universidade Federal do Rio Grande do Sul divulgou a lista dos livros da leitura obrigatória de seu próximo vestibular. Confira a seguir as obras:

  • Papéis avulsos, de Machado de Assis;

  • Úrsula, de Maria Firmina dos Reis;

  • Hamlet, de William Shakespeare;

  • A máquina de fazer espanhóis, de Valter Hugo Mãe;

  • Quarto de despejo: diário de uma favelada, de Carolina Maria de Jesus;

  • Diário da queda, de Michel Laub;

  • O Continente, de Érico Verissimo;

  • Gota d’Água, de Chico Buarque e Paulo Fontes;

  • Morangos Mofados, de Caio Fernando de Abreu;

  • A Hora da Estrela, de Clarice Lispector;

  • Álbum/Disco de 1974, de Elis & Tom.

Além de alguns poemas da portuguesa Florbela Espanca. Ao todo são 22 poemas, que são estes:

  • Fanatismo;

  • Horas rubras;

  • Eu;

  • Vaidade;

  • Lágrimas ocultas;

  • A minha dor;

  • Suavidade;

  • Se tu viesses ver-me;

  • Ser poeta;

  • Fumo;

  • Frêmito do meu corpo;

  • Realidade;

  • Súplica;

  • Doce certeza;

  • Quem sabe;

  • A Mulher I;

  • A Mulher II;

  • Amiga;

  • Ódio;

  • Amar!;

  • O maior bem;

  • Neurastenia.

Dicas para leitura

Veja agora algumas dicas para realizar uma leitura mais eficaz destas obras.

  • Ler os livros: ler a obra ao invés de ler apenas o resumo contribuirá para o candidato se lembrar melhor da história, do contexto e dos personagens do livro. O indicado é que o estudante escreva seu próprio resumo ao terminar a leitura;

  • Desenvolver o hábito de leitura: esta é uma medida que auxiliará tanto para o desempenho no vestibular quanto para toda a vida pessoal, acadêmica e profissional do aluno. É de praxe que leitores assíduos possuem melhores senso crítico, funcionamento do cérebro, criatividade e empatia. Especialistas recomendam a prática da leitura por, no mínimo, 30 minutos ao dia;

  • Não ignorar nenhuma obra: alguns estudantes não lêem toda a lista dos livros indicados. Esta é uma péssima prática, que só fará mal ao próprio estudante. Nunca se sabe a questão que cairá, podendo ser alguma sobre o livro que o estudante não leu, o que, provavelmente, causará o erro da questão e, no quesito vestibular, cada acerto é extremamente importante. Portanto, se você pretende prestar o vestibular da UFRGS, aproveite estes meses que antecedem o vestibular para ler todas as obras;

  • Prestar atenção na estrutura textual: é indicado ao aluno que identifique os componentes da estrutura textual, como o narrador, o tempo, o espaço, etc. Isto irá ajudar no entendimento da obra em si e poderá ser cobrado em algumas questões;

  • Identificar a escola literária da obra: também é importante que o estudante saiba sobre o movimento literário que o livro pertence, além das características deste movimento, pois isso fará com que seja entendido todo o contexto e objetivo do livro. Além disso, também poderá ser cobrado nas questões.

Aurenivia Alves Pereira


Veja aqui a lista de livros para o Vestibular da Fuvest 2019.

Você vai prestar vestibular para ingressar na Fuvest? Então essa notícia é de extrema importância para você! Os livros que serão cobrados no Vestibular 2019 da Fuvest foi divulgada pela fundação. Algumas obras já apareceram na lista no vestibular de 2017 e de 2018, mas A Relíquia (Eça de Queiroz) será cobrada pela primeira vez.

Quer ficar por dentro de tudo que se diz a respeito dos livros cobrados pela Fuvest (Fundação Universitária para o Vestibular) em 2019? Então acompanhe o post a seguir!

Foi divulgada a lista 2019 de livros cobrados pelo vestibular da Fuvest! Acompanhe e saiba tudo sobre!

A lista de livros que serão cobrados no vestibular da Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest) já está disponível para consulta. Esse vestibular seleciona os candidatos que querem ingressar nos cursos de graduação na USP (Universidade de São Paulo) e por essa questão é muito concorrido, pessoas do Brasil inteiro se inscrevem para fazer a prova de vestibular.

Livros que já foram cobrados no vestibular reaparecem nesse ano de 2019

Como foi dito anteriormente, livros que são clássicos também no aparecimento no vestibular da FUVEST aparecerão de novo na prova deste ano. Obras que foram cobradas em 2017 como O Cortiço (Machado de Assis), Memórias Póstumas de Brás Cubas (Machado de Assis), Iracema (José de Alencar), Claro Enigma (Carlos Drummond de Andrade) e Vidas Secas (Graciliano Ramos) estarão sendo cobrados na prova em 2019.

Mas também haverão novidades, livros como Minha Vida de Menina (Helena Morley), Sagarana (João Guimarães Rosa) e Mayombe (Pepetela) foram indicados e apareceram pela primeira vez na prova da Fuvest em 2018.

A obra estreante é A Relíquia, escrita por Eça de Queiroz.

Veja agora a lista completa de livros que serão cobrados na Fuvest em 2019

  1. Iracema escrito por José de Alencar
  2. O cortiço escrito por Aluísio Azevedo
  3. Memórias póstumas de Brás Cubas, escrito por Machado de Assis
  4. Vidas Secas, escrito por Graciliano Ramos
  5. A Relíquia, escrito por Eça de Queirós
  6. Claro Enigma, escrito por Carlos Drummond de Andrade
  7. Minha vida de menina, escrito por Helena Morley
  8. Mayombe, escrito por Pepetela
  9. Sagarana, escrito por João Guimarães Rosa

Aproveite a disponibilidade de resumos das obras em sites da internet

Como todos que estão envolvidos no assunto de vestibular sabem, a prova da Fuvest é um das mais concorridas do país, milhares de estudantes prestam essa prova e para isso preparam-se durante meses para enfrentar as questões do vestibular. Aproveite que ainda há tempo e comece a estudar para a prova, leia os livros e os resumos disponíveis em sites e blogs da internet. Confira aqui alguns resumos das obras que serão cobradas na Fuvest.

Use a seu favor as obras que estão em Domínio Público

Saiba que resumo algum poderá substituir o contato real e completo com a história que será cobrada na prova. Por isso utilize todas as facilidades que são proporcionadas pela rede. Aproveite-se dos livros disponibilizados em domínio público, eles podem ser baixados de forma totalmente gratuita ou encontrados em formato PDF.

Da relação de livros selecionados para o vestibular da Fuvest 2019, estão disponíveis em domínio público e por isso podem ser encontrados na internet, as seguintes obras: Memórias Póstumas de Brás Cubas; Iracema; e O Cortiço.

Para mais informações sobre os livros pedidos no vestibular da Fuvest 2019, clique aqui. Neste link você encontrará mais dicas sobre a forma de estudo ideal e muito mais. Confira!

E então? Você está preparado para o vestibular da Fuvest 2019? Comente na caixa de comentários abaixo! Nossa equipe quer saber!

Carolina B.





CONTINUE NAVEGANDO: