Conheça aqui mais sobre o Mediotec – Programa de Ensino Técnico para Estudantes do Ensino Médio.

Nesta terça-feira (20), Mendonça Filho, Ministro da Educação do Brasil, anunciou a criação de dois novos programas direcionados para o ensino médio oferecido pela rede pública. O primeiro é o Mediotec e o segundo o Programa de Fomento à Escola em Tempo Integral. De acordo com as informações divulgadas sobre esses programas, eles devem receber juntos uma cifra de R$ 850 milhões vindos de fundos do Estado. O lançamento dos programas ocorreu em uma cerimônia que aconteceu no Palácio do Planalto. O evento teve ainda a participação do presidente Michel Temer e do governador de Alagoas, Renan Filho (PMDB).

O Mediotec irá disponibilizar cursos de nível técnico e profissionalizantes para os jovens alunos de ensino médio. A previsão é de que seja possível disponibilizar 82 mil vagas já para os primeiros meses de 2017.

Segundo as informações divulgadas até o momento, o governo deverá fazer um repasse na faixa de R$700 milhões prevista para o início de 2017. De acordo com Mendonça Filho, esses recursos já estão sendo trabalhados pelo MEC.

A ideia principal envolvida no Mediatec é que também e ainda no decorrer da realização do curso técnico os alunos possam fazer estágios em empresas previamente mapeadas.

No caso do programa de escola integral, o que está envolvido é a intenção de que sejam oferecidas 520 mil matrículas. Essas vagas serão disponibilizadas por meio de editais. A previsão é de que o primeiro edital já ofereça 263 mil vagas enquanto que o segundo conte com 257 mil.

Por sua vez, e ainda sobre este ponto, o MEC tem a intenção de efetuar um repasse no total de R$ 1,5 bilhões para este programa. O objetivo é que sejam criadas 500 mil novas oportunidades de tempo integral que deverão ser implementadas pelos estados no decorrer dos próximos anos.

É interessante observar que os governos estaduais precisam aderir ao programa. Entretanto, não é descartado em nenhum caso o foco do programa que, aqui, é concentrado em escolas e regiões que apontem índices muito baixos de desenvolvimento sociodemográfico bem como uma maior vulnerabilidade social.

Mendonça Filho também diz que medidas voltadas para a melhoria do ensino infantil e do fundamental estão sendo previstas para 2017. Neste caso, as prefeituras também seriam solicitadas a participar.

Por Denisson Soares


Está aberto o período para realizar as inscrições no processo seletivo da Escola Família Agrícola de Ladeirinhas, localizada no município de Japoatã noSergipe. Ao todo, a instituição está disponibilizando 50 vagas. As inscrições permanecerão abertas até o dia 20 de fevereiro. O processo seletivo foi autorizado pela Secretaria de Estado da Educação, a SEED. 

A SEED está inscrevendo os interessados em participar do processo de seleção que está oferecendo 50 vagas no curso deTécnico em Agropecuária. O número total de vagas está distribuído em dois turnos, matutino e vespertino. 

Quem quiser participar do processo de seleção da Escola Família Agrícola de Ladeirinhas terá tempo de efetuar a sua inscrição até o dia 20 de fevereiro. A Escola está localizada na Rua dos Currais, n° 156, povoado de Ladeirinhas, pertencente ao município de Japoatã. Conforme as instruções determinadas pela SEED da cidade sergipana, estão aptos a participar da seleção aquelas pessoas que sejam filhos de agricultor ou de assentados / acampados, possuam ensino fundamental completo, estejam dispostos a desenvolverem e cuidarem do meio ambiente durante as práticas de agricultura, sejam oriundos de municípios que participem do Baixo São Francisco Sergipano (Brejo Grande, Amparo do São Francisco, Capela, Pirambu, Santana do São Francisco, Neópolis, Ilha das Flores, Canhoba, Cedro de São João, Paracatuba, entre outras). 

No momento de realizar a sua inscrição o candidato deverá estar munido de certidão de nascimento, diploma ou certificado de finalização da oitava ou nona série do ensino fundamental, estarem dia com o serviço militar ou dispensa para maiores de 18 anos de idade e pertencentes ao sexo masculino, possuir xerox de carteira de identidade e do CPF, três fotos 3×4 recentes e coloridas, comprovante de residência. A inscrição do candidato poderá ser feito por outra pessoa maior de 18 anos, para isso esse procurador deverá estar com toda a documentação exigida na hora da inscrição. 

A seleção finalizará quando o número de vagas estiver completamente preenchido e não houver possibilidade de outras inscrições. As aulas começarão no dia 23 de fevereiro. 

Por Melina Menezes


Muitos jovens chegam num determinado momento da vida em que se sentem confusos e perdidos, ainda mais a maioria que não conta com o apoio direto dos familiares nas escolhas que farão relacionadas ao seu futuro profissional.

Sentem-se pressionados por questões financeiras a ingressar no mercado de trabalho para ajudar a família, ou, mesmo que não tenham a necessidade de ajudar a família, querem entrar no mundo do consumo e ter seu próprio dinheiro, o que torna tudo mais fácil.

Apesar dessas questões, muito jovens, independente de classe social, decidem não estudar mais. Terminam o ensino médio e arrumam um emprego e acham que a vida está definida. Triste quem pensa assim! A vida oscila, empregos se perdem e cada vez mais, somente os mais preparados conseguem se manter efetivamente ativos no mercado.

Para os que não desejam cursar uma faculdade, embora seja altamente recomendado que o façam, é importante que tenham em mente que devem ter uma profissão, senão ficarão sempre a mercê de subempregos e das oscilações do mercado, que são frequentes. Estarão sujeitos aos empregos de temporada, que pagam mal e na maioria das vezes exploram o trabalhador.

Terminou o ensino médio? Faça um curso técnico. Existem cursos nas mais diversas áreas, assim como as faculdades. Tem cursos nas áreas de humanas, exatas e de saúde. Na área de exatas você pode fazer um curso técnico de Química, caso tenha afinidade com os números. É uma boa profissão e diversos tipos de indústria contratam esses profissionais.

Caso você goste de ambiente de escritório, você pode cursar técnico em Administração. Trabalhará dentro de escritórios nos ramos mais variados das empresas.

Na área de saúde você pode cursar Técnico em Enfermagem, pois hospitais e clínicas existem no país inteiro. E tendo uma profissão de curso técnico, você será melhor remunerado, um profissional mais valorizado e com chances de sempre se manter na ativa no mercado de trabalho. E quem sabe, tome gosto pela profissão e curse uma faculdade na área.

Por Luciana Viturino





CONTINUE NAVEGANDO: