Este novo modelo de prova garante que o candidato possa mostrar seu desempenho na área em que está situada a carreira que escolheu. Portanto, a disputa entre os candidatos de um curso específico será mais justa.

Após muitas discussões do Grupo de Trabalho, formado por representantes dos cursos de graduação ou seus coordenadores, foi aprovado pela Câmara Deliberativa da Comissão Permanente para os Vestibulares Unicamp, o novo modelo do Vestibular Unicamp. Esta decisão veio com o intuito de adequar o processo de ingresso às mudanças ocorridas tanto no Vestibular como um todo, quanto no Ensino Médio.

De acordo com José Alves de Freitas Neto, coordenador da Comvest (Comissão Permanente para os Vestibulares da Universidade), este modelo recupera a essência idealizada por Rubem Alves nos anos 80: Na primeira fase, eram avaliados conteúdos correspondentes ao Ensino Médio e, na segunda, o estudante deveria provar que consegue aproveitamento adequado para corresponder às expectativas da Universidade.

Um dos principais motivos desta mudança é a diminuição das abstenções causadas, sobretudo, por conta da sobrecarga que a maratona de provas causa nos estudantes. Na última edição do Vestibular Unicamp, as abstenções foram as maiores já vistas pela Universidade.

Além disso, este modelo de prova garante que o candidato possa mostrar seu desempenho na área em que está situada a carreira que escolheu. Portanto, a disputa entre os candidatos de um curso específico será mais justa.

Esta justiça se mostra verdadeira, pois com a redução do número de questões obrigatórias fora da grande área escolhida pelo estudante, a prova deixará de ser punitiva em relação àqueles que não tiveram a mesma oportunidade de estudar. De acordo com Freitas Neto, o aluno deve ter capacidade de interpretação de texto e raciocínio lógico. Sem mais delongas, confira estas mudanças:

  • Os dois dias de provas terão cinco horas cada um e não quatro como anteriormente;
  • As provas foram adequadas para que o estudante possa responder questões relacionadas à área que o curso escolhido corresponde;
  • Língua Portuguesa, Matemática e questões interdisciplinares serão obrigatórias;
  • A Língua Inglesa novamente estará presente na segunda fase por meio de duas questões realizadas no primeiro dia da segunda fase;
  • A Redação, que antes exigia duas produções de texto dos alunos, agora passará a exigir apenas um, ainda que continue a apresentar duas propostas.

Como será o primeiro dia da segunda fase?

  • Uma redação: O estudante deverá elaborar seu texto baseado em uma das duas propostas de redação;
  • Oito (8) questões de Língua Portuguesa e Literaturas de Língua Portuguesa;
  • Duas (2) questões interdisciplinares como inglês, ciências humanas e ciências da natureza.

Como será o segundo dia da segunda fase?

  • Seis (6) questões de Matemática;
  • Mais quatro (4) questões interdisciplinares das quais duas são de ciências humanas e duas, ciências da natureza;
  • Doze (12) questões específicas do curso escolhido pelo estudante. O peso do conteúdo específico será atribuído pelo próprio curso, variando de 1 a 3 pontos.

Lembrando que as áreas são divididas entre Ciências da Natureza (Biologia; Química), Ciências Exatas (Física; Química) e Ciências Humanas (História + Filosofia; Geografia + Sociologia).

Apesar destas mudanças, permanece um fator avaliativo muito importante: o candidato não poderá zerar nenhuma das provas, pois será desclassificado. As inscrições serão realizadas a partir de agosto de 2019.

As mudanças do Vestibular da Unicamp foram feitas depois de muitos anos pensando nisso e, agora, a Universidade se sente mais preparada para acompanhar a modernização do Ensino Médio e do Vestibular de um modo geral. Os maiores beneficiados serão os estudantes que serão valorizados por sua visão geral, não sendo mais necessário que alguém seja um especialista para conseguir uma vaga.

Você já prestou o Vestibular da Unicamp em seu modelo antigo? Como foi a sua experiência? O que achou do novo modelo? Você acha que teria mais chances agora? Caso você vá prestar o Vestibular agora, quais são as suas expectativas em relação à prova? Ter um dia a menos e uma hora a mais para fazer a prova é tranquilizador para você? Deixe um comentário contando as suas impressões.

Por Jéssica Lima Cochete

Vestibular


Confira a relação de alguns dos melhores cursos preparatórios no Brasil, seja para Enem ou para vestibular, de 2019 e 2020

Todos os anos os estudantes do Brasil são submetidos a, pelo menos, dois processos seletivos, o Enem e o Vestibular. Que constituem testes para fazer avançar o grau de formação dos acadêmicos, de modo que todos possam conquistar profissões no futuro.

Deste modo, a questão é: quais são os melhores cursos preparatórios do Brasil?

Recentemente, especificamente no mês de janeiro de 2019, foi publicado o resultado definitivo do último Exame Nacional de Ensino Médio, o ENEM, do ano de 2018. Assim, diversas organizações de cursos preparatórios, ou instituições de ensino, estão preparando novo material e aulas para o próximo Enem de 2019 e para o vestibular de 2020.

Portanto, já está sendo aberto o período de matrícula para diversos cursos preparatórios, ou cursos pré-vestibular de 2019, entre eles o da Universidade Federal do Estado do Ceará, com disponibilização de 400 cadeiras para estudantes.

Abaixo segue uma relação de alguns dos melhores cursos preparatórios no Brasil, seja para Enem ou para vestibular, de 2019 e 2020:

1 – Gran Cursos Online:

Trata-se de uma grande iniciativa empresarial perpetrada por profissionais do ensino e atuante há 20 anos, com experiência dentro do mercado de concursos públicos, vestibulares e Enem.

O escopo fundamental desta instituição está em proporcionar aos estudantes diversos tipos de metodologias e de organização de estudos, dentro de uma linha pedagógica que faz a tradição do Gran Cursos. Esta instituição também disponibiliza aulas via online por meio de sua página oficial e pelo canal de Youtube.

A lista de acadêmicos ou ex-alunos desta instituição aprovados, durante mais de duas décadas de ensinando, chega a 600.000. este curso preparatório atente aos estudantes de todo o Brasil, que buscam a aprovação em todos os níveis de processos de seleção.

Esta instituição de ensino proporciona mais comodidade, mais economia e maior ganho de tempo, dada a sua flexibilidade, disposição e disponibilização de material para aulas, que são presenciais ou via online. Todos os profissionais do Gran Cursos Online são professores com anos de atuação, reconhecido com mérito, pela competência, muitos deles, inclusive, atuam nos principais órgãos públicos; em autarquias; em empresas estatais e demais instituições públicas do território nacional.

2 – Estratégia Concursos:

Este instituição de ensino promove cursos preparatórios que são previamente estruturados por meio de rigorosa análise pedagógica, de modo a respeitar todas as faixas etários de estudantes que estão prestando Enem, vestibulares ou concurso públicos.

Atuando com responsabilidade, todos os profissionais do Estratégia Concursos dão prioridade a cada aluno. Os professores recebem e-mails e solucionam dúvidas, são dezenas de aulas semanais ao vivo.

Os professores, portanto, são os agentes fundamentais na preparação dos estudantes para os diversos processos seletivos. Deste modo, esta instituição conta com uma das melhores associações de profissionais do ensino, do Brasil. Todos os estudantes que ingressam nessa instituição receberão bases sólidas para esse e para os anos vindouros de vestibulares e concursos.

Existe um grande número de cursos preparatórios disponíveis que pode ser acessado em todos os Estados. As duas instituições de ensino citadas, que atuam como cursos preparatórios, estão entre as mais destacadas do ramo, contando com os melhores profissionais.

3 – Educa Mais Brasil:

Entre outros cursos está o Educa Mais Brasil, o qual iniciou o período matrículas para os próximos cursos preparatórios para o Enem de 2019 e os vestibulares de em 2020. Esta instituição dispõe de bolsas de estudo para as modalidades presenciais de ensino, sendo que o desconto para educação a distância é de até 50%. As pessoas interessadas poderão conferir estas oportunidades por meio do link: www.educamaisbrasil.com.br.

Para mais informações acesse os links:

https://www.educamaisbrasil.com.br/educacao/enem/ufc-abre-turmas-para-o-cursinho-prevestibular-e-enem-2019;

https://www.estrategiaconcursos.com.br/;

https://www.grancursosonline.com.br/assinatura-ilimitada?gclid=Cj0KCQjwj9LkBRDnARIsAGQ-hUeWfwyGocFFhhkAftgO8y-yA9kGrzaIm_Pp4P0eNQojzFZzd9eMkj0aAoBxEALw_wcB.

Por Paulo Henrique dos Santos

Cursos pre-vestibular


Confira dicas para escolher um bom cursinho pré-vestibular.

Muitas faculdades já divulgaram as datas e o que será cobrado como leitura obrigatória e você definitivamente quer estar entre os maiorais que conquistarão uma vaga no curso superior em 2020, certo? Você sabe que, mesmo aquele curso superior tenha poucos candidatos por vaga, você tem uma concorrência e não quer ficar para trás, certo? Ou ainda, você sente que as aulas regulares não são o suficiente e você necessita de mais uma mãozinha para garantir a sua vaga? Seja qual for a sua razão, saiba que todo conhecimento é válido e se acomodar pode custar caro na hora de fazer a prova e que, além disso, um curso pré-vestibular possui professores especialistas em ENEM e Vestibular e, por isso, você estará familiarizado com o conteúdo e preparado para o que poderá cair na prova. Para que você tenha sucesso na sua escolha de um cursinho, separamos aqui três dicas de ouro para você, confira!

1 – Cuidado com falsas promessas

Você precisa muito de um curso pré-vestibular, mas não se afobe para não cair em armadilhas, ok? Uma delas, por exemplo, é o estágio que estudantes de graduação precisam fazer para poder dar aulas. Muitas vezes, esses estudantes que conseguem estágio na escola não estão realmente preocupados em ensinar alguma coisa aos alunos que se inscreverem, mas sim apenas cumprir as horas. Caso algum deles ofereça um cursinho, especialmente se for na própria escola onde você estuda, procure saber a grade do curso e se ele tem capacidade de fazer a diferença na hora que você estiver prestando o Vestibular. O mesmo acontece com a internet: existem muitas plataformas que oferecem não só cursinhos, mas também correção de redação. Falaremos mais sobre o que você precisa fazer para evitar ciladas na próxima dica.

2 – Busque referências e feedback

Estamos na era digital, isso você está cansado de ouvir. Saiba que, da mesma forma que você procura feedbacks para assistir aquela série ou para ir naquele restaurante novo, você pode encontrar pessoas que já fizeram o curso pré-vestibular que você está interessado. Veja o que essa pessoa tem a dizer sobre os professores, material, horário, estrutura do ambiente, etc. Quase sempre o próprio cursinho divulga em seu site e através de anúncios externos quantos estudantes passaram em tal curso. Outra coisa que você pode fazer é pesquisar sobre os professores contratados pelo cursinho que você se interessou. Se possível, assista uma aula sem compromisso para saber se você vai se dar bem nesse local ou não.

3 – Busque por Curso pré-vestibular oferecido por universidades.

Os cursinhos de sua cidade são muito caros? Então você pode fazer um curso gratuito. A maioria das universidades públicas da atualidade estão oferecendo cursinho pré-vestibular tanto para jovens quanto para adultos. Você apenas precisa prestar atenção na data de inscrição e se precisa fazer alguma prova para poder se matricular. São os estudantes das universidades que dão aulas, mas, diferentemente da primeira situação que vimos na primeira dica, estes estudantes passam por um processo seletivo rigoroso e ficam sob supervisão dos professores, afinal de contas, é o nome da faculdade que oferece o cursinho que está em jogo. Se você pretende prestar vestibular na faculdade e ela oferece o cursinho, vai ser uma forma de você já ir se familiarizando com ela, com os professores e futuros colegas.

Essas dicas parecem básicas, mas são muito importantes para quem deseja ingressar em uma faculdade. Lembre-se de que, gratuitos ou não, esses cursinhos exigem dedicação do aluno, mas, daqui a alguns anos, na hora de pegar seu diploma, você vai ver que tudo valeu a pena. Compartilhe esse texto com seus amigos para ajudá-los a escolher e não se esqueça de deixar um comentário contando para nós qual curso você vai prestar e se você decidiu fazer um curso preparatório. Boa sorte!

Por Jéssica Lima Cochete

Curso pré-vestibular


Confira a lista dos livros que devem ser lidos para a realização dos principais vestibulares do Brasil em 2020.

Todo o ano os vestibulandos de todo país têm a tarefa de ler uma grande lista de livros para o ano de provas. A tarefa é difícil, mas necessária, principalmente se você busca vaga nos vestibulares mais concorridos do Brasil, além disso, a tarefa pode ser até prazerosa, afinal quem não gosta de um bom livro?

Para facilitar a busca das obras, trazemos aqui uma lista de todos os livros dos principais vestibulares 2020.

Vestibular 2020 da Fuvest: responsável pelo vestibular da Universidade de São Paulo (USP)

Poemas Escolhidos – Gregório de Matos

Claro Enigma – Carlos Drummond de Andrade

A Relíquia – Eça de Queirós

Sagarana – Guimarães Rosa

Minha Vida de Menina – Helena Morley

Quincas Borba – Machado de Assis

Angústia – Graciliano Ramos

O Cortiço – Aluísio Azevedo

Mayombe – Pepetela

Vestibular 2020 da Unicamp

Poesia:

Racionais Mc’s, Sobrevivendo no inferno.

Luís de Camões, Sonetos. Que são os seguintes: Alma minha gentil, que te partiste; A fermosura desta fresca serra; Busque Amor novas artes, novo engenho; Ah! Minha Dinamene! Assi deixaste; Amor é um fogo que arde sem se ver; Enquanto quis Fortuna que tivesse; De vos me aparto, ó vida! Em tal mudança; Cá nesta Babilônia? donde mana; Como quando do mar tempestuoso; Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades; Esta lascivo e doce passarinho; O Céu, a terra, o vento sossegado; Na ribeira do Eufrates assentado; O tempo acaba o ano, o mês e a hora; O dia em que eu nasci, moura e pereça; Sete anos de pastor Jacob servia; Pede o desejo, Dama, que vos veja; Vencido está de amor meu pensamento; Quando de minhas mágoas a comprida; Transforma-se o amador na cousa amada.

Ana Cristina Cesar, A teus pés.

Contos:

Machado de Assis, O espelho.

Guimarães Rosa, A hora e a vez de Augusto Matraga, do livro Sagarana.

Romance:

Érico Veríssimo, Caminhos Cruzados (Livro distribuído pelo governo federal no PNBE).

José Saramago, História do Cerco de Lisboa.

Júlia Lopes de Almeida, A falência (Livro em domínio público)

Teatro:

Dias Gomes, O bem amado.

Crônica:

Nelson Rodrigues, A cabra vadia.

Diário:

Carolina Maria de Jesus, Quarto de despejo.

Sermões:

Padre Antônio Vieira

Sermão de Quarta-feira de Cinza – Ano de 1673, aos 15 de fevereiro, dia da trasladação do mesmo Santo;

Sermão de Quarta-feira de Cinza – Ano de 1672;

Sermão de Quarta-feira de Cinza – Para a Capela Real, que se não pregou por enfermidade do autor.

Vestibular 2020 da UEPG

Vidas Secas (Graciliano Ramos)

Vestido de Noiva (Nelson Rodrigues)

Quarto de despejo: diário deu uma favelada (Carolina Maria de Jesus)

Universidade Estadual de Ponta Grossa

Obra completa (Murilo Rubião)

Toda Poesia (Paulo Leminski)

Vestibular 2020 da UERJ

Para o exame de Qualificação as obras cobradas serão: Hora de alimentar serpentes, de Marina Colasanti; e Gota D’Água, de Chico Buarque e Paulo Pontes

Para o Exame Discursivo as obras cobradas serão: Vidas Secas, de Graciliano Ramos; Antes de Nascer o Mundo, de Mia Couto

Vestibular 2020 da UFPR

Últimos Cantos – Gonçalves Dias

Clara dos Anjos – Lima Barreto

O Uraguai – Basílio da Gama

Morte e Vida Severina – João Cabral de Melo Neto

Casa de Pensão – Aluísio de Azevedo

Relato de um certo oriente – Miltom Hatoum

Sagarana – Guimarães Rosa

Nove Noites – Bernardo Carvalho

Vestibular 2020 da UFRGS

São Bernardo – Graciliano Ramos

Feliz Ano Velho – Marcelo Rubens Paiva

Bagagem – Adélia Prado

Úrsula – Maria Firmina dos Reis

A máquina de fazer espanhóis – Valter Hugo Mãe

As Meninas – Lygia Fagundes Telles

Hamlet – William Shakespeare

Papéis Avulsos – Machado de Assis

Álbum/Disco Elis & Tom [1974]

Diário da Queda – Michel Laub

Quarto de despejo: diário de uma favelada – Carolina Maria de Jesus

Poemas de Florbela Espanca, um total de 22, que são os seguintes: Horas rubras; Vaidade; A minha dor; Suavidade; Se tu viesses ver-me; Frêmito do meu corpo; Fanatismo; Doce certeza; Ser poeta; Súplica; Quem sabe?!…; A Mulher; Amar!; Ódio; Neurastenia; A Mulher II; Realidade; Lágrimas ocultas; Amiga; O maior bem; Eu; Fumo.

Por Gabriel Bem

Livros vestibular


Universidade estuda mudar o formato do seu vestibular.

A Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) quer mudar o formato do seu vestibular e a expectativa é que as mudanças ocorram até para a próxima seleção. Em março, toda a proposta será discutida e votada pelos gestores da Universidade.

De acordo com as mudanças estabelecidas, o foco será priorizar as áreas de conhecimentos que estão vinculadas ao curso e também diminuir um dia de prova da segunda etapa. Dessa forma, seriam eliminados os conteúdos que abrangem a parte de conhecimentos gerais.

Segundo José Alves, coordenador executivo da Comvest/Unicamp, o motivo da mudança na estrutura do vestibular está ligado à necessidade de atualização das provas do vestibular, que se mantém na repetição há mais de 30 anos.

Vestibular Unicamp: como serão as mudanças?

Uma das mudanças é a diminuição de um dia de provas na 2ª fase do vestibular UNICAMP. A 2ª etapa vai abranger o primeiro dia com redação e também português, e o segundo será formado por perguntas interdisciplinares e também de matemática, além de uma parte de conhecimentos gerais e questões específicas, que variam de acordo com a área do curso escolhido.

Além disso, na primeira fase não terão mudanças, o formato será mantido conforme os vestibulares anteriores, sendo de questões de múltipla escolha que fazem parte dos conhecimentos gerais e também questões interdisciplinares.

Desta forma, a segunda fase era formada por três dias, sendo:

1º Dia: questões que estejam relacionadas a português, literatura e também redação

2º Dia: questões que estejam relacionadas à matemática, história e também geografia

3º Dia: questões que estejam relacionadas à ciências biológicas, física e química.

Com as mudanças no formato, a segunda fase será composta da seguinte maneira:

1º dia: questões que estejam relacionadas a questões discursivas de língua portuguesa e redação.

2º dia: questões interdisciplinares, que envolvem matemática e também áreas específicas dos cursos.

O objetivo é que um dia de provas seja diminuído na segunda fase, o que deve ser menos cansativo e direcionar o foco do estudante para a área escolhida. Além disso, as mudanças são vistas de forma benéfica pelos cursinhos e colégios que fazem preparação para o vestibular UNICAMP.

Dicas de estudo para o vestibular 2019 UNICAMP

– Faça um cursinho preparatório para direcionar os seus estudos. Nas aulas, preste atenção e tente identificar os conteúdos que você tem mais dificuldade.

– Além das disciplinas trabalhadas em sala de aula, estude e faça revisão. Ou seja, além da teoria trabalhada pelos professores, busque intensificar e ampliar a sua forma de estudo. Por exemplo, ao chegar a casa descanse, mas revise o conteúdo que foi visto em sala de aula.

– O conhecimento é adquirido aos poucos, por isso é tão importante estudar e revisar o conteúdo, uma vez que a disciplina deve ficar presente na sua memória de curto/longo prazo.

– Faça simulados para o vestibular UNICAMP. Fazer simulados é essencial para a sua preparação, para você conseguir identificar os seus pontos fortes e fracos, para saná-los até o dia do seu vestibular.

– Treine redação. Crie o hábito de escrever, treinar e praticar. Preste muita atenção ao feedback da correção da sua redação. Identifique em que parte você precisa melhorar: introdução, desenvolvimento ou conclusão?

– Tenha uma rotina de estudo. Estudar é hábito e com força de vontade, disciplina e persistência você vai conseguir.

– Ao estudar confie no seu potencial e dê o seu melhor, afim de conseguir o resultado que almeja. Com dedicação, você vai conseguir conquistar uma vaga na UNICAMP ou outra universidade que almeja.

– Faça um planejamento, organize-se, preste atenção nas aulas e faça a sua parte, para colher os resultados. Estude em um ambiente limpo e organizado.

O que você achou das mudanças no vestibular UNICAMP? Deixe o seu comentário e compartilhe a notícia nas suas mídias sociais.

Por Babi





CONTINUE NAVEGANDO: