O MEC, juntamente com o INEP, divulgou uma lista das melhores faculdades para fazer o curso de Psicologia no Brasil. Confira as 10 melhores do ranking.

O Ministério da Educação (MEC), através do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), veio a público divulgar uma lista das melhores faculdades para fazer o curso de Psicologia no país.

A posição de cada graduação se baseia no Conceito Preliminar de Curso (CPC), um método de avaliação que permite analisar a qualidade da graduação através de oito componentes. O método é organizado em três dimensões.

De acordo com dados divulgados pelo Inep, os melhores cursos do país estão divididos em notas no Conceito Preliminar de Curso, o CPC. As notas variam de 0 a 5 e para ser considerado um dos melhores, o curso deve ter o CPC continuo de 3,945 a 5.

Segundo análise do Ministério da Educação, as faculdades com os melhores cursos de psicologia do país estão entre as 195 melhores Universidades.

Conheça as 10 melhores faculdades para cursar Psicologia no Brasil, em ordem decrescente.

10° posição: Universidade Federal Fluminense (UFF)

A Universidade Federal Fluminense, que surgiu na disputa, aparece com nota 3,70 no Enade. O curso de bacharelado em Psicologia é realizado no campus da instituição, localizado em Niterói, no estado do Rio de Janeiro.

9° posição: Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

A universidade Federal de Pernambuco também segue na lista de melhores cursos de Psicologia do país. Com a nota no Enade de 3,64, a UFPE permanece na disputa. Segundo dados divulgados pelo MEC, a universidade e a única representante do nordeste do país.

8° posição: Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

A Universidade Federal de Santa Catarina é a representante do Sul e uma das mais concorridas do Brasil.

7° posição: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP)

A Universidade Estadual Paulista está na lista, como o sétimo melhor curso de graduação do país. O curso na instituição é oferecido nos campi de Bauru e Assis.

6° posição: Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

A UFRGS ocupa o 6° colocação na lista de melhores do Brasil. A UFRGS é uma das mais concorridas do Sul, com o melhor curso de Psicologia. A Universidade teve nota 3,91 no Enade.

5° posição: Universidade de Brasília (UNB)

No Centro – Oeste do país, quem se destaca no curso de melhor graduação de Psicologia é a Universidade de Brasília. A Universidade teve nota 3,97 no Enade.

4° posição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUCSP)

A PUC-SP apareceu em quarta posição no ranking de melhores do país. A instituição privada é considerada uma das melhores do Sudeste para a formação de Psicólogos. Com o curso disponível no Campus Perdizes, na capital paulista, a universidade ganhou nota 3,51 no Enade.

3° posição: Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Em terceira posição da lista de melhores cursos de psicologia do país está a UFMG. Com a popularidade, todos os anos, a UFMG recebe inscrições de todos os lugares do Brasil. Já no Enade, a Universidade Federal de Minas Gerais ficou com 3,86.

2° posição: Universidade de São Paulo (USP)

Em segundo lugar, a Universidade de São Paulo ganha destaque. O curso de Psicologia da USP é um dos mais concorridos no vestibular da Fuvest. Com o destaque entre as universidades, o curso possui uma grande concorrência entre os candidatos.

1° posição: Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Em primeiro lugar e líder no Brasil, a Universidade Federal do Rio de Janeiro possui o melhor curso de graduação em Psicologia no país. Segundo critérios do Ministério da Educação, a UFRJ possui uma ótima avaliação em qualidade de ensino, corpo docente e mercado de trabalho.

Curso de Psicologia

A profissão de psicólogo possui uma vasta possibilidade de sucesso na carreira. Após a conclusão de curso, o profissional pode atuar em diversas categorias como: atendimento a pacientes em consultórios, públicos e privados; criação de projetos educacionais; seleção de funcionários e demais atividades que o envolva ao mercado de trabalho.

Por Cassiany de Paula


Confira aqui a lista com as piores faculdades do Brasil, segundo o MEC.

Quem tem interesse em fazer um curso de graduação pode conferir a lista divulgada pelo Ministério da Educação (MEC) com as piores instituições de ensino superior do Brasil. A relação, recentemente divulgada, contempla faculdades de todas as regiões que obtiveram péssima avaliação do governo federal.

Mais de 2 mil universidades, tanto privadas quanto públicas, foram avaliadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP). Dessa análise sobre a qualidade do ensino superior, 313 não ultrapassaram nota 2 do Índice Geral de Cursos (IGC).

Com desempenho insatisfatório, entre 1 e 2 no referido índice, o resultado reflete o ano de 2015. A escala varia de 1 a 5, sendo as notas de 3 a 5, consideradas satisfatórias. O IGC é calculado anualmente pelo MEC e é resultado da ponderação média entre conceitos de avaliação dos cursos de pós-graduação, o Conceito Preliminar de Curso (CPC) dos últimos 3 anos e a distribuição dos alunos dos cursos de graduação e pós.

Veja o desempenho por região:

  • Nordeste – A Escola de Engenharia de Agrimensura no estado da Bahia obteve IGC de 0,83. Já em Pernambuco, a instituição com pior desempenho foi a Faculdade de Ciências Agrárias de Araripina com 0,74.
  • Norte – No Amazonas, o Centro Universitário Luterano de Manaus só alcançou 1,93 na escala do MEC. Enquanto que no Acre, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFAC) ficou com pontuação de apenas 1,94. No estado do Tocantins, as instituições com piores notas são a Faculdade Integrada de Araguatins (Faiara) com 0,91; o Centro Universitário UNIRG com 1,81 e a universidade estadual UNITINS com 1,44 de IGC.
  • Sul – A Faculdade de Tecnologia de Cruzeiro do Oeste, no estado do Paraná, é a faculdade com pior nota na região, com 0,91.
  • Sudeste – No estado do Espírito Santo, a Faculdade Cândido Mendes de Vitória teve 0,75 de nota. Enquanto que no Rio de Janeiro, o Centro Universitário Conservatório Brasileiro de Música ficou com 1,85. Já em Minas Gerais, a Escola Superior em Meio Ambiente obteve IGC de apenas 0,22 como pontuação. Em São Paulo, a Faculdade de Música Carlos Gomes teve 0,93; o Centro Universitário Paulistano – UNIPAULISTANA ficou com 1,67; a Faculdade de Tecnologia FATEP alcançou 0,93 e o Instituto Superior de Educação Vera Cruz obteve 0,88.
  • Centro-oeste – Em Goiás, o Instituto Unificado de Ensino Superior Objetivo e a Faculdade Jataiense tiveram respectivamente 1,91 e 0,99 no IGC.

Veja a lista completa aqui.

Melisse V.


Confira aqui a lista com as melhores universidades do Brasil no ano de 2016.

Para quem é estudante no Brasil e possui dúvidas em relação à qualidade das universidades brasileiras, as notícias são muito favoráveis. Em uma lista composta pelas melhores faculdades e universidades da América Latiana, realizada pela Times Higher Education (THE), as instituições de ensino superior do Brasil são as que mais se destacam.

A começar pela USP e Unicamp, que encabeçam a lista que traz as 50 melhores e mais conceituadas instituições latino-americanas.

Dentre as 50 listadas pela THE, 23 são brasileiras, 11 são do Chile, 8 do México, 4 da Colômbia, 2 da Venezuela e Costa Rica e Peru possuem uma.

Entre as Melhores universidades brasileiras destacam-se as seguintes (todas as listadas fazem parte da lista da Times Higher Education):

  • 1º) USP: Com ensino nota 92,7;
  • 2º) UNICAMP: Com ensino nota 91,1;
  • 3º) UFRJ (Universidade Federal Rio De Janeiro): Com ensino nota 84,7;
  • 4º) PUC- Rio: Com ensino nota 61,4;
  • 5º) UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais): Com ensino nota 81,9;
  • 6º) Unesp (Universidade Estadual Paulista): Com ensino nota 81;
  • 7º) UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina): Com nota de ensino 73,4;
  • 8º) UFPE (Universidade Federal de Pernambuco): Com nota de ensino 70,9;
  • 9º) UFV (Universidade Federal de Viçosa): Com nota de ensino 70,6;
  • 10º UERJ (Universidade do Estado do Rio de Janeiro): Com nota de ensino 62,4;

O Brasil é um país que possui um elevado número de universidades, sejam elas do setor público ou privado. Mas nem toda instituição de ensino superior possui a qualidade necessária na formação de novos profissionais, que futuramente ocuparão diversas colocações no mercado de trabalho e na sociedade.

A realização de uma lista de 10 melhores universidades brasileiras é elaborada a partir da consideração e comparação de uma série de fatores, como: proporção do número de professores para alunos, proporção de professores que possuam mestrado e doutorado, reputação no meio acadêmico, número de pesquisas e publicações e relação com índices de empregabilidade. Pois a junção de todos esses fatores é responsável pela excelência e relevância do ensino aplicado.

Muitas vezes algumas empresas empregadoras em vários segmentos levam em consideração a instituição de ensino superior em que se graduou o candidato a uma vaga. Diante disso, a recomendação é que antes de entrar para a universidade, o estudante realize uma pesquisa sobre sua avaliação no meio acadêmico.

Para saber mais sobre universidades e datas de vestibulares, continue acompanhando o nosso site.

Sirlene Montes


Foi divulgada uma lista com as 50 melhores universidades da América Latina para os anos de 2016 e 2017. Nela encontram-se as 15 melhores faculdades do Brasil.

A consultoria britânica de educação de nível superior Times Higher Education (THE) divulgou uma lista com as 50 melhores universidades da América Latina para os anos de 2016 e 2017.

Os resultados da classificação foram realizados com base nos indicadores de desempenho de 5 categorias: ensino, perfil internacional, citações, pesquisa e transferência de tecnologia.

A lista completa tem uma classificação total com as 50 universidades da América Latina e das 23 brasileiras indicadas, 15 obtiveram ótimos resultados.

No ranking geral a Universidade de São Paulo (USP) lidera sendo a melhor universidade da América Latina. E entre as 10 melhores, 5 são universidades brasileiras.

Confira abaixo a lista que destaca quais são as 15 melhores faculdades do Brasil:

1º Universidade de São Paulo

Posição no ranking – 1º

Nota geral – 84,6

2º Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)

Posição no ranking – 2º

Nota geral – 87,3

3º Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Posição no ranking – 5º

Nota geral – 73,3

4º Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC Rio)

Posição no ranking – 6º

Nota geral – 70,5

5º Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Posição no ranking – 7º

Nota geral – 69,6

6º Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Posição no ranking – 11º

Nota geral – 64

7º Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Posição no ranking – 12º

Nota geral – 61,9

8º Universidade Federal de Viçosa (UFV)

Posição no ranking – 16º

Nota geral – 55,4

9º UFABC

Posição no ranking – 18º

Nota geral – 52,7

10º Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)

Posição no ranking – 20º

Nota geral – 52,4

11º Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

Posição no ranking – 21º

Nota geral – 52,3

12º Universidade Federal de Lavras (UFLA)

Posição no ranking – 22º

Nota geral – 50

13º Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS)

Posição no ranking – 23º

Nota geral – 48,6

14º Universidade Federal Fluminense (UFF)

Posição no ranking – não informada

Nota geral – 26º / 30º

15º Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Posição no ranking – não informada

Nota geral – 31º / 35º

Você pode acessar o ranking completo das 50 melhores universidades da América Latina no site do Times Higher Education.

Por Luana Lima





CONTINUE NAVEGANDO: