Veja aqui a lista de livros para o Vestibular da Fuvest 2019.

Você vai prestar vestibular para ingressar na Fuvest? Então essa notícia é de extrema importância para você! Os livros que serão cobrados no Vestibular 2019 da Fuvest foi divulgada pela fundação. Algumas obras já apareceram na lista no vestibular de 2017 e de 2018, mas A Relíquia (Eça de Queiroz) será cobrada pela primeira vez.

Quer ficar por dentro de tudo que se diz a respeito dos livros cobrados pela Fuvest (Fundação Universitária para o Vestibular) em 2019? Então acompanhe o post a seguir!

Foi divulgada a lista 2019 de livros cobrados pelo vestibular da Fuvest! Acompanhe e saiba tudo sobre!

A lista de livros que serão cobrados no vestibular da Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest) já está disponível para consulta. Esse vestibular seleciona os candidatos que querem ingressar nos cursos de graduação na USP (Universidade de São Paulo) e por essa questão é muito concorrido, pessoas do Brasil inteiro se inscrevem para fazer a prova de vestibular.

Livros que já foram cobrados no vestibular reaparecem nesse ano de 2019

Como foi dito anteriormente, livros que são clássicos também no aparecimento no vestibular da FUVEST aparecerão de novo na prova deste ano. Obras que foram cobradas em 2017 como O Cortiço (Machado de Assis), Memórias Póstumas de Brás Cubas (Machado de Assis), Iracema (José de Alencar), Claro Enigma (Carlos Drummond de Andrade) e Vidas Secas (Graciliano Ramos) estarão sendo cobrados na prova em 2019.

Mas também haverão novidades, livros como Minha Vida de Menina (Helena Morley), Sagarana (João Guimarães Rosa) e Mayombe (Pepetela) foram indicados e apareceram pela primeira vez na prova da Fuvest em 2018.

A obra estreante é A Relíquia, escrita por Eça de Queiroz.

Veja agora a lista completa de livros que serão cobrados na Fuvest em 2019

  1. Iracema escrito por José de Alencar
  2. O cortiço escrito por Aluísio Azevedo
  3. Memórias póstumas de Brás Cubas, escrito por Machado de Assis
  4. Vidas Secas, escrito por Graciliano Ramos
  5. A Relíquia, escrito por Eça de Queirós
  6. Claro Enigma, escrito por Carlos Drummond de Andrade
  7. Minha vida de menina, escrito por Helena Morley
  8. Mayombe, escrito por Pepetela
  9. Sagarana, escrito por João Guimarães Rosa

Aproveite a disponibilidade de resumos das obras em sites da internet

Como todos que estão envolvidos no assunto de vestibular sabem, a prova da Fuvest é um das mais concorridas do país, milhares de estudantes prestam essa prova e para isso preparam-se durante meses para enfrentar as questões do vestibular. Aproveite que ainda há tempo e comece a estudar para a prova, leia os livros e os resumos disponíveis em sites e blogs da internet. Confira aqui alguns resumos das obras que serão cobradas na Fuvest.

Use a seu favor as obras que estão em Domínio Público

Saiba que resumo algum poderá substituir o contato real e completo com a história que será cobrada na prova. Por isso utilize todas as facilidades que são proporcionadas pela rede. Aproveite-se dos livros disponibilizados em domínio público, eles podem ser baixados de forma totalmente gratuita ou encontrados em formato PDF.

Da relação de livros selecionados para o vestibular da Fuvest 2019, estão disponíveis em domínio público e por isso podem ser encontrados na internet, as seguintes obras: Memórias Póstumas de Brás Cubas; Iracema; e O Cortiço.

Para mais informações sobre os livros pedidos no vestibular da Fuvest 2019, clique aqui. Neste link você encontrará mais dicas sobre a forma de estudo ideal e muito mais. Confira!

E então? Você está preparado para o vestibular da Fuvest 2019? Comente na caixa de comentários abaixo! Nossa equipe quer saber!

Carolina B.


Provas e Gabaritos da 1ª fase do Vestibular Fuvest 2018 já estão disponíveis.

No Brasil ainda são poucas as instituições de ensino superior que mantém o vestibular como processo seletivo. E uma dessas organizações é a Universidade de São Paulo, a USP. Considerada uma das melhores universidades da América Latina, com centenas de cursos disponíveis nas mais diferentes modalidades. Todo o ano, em seu tradicional vestibular, que é realizado pela Fundação Universitária para o Vestibular, a Fuvest, a USP recebe milhares de inscrições. Não fugindo a essa regra, a 1ª etapa do processo seletivo da Fuvest, que ocorreu no dia 26 de novembro de 2017, contou com mais de 100.000 inscritos para mais de 180 cursos. E a novidade acerca desse processo seletivo é que quem participou da prova já pode consultar os gabaritos oficiais e também o caderno com as questões.

A prova deste ano foi composta por 90 questões de caráter objetivo, ou seja, de múltipla escolha com cinco alternativas. Os inscritos tiveram das 13:00 horas até às 18:00 horas para responder todas as questões. Nesta primeira fase, foram cobrados conteúdos das seguintes matérias: Língua Portuguesa, História, Matemática, Geografia, Física, Biologia, Química, Inglês e Literatura. Além de assuntos da atualidade que estão inseridos dentro de uma dessas grandes áreas da educação.

A lista com o nome dos aprovados para a segunda chamada deve ser divulgada no dia 18 de dezembro de 2017. Após esse primeiro corte é que os estudantes vão saber se vão ou não ser chamados para a segunda etapa. Aliás, a segunda fase deve ocorrer nas seguintes datas: 07, 08 e 09 de janeiro de 2018. Essa segunda parte do processo seletivo dever acontecer a redação com o tema divulgado na hora, assim como acontece no Exame Nacional do Ensino Médio e também vai contar com as provas de caráter discursiva. Ou seja, os candidatos vão ter que escrever as suas respostas apoiadas nos argumentos que eles julgarem serem os certos.

Como em todo vestibular, a Fundação Universitária para o Vestibular vai divulgar os nomes dos candidatos por diferentes chamadas. Assim, até que se atinja o número de inscritos por cursos, vão sendo convocadas novas chamadas. A primeira lista com o nome dos aprovados na segunda etapa deve ser divulgada no dia 02 de fevereiro de 2018. Os aprovados têm os dias 05 e 06 do mesmo mês para realizar a matrícula para estudar na USP. As matriculas podem ser realizadas de forma presencial ou via internet. Se caso o candidato escolher fazer a matrícula presencial ele deve comparecer até o Campus onde vai estudar. Lembrando que as vagas para este vestibular são para os campis de: Ribeirão Preto, Piracicaba, São Carlos, Pirassununga, Lorena, Bauru e São Paulo. Você só precisa comparecer em um deles no departamento de matrículas. Os aprovados precisam dos seguintes documentos para realizar a matrícula:

  • Uma cópia de uma foto 3 x 4. Observação: as fotos precisam ser recentes.
  • Uma cópia de um documento de identidade, pode ser carteira de motorista ou carteira de identidade.
  • Um atestando alegando que você terminou o ensino médio em uma instituição de educação brasileira, que é reconhecida pelo Ministério da Educação, o MEC. Ou caso o candidato já tenha feito um curso de graduação anteriormente, também será aceito um certificado de conclusão do curso.

Se você deseja consultar os gabaritos das provas da primeira fase da Fuvest para ter uma ideia do seu desempenho ou para as pessoa que desejam se preparar usando a prova da instituição, é muito simples, basta acessar o seguinte endereço eletrônico: http://www.fuvest.br/. Os gabaritos juntamente com os cadernos de pergunta estão disponíveis logo na página inicial do site. Ai você só precisa realizar o download. Boa sorte!

Isabela Castro.


Veja aqui como anda a concorrência para o vestibular 2018 da Fuvest e saiba informações sobre provas e resultados.

A FUVEST (Fundação Universitária para o Vestibular) é a responsável pelo processo seletivo para ingresso na Universidade de São Paulo (USP) e famosa por ser criteriosa, qualificando para os cursos apenas os mais preparados. Por ser muito concorrida e considerada a melhor faculdade por muitos anos, sempre acontece a divulgação de quantos candidatos se candidataram e quantos disputam por uma vaga.

Ano passado, segundo a fundação, houve 136.740 inscrições, enquanto em 2015, foram registradas 142,6 mil inscrições. A procura pela USP é uma crescente, já que foi divulgado no último dia 8 (novembro) que 137.481 pessoas fizeram inscrição para o vestibular 2018.

Essas mais de 137 mil inscrições são para o preenchimento de 8.402 vagas nos cursos ministrados em diversas cidades: São Paulo, São Carlos, Bauru, Piracicaba, Lorena, Ribeirão Preto e Pirassununga. Além de divulgar o número de inscritos, a FUVEST também divulgou a concorrência dos cursos e localidades do vestibular 2018.

Veja agora os 10 cursos mais concorridos e a taxa de concorrência:

10. Publicidade e Propaganda

Para esse curso, a taxa de concorrência é de 37,5 por 1, ou seja, a cada 1 vaga para o curso, quase há 37 inscritos para concorrer.

09. Jornalismo

Para o curso de jornalismo a taxa de concorrência é de 38,2.

08. Medicina veterinária

Esse curso sempre é muito procurado. A concorrência marca 40,34.

07.Psicologia

Para o curso de psicologia na localidade de Ribeirão Preto, o índice de concorrência é de 38 pessoas para cada vaga.

06. Relações Internacionais

Esse curso tem alcançado certa visibilidade ultimamente, como podemos constatar pelo sexto lugar nessa lista. A concorrência é de 51,9.

05. Psicologia

Para o curso de psicologia na USP, a competição é de 61,1 para cada 1 vaga.

04. Audiovisual

A procura por essa modalidade também está em ascensão, como diversas áreas de produção e tecnológicas. Para ingressar em audiovisual, você precisa passar por 65,2 candidatos inscritos.

03. Medicina

A competição para cursar medicina em Ribeirão Preto é uma das mais altas, pois esse curso é o mais procurado em todas as unidades. A taxa de concorrência de Medicina em Ribeirão Preto é 86.5.

02. Medicina

Olha o curso de medicina aqui de novo, mas dessa vez em Bauru! A competição marca 105,9. Por isso, os que alcançam média para esse curso são considerados os melhores.

01. Medicina

Em primeiro lugar, é claro, não poderia estar outro curso: medicina em São Paulo. Esse é o curso mais procurado, por conta do grande complexo no qual a USP opera nessa área. Para cursar medicina na Universidade de São Paulo a concorrência é de 135,7.

Datas de provas e resultados

A FUVEST se dá em duas etapas, como sempre. Os locais de prova ficam disponíveis para consulta no dia 17 de novembro e a prova da primeira etapa será realizada no dia 26 de novembro.

Dia 18 de dezembro, os resultados são divulgados, dando continuidade e indo à segunda fase, a ser aplicada entre os dias 7 e 9 de janeiro de 2018.

A primeira etapa tem 90 questões objetivas e a segunda questões discursivas. O resultado final sai no dia 2 de fevereiro e as matrículas serão abertas nos dias 5 e 6 de fevereiro. Há outras chamadas nos dias 8, 22 e também 27 de fevereiro, além de 2,8, 15 e 22 de março.

Para mais informações, acesse o Manual do Candidato aqui.

Carolina B.


Saiba aqui mais informações e como baixar o Manual do Candidato do Vestibular Fuvest 2018.

A Fundação Universitária para o Vestibular, a Fuvest, está com uma boa notícia para quem está interessado em concorrer no próximo ano ao vestibular da Universidade de São Paulo (USP). Isso porque os futuros vestibulandos já podem acessar gratuitamente e pela internet o Manual do Candidato 2018.

Disponibilizado pela coordenadora do concurso, o documento em formato de PDF traz diversas informações importantes sobre o certame, como, por exemplo, o edital completo do concurso vigente, a lista das vagas disponíveis, dados sobre a inscrição, as provas, as matrículas e, por fim, uma apresentação breve dos cursos e das carreiras. Sendo assim, essa é uma ferramenta muito importante para ser utilizada na decisão de qual caminho seguir.

Como acesso o Manual do Candidato 2018?

É muito simples acessar o manual do candidato da Fuvest. Basta ter acesso à internet e acessar o link que foi disponibilizado pela organizadora. O endereço eletrônico que direciona para esse arquivo é o http://www.fuvest.br/.

São no total 257 páginas separadas pelos temas pertinentes e de interesse dos participantes. Sendo assim, a pesquisa pode ser realizada de forma muito mais fácil e eficiente.

Sobre a prova da Fuvest 2018

Para a edição do próximo ano do vestibular realizado pela Fuvest, serão selecionados alunos para as 8.402 vagas disponibilizadas pela Universidade de São Paulo. Desse total, 3.416 são destinadas para a área de Humanidades e, no restante, 3.026 são para as Ciências Exatas e as 1.960 restantes são para Ciências Biológicas.

É importante ressaltar ainda que a Universidade disponibiliza outras oportunidades para o Sistema de Seleção Unificada, o Sisu, sob responsabilidade do Ministério da Educação, o MEC. No total, são 2.745 vagas para essa categoria, sendo o processo de ingresso para esse sistema administrado pela própria Pró-Reitoria da Graduação da USP.

Quem estiver cursando apenas o primeiro ou segundo ano do ensino médio no ano de 2017, também poderá participar do vestibular. Trata-se dos chamados “treineiros”, que em um resumo são os estudantes que buscam realizar o seu treinamento nas carreiras de interesse, já pensando no futuro quando o realizarem para o seu ingresso oficial.

Sobre as inscrições para o Vestibular 2018

Quem quiser realizar a inscrição para o vestibular da Fuvest 2018, precisa saber que essas iniciam no dia 21 de agosto, às 10h. Essas poderão ser feitas no site da instituição, no http://www.fuvest.br. O prazo final é o dia 11 de setembro, às 23h59.

É necessário realizar o pagamento de uma taxa de participação para efetivar a inscrição. Essa é no valor de R$ 170, precisando ser paga antes do término de expediente bancário do dia 12 de setembro. Quem atendia às regras de isenção ou redução do valor pode solicitar o não pagamento deste valor.

O resultado dos isentos também está disponível no portal da Fuvest, na área intitulada “Usuários”. Essa é de consulta individual de sua solicitação e resultado.

Porém, é importante ressaltar que quem for contemplado com a isenção ou com a redução de valor de inscrição, não está automaticamente inscrito no vestibular. Por isso, ainda é necessário que esse faça a sua inscrição, também no site já citado.

Sobre as provas

No dia 26 de novembro ocorre a primeira fase das provas do vestibular. Já a segunda etapa ocorre entre as datas de 7 a 9 de janeiro de 2018. Para os cursos de Artes Cênicas, Artes Visuais, Música (Ribeirão Preto e São Paulo), ainda haverá provas de conteúdo específico.

A lista oficial dos aprovados na primeira chamada já tem data para ocorrer. Sendo assim, essa acontece no dia 2 de fevereiro.

Para visualizar o calendário completo das atividades reservadas para o vestibular acesse o site http://www.fuvest.br/calendario-fuvest-2018/. Ainda estão disponíveis também a lista de leituras obrigatórias para o certame, no endereço http://www.fuvest.br/.

Kellen Kunz


Saiba aqui como fazer para pedir a isenção ou redução na taxa de inscrição do vestibular da Fuvest 2018.

Um dos vestibulares mais disputados do país é o realizado pela Universidade Federal de São Paulo, a USP. Em todas as edições, milhares de pessoas se inscrevem para os mais de 100 cursos oferecidos pela instituição. E para a edição do vestibular do próximo ano, já estão abertos os pedidos para a isenção e redução da taxa cobrada para a realização das provas.

Por meio de sua assessoria de comunicação, a USP divulgou na última segunda-feira, dia 10 de julho, que os pedidos para a isenção e redução da taxa para o vestibular de 2018 estavam abertas. O pedido pode ser solicitado até o dia 10 de agosto de 2017. Para conseguir este benefício, o interessado precisa entrar no site da instituição, que pode ser acessado através deste link: www.fuvest.br. E se cadastrar na aba usuário com o número de seu CPF, informando todos os seus dados corretamente para o formulário. O formulário deverá ser impresso e assinado pelo candidato.

Além deste formulário, o candidato precisa reunir cópias dos seguintes documentos: CPF, sua cópia da Carteira de Identidade e das pessoas que moram na sua casa, comprovante de término da escola (esse pedido só vale para estudantes de escola pública), comprovante de renda de até três meses (holerite, contracheque, recibo de serviços realizados, extratos, dentre outros), além de comprovante de residência. Depois de reunir todos esses documentos, o candidato precisa reuni-los em um envelope e enviar para o seguinte endereço: Rua Alvarenga, 1945/1951 05509-004, bairro: Butantã – São Paulo, SP. Com os seguintes dizeres: Redução/isenção Fuvest 2018 FUVEST – Fundação Universitária para o Vestibular.

Para que o candidato seja totalmente isento é necessário que tenha uma renda doméstica de até R$ 1.405,50 reais por cada membro de sua família. Agora, para que ele tenha uma redução de até 50% do valor, a renda da família precisa ser no valor entre R$ 1.406,00 e R$ 2.811,00 reais. Para saber se o pedido foi aceito, o candidato precisa consultar o site da instituição no dia 18 de agosto de 2017, data que o resultado será divulgado oficialmente.

O resultado dessa isenção ou redução, não afirma que o candidato já consiga automaticamente a inscrição para o vestibular da Universidade Federal de São Paulo. As inscrições para a USP, que são realizadas através da FUVEST, começam em 21 de agosto e vão até 11 de setembro de 2017. As provas serão aplicadas em duas fases, a primeira no dia 26 de novembro de 2017 e a segunda no dia 7 e 9 de janeiro de 2018.

Para mais informações, consulte o edital de isenção e redução, que pode ser acessado através deste link: http://www.fuvest.br. Boa sorte!

Isabela Castro.


Tradicional vestibular da USP será desvinculado da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa, confira todas as informações.

A tradicional Faculdade de Ciências Médicas, dirigida pela Santa Casa de São Paulo, não vai mais usar a prova da Fuvest para selecionar seus calouros de medicina em 2018. Desde 1988, a Santa Casa elegia seus alunos através do mesmo vestibular da USP (Universidade de São Paulo), entretanto, tudo indica que a desvinculação já vai valer no próximo vestibular. No ano passado (2016), a instituição usou-se da Fuvest para eleger 120 alunos de medicina.

A desfeita do vínculo com a Fuvest já recebeu aprovação da Congregação da USP, mas ainda depende de uma votação para ser vigente. Segundo a própria Fuvest, a Faculdade da Santa Casa já havia dado o aviso da desvinculação desde maio, dizendo que a instituição não tem interesse em participar da versão 2018 da prova. O texto de aviso, informava que o motivo da desvinculação é que existem necessidades internas acerca da ocupação das oportunidades em medicina, que não podem ser atendidas pelo vestibular da fundação.

A decisão da Faculdade de Medicina da Santa Casa foi não comentar a decisão de mudar a forma de seleção. Os candidatos que buscam orientações acerca desse assunto, via contato telefônico, recebem a informação de que ainda não há definição de data e/ou formato definidos para o próximo vestibular.

Outros cursos da unidade como fonoaudiologia, enfermagem e tecnologia em radiologia, já selecionam calouros através de um vestibular próprio da Santa Casa. A Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa é uma tradicional instituição de ensino, mesmo sendo privada, compõe o quadro de renome do país, fazendo parte do complexo da Irmandade de Misericórdia da Santa Casa, incluindo o conhecido Hospital Central.

Existe expectativa para que a prova seja de responsabilidade da Vunesp, que já aplica vestibular para a Unesp, mas ainda não há confirmação de nenhuma das partes. Outras instituições já seguiram esse mesmo curso, saindo da Fuvest para propor seleções independentes. Agora é esperar para ver.

Carolina B.


FUVEST agora dividirá vagas com participantes do ENEM e dará espaço para cotistas.

Depois de mais de um século de tradição, a renomada Universidade de São Paulo – USP confirmou a aprovação da política acerca da presença de cotistas no ingresso dos cursos ofertados pelas instituições.

No fim do mês de junho, o órgão de maior nível hierárquico da USP, o Conselho Universitário, decidiu aprovar o uso do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que por sua vez, utiliza-se da nota do Exame Nacional do Ensino Médio para realizar a seleção de estudantes, informações essas confirmadas pela direção da USP.

Ao todo, são 11.147 vagas para ensino superior, dentre essas, 24,6 serão destinadas à estudantes que desejem ingressar via Enem/Sisu, enquanto as demais, representadas por 75,4 das vagas, serão disputadas via Fuvest, como de costume. Contudo, a proposta da inclusão de cotas prevê que cada curso tem restrição de vagas a serem ofertadas pelo Sisu, ou seja, apenas 30% das oportunidades podem ser destinadas a esse tipo de ingresso nos cursos. Para manter o cumprimento dessa determinação, a USP deve, então, reservar as vagas da Fuvest.

A meta original da Universidade era que em 2018 pelo menos metade dos aprovados na prova da instituição fossem provenientes de escola pública. Esse ano (2017) a porcentagem alcançou a marca de 36,9. A USP, a fim de cumprir a meta, mesmo tendo sido adiada para 2021, traçou planos anuais. Para o ano que vem (2018) a meta é manter os 36,9%, enquanto que para 2019 a meta sobe para 40%. Em 2020, o objetivo é que pelo menos 45% dos calouros sejam da rede pública para enfim, em 2021, as unidades alcancem os 50%.

O desafio é que cada unidade tenha uma porcentagem diferente de aprovados que vêm da rede pública, uma possui porcentagem de 50, enquanto outra está com 13 ou 40, por exemplo, portanto, nivelar têm significados diferentes para cada local.

Quem pretende prestar USP agora têm mais um meio, inclusive em cursos super concorridos como Medicina, que das 175 vagas, está destinando 50 para Enem e também fazendo uso de cotas para a seleção.

Carolina B.


Fuvest divulga lista de aprovados em primeira chamado no seu Vestibular 2017.

Foi divulgado o resultado do vestibular da Fundação Universitária (FUVEST) e os aprovados já podem começar a realizar as matrículas no curso pretendido por meio da modalidade virtual até o dia 7 de fevereiro. Além disso, os aprovados nesta primeira fase do vestibular devem realizar o registro acadêmico de forma presencial entre os dias 13 e 14 de fevereiro, por meio do Serviço de Graduação.

Para esta etapa, é necessário o aprovado levar uma foto 3×4 recente, além de documentos como certificado de conclusão de ensino médio, histórico escolar de ensino médio, CPF e documento de identidade. O resultado individual para a primeira chamada da FUVEST pode ser consultado por meio deste link: http://www.fuvest.br/b/chamada.php?anofuv=2017&chamada=1.

Outros resultados estão previstos como os cursos da USP e Medicina da Santa Casa. As chamadas serão divulgadas nos dias 09, 17 e 23 de fevereiro e também nos dias 06 e 10 de março. Os aprovados poderão fazer a matrícula somente de forma presencial e a confirmação com o vínculo da faculdade é obrigatória para todos que forem chamados até a 4ª lista.

Na Santa Casa, a partir da lista da 6ª convocação, os estudantes aprovados deverão fazer parte da lista de espera da própria Instituição. Em relação a USP, as duas últimas chamadas dos aprovados serão realizadas através de escolhas do próprio estudante. A primeira deve ser feita pelo próprio candidato nos dias 15 e 16 de março e segunda deve ocorrer entre os dias 22 e 23 de março. No caso, está é a última convocação para o vestibular deste ano.

A FUVEST contou com mais de 8 mil vagas que foram distribuídas entre a USP e também na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Os estudantes foram avaliados por meio de duas etapas, sendo a primeira no dia 29 de novembro e foi composta por 90 questões que incluíam disciplinas como português, matemática, física, química, geografia, inglês, história e perguntas interdisciplinares. A segunda etapa do vestibular da FUVEST foi realizada entre os dias 08 e 10 de janeiro e contou com perguntas envolvendo diversas disciplinas como português (com interpretação de texto, gramática e literatura), além de biologia, matemática, química, entre outras.

Por Babi


Confira aqui a nota de corte para o Vestibular Fuvest 2017.

Foi publicada a nota de corte da Fundação Universitária para o Vestibular (FUVEST) referente ao vestibular de 2017. A primeira etapa da prova ocorreu no dia 27 de novembro e contou com aproximadamente 136 mil estudantes. Esta etapa selecionou interessados para ingressar na Universidade de São Paulo (USP) e também para o curso de Medicina da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

Pelo resultado inicial, a pontuação mínima de cada curso apresentou uma queda. Neste sentido, em medicina (São Paulo) o mínimo foi de 69 pontos, indicando 04 a menos que no período anterior. Posteriormente, o curso de medicina (Ribeirão Preto) teve, também, a nota 69, sendo 03 a menos que no último vestibular. O curso de Engenharia aeronáutica (São Carlos), terceiro lugar, ficou com 62 pontos, representando 05 a menos que no último período.

Além disso, outros cursos concorridos também apresentaram queda na pontuação, como a de Engenharia na Escola Politécnica, que ficou com 55 este ano e no período anterior foi 60, Direito – São Paulo – , que teve pontuação mínima de 55 e no último vestibular foi 59 e para finalizar relações internacionais, que apresentou 56 pontos e no período anterior 60.

Para ingressar na segunda etapa do vestibular, era necessário que o estudante tivesse pontuação igual ou superior a nota de corte. A lista de convocados está prevista para ser divulgada no dia 19 de dezembro. A etapa é composta por três provas analítico – expositivas e está prevista para ser aplicada em de janeiro de 2017.

No dia 08, por exemplo, os estudantes serão avaliados por meio de provas com as disciplinas de português, com 10 questões, e redação. No dia 09 serão cobradas 16 questões que envolvem história, geografia, física, química, matemática, biologia, inglês, além de questões interdisciplinares. Além disso, no dia 10 de janeiro os aprovados farão uma prova com 12 questões com duas ou três disciplinas, de acordo com a área escolhida.

Em relação aos estudantes de artes cênicas e curso superior do audiovisual, farão provas de habilidades específicas que estão previstas para serem aplicadas entre os dias 11 e 13 de janeiro. No dia 02 de fevereiro deve ser divulgada a primeira chamada para a matrícula.

Por Babi


As matrículas dos 1.686 candidatos que convocados poderão ser feitas a partir dos dias 11 e 12 de fevereiro.

Saiu nesta quinta-feira (4), pela Fuvest (Fundação Universitária do Vestibular), a lista dos 1.686 candidatos aprovados para cursos da USP e  Faculdades de Ciências Médicas da Santa Casa. Essa lista foi da segunda chamada do vestibular.

Os aprovados no vestibular da Fuvest 2016 comemoraram com empolgação a lista que foi divulgada. Muitos amigos e alunos de outros cursos foram dar as boas vindas aos novos calouros.

Os alunos que tiveram seus nomes nesta lista devem fazer suas matrículas nos dias 11 e 12 de fevereiro, juntamente com os alunos que passaram na primeira chamada.

O candidato deverá comparecer no serviço de graduação da unidade para a qual ele foi convocado, com toda a documentação exigida. O comparecimento do candidato ou de seu procurador legal é obrigatório no ato de assinar a lista de matrícula.

Documentação exigida:

Para formalizar sua matrícula na USP (Universidade de São Paulo) o aluno deverá apresentar os seguintes documentos:

  • Certificado de conclusão do Ensino Médio ou equivalente, o seu histórico escolar ou mesmo o diploma universitário.
  • Cédula de identidade original.
  • Uma foto 3×4 com data e tirada a menos de um ano.

Todos os documentos devem ser apresentados em cópias acompanhadas do original, para posterior conferência.

A documentação para os alunos que foram aprovados na Faculdade de Ciências Médicas da Faculdade de São Paulo deve constar de:

  • Registro de conclusão do 2º grau, juntamente com histórico escolar do aluno ( duas cópias autenticadas).
  • Documento de identificação – RG ( Duas cópias autenticadas).
  • Duas fotos 3×4 recentes.

Novas Chamadas:

A lista de divulgação da terceira chamada deverá sair no dia 16 de fevereiro e a matrícula já acontece no dia 18 do mês em curso. As duas chamadas que faltam terão sua divulgação nos dias 20 e 26 de fevereiro.

Reescolha:

O processo de reescolha ficará disponível para os candidatos a partir do dia 02 de março, informando as vagas que não foram preenchidas e já nos dias 02 e 03 de março os alunos podem tentar a reescolha, através da internet.

Por Ruth


A Fundação Universitária para o Vestibular (FUVEST), responsável pela elaboração das provas do vestibular da Universidade de São Paulo (USP), abriu suas inscrições no dia 22 de agosto de 2014.

Os candidatos a uma das mais de 10 mil vagas deverão realizar a inscrição no site da instituição (www.fuvest.br) até o dia 9 de setembro de 2014. É preciso atentar que a inscrição só será realmente efetuada depois do pagamento da taxa de R$ 145, que deve ser paga dentro do período de inscrição, ou seja, até o fim do período bancário de 9 de setembro.

Além de preencher a inscrição online o candidato deverá também responder ao Questionário Socioeconômico da universidade. O candidato será encaminhado para realizar a prova no local mais próximo da residência indicada na inscrição.

É bom que o candidato se atente também para a necessidade de se apresentar o CPF para a inscrição e para a realização das provas, então quem ainda não tem o Cadastro de Pessoas Físicas deverá providenciá-lo antes de realizar as inscrições. Os documentos aceitos para que o candidato possa realizar a prova são o RG, Forças Armadas, Polícia Militar, CNH, Carteira de Trabalho e Previdência Social, além dos expedidos pelos Conselhos ou Ordens Regionais, como a OAB. É válida também a apresentação do RNE ou Passaporte para os estudantes que comprovem viver no Brasil.

A primeira fase do vestibular da FUVEST será realizada no dia 30 de novembro de 2014 e o candidato poderá consultar o local que fará o exame a partir do dia 24 de novembro. A prova consta de 90 questões de múltipla escolha e terá duração de 5h, das 13h às 18h, sendo que os portões se abrirão ao 12h30.

A FUVEST divulgará no dia 22 de dezembro de 2014 a lista dos convocados para a segunda fase do vestibular, que será realizada entre os dias 4 e 6 de janeiro de 2015.

Por Joana Junqueira Borges





CONTINUE NAVEGANDO: