Interessados poderão se inscrever até o dia 23 de setembro de 2018.

A Pontifícia Universidade Católica, conhecida popularmente como PUC, é uma das faculdades mais conhecidas da América Latina. Presente em diferentes estados do Brasil e com unidades também no exterior, a PUC é uma organização privada e que seleciona novos alunos por meio do vestibular. E uma de suas unidades que está com inscrições abertas para o novo processo seletivo é a PUC de Campinas. Ao todo são 5.740 vagas para diversas graduações. Saiba todos os detalhes.

A respeito das novas abertas pela PUC de Campinas

A PUC é uma universidade reconhecida e premiada e o aluno sabe que estudar em uma instituição com essas características pode ser determinante para o seu futuro profissional. Por isso, para as pessoas que desejam participar do novo vestibular da instituição já foi divulgada a lista com o número de vagas para cada uma das graduações. Veja agora a relação dos cursos:

-70 vagas para Administração (matutino).

-70 vagas para Administração (noturno).

-160vagas para Arquitetura e Administração.

-20 vagas para Artes Visuais/ Licenciatura (noturno)

-40 vagas para Artes Visuais/ Bacharelado (noturno).

-60 vagas para Biblioteconomia.

-45 vagas para Ciências Biológicas/ Licenciatura.

-45 vagas para Ciências Biológicas/ Bacharelado.

-80 vagas para Ciências Contábeis (noturno)

-60 vagas para Ciências Contábeis (noturno)

-70 vagas para Ciências Econômicas (matutino).

-140 vagas para Ciências Econômicas (noturno).

-30 vagas para Ciências Sociais/ Licenciatura.

-30 vagas para Ciências Sociais/ Bacharelado.

-60 vagas para Design Digital.

-180 vagas para Direito (matutino).

-180 vagas para Direito (noturno).

-35 vagas para Educação Física/ Licenciatura.

-35 vagas para Educação Física/ Bacharelado.

-90 vagas para Enfermagem.

-70 vagas para Engenharia Ambiental e Sanitária.

-120 vagas para Engenharia Civil (matutino).

-120 vagas para Engenharia Civil (noturno).

-120 vagas para Engenharia da Computação.

-60 vagas para Engenharia de Controle e Automação.

-60 vagas para Engenharia de Produção.

-60 vagas para Engenharia de Software.

-60 vagas para Engenharia de Telecomunicações.

-60 vagas para Engenharia Elétrica.

-60 vagas para Engenharia Mecânica.

-60 vagas para Engenharia Química.

-90 vagas para Farmácia

-60 vagas para Filosofia/ Licenciatura.

-60 vagas para Filosofia/ Bacharelado.

-90 vagas para Fisioterapia.

-80 vagas para Fonoaudiologia.

-30 vagas para Geografia/ Bacharelado.

-30 vagas para Geografia / Licenciatura.

-30 vagas para História/ Bacharelado.

-30 vagas para História/ Licenciatura.

-90 vagas para Jornalismo (matutino).

-90 vagas para Jornalismo (noturno).

-30 vagas para Letras: Português e Inglês/ Licenciatura.

-30 vagas para Letras: Português e Inglês/ Bacharelado.

-60 vagas para Matemática.

-75 vagas para Medicina.

-75 vagas para Medicina.

-60 vagas para Medicina Veterinária (integral).

-60 vagas para Medicina Veterinária (noturno).

-60 vagas para Mídias Digitais.

-60 vagas para Museologia.

-90 vagas para Nutrição.

-94 vagas para Odontologia.

-60 vagas para Pedagogia (matutino).

-60 vagas para Pedagogia (noturno).

-130 vagas para Psicologia (integral: matutino e vespertino).

-65 vagas para Psicologia (integral: vespertino e noturno).

-90 vagas para Publicidade e Propaganda (matutino).

-90 vagas para Publicidade e Propaganda (noturno).

-90 vagas para Química.

-60 vagas para Relações Internacionais.

-90 vagas para Relações Públicas (matutino).

-90 vagas para Relações Públicas (noturno).

-70 vagas para Serviço Social.

-65 vagas para Sistemas de Informação.

-60 vagas para Superior de Tecnologia em Gestão da Tecnologia da Informação.

-60 vagas para Superior de Tecnologia em Gestão Comercial.

-60 vagas para Superior de Tecnologia em Gestão Financeira.

-60 vagas para Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos.

-60 vagas para Superior de Tecnologia em Gestão Pública.

-60 vagas para Superior de Tecnologia em Jogos Digitais.

-60 vagas para Turismo.

-90 vagas para Terapia Ocupacional.

Se você quiser saber de outras informações a respeito das graduações, basta acessar o seguinte endereço eletrônico: https://wl.sis.puc-campinas.edu.br/websist/portal/vestibular/inscricoes.aspx. Clique na aba “Manual do Candidato. Cursos Oferecidos” esses dados estão dispostos a partir da página 08.

Sobre as avaliações que os inscritos vão realizar para o processo seletivo da PUC de Campinas

As avaliações vão acontecer de forma distinta devido à quantidade de inscritos que participam anualmente do processo seletivo da instituição. Primeiramente, as pessoas que desejam conquistar uma vaga nos cursos de Arquitetura e Direito vão realizar uma avaliação no dia 19 de outubro de 2018.

Um dia depois, ou seja, em 20 de outubro, os demais inscritos vão realizar um teste com 50 perguntas de múltipla escolha e também a escrita de uma redação. A lista com o nome dos aprovados vai ser divulgada no dia 05 de novembro de 2018. Entretanto, a relação dos aprovados em Medicina vai ser publicada em 10 de dezembro de 2018. Uma vez que os alunos inscritos para o curso de Medicina vão realizar também uma avaliação específica em 09 de novembro de 2018. Para qualquer dúvida consulte o Manual do Candidato cujo link foi disponibilizado anteriormente.

Inscrições para o vestibular da Pontifícia Universidade Católica de Campinas

As inscrições só vão ser aceitas até a data de 23 de setembro de 2018 pelo site: https://wl.sis.puc-campinas.edu.br/websist/portal/vestibular/inscricoes.aspx. No dia 10 de outubro de 2018, a instituição vai disponibilizar o Cartão de Confirmação de Inscrição, o CCI. Neste documento também vai trazer informações sobre os locais das avaliações.

A respeito da taxa de inscrição se tem valores e dias variados. Para todos os cursos, exceto o de Medicina esse são os valores:

Até 26 de agosto: R$ 91,00.

Entre 27 de agosto a 10 de setembro: R$ 103,00.

Entre 11 a 23 de setembro: R$ 114,00.

Já para Medicina:

Até 26 de agosto: R$ 243,00.

Entre 27 de agosto a 10 de setembro: R$ 274,00.

Entre 11 de setembro até 23 de setembro: 305,00.

Boa Sorte!

Isabela Castro.


Confira aqui os principais detalhes sobre o Vestibular de Inverno PUC Campinas 2018.

Veja abaixo todas as informações sobre o vestibular de inverno de 2018 da PUC

Para quem deseja concorrer a uma das vagas do vestibular de inverno 2018 da PUC, preste atenção em todas as informações que serão dadas aqui nesse artigo. Dessa forma os interessados vão ter mais chances de passar. É claro que a primeira dica é se preparar para a prova que costuma ter o nível de dificuldade médio. Os próximos passos você vai ver logo abaixo.

Vamos aos valores das taxas de inscrição do vestibular de inverno da PUC 2018

Os valores vão de R$57,00 a R$114,00, esse eles vão se definido de acordo com o curso escolhido, essa informação vai aparecer na hora do cadastro da inscrição. E o valor foi colocado aqui apenas para o candidato ter uma ideia.

Participantes do ENEM de 2017 terão vantagens nesse vestibular

Quem participou do ENEM de 2017 vai ter uma grande vantagem nesse vestibular, pois poderão aproveitar as notas alcançadas na prova objetiva para serem favorecidos. Para ter ponto extra é preciso incluir essa informação no momento que estiver fazendo a inscrição. Por isso na hora de preencher sua ficha é preciso ter muita atenção e não deixar essa informação em branco e perder essa oportunidade extra.

Quantidade de vagas

Esse vestibular tem o total de 350 vagas, que são distribuídas pelos cursos de graduação. Quanto menor for a quantidade de vagas, mais o candidato precisa se empenhar. Então vamos as informações abaixo:

  • Direito- 120 vagas
  • Gestão da tecnologia da informação- 60 vagas
  • Administração- 140 vagas
  • Jornalismo- 30 vagas

Informações do cronograma do vestibular

O cronograma do vestibular de inverno de 2018 da PUC traz todas as informações necessárias para os candidatos que já se decidiram fazer a sua inscrição e prova. Veja abaixo as informações mais importantes:

O dia da prova do vestibular está marcado para o dia 9 de junho de 2018, exceto para quem vai tentar a vaga de direito e a prova será no dia 8 de junho de 2018.

Veja o conteúdo que vai cair no teste do dia 9 de junho de 2018

No teste vai cair redação, que é bem importante para todos os candidatos, e 50 perguntas objetivas de Matemática, Física, Biologia, Química, Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Literatura Brasileira, História e Geografia.

Para quem vai tentar para a vaga de Direito a prova é dia 8 de junho de 2018

A prova para quem vai tentar uma vaga em Direito terá prova com 10 perguntas objetivas na matéria de Língua Portuguesa e 40 questões de Literatura Brasileira e História.

Onde será o local que será feito as provas?

Essas informações vão estar no cartão de acesso do aluno. Todas as informações serão passadas corretamente antes do dia da prova.

Prestem atenção ao horário da prova

Todos os candidatos devem chegar com pelo menos 1:30 de antecedência e assim evitar algum tipo de problema no local da prova. O ideal é sair de casa com antecedência, pois podem acontecer problemas no trânsito ou no percurso de modo geral até o local da prova. Não se esqueça de levar documentos como identidade e carteira de inscrição, caso algum funcionário que trabalhe no local peça mais de uma identificação.

Formas de pagamentos da inscrição

A boa notícia é que os candidatos terão diversas formas de pagar sua inscrição. Entre elas estão o boleto bancário, cartão de crédito com a bandeira Master ou Visa e cartão de débito. Escolha a opção que for mais adequada ao seu perfil.

Dicas para se dar bem nesse vestibular

– Estude todas a matérias e seus conteúdos

– Fique tranquilo no dia da prova

– Tente relaxar um dia antes da prova, essa técnica costuma funcionar para muitas pessoas

Boa sorte para todos os candidatos!

Escrito por Cristiane Amaral


PUC-Campinas está com as inscrições abertas para o seu Vestibular 2018.

APUC-Campinas (Pontífica Universidade Católica) divulgou as datas das provas de classificação para formarem turmas logo no início de 2018.

Para quem não sabe, a PUC é uma universidade católica, reconhecida pelo Estado Vaticano.

Existem sete unidades no país: PUC-Campinas, PUC-Goiás, PUC-Minas, PUC-PR, PUC-Rio, PUC-RS, PUC-SP e todas estão entre as melhores no ranking de pesquisas do MEC, que avalia a qualidade de faculdades públicas e privadas por todo o país.

Caso o leitor esteja interessado, as informações abaixo podem ser de grande valia.

As inscrições para o vestibular da PUC-Campinas tiveram início no dia 4 de agosto, sexta-feira, e o prazo máximo de término é até o dia 24 de setembro. Essas inscrições são realizadas apenas pela internet.

Vale ressaltar que a universidade oferece aos candidatos benefícios como a progressão de descontos para o valor da inscrição. Desse modo, aqueles que se inscreverem entre os dias 4 e 27 de agosto têm 20% de desconto. Já os que se inscreverem entre os dias 28 de agosto a 11 de setembro podem contar com 10% de desconto. A partir dessa data, a universidade suspende esse benefício e, portanto, não há desconto.

As provas são divididas em etapas de acordo como curso que cada candidato escolhe. Dessa forma, no dia 20 de outubro de 2017, sexta-feira, acontece a prova específica para os cursos de Direito e Arquitetura e Urbanismo, que terá duração entre as 14h até às 18h. Já no dia 21 de outubro, no sábado, ocorre a prova geral para outros cursos que acontece entre as 13h até às 15h e, por último, no dia 18 de novembro de 2017 acontecerá a Prova Específica para o Curso de Medicina, no sábado, em um período que vai das 14h às 18h.

O resultado da 1ª chamada sairá no dia 07 de novembro, às 16h no site da PUC-Campinas, para todos os cursos exceto Medicina, que sairá no dia 15 de novembro, também após as 16h. Para conferir o nome na lista, basta entrar no site da faculdade, que é o seguinte: www.puc-campinas.edu.br.

Os interessados podem fazer a inscrição no seguinte site eletrônico: www.puc-campinas.edu.br/ingressenapuc/vestibular/verao-cursos.html. O valor da taxa de inscrição é de R$ 305 para o curso de Medicina e R$ 115 para os demais cursos.

A PUC-Campinas está com novidades, pois abriu sete novos cursos. São eles: Museologia no período noturno; Mídias Digitais em período integral; Gestão de Informação no período noturno; Entretenimento, Lazer e Turismo no período Matutino; Engenharia de Controle e Automação no período noturno; Administração – Linha de Formação Específica em Negócios Internacionais nos períodos matutino e noturno e, por fim, Administração – Linha de Formação Específica em Marketing e Inovação, também nos períodos matutino e noturno.

Aqueles que por falta de tempo não podem frequentar as aulas presenciais também podem fazer faculdade planejando seus próprios horários. Isso porque, a PUC-Campinas está oferecendo 5 cursos a distância. São eles: Superior de Tecnologia em Gestão Pública; Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos; Superior de Tecnologia em Gestão Financeira; Superior de Tecnologia em Gestão Comercial; Superior de Tecnologia em Gestão da Tecnologia da Informação.

A PUC-Campinas realizará ainda, um evento que apresenta as profissões que a universidade oferece. As palestras são ministradas por ex-alunos da faculdade e, no local os participantes do evento, que é gratuito, podem sanar todas as dúvidas sobre determinada área ou profissão. O evento acontecerá entre os dias 15 de agosto e 26 de agosto, na Praça de Eventos do Shopping Iguatemi Campinas.

Por Sirlene Montes


Implementação das cotas já foi aprovada pelo Conselho da Universidade mas depende da aprovação por outros órgãos.

A partir do ano de 2018 a Universidade Estadual de Campinas, a conhecida e renomada Unicamp, passará a adotar e praticar o sistema de cotas raciais (para pardos, pretos e indígenas) em seus cursos de graduação. Dessa forma, com a confirmação dessa implementação, o vestibular de 2019 já será com o sistema de contas.

Na realidade, a implantação da política de cotas raciais foi aprovada por unanimidade pelo Conselho da Universidade e terá que passar por outros órgãos até que seja finalmente aprovada. Contudo, a adoção desse sistema já é uma necessidade da instituição, de forma que tudo leva a crer que ela será aprovada e autorizada para então ser criado um Grupo de Trabalho que se encarregará de realizar pesquisas, projetos e a proposta para a sua implementação, o que deve acontecer de maneira gradativa para que no vestibular de 2019 as cotas já sejam uma realidade na Unicamp.

A criação de um GT que deve propor audiências públicas, debates e palestras sobre o tema nas unidades que pertencem a Unicamp foi um dos motivos que ocasionou a maior greve de estudantes da Unicamp, que ocorreu em 2016.

A proposta de adoção de uma política de cotas étnico-raciais na Universidade surgiu no ano de 2016, que em audiências públicas explanou o tema, de modo que se originou aí a proposta aprovada nesta última semana do mês de maio.

Por meio de pesquisas realizadas por profissionais que atuam na instituição, verificou-se que o número de aprovados negros é muito baixa e que apenas as cotas para estudantes da rede pública de ensino não são suficientes. Desse modo, a conclusão inicial é de que existe a necessidade de um programa que contemple as raças.

Além do sistema de cotas, a Unicamp pretende adotar outros programas para a promoção de um ensino superior de mais qualidade, inclusive programas que combatam o preconceito dentro na universidade, em todas as suas formas. Já que na Universidade já ocorreram problemas de desordem, pichações e perseguições contra alunos cotistas.

Contudo, a ideia principal é de que a partir de agora um trabalho sério seja realizado no sentido de evitar qualquer tipo de manifestação de preconceito e levar os estudantes a uma conscientização sobre o tema, para que a Unicamp, assim como todos os seus alunos, progridam quanto estudantes e cidadãos.

Sirlene Montes


Seleção oferece 3.330 vagas em 70 cursos. Interessados devem se inscrever até o dia 2 de setembro.

Foram abertas na última segunda-feira, dia 8 de agosto, as inscrições para o Vestibular 2017 da Universidade Estadual de Campinas, a Unicamp (Comvest). Realizada a abertura pela Comissão Permanente da instituição, no total serão 3.330 oportunidades em setenta cursos diferentes.

Para se inscrever, é muito simples. Basta fazê-lo pela internet, no endereço eletrônico https://www.comvest.unicamp.br/ e, ainda, pagar uma taxa de inscrição no valor de R$ 160 até o dia máximo de 2 de setembro, que culmina a data para o fim das inscrições do vestibular.

São duas as fases para o processo de seleção. A primeira acontecerá no dia 20 de novembro de 2016. Já a segunda ocorrerá nos seguintes dias: 15, 16 e 17 de janeiro de 2017.

Ainda, é importante destacar que anteriormente aos testes gerais de cada curso, entre os dia 2 e 9 de setembro, ocorrerão os testes de habilidades específicas para aqueles que se candidatarem às vagas relacionadas ao curso de Música. O mesmo acontecerá para os cursos de artes visuais, dança, artes cênicas e arquitetura e urbanismo, porém em data diferente, entre os dias 23 e 26 de janeiro de 2017. O processo é simples. É preciso que nestas datas, os candidatos enviem, de forma online, um vídeo.

Além disso, durante a primeira fase, uma importante mudança foi anunciada pela comissão organizadora do vestibular. Isso porque serão realizadas nesta, 12 questões interdisciplinares que totalizarão 90 perguntas de múltipla escolha. Em um comparativo, no ano de 2016 somente foram realizadas quatro questões interdisciplinares.

Ainda, a Unicamp divulgou que foi ampliada a abrangência do Programa de Ação Afirmativa para Inclusão, o PAAIS. Sendo assim, poderão participar deste os candidatos que cursaram o ensino médio nas escolas públicas e, ainda, os que concluíram o mesmo pelo Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem.

O programa se caracteriza pela adição de pontos à nota recebida na primeira fase do vestibular. Sendo assim, o candidato receberá 60 pontos. Além disso, aqueles que se declararem indígenas, pardos ou negros, ou ainda tiverem cursado a escola pública, receberão 20 pontos.

Quem for aprovado para a segunda fase do processo ainda terá 90 pontos relacionados à redação, bem como outras provas da etapa que também recebem um acréscimo de 90 pontos. Os que se declarem nesta fase como negros, indígenas ou pardos, ainda terão mais 30 pontos, totalizando juntamente com os 90, 120 pontos.

Gostou ou quer mais? Pois é importante destacar que as provas serão realizadas em quatro novas cidades este ano, um total, portanto, de 29 municípios. As novas localidades são: Botucatu, Marília, Bragança Paulista e Registro.

Além destas, as demais cidades são: Avaré, Araçatuba, Botucatu, Bauru, Bragança Paulista, Franca, Campinas, Guaratinguetá, Jundiaí, Guarulhos, Limeira, Osasco, Mogi das Cruzes, Mogi Guaçu, Marília, Presidente Prudente, Piracicaba, Registro, Santo André, Ribeirão Preto, Santos, São Carlos, São Bernardo do Campo, São João da Boa Vista, São José dos Campos, São José do Rio Preto, Sorocaba, São Paulo e Sumaré.

Finalizando, quem for de fora do Estado de São Paulo ainda poderá realizar as provas em Brasília, no Distrito Federal.

Kellen Kunz





CONTINUE NAVEGANDO: