Inscrições seguem abertas para o Prouni 2018.

As inscrições para o 2º semestre de seleção de vagas para o Prouni 2018 foram abertas.

Sabe-se que, nesse programa criado pelo Governo Federal, são ofertadas cerca de aproximadamente 175 mil vagas no ensino superior em bolsa de estudos. Dessa forma, para garantir a participação no Prouni, é necessário que o candidato tenha efetuado no Enem 2017 uma média de 450 pontos, no mínimo.

Se o leitor deseja saber mais sobre o Prouni e participar ou conhece alguém que possui esse interesse, não deixe de conferir as informações abaixo, pois elas podem ir de auxílio na hora de tentar uma vaga por meio desse processo de seleção.

Para quem não sabe, o Programa de Universidade para Todos, ou seja, o Prouni, foi desenvolvido pelo Governo Federal por meio do Ministério da Educação. Nesse sentido, desde 2004, o ME vem ofertando bolsas de estudos sejam elas integrais ou parciais. Isto é, em casos como este, o participante precisa preocupar-se em pagar pelo menos metade do valor da mensalidade determinada pela faculdade. Nesse contexto, é possível utilizar o Prouni, para conseguir vagas em instituições particulares, focadas em educação de nível superior. Desse modo, são contempladas por esse benefício estudantes de nacionalidade brasileira que não possuem diploma de nível superior.

O Prouni garante a bolsa tanto cursos de graduação quanto sequenciais, que visam à formação específica.

Agora que já sabe o que é o Prouni, é importante deixar claro quem são aqueles que podem participar do programa e, portanto, inscrever-se para concorrer a uma das vagas com bolsa de estudo.

Para realizar a inscrição para o Prouni desse segundo semestre do ano de 2018, a primeira regra é clara: os candidatos interessados a participar não podem possuir diploma de nível superior. Essa foi uma forma do Ministério da Educação, de garantir que as oportunidades ao acesso à educação sejam melhor distribuídas entre a população brasileira que ainda não teve a chance de integrar-se ao ensino superior e, dessa forma, tornar mais democrático esse tipo de conhecimento.

Somado a isso, o candidato deve ter realizado o Enem 2017, isto é, o Exame Nacional do Ensino Médio e obtido uma média mínima de 450 na pontuação final, além de não ter obtido nota zero na prova de redação.

Vale ressaltar que as bolsas integrais devem ser destinadas à candidatos que possuem uma renda familiar bruta por mês, de no máximo, um salário e meio por cada pessoa da família. Por outro lado, as bolsas parciais são para participantes em que há no mínimo três salários mínimos por cada membro familiar. Além dessas regras, é necessário que o candidato satisfaça a, no mínimo, uma das condições estipuladas a seguir: possuir deficiência; cursar o ensino médio e em escolas da rede pública; cursar o ensino médio em instituições particulares, porém, como estudante de bolsa integral; cursar parte do ensino médio em rede pública e a outra parte em rede privada, porém, contando com bolsa de estudo integral; professores da rede pública que desejam concorrer por vagas em outros cursos focados em licenciatura.

Portanto, se está interessado em participar do Prouni, basta acessar ao seguinte endereço eletrônico do programa: www.prouni.com.br. É necessário estar atento ao prazo de inscrição, que começa no dia 26 de junho, terça-feira, e se estende até a sexta-feira, dia 29 de junho.

O Prouni é uma chance para que jovens que não tiveram condições de adentrar a uma instituição federal, de garantir uma vaga em uma rede privada. O programa visa beneficiar especialmente o aluno não tem como arcar com a mensalidade, seja ela integral ou, até mesmo, parcial.

Nos últimos anos, os números de participantes têm aumentado. Como já foi ressaltado anteriormente, em 2018, há uma oferta de quase 175.000 bolsas de estudo.

Por Ana Paula Oliveira Coimbra


Inscrições poderão ser efetuadas até o dia 18 de maio de 2018.

Iniciam na próxima segunda-feira, dia 7 de março, as inscrições oficiais para o Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem. Na edição de 2018, a taxa de participação terá o valor de R$ 82, sendo que os interessados pode se inscrever até o prazo final de 18 de maio.

Para saber mais informações sobre como participar, fique ligado nos detalhes que daremos para você.

Como me inscrever?

Para se inscrever é muito simples. Basta acessar o site oficial do Enem, no endereço eletrônico http://enem.inep.gov.br. O pagamento da taxa de R$ 82 pode ser feito entre os dias 7 e 23 de maio.

Vale lembrar que já foi encerrado o prazo para a solicitação da isenção da quitação desse valor. Esse foi do dia 2 a 11 de abril.

Prova do Enem 2018

Conforme o edital publicado sobre o Enem dessa edição, serão feitas algumas mudanças importantes na comparação com a do ano passado. Sendo assim, esse ano os candidatos que forem realizar o exame terão um acréscimo de 30 minutos no segundo dia da prova.

Com isso, sabe-se também que as avaliações serão feitas em dois domingos consecutivos, no dia 4 e 11 de novembro. Os temas do primeiro domingo serão: linguagens, redação e ciências humanas. Essa prova terá a duração de cinco horas e meia.

Já no segundo domingo, serão realizados os exames com as seguintes temáticas: ciências da natureza e matemática, com um total de cinco horas de duração.

Redação do Enem

Além das provas objetivas, ainda é tradição do Enem a realização de uma redação. Conforme o Ministério da Educação, a exigência é de que essa seja um texto dissertativo e argumentativo, com a introdução, o desenvolvimento e a conclusão bem definidos.

Entre os critérios que são adotados pelos avaliadores para a correção das redações estão: o domínio das normas de língua portuguesa, a compreensão da proposta de redação, a organização e seleção das informações pertinentes, a demonstração da capacidade total de argumentação e, por fim, a proposta de soluções para o tema central abordado durante o texto, respeitando sempre a diversidade e os valores da sociedade.

Em uma retrospectiva das edições anteriores, pode-se perceber que o Enem cobra dos estudantes o desenvolvimento de temas importantes nas redações, voltados para o cenário nacional, atualidades e assuntos socioculturais. Portanto, mantenha-se atualizado sobre os mais diferentes pontos, como diversidade de gênero, política, religião, violência urbana, terceira idade no Brasil, segurança pública, meio ambiente, entre outros.

Segundo o edital, o participante pode zerar a nota de redação no caso de: fugir do tema proposto, não obedecer à estrutura de uma redação dissertativa-argumentativa, ter desenhos e imagens inadequadas, produzir um texto de até sete linhas ou entregar a folha em branco.

Onde utilizar o resultado do Enem 2018?

Poderão ser utilizados os resultados das provas do Enem 2018 nos processos seletivos destinados para vagas em ensino superior público, seja: por meio do Sistema de Seleção Unificada, o Sisu; em bolsas de estudos nas instituições privadas, através do Programa Universidade para Todos, o ProUni; e por obtenção de financiamento por Fundo de Financiamento Estudantil, o Fies.

Sobre o Enem

O Enem foi criado como uma maneira de avaliar todo o desempenho escolar e também acadêmico dos estudantes quando esses concluem o ensino médio. A realização do exame pode ser feita por qualquer pessoa.

Porém, o uso dos resultados obtidos não é igual para cada público. Esses somente podem ser utilizados para acesso à uma educação superior e em programas do governo relacionados a financiamentos ou a apoios estudantis por participantes com idade superior a 18 anos, levando em conta o primeiro dia da aplicação da prova. Além disso, ainda é necessário que os candidatos tenham concluído, no mínimo, o nível médio no ano anterior à edição do Enem.

Kellen Kunz


As inscrições para o Sisu 2018 serão abertas em 29 de janeiro e terminam em 1º de fevereiro de 2018.

A grande maioria das pessoas sabe da importância de se ter um curso de graduação nos dias atuais. Visto que este tipo de formação acadêmica é a porta de entrada para o mercado de trabalho que está cada vez mais competitivo e também povoado por indivíduos cada vez mais competentes e com outros tipos de formação. Se você faz parte do grupo de pessoas que está tentando entrar em alguma instituição de ensino superior, saiba que o Ministério da Educação divulgou há pouco tempo que as inscrições no Sistema de Seleção Unificada, o Sisu, para o próximo ano começam no dia 29 de janeiro de 2018.

Saiba agora todas as informações a respeito desse processo seletivo.

Considerado um dos mais importantes processos de admissão para as instituições superiores de todo território nacional, o Sistema de Seleção Unificada, Sisu, é um sistema seletivo criado há cerca de 7 anos pelo Ministério da Educação, o MEC.

Ele funciona da seguinte forma, as pessoas de todo o Brasil devem realizar a edição mais recente do Exame Nacional do Ensino Médio, o ENEM, após a divulgação das notas, o estudante deve fazer o seu cadastro no SISU. E durante alguns dias, ele vai colocando a sua nota final do ENEM no site do Sistema de Seleção Unificada, escolhendo a faculdade e o curso acadêmico. Dentre os dias que o sistema fica no ar, o Sisu vai informando se o candidato está aprovado ou não.

Hoje em dia ele é considerado um dos maiores “vestibulares” do Brasil. Lembrando que os estudantes podem “jogar” suas notas quantas vezes quiserem em diferentes instituições de ensino até para ter um parâmetro. Entretanto, o sistema do Sisu é atualizado uma vez ao dia, geralmente no período da manhã.

Desde a sua fundação no Brasil, o Sisu já garantiu milhares de vagas para muitos estudantes brasileiros. Ele foi criado com a intenção que a competição fosse mais justa. Já que anteriormente, a concorrência nos vestibulares era muito região por região. Com a criação do Sistema de Seleção Unificada a competição se tornou a nível nacional e também proporciona que estudantes de qualquer lugar do país possam tentar uma vaga em uma universidade de qualquer lugar do Brasil, sem ter que sair de casa. Fato que, por exemplo, não acontecia com o tradicional vestibular. Pois, os estudantes precisam ir até a cidade sede da universidade em que desejavam estudar para realizar a prova que fazia parte do processo seletivo.

Para a edição de 2018, do Sistema de Seleção Unificada, os estudantes precisam primeiramente acessar o seguinte endereço eletrônico: http://sisu.mec.gov.br, no período entre 29 de janeiro de 2018 e 1º de fevereiro de 2018, tempo em que as inscrições para o Sisu vão estar abertas. Após acessarem o sistema, os estudantes precisam se cadastrar. Para isso, eles precisam informar de forma correta os dados que são pedidos no site. Por exemplo, a nota do Enem de 2017, o número e senha usados no Exame Nacional do Ensino Médio e outros dados. Lembrando que só pode se cadastrar, as pessoas que não zeraram a redação do Enem do ano de 2017. Caso, você não tenha zerado, você vai poder se inscrever sem nenhum problema. O sistema possibilita que os candidatos possam se inscrever em até dois cursos superiores de forma simultânea.

Nos dias atuais, a maioria das faculdades brasileiras são adeptas ao Sistema de Seleção Unificada. Para a edição de 2018 do Sisu a estimativa é que mais de 100 instituições de ensino superior estejam inscritas no sistema, oferecendo assim mais de 200.000 vagas nos mais diferentes cursos de graduação.

Se você atende aos pré-requisitos, não perca o período de inscrição e realize de forma correta o seu cadastro no site do Sisu.

Por Isabela Castro


Interessados podem se inscrever até o dia 8 de novembro de 2017. Taxa de participação é de R$ 130.

Estão abertas as inscrições para o vestibular da UECE. O prazo se estende até o dia 08 de novembro e a taxa é de R$ 130, 00.

São 2.478 vagas distribuídas nos mais diversos cursos, sendo 1.252 para cursos em Fortaleza e 1.226 para Unidades no interior. 50% destas vagas serão disponibilizadas para alunos cotistas.

Para os que fizeram pedido de isenção da taxa, os resultados serão divulgados no dia 27 de outubro, em caso de indeferimento, os candidatos poderão recorrer nos dias 30 e 31 do mesmo mês, recebendo a resposta final em 06 de novembro. As inscrições devem ser feitas apenas pela internet. Confira os detalhes.

Processo Seletivo

As provas para o vestibular 2018/1 da UECE serão feitas em duas fases. A primeira fase ocorrerá 03 de Dezembro de 2017, em um domingo. A segunda fase ocorre em dois dias: 7 e 8 de janeiro de 2018.

Na primeira fase, os vestibulandos responderão uma prova de Conhecimentos Gerais com 70 questões de múltipla escolha, contendo 4 alternativas por quesito, com apenas uma resposta correta. Cada questão dessa prova vale 2 pontos.

As disciplinas que compõem a primeira fase são:

  • Língua Portuguesa: 12 questões

  • Língua Estrangeira: Inglês, Espanhol ou Francês- 08 questões

  • Geografia: 08 questões

  • Matemática: 10 questões

  • Física: 08 questões

  • Química- 08 questões

  • Biologia- 08 questões

A segunda fase acontecerá em 2 dias e os candidatos responderão 04 provas: Redação, escrita em Língua Portuguesa com o valor de 60 pontos e três Provas Específicas, de acordo com o curso escolhido pelo candidato. Estas últimas terão 20 questões cada uma.

Para os candidatos que optaram pelo curso de Música e suas Habilitações precisam ficar atentos as datas diferentes, pois farão o Exame de Habilidades Específicas com prova escrita no dia 19 de novembro (domingo), das 09h00 às 12h00, que será aplicada em Fortaleza. Além da prova oral na sexta-feira, dia 24 de novembro, a partir das 08h 30 min.

As provas do vestibular foram elaboradas de acordo com os conteúdos aprendidos pelos alunos no Ensino Médio.

As localidades onde as provas serão realizadas são: Fortaleza, Quixadá, Limoeiro do Norte, Tauá, Iguatu, Itapipoca, Cratéus e a responsabilidade do certame é da CEV/UECE.

Sobre a Universidade Estadual do Ceará

Criada em 1975 como instituição pública estadual, com objetivo de ajudar no desenvolvimento do estado do Ceará, a UECE vem formando diversos profissionais ao longo desses anos, contabilizando mais de 60 mil pessoas.

Tendo como missão a produção e disseminação do conhecimento para formar profissionais cada vez mais éticos e comprometidos com o desenvolvimento sustentável e com responsabilidade social, a Universidade cearense tem hoje em seu quadro discente, 22 mil alunos matriculados em 75 cursos de graduação e 10 ead, 78 especializações, 26 mestrados e 10 cursos de doutorado.

Sempre atentos a demanda da sociedade, a universidade possui 10 campi e uma infraestrutura capaz de abrigar cursos variados.

O alcance da UECE não se restringe ao seu estado de origem, a Universidade foi considerada a 8º universidade estadual do Brasil e a melhor do Norte, Nordeste e Centro-Oeste, alcançando notabilidade nacional pelo ensino e trabalho de pesquisa feitos com excelência.

Cronograma

  • Vestibular UECE 2018/1
  • Vagas: 2.478
  • Inscrições: Até 08 de novembro
  • Taxa de inscrição: R$ 130,00
  • Resultado dos pedidos de isenção da taxa: 27/10
  • Recurso para isenção, 30 e 31 de outubro
  • Provas da 1° fase: 03 de Dezembro de 2017
  • Provas da 2° fase: 07 e 08 de Janeiro de 2018
  • Exame de Habilidade Específica para o curso de Música: 19 e 24 de novembro.

FABÍOLA CUNHA S DE MORAES


Inscrições podem ser feitas até o dia 23 de dezembro de 2017.

As inscrições para o vestibular 2018/01 da UniRV (Universidade do Rio Verde), no interior de Goiás, já estão abertas. Os interessados em ingressar em um curso superior dessa instituição de ensino devem se inscrever pela internet até o dia 3 de dezembro, sendo necessário arcar com uma taxa de inscrição no valor de R$ 50,00.

Para melhor se preparar para o processo seletivo, é importante que o candidato saiba como será aplicada a edição desse ano, além de acompanhar as datas e horários para se inscrever. A prova vai ser realizada no mês de dezembro em duas cidades de Goiás. Confira abaixo mais informações sobre o vestibular UniRV 2018:

Como se inscrever

A UniRV anunciou segunda-feira, 02 de outubro, que as inscrições estão abertas para o vestibular 2018. As pessoas interessadas podem se inscrever até o dia 03 de dezembro. Para confirmar a sua inscrição é preciso pagar uma taxa de R$ 50,00. É importante ressaltar que a inscrição só será validada após o pagamento do boleto, o que deve ser feito dentro do prazo de vencimento, do contrário a sua candidatura será cancelada.

Para se inscrever para o vestibular da UniRV você deve acessar o site da instituição de ensino, selecionar o curso do seu interesse e fazer o seu cadastro. As inscrições também podem ser feitas nas unidades da instituição de ensino. Nesse caso, você deve comparecer de segunda a sexta-feira, das 07 às 11h, das 13 às 17h e das 19 às 21h, no campus universitário, na cidade de Rio Verde, e das 7 às 11h, das 12 às 17h e das 18h30 às 21, e aos sábados das 7 às 10h30, no campus de Caiapônia.

Vagas

O processo seletivo da UniRV busca preencher 1.890 vagas para vários cursos de graduação como, por exemplo, Enfermagem, Direito, Agronomia, Engenharia Civil e Odontologia. Para a edição de 2018, os únicos cursos que não estão com vagas disponíveis são o de Medicina, que tem um vestibular específico, e as graduações ministradas nos campi de Goianésia e Aparecida de Goiânia. Para verificar todos os cursos disponíveis para o próximo ano, o ideal é consultar o site da instituição.

Como será o vestibular

Segundo o calendário divulgado no edital do vestibular, o cartão de confirmação de inscrição, com as indicações dos locais de prova, vai ser disponibilizado no site da UniRV, no dia 6 de dezembro. O vestibular será realizado no dia 9 do mesmo mês, sendo aplicado das 14h às 18h.

A prova acontecerá nas cidades de Caiapônia e Rio Verde, locais que oferecem as vagas para esse processo seletivo. Os participantes devem se preparar para enfrentar um exame composto por 36 questões objetivas, que abrangem conhecimentos das disciplinas estudadas no Ensino Médio, além de uma redação que aborda um tema atual da sociedade. Estima-se que os gabaritos da prova sejam divulgados logo depois do fim do vestibular.

Conforme indica a instituição, o resultado do vestibular da UniRV será divulgado através de uma lista com o nome dos aprovados no dia 14 de dezembro. A matrícula para os selecionados na primeira chamada deve ser feita nos próximos 15 e 21 dias após a divulgação do resultado.

Se houver vagas que não forem preenchidas devido à desistência dos candidatos aprovados em primeira chamada, a universidade fará uma segunda convocação para preencher as vagas remanescentes. A lista com a convocação deve ser divulgada entre os dias 8 e 10 de 2018. Portanto, quem participar do vestibular e não for aprovado na primeira etapa deve ficar atento às publicações da UniRV, além de respeitar o prazo dado para a realização da matrícula para não perder a sua vaga.

Simone Leal


O vestibular da USP 2018 oferta mais de 8 mil vagas em mais de 100 graduações. Saiba como se inscrever.

Um dos maiores processos seletivos que acontecem no Brasil está com as inscrições abertas, se trata do Vestibular da Universidade de São Paulo, a USP, a seleção de novos alunos para a instituição de ensino superior é realizada pela Fundação Universitária para o Vestibular, a FUVEST. Com milhares de escritos todos os anos, são oferecidos oportunidades para mais de 100 cursos superiores.

Para saber mais informações da edição de 2018, leia todas as informações dispostas logo abaixo.

Realizando processos seletivos há mais de 40 anos, a FUVEST é responsável pelos vestibulares das instituições de ensino superior da cidade de São Paulo, que são instituições públicas e uma delas é a USP.

Para a edição de 2018, estão sendo ofertadas mais de 8.000 vagas em mais de 100 graduações, sendo vagas oferecidas nas áreas de humanas, de tecnologia, de exatas, biológicas, dentre outras. Além de mais de 2.000 vagas que serão oferecidas através do Sistema de Seleção Única, o Sisu, para essa modalidade o estudante precisa ter realizado a prova do Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem, em 2016, com resultados satisfatórios, ou seja, notas altas, pois, o peso para a USP é elevado.

Confira agora o número de vagas oferecidas os curso e também os locais onde eles são ofertados:

– Química (Bacharelado) – São Carlos. Vagas: 48.

– Química (Licenciatura) – Ribeirão Preto. Vagas 28.

– Química (Bacharelado e Licenciatura) – São Paulo. Vagas 84.

– Oceanografia (Bacharelado) – São Paulo. Vagas: 28.

– Química (Bacharelado) – Ribeirão Preto. Vagas 42.

– Matemática Aplicada (Bacharelado) – Ribeirão Preto. Vagas: 32

– Matemática/ Física (Licenciatura) – São Paulo. Vagas: 208.

– Geociências e Educação Ambiental (Licenciatura) – São Paulo. Vagas: 28.

– Ciências Exatas (Licenciatura) São Carlos. . Vagas: 35.

– Sistemas de Informação (Bacharelado) – São Carlos. Vagas: 35.

– Geologia – São Paulo. Vagas: 35.

– Informática Biomédica (Bacharelado) – Ribeirão Preto. Vagas: 28.

– Física Médica (Bacharelado) – Ribeirão Preto. Vagas: 28.

– Física / Física Computacional / Meteorologia / Geofísica / Astronomia / Estatística / Matemática / Matemática Aplicada (Bacharelado) – São Paulo. Vagas: 447.

– Engenharia (Mecânica, Produção e Mecatrônica) – São Carlos. Vagas: 135.

– Engenharia na Escola Politécnica (Ambiental, Civil, Computação, Materiais e Engenharia Metalúrgica, Minas, Petróleo, Produção, Elétrica, Mecânica, Mecatrônica, Naval e Química). Vagas: 783.

– Engenharia Química – Lorena. Vagas: 120.

– Engenharia Elétrica e de Computação – São Carlos. Vagas: 130.

– Engenharia Física – Lorena. Vagas: 30.

– Engenharia de Produção – Lorena. Vagas: 34.

– Engenharia de Materiais e Manufatura – São Carlos. Vagas: 40.

– Engenharia de Biossistemas – Pirassununga. Vagas: 42.

– Engenharia de Materiais – Lorena. Vagas: 30.

– Engenharia de Alimentos – Pirassununga. Vagas: 68.

– Engenharia Civil – São Carlos. Vagas: 60.

– Engenharia Ambiental – Lorena. Vagas: 32.

– Engenharia Bioquímica – Lorena. Vagas: 30.

– Engenharia Ambiental – São Carlos. Vagas: 30.

– Engenharia Aeronáutica – São Carlos. Vagas: 36

– Computação (Bacharelado) – São Paulo. Vagas: 250.

– Ciências Físicas e Biomoleculares (Bacharelado) – São Carlos. Vagas: 28.

– Ciências da Natureza (Licenciatura). Vagas: 42.

– Zootecnia – Pirassununga. Vagas: 28.

– Terapia Ocupacional – Ribeirão Preto. Vagas: 16.

– Psicologia (Bacharelado) – Ribeirão Preto. Vagas: 28.

– Saúde Pública (Bacharelado) – São Paulo. Vagas: 28.

– Terapia Ocupacional – São Paulo. Vagas: 22.

– Odontologia – Bauru. Vagas: 35.

– Odontologia – São Paulo. Vagas: 113.

– Odontologia – Ribeirão Preto. Vagas: 56.

– Obstetrícia – São Paulo. Vagas: 42.

– Nutrição – São Paulo: Vagas: 56.

– Nutrição e Metabolismo – Ribeirão Preto. Vagas: 24.

– Medicina Veterinária – Pirassununga. Vagas: 42.

– Medicina Veterinária – São Paulo. Vagas: 64.

– Medicina – São Paulo. Vagas: 125.

– Medicina – Ribeirão Preto. Vagas: 80.

– Medicina – Bauru. Vagas: 42.

– Gerontologia – São Paulo. Vagas: 42.

– Fonoaudiologia – Ribeirão Preto. Vagas: 24.

– Fonoaudiologia – Bauru. Vagas: 28.

– Fisioterapia – Ribeirão Preto. Vagas: 33;

– Fonoaudiologia – São Paulo. Vagas: 20.

– Fisioterapia – São Paulo. Vagas: 22.

– Farmácia – Bioquímica – Ribeirão Preto. Vagas: 56.

– Engenharia Florestal – Piracicaba. Vagas: 28.

– Farmácia – Bioquímica. Vagas: 120.

– Engenharia Agronômica – Piracicaba. Vagas: 160.

– Enfermagem – Ribeirão Preto. Vagas: 104.

– Educação Física e Saúde – São Paulo. Vagas: 42.

– Educação Física e Esporte – Ribeirão Preto. Vagas: 42.

– Ciências dos Alimentos – Piracicaba. Vagas: 28.

– Educação Física e Esporte – São Paulo. Vagas: 80.

– Ciências Biomédicas – Ribeirão Preto. Vagas: 20.

– Ciências Biomédicas – São Paulo. Vagas: 30.

– Ciências Biológicas – Ribeirão Preto. Vagas: 28.

– Ciências Biológicas – Piracicaba. Vagas: 21.

– Biotecnologia – São Paulo. Vagas: 42.

– Ciências Biológicas – São Paulo. Vagas: 84.

– Ciências Biológicas – São Paulo. Vagas: 21.

– Têxtil e Moda – São Paulo. Vagas: 42.

– Relações Internacionais – São Paulo. Vagas: 42.

– Relações Públicas – São Paulo. Vagas: 35.

– Publicidade e Propaganda – São Paulo. Vagas: 35.

– Pedagogia – Ribeirão Preto. Vagas: 35.

– Música – Ribeirão Preto. Vagas: 30.

– Pedagogia – São Paulo. Vagas: 126.

-Música – São Paulo. Vagas: 50.

– Marketing – São Paulo. Vagas: 84.

– Letras – São Paulo. Vagas: 594.

– Licenciatura em Educomunicação – São Paulo. Vagas: 21.

– Jornalismo – São Paulo. Vagas: 42.

– Lazer e Turismo – São Paulo. Vagas: 84.

– História – São Paulo. Vagas: 189.

– Gestão de Políticas Públicas – São Paulo. Vagas: 84.

– Gestão Ambiental – Piracicaba. Vagas: 32.

– Geografia – São Paulo. Vagas: 119.

– Gestão Ambiental – São Paulo. Vagas: 84.

– Filosofia – São Paulo. Vagas: 119.

– Editoração – São Paulo. Vagas: 10.

– Economia – Piracicaba. Vagas: 35.

– Economia, Administração, Ciências Contábeis e Atuária – São Paulo. Vagas: 413.

– Direito – São Paulo. Vagas: 392.

– Curso Superior do Audiovisual – São Paulo. Vagas: 24.

– Design – São Paulo. Vagas: 24.

– Ciências Sociais – São Paulo. Vagas: 148.

– Ciências da Informação e da Documentação – Ribeirão Preto. Vagas: 28.

– Artes Visuais – São Paulo. Vagas: 30.

– Biblioteconomia – São Paulo. Vagas: 28.

– Artes Cênicas – São Paulo. Vagas: 30.

– Arquitetura – São Carlos. Vagas: 31.

– Arquitetura – São Paulo. Vagas: 105.

– Administração, Ciências Contábeis, Economia, Economia Empresarial e Controladoria – Ribeirão Preto. Vagas: 212.

– Administração – Piracicaba. Vagas: 35.

As inscrições foram iniciadas na segunda-feira, dia 21 de agosto de 2017 e podem ser realizadas até o dia 11 de setembro de 2017. As inscrições só podem ser efetuadas através da internet, pelo seguinte endereço eletrônico: www.fuvest.br. A taxa de inscrição é de R$ 170,00 e deve ser paga até o dia 12 de setembro de 2017.

A prova da primeira fase vai acontecer em 26 de novembro de 2017, e a segunda nos primeiros dias de janeiro (07 e 09 de janeiro de 2018).

Para mais informações, consulte o manual do candidato, que pode ser acessado no seguinte endereço: www.fuvest.br/fuvest-2018-manual-do-candidato-ja-esta-disponivel.

Boa sorte!

Por Isabela Castro


Inscrições podem ser feitas até o dia 4 de agosto de 2017.

Na última segunda-feira, dia 10 de julho de 2017, por meio de sua assessoria de comunicação, a Universidade Estadual do Centro-Oeste, a Unicentro, no Paraná, divulgou duas notícias muito importantes: a abertura das inscrições de seu Vestibular de 2018 e também que já estão abertas as inscrições para o pedido de isenção da taxa do Programa de Avaliação Continuada, o PAC, também para 2018.

Fundada há mais de 20 anos, a Unicentro oferece atualmente mais de 50 cursos de graduação. Hoje trabalham na instituição cerca de 900 professores. Para o Vestibular de 2018, serão oferecidos mais de 800 vagas. A entidade hoje é uma das melhores unidades de ensino superior do Paraná, os alunos terminam a graduação preparados e qualificados para atuar no mercado de trabalho. O prazo para se inscrever no processo seletivo da Universidade Estadual do Centro-Oeste é até 04 de agosto de 2017. A taxa de inscrição é de R$ 150 reais. As vagas oferecidas são para aulas nos seguintes campi: Coronel Vivida, Prudentópolis, Pitanga, Chopinzinho, Irati, Cedeteg/Guarapuava e Santa Cruz/Guarapuava.

As provas acontecem nos dias 17 e 18 de setembro. O exame vai contar com 30 perguntas de caráter objetivo cobrando matérias como: Inglês ou Espanhol, Literatura, Língua Portuguesa e Redação, isso para o primeiro dia. Já no segundo dia, serão cobradas 45 questões objetivas de matérias como: Matemática, Física, Química e Biologia. O resultado será divulgado no mês de novembro. As matrículas para os aprovados começam em janeiro de 2018.

Já os estudantes que pretendem pedir a isenção do Programa de Avaliação Continuada têm até o dia 21 de julho para fazer este requerimento. Este benefício, é concedido a alunos de escolas públicas matriculados no Ensino Médio. Para solicitar a isenção, o estudante deve preencher o formulário que pode ser encontrado através deste endereço: http://www2.unicentro.br/vestibular/pac. Além desse formulário, o aluno deve ter uma cópia dos seguintes documentos:

– Comprovante Escolar.

– Carteira de Identidade de todos os membros da família e Certidão de Nascimento, caso tenha um menor.

– Comprovante de Renda (contracheque, holerite, declaração ou Carteira de Trabalho – página de identificação e página de contrato, com salário referente a 2017).

– Carteira de Trabalho.

– Declaração assinada pelo declarante e por duas testemunhas daqueles que nunca trabalharam, ou se encontram sem emprego há mais de seis meses.

– Fotos de contas da casa (água, luz, aluguel, condomínio, prestação da casa própria).

– Documento ou declaração comprobatória do valor mensal recebido como ajuda financeira.

– Questionário Socioeconômico devidamente assinado e preenchido.

O resultado da isenção vai ser divulgado em 11 de agosto de 2017. E a inscrição para o PAC acontece entre 14 de agosto e 6 de setembro de 2017. Não deixe de aproveitar, se inscreva e boa sorte!

Isabela Castro.


Exame acontecerá no dia 8 de outubro de 2017. Inscrições poderão ser feitas em agosto.

O Ministério da Educação e Cultura (MEC) divulgou em 26 de junho, segunda-feira, o cronograma relacionado ao Exame Nacional para Certificações de Competências de Jovens e Adultos, o ENCCEJA, exame o qual passará a substituir o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Tal prova, que não tinha sua aplicação desde o ano de 2009, terá também a função de certificação do ensino fundamental.

Quem pode realizar o exame do ENCCEJA

  • Jovens que não puderam concluir, com a idade correta, os seus estudos

  • Possuem no mínimo 15 anos de idade na data do exame, para o caso do ensino fundamental

  • Possuem no mínimo 18 anos de idade na data do exame, para o caso de ensino médio

  • Pessoas que se enquadram nos requisitos acima e estão privadas de liberdade

  • Pessoas que encontram-se fora do Brasil, mas que também atendem aos critérios

O exame será totalmente gratuito.

Datas de realização do ENCCEJA

Nacional

  • Exame: 8 de outubro de 2017

  • Locais: 564 locais considerando todos os estados da União

  • Inscrições: entre 7 e 18 de agosto de 2017

Nacional para pessoas privadas de liberdade (PPL)

  • Exame: 24 e 25 de outubro de 2017

  • Locais: deverão fazer adesão entre 14 e 25 de agosto de 2017

  • Inscrições: entre 21 de agosto de 2017 e 1º de setembro de 2017

Exterior

  • Exame: 10 de setembro de 2017

  • Locais: Boston e Nova Iorque, nos Estados Unidos; Caiena, na Guiana Francesa; Genebra, na Suíça; Londres, na Inglaterra; Nagóia, Hamamatsu e Ota, no Japão; Bruxelas, na Bélgica; Lisboa, em Portugal; Madri, na Espanha; Paris, na França e Amsterdã, na Holanda.

  • Inscrições: entre os dias 3 e 17 de julho de 2017

Exterior para pessoas privadas de liberdade (PPL)

  • Exame: de 11 a 22 de setembro de 2017

  • Locais: em Tóquio, no Japão e Caiena, na Guiana Francesa

  • Inscrições: no período compreendido entre 3 e 17 de julho de 2017

Para informações complementares basta acessar o portal do MEC (Ministério da Educação e Cultura) pelo link http://portal.mec.gov.br/encceja.

Esta será uma boa oportunidade para colocar os estudos em dia e aproveitar novas chances de melhorar o currículo acadêmico futuramente.

Boa sorte!

Por Silvano Andriotti


Interessados podem se inscrever entre 6 e 9 de junho de 2017.

O PROUNI – Programa Universidade para Todos, disponibilizará as inscrições do processo seletivo 2017/2 nos dias 06 a 9 de junho.

O PROUNI tem como finalidade inserir o aluno de baixa renda e que tenha estudado todo o seu ensino médio em escola pública, nas universidades particulares brasileiras. O programa foi criado em 2004, é regulado pela Lei 11.096, nesse papel de inclusão oferece bolsas de estudo podendo ser metade dela ou integral. No caso da bolsa integral o aluno deverá apresentar renda familiar bruta per capita máxima de um salário mínimo e meio. Aqueles que apresentarem renda equivalente a três salários mínimos têm direito a bolsa parcial, ou seja, metade da bolsa. Desde sua criação o PROUNI já atendeu quase dois milhões de estudantes.

Para se candidatar a vaga é necessário acessar o site do PROUNI, só poderão se candidatar os alunos que realizaram as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) 2016 e que tenham tirado no mínimo 450 na média e que não tenham zerado a redação. Também podem se candidatar os portadores de diploma de curso superior.

A respeito da quantidade de vagas, até o momento não foi divulgado, Segundo o Ministério da Educação, a princípio os números de vagas permanecerão a mesma quantidade disponibilizada no ano anterior, onde foram ofertadas mais de 125 mil bolsas. Em resumo, poderão se inscrever os candidatos que atenderem as seguintes exigências:

  • Que cursou o ensino médio em escola de rede pública;
  • Tenha cursado o ensino médio de maneira parcial, sendo um pouco na instituição privada e pública;
  • Pessoa com deficiência;
  • Professores da rede pública de ensino, que esteja efetivo no magistério;

Diferente do SiSU, que o número de chamadas depende da quantidade de vagas que restaram, o PROUNI possui duas chamadas sucessivas, sendo a primeira no dia 12 de junho de 2017 e a segunda no dia 16 de junho de 2017. A lista com os pré-selecionados é disponibilizada no portal oficial do PROUNI. Aquele candidato que for pré-selecionado deverá comparecer na instituição de ensino escolhida, para comprovar as informações prestadas no momento da inscrição. As datas para comprovar a documentação são: primeira chamada de 12 a 19 de junho de 2017 e segunda chamada de 26 a 30 de junho de 2017.

Boa sorte!

Gisele Alves de Brito


Interessados poderão se inscrever entre 29 de maio e 1º de junho de 2017.

Ob informou na última terça-feira, dia 23 de maio, o cronograma previsto para a segunda edição do Sistema de Seleção Unificada, o SISU 2017. De acordo com a agenda, o período de recebimento das inscrições será iniciado na próxima segunda, dia 29, e seguirá em aberto até a data do dia 1° de junho.

O SISU é uma ferramenta que funciona como um sistema informatizado e que é gerenciado pelo próprio MEC. Por meio dele, as instituições públicas que oferecem ensino superior e que contam com vagas para quem participou do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), podem oferece-las para os estudantes.

Na edição 2017, serão apenas aceitos aqueles estudantes que fizeram o Enem 2016 e que obtiveram uma nota superior a zero na prova de redação.

Esses participantes poderão se inscrever gratuitamente via internet (as inscrições somente podem ser feitas desta maneira). Os candidatos podem indicar no máximo duas alternativas de curso, lembrando que essa opção pode ser modificada dentro do período de inscrição.

É importante lembrar que a edição 2017 do SISU será composta de apenas uma única chamada. Ela será realizada no dia 05 de junho de 2017. Os candidatos convocados devem realizar suas respectivas matrículas ou o registro acadêmico na instituição em que foram selecionados nas datas dos dias 9,12 e 13 de junho.

Também será aberto no dia 05 de junho o período para que aqueles que estiverem interessados na lista de espera possam se manifestar. Neste caso, o atendimento seguirá até o dia 19 do mesmo mês. Essa lista de espera geralmente é usada pela instituição para convocar e efetuar o preenchimento de vagas que não foram, por motivos variados, preenchidas através da chamada regular.

Agora, na edição 2017 do SISU, foram disponibilizadas para os interessados 238.397 vagas. Ao todo, 131 instituições, que envolvem instituições estaduais, institutos federais e universidades federais, participam. Já foram registrados mais de 2.498.261 inscritos e cerca de 4.880.047 de inscrições efetivadas.

Se você vai participar do SISU 2017 clique aqui e confira o edital desta edição.

Para obter maiores informações sobre o SISU, você também pode acessar o site do SISU.

Acompanhe todas as nossas atualizações e não perca sua chance de ingressar no ensino superior.

Por Denisson Soares


Inscrições seguem abertas até o dia 19 de maio. As provas serão aplicadas em dois domingos nos dias 05 e 12 de novembro.

O Exame Nacional do Ensino Médio, o chamado Enem, desde a sua criação se tornou uma importante ferramenta que auxilia estudantes de todo o Brasil a conquistarem uma vaga em universidades públicas e federais, por meio de diversos programas do governo.

Nesse sentido, para os estudantes que estavam na expectativa da abertura do prazo de inscrições, o Instituto Nacional de Educação e Pesquisa divulgou que já se encontram abertas as inscrições para o exame.

Os estudantes devem ficar atentos, pois as inscrições que começaram na última segunda-feira serão encerradas no dia 19 do mês de maio. Além disso, os candidatos terão que pagar uma taxa de inscrição cujo valor é de R$ 82,00.

O Enem também oferece isenção da taxa de inscrição para candidatos que tenham estudado em escolas da rede pública de ensino.

Para realizar a inscrição acesse o site do Inep e clique em “Inscrição 2017”. Em seguida preencha os campos com seu CPF e a data de seu nascimento. Desse modo automaticamente o site buscará pelo nome da mãe e a data de nascimento.

Dentre as muitas informações a serem preenchidas, fique atento á escolha da língua estrangeira e a localidade para a realização das provas. Também é possível solicitar apoio (provas especiais) no caso de candidatos com deficiências. Inclusive este ano existe a opção vídeo libras.

Outra informação importante é de que no ato de inscrição o candidato precisa criar uma senha para login no portal do Inep. Esta senha terá validade de um ano e servirá para a verificação da nota e também para disponibilizar a nota obtida nos programas que o governo oferece.

Após o preenchimento dos dados o candidato receberá um número de inscrição, pelo qual poderá acessar esse cadastro e fazer eventuais modificações até o último dia de inscrição.

Neste ano o Enem será realizado em dois domingos, para que assim os estudantes possam ter uma semana de descanso entre as provas e assim obterem melhores resultados e maiores chances.

Dessa forma, as provas do Enem estão previstas para acontecerem nos dias 05 e 12 do mês de novembro.

Se você é estudante e sonha em ingressar em uma Universidade, não deixe para a última hora, faça a sua inscrição e guarde a senha.

Por Sirlene Montes


Interessados poderão se inscrever a partir do dia 8 de maio de 2017. Taxa de participação será de R$ 82.

A edição deste ano do Exame Nacional do Ensino Médio, o ENEM, começa na próxima segunda-feira, dia 08 de maio e podem ser feitas até o dia 19 de maio de 2017. As inscrições só podem ser feitas apenas pela internet, como em todos os anos anteriores.

O ENEM é hoje o principal meio de acesso a maioria das faculdades do Brasil. Muitas dessas instituições aboliram o antigo vestibular, já que existe um consenso de que a prova seria um meio mais justo de entrada para as universidades brasileiras.

Neste ano, houve algumas mudanças significativas em relação ao teste. O primeiro seria que as provas seriam aplicadas em dois domingos seguidos (dias de 05 de maio e 12 de maio), e não mais sábado e domingo, como nas edições passadas. A outra mudança realizada foi o aumento da taxa de inscrição, que de R$ 68 reais passou para R$ 82 reais. Aliás, a taxa de inscrição deve ser paga até 24 de maio, o boleto pode ser pago em casas lotéricas, unidades dos Correios e agências bancárias.

Uma coisa que não mudou foi à isenção do pagamento da taxa para as pessoas que não possuem condições de quitar essa dívida. Para isto, o candidato no ato de inscrição deve solicitar essa opção e comprovar sua renda de acordo com o que for solicitado no ato de inscrição. Em relação às provas, a primeira vai durar 05 horas e 30 minutos e os conteúdos cobrados vão ser: Ciências Humanas (Sociologia, Filosofia, Geografia e História), Linguagens (Língua Portuguesa, Língua Portuguesa ou Língua Espanhola) e a Redação. Já no dia 12 serão cobradas matérias como: Matemática e Ciências da Natureza (Biologia, Química e Física), neste dia a prova terá duração de 4 horas e 30 minutos. Lembrando que para cada dia será um total de 90 questões.

O resultado do ENEM de 2017 vai ser divulgado no dia 19 de janeiro do próximo ano. Lembrando que as notas também servem para outros programas de ingresso oferecidos pelo governo para o ingresso de faculdades, que são o Programa Universidade para Todos, PROUNI e o Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior, FIES. Então fique atento aos prazos e não deixe para a última hora, pois o site pode ficar sobrecarregado e você não conseguir realizar a inscrição. E claro, se prepare muito bem para a prova e acompanhe as notícias nacionais e internacionais, pois elas podem te ajudar na redação.

Para mais informações acesse: http://enem.inep.gov.br/participante/#!/inicial. Uma excelente preparação e uma ótima prova!

Isabela Castro.


Seleção oferece mais de 3,4 mil vagas em diversos cursos. Inscrições devem ser feitas até o dia 16 de maio de 2017.

A Unifor, também conhecida como Universidade de Fortaleza, já se encontra com as inscrições abertas para o vestibular do segundo semestre de 2017, o qual tem como finalidade preencher 3,4 mil vagas para diversos cursos oferecidos pela instituição.

Os candidatos interessados em prestar a prova e concorrer a uma das oportunidades necessitam realizar o pagamento de uma taxa de participação, a qual varia de acordo com as vagas pleiteadas, sendo R$ 200 para o curso de Medicina, para licenciatura e bacharelado R$ 100 e para graduação executiva o valor será de R$ 50.

Os candidatos que desejam conquistar a tão esperada vaga nesta universidade precisa realizar as inscrições até o prazo limite de 16 de maio de 2017.

Para realizar sua inscrição no vestibular, o candidato deve acessar a página eletrônica da Universidade de Fortaleza, onde há um formulário específico, o qual deve ser preenchido pelo estudante. Realize o acesso por meio deste link.

O vestibular do segundo semestre de 2017 da Unifor está previsto para ser aplicado na data de 21 de maio, no município de Fortaleza, no Ceará. Os cursos de licenciatura e também bacharelado, bem como o curso de Medicina terão avaliações que irão contar com 60 questões, distribuídas nas seguintes áreas do conhecimento: Matemática e Código e Linguagens, Ciências da Natureza e Ciências Humanas, além também de conter uma redação.

Por outro lado, as graduações executivas, as quais compreendem os cursos superiores de tecnologia, terão uma prova que irá contar com 30 questões, todas nas mesmas áreas citadas acima e também uma Redação.

Até o presente momento a Universidade de Fortaleza não informou quais serão as datas das publicações dos resultados e consequentemente da realização das matrículas.

Sobre as vagas do vestibular 2017/2

O vestibular do segundo semestre de 2017 da Universidade de Fortaleza tem como objetivo preencher 3.496 oportunidades vagas distribuídas em 28 cursos, todos ofertados na cidade de Fortaleza. Os cursos de graduação são divididos em licenciatura, executiva e bacharelado.

Para obter mais informações sobre o processo de seleção faça o download do documento de edital.

FILIPE R SILVA


Exame tem novo valor da taxa de inscrição, que será de R$ 82 e outras diversas mudanças e novidades. Confira.

Na última segunda-feira, dia 10 de abril, foram anunciadas pelo Ministério da Educação, o MEC, e publicadas em edital no Diário Oficial, as novas regras para a realização do Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem. Entre as diversas medidas tomadas está a do reajuste na taxa de inscrição.

É importante ressaltar inicialmente que entre os anos de 2000 até 2014 o valor da inscrição não sofreu qualquer reajuste, custando R$ 35. Já em 2015, o valor da mesma passou para os R$ 63 e, em 2016, para R$ 68.

Sendo assim, o valor que era, até então, 20% mais barato no ano passado, passa a ser agora de R$ 82. Esse cálculo e aumento de R$ 14 é explicado com base no IPCA 2016, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo. Além disso, foram calculadas também as perdas inflacionárias, baseadas no valor estipulado e referente às duas últimas edições do exame.

Em relação à isenção no pagamento da taxa, anteriormente era necessário somente apresentar uma declaração que comprovava a baixa renda, sem conferência dessa pelos organizadores. A partir desse momento, todavia, o governo começará a conferir a mesma, cruzando os dados com bancos de dados oficiais, como, por exemplo, o CadÚnico. Já os alunos que estudam em escolas públicas e estão concluindo o ensino médio, automaticamente estão isentos.

Porém, quem se ausentar no dia das provas, não terá mais direito à gratuidade no ano seguinte, a menos que apresente uma justificativa que seja documentada, podendo ser um laudo médico ou boletim de ocorrência. Sendo assim, não valerá mais a autodeclaração como motivo de falta.

Mudanças na prova:

Além das mudanças em relação ao valor, ainda constam no edital outras medidas anunciadas pelo ministro da Educação, Mendonça Filho. Uma delas é relacionada aos dias de prova do Enem. Até então, a prova era realizada em apenas um final de semana, no sábado e domingo. Porém, em 2017, ela ocorrerá em dois domingos seguidos, nos dias 5 e 12 de novembro.

Ainda, a ordem das provas também será alterada. Sendo assim, no primeiro domingo serão aplicados os testes de Códigos e suas Tecnologias, Linguagens, Ciências Humanas e suas Tecnologias e o exame de redação. A duração dessas será de 5 horas e 30 minutos. No segundo domingo acontece a aplicação das provas de Matemática e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e as suas Tecnologias. O tempo total será de 4 horas e 30 minutos.

Atendimento Especializado:

Quem precisar de atendimento especializado no dia do exame, precisa ainda inserir o seu laudo médico e indicações de recursos de acessibilidade já no ato da inscrição, diferente do que vinha ocorrendo, em que esses eram solicitados após o prazo. Além disso, o candidato pode solicitar também tempo adicional de 60 minutos (uma hora) para a realização da prova. Anteriormente, toda solicitação era feita no dia e no local da prova.

Para os deficientes auditivos, não havia, até então, a possibilidade de uso de vídeo. Em 2017, todavia, será oferecido o auxílio desse que irá traduzir os itens na língua brasileiros dos sinais. Para isso, também é preciso solicitá-lo ao se inscrever para o Enem.

Reforço na segurança:

Em meio aos diversos problemas enfrentados nas edições anteriores do Enem, as regras de segurança também foram reforçadas para essa edição. Uma recomendação da Polícia Federal criou os cadernos de questões personalizados com o nome do estudante que está realizando a prova.

Nas edições anteriores, ainda não havia personalização dos mesmos. Com essa medida, a PF e organizadores buscam identificar os autores de atos de vazamento de perguntas.

Com tantas mudanças, resta aguardar até o dia 8 de maio de 2017, data publicada no Diário Oficial da União, para início das inscrições do Enem. Quem quiser mais informações pode acessar o site do MEC no www.mec.gov.br.

Por Kellen Kunz


Inscrições começam no dia 27 de março de 2017.

Se você fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), mas não conseguiu aprovação na sonhada universidade, saiba que ainda há uma chance de você fazer um curso superior. O Programa Universidade para Todos (PROUNI), criado em 2004, é uma ótima oportunidade, pois oferece bolsas integrais e parciais de até 50% nas faculdades. Os interessados devem ter concluído o ensino médio em escolas públicas ou em escolas particulares, mas nessa condição, com bolsa integral.

O Ministério da Educação (MEC) anunciou as datas para os alunos realizarem as inscrições para bolsas remanescentes no PROUNI. O prazo para estudantes novatos tem início em 27 de março (segunda-feira) e se estende até 5 de abril (quarta-feira). Aqueles que já possuem vínculo com a instituição de ensino superior podem se inscrever até o dia 5 de maio (sexta-feira). A oferta das vagas é para o primeiro semestre de 2017.

O principal requisito para participar é ter obtido nota igual ou superior a 450 no ENEM. São válidas as edições a partir de 2010. Além disso, é necessário que o candidato não tenha obtido nota zero na redação. Para concorrer à bolsa integral, a renda familiar mensal e per capita deve ser no valor máximo de um salário mínimo e meio. Já para a bolsa parcial, deve ser de até três salários mínimos por mês e por pessoa da família. Podem participar, inclusive, professores da rede pública de ensino básico que sejam do quadro permanente, independente da renda. Nesse caso, as chances são ofertadas para bolsas nos cursos de literatura.

As vagas para os estudantes realizarem cursos de graduação e sequenciais de formação específica são em faculdades conveniadas com o MEC. Essas instituições podem ser com ou sem fins lucrativos.

Após a inscrição, o candidato precisa ter atenção, pois sua bolsa não está garantida. Para que haja a confirmação da concessão, o aluno deve comprovar que atende aos requisitos exigidos. Assim, ele deve se dirigir à faculdade presencialmente, em até dois dias úteis, e apresentar os documentos que atestam o atendimento às exigências legais estabelecidas pelo MEC.

Segundo o Ministério, os cursos mais demandados são Direito, Administração e Pedagogia.

Aproveite essa oportunidade. Informe o seu número de inscrição e a senha do ENEM no site do programa para concorrer a uma bolsa.

Melisse V.


Confira aqui mais informações sobre os Cursos de Graduação ofertados pelo Consórcio Centro de Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro (Cederj).

Quem mora no Rio de Janeiro e deseja fazer Ensino Superior a distância em uma instituição pública de forma gratuita pode contar com os projetos disponibilizados pela Fundação Centro de Educação a Distância do Rio de Janeiro (Cecierj). Ela é responsável por desenvolver diversos trabalhos nesse setor e atividades de divulgação científica no estado.

Uma dessas propostas é o Consórcio Centro de Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro (Cederj), que é responsável por intermediar esses cursos. Isso é possível graças a uma parceria que a organização possui com o governo estadual e estas oito universidades:

1. Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ.

2. Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – UniRio.

3. Universidade Estadual do Rio de Janeiro – UERJ.

4. Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro – UFRRJ.

5. Universidade Federal Fluminense – UFF.

6. Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro – UENF.

7. Instituto Federal Fluminense – IFF.

8. Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca – Cefet/RJ.

A partir disso, são disponibilizados 15 cursos de Ensino Superior:

1. Licenciaturas

· Humanas: Letras, Pedagogia, História, Geografia e Turismo.

· Exatas: Matemática, Física e Química.

· Biológicas: Ciências Biológicas.

2. Bacharelados

· Humanas: Administração e Administração Pública.

· Exatas: Engenharia de Produção e Tecnologia em Sistemas de Computação.

3. Tecnólogos

· Tecnologia em Segurança Pública e Tecnologia em Gestão de Turismo.

Como se tornar aluno do Consórcio Cederj

Para se tornar aluno de um desses cursos, é necessário ser aprovado no vestibular Cederj, que acontece duas vezes ao ano, ou utilizar a nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio – Enem. Quando aprovado, deve escolher um dos polos de estudos, localizados no estado do Rio de Janeiro, onde deverá realizar provas ou apresentações de forma presencial. Fora isso, o curso é feito de forma online em plataforma disponibilizada pelo programa.

A instituição também oferece aos candidatos o Pré-Vestibular Social – PVS, em que podem se preparar para as provas de forma totalmente gratuita, incluindo materiais didáticos. Para isso, eles devem se inscrever em um dos dois processos seletivos abertos anualmente para o cursinho.

Para saber mais informações sobre os cursos e processos seletivos, basta acessar estes endereços:

Camilla Silva


Os estudantes interessados em aproveitar alguma das vagas remanescentes precisam efetuar suas respectivas candidaturas via internet.

Nesta segunda-feira, dia 22/08, foi aberto o período de recebimento das inscrições para os interessados nas vagas remanescentes da segunda edição do Financiamento Estudantil, o Fies. Apesar do fato de que as inscrições já se encontram em aberto é importante lembrar aos candidatos que quiserem participar que o prazo final das mesmas está relacionado ao grupo no qual o mesmo esteja enquadrado.

Como se inscrever:

Os estudantes interessados em aproveitar alguma das vagas remanescentes precisam efetuar suas respectivas candidaturas via internet. Para este fim foi disponibilizado o endereço eletrônico http://sisfiesportal.mec.gov.br. É extremamente importante que após a conclusão das inscrições os estudantes façam a validação de seus dados junto a Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento pertencente a instituição de nível superior (onde o mesmo foi selecionado). Por fim, ainda é necessário fazer a formalização do contrato. Essa etapa pode ser realizada em qualquer agência bancária da Caixa Econômica ou do Banco do Brasil.

Novidades:

Esta edição do Fies conta com uma novidade para os estudantes: A renda bruta mensal foi ampliada. Anteriormente a renda per capita era de 2,5 salários mínimos por pessoa e agora passa a ser de 3 salários mínimos. Isso quer dizer que poderão participar do programa aqueles com a renda de até R$2.640.

Outro detalhe que é interessante de ser destacado é o fato de que os candidatos que ainda não terminaram o ensino superior, mas que conseguiram uma média superior a 450 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio e nota superior a zero (contando as edições que aconteceram a partir de 2010) também poderão se inscrever. O critério da renda também se aplica a essa categoria de candidatos.

Já o Ministério da Educação divulgou que por enquanto ainda não existem contratos que estejam sendo avaliados. E por isso mesmo não é possível informar com exatidão o número de vagas que irão ser colocadas novamente à disposição dos candidatos. Na 2° edição do Financiamento Estudantil deste ano foi ofertado pelo MEC um total de 75 mil vagas.

De acordo com a categoria em que o estudante esteja encaixado ele poderá se inscrever até o final do mês de agosto, setembro ou até dezembro.

De qualquer maneira é bom ficar atento a esses pontos. Todas as informações do calendário poderão ser conferidas no link das inscrições.

Por Denisson Soares


Interessados devem se inscrever até o dia 29 de agosto. Matriculados no Prouni podem se inscrever até o dia 14 de novembro.

O Prouni (Programa Universidade Para Todos) foi criado pelo Governo Federal, sob a lei 11.096, de 13 de janeiro de 2005, com o objetivo de oferecer bolsas de estudos de forma integral ou parcial (50%), para o acesso à instituições privadas de ensino superior.

O Prouni é destinado a brasileiros que jamais tenham cursado o ensino superior, tenham concluído o ensino médio em escola pública ou em escola particular (desde que tenha recebido bolsa de estudos integral da referida instituição privada), seja professor de escola pública (na educação básica e disputando vaga para licenciatura), tenha estudado em escola particular e pública durante a sua vida (desde que tenha recebido bolsa de estudos integral da escola particular); além de ter que declarar renda de até 3 salários mínimos (para bolsas parciais) e renda de 1 e meio salário mínimo (para bolsas integrais).

As bolsas de estudos remanescentes do Prouni são aquelas que não foram oferecidas a estudantes, seja por desistência do curso, por não atingirem a pontuação exigida para serem contemplados, cursos com pouca atratividade, etc.

São 57.826 bolsas de estudos remanescentes, sendo que 48.706 são bolsas parciais e 9.120 são integrais, totalizando cerca de 46% das bolsas oferecidas em 22.974 cursos; sendo que desse total 71% são bolsas parciais e 16% são integrais.

Para ter direito à participação no processo de seleção que oferecerá bolsas remanescentes do Prouni, o candidato deverá ter bom desempenho no ENEM; além de enquadrar-se nos critérios socioeconômicos estabelecidos pelo governo.

O processo encontra-se aberto desde o dia 01/08/2016 e o seu encerramento está previsto para 29 de agosto de 2016 (para os que não se matricularam) e 14 de novembro de 2016 (para os candidatos já matriculados no Prouni).

Outra vantagem da utilização das bolsas de estudos remanescentes do Prouni é que os alunos que já participam do programa poderão optar pela transferência de curso, desde que esse curso pertença à mesma faculdade em que estuda e que seja da mesma área ou que tenha semelhanças de objetivos.

Instituições como: Centro Educacional Anhanguera, Universidade Estácio de Sá, Universidade Cruzeiro do Sul, Universidade Norte do Paraná e Faculdade Ruy Barbosa (Salvador) são algumas das instituições de ensino superior extremamente qualificadas e que são aliadas do Prouni.

Para inscrever-se no processo seletivo e saber quais universidades possuem bolsas de estudos remanescentes, o aluno deverá acessar o siteprouni.mec.gov.br e assim obter todas as informações necessárias à inscrição.

Vivaldo Pereira da Silva


Prazo para os candidatos efetuarem o pagamento da taxa de participação se encerra nos próximos dias. Confira aqui mais informações.

Você se inscreveu para o Enem 2016? Quem é aluno de escola pública e está no último ano do ensino médio conta com isenção da taxa de inscrição. Os demais puderam pedir isenção ou terão que pagar a taxa até o dia 25 de maio, ou seja, faltam dois dias. O pagamento pode ser feito nas agências dos Correios, Casas Lotéricas ou na agência bancária de sua preferência.

O último dia de inscrição foi 20 de maio. Até o término, mais de 8 milhões e duzentas mil pessoas preencheram a ficha no site do Inep. Para que a inscrição seja confirmada, os não isentos devem quitar o boleto com a taxa. Só depois do prazo é que o número exato de participantes confirmados no Exame Nacional do Ensino Médio vai poder ser divulgado pelo Inep.

As provas já têm data para acontecerem. Nos dias 5 e 6 de novembro todos os inscritos deverão se dirigir ao lugar informado pela equipe do Inep para a avaliação. No primeiro dia, a prova tem duração de 4 horas e 30 minutos e abordará questões de ciências humanas e de ciências da natureza. No segundo dia o tempo é um pouco maior, de 5 horas e 30 minutos, com questões sobre matemática, linguagens e códigos e suas tecnologias. Além das perguntas de múltipla escolha, o candidato terá que fazer uma redação.

O horário a ser seguido é sempre o de Brasília. Os portões vão ser abertos para os candidatos às 12 horas e serão fechados às 13 horas. A prova começa apenas às 13 horas. O gabarito oficial será liberado pelo Inep apenas no dia 9 de novembro de 2016.

Cursinho Gratuito a distância para o Enem 2016

Os estudantes contam com uma novidade lançada pelo Ministério da Educação, o Hora do Enem. Trata-se de uma plataforma virtual totalmente gratuita que oferece aulas e simulados com os conteúdos que serão cobrados na prova.

Os conteúdos podem ser acessados por todos os interessados. Após cadastro, o próprio Hora do Enem ajuda o estudante a fazer um cronograma de estudos para o Enem 2016. O acesso é gratuito e pode ser feito através do site oficial do Enem. O Hora Brasil também passará aulas pelo TV Escola.

Por Milena Godoy


Exame já registrou mais de 600 mil inscritos nos primeiros dias de inscrição.

De acordo com informações do MEC (Ministério da Educação e Cultura), até às vinte horas de segunda-feira (09) mais de 600 mil pessoas já haviam feito inscrição para o Enem desse ano.

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio podem ser feitas através do site (http://enem.inep.gov.br) e encerram no dia 20 de maio, às 23h59. É preciso ficar atento e estar com a documentação correta em mãos, como: RG e CPF (pessoas menores de idade devem providenciar os documentos para não perder as provas).

Outras informações que deverão ser passadas pelo candidato são: Número de celular, um email válido, município de sua preferência para realizar as provas e a opção de uma língua estrangeira.

Muitas pessoas usaram as redes sociais para reclamar da lentidão do site do Inep na hora de fazer as inscrições. Também houve reclamações sobre um aviso que foi passado por engano, a respeito de “faltas” no Enem do ano anterior.

O Enem possibilita ao candidato de baixa renda ou desempregado a isenção de taxa, mas vale lembrar que quem conseguiu ser isento o ano passado e faltou às provas esse ano não terá direito de fazer novo pedido.

Segundo usuários do site do Inep, um dos grandes transtornos do dia, além da demora para conseguir concluir a inscrição, foi um erro que o site apontava, informando que alguns alunos que fizeram a prova agora apareciam como faltosos.

Também houve várias reclamações dos candidatos sobre o valor da taxa de inscrição para realizar as provas do Enem. Quem estiver concluindo o ensino médio esse ano e for aluno da rede pública terá sua isenção garantida, já os alunos oriundos da rede particular terão de pagar a taxa de R$ 68, antes custava R$ 63.

As provas deverão ser realizadas nos dias 5 e 6 de novembro (sábado e domingo).

– Sábado (05)

Os alunos farão as provas dentro de 4 horas e 30 minutos (Ciências Humanas e Ciências da Natureza).

– Domingo (06)

Serão 5 horas e 30 minutos para responder as questões de (Linguagem de Códigos e suas tecnologias, Matemática e Redação).

Os portões vão abrir rigorosamente às 12h e fecharão às 13h, com início das provas às 13h30 (horário de Brasilia). O candidato poderá conferir o gabarito oficial pelo site do Inep, até o dia 09. Os resultados das provas não tem data de divulgação.

Por Ruth Galvão


Universidade recebe inscrições de interessados em seu vestibular para o segundo semestre deste ano.

Para você que deseja ingressar no ensino superior já no segundo semestre deste ano e está à procura de uma universidade com todos os pré-requisitos de excelência no mercado, a Estácio oferece a oportunidade certa para você.

A Universidade Estácio de Sá é uma das maiores universidades privadas do País e possui Campus em vários bairros do Rio de Janeiro e também em outros estados, como Paraná, Ceará, Goiás, Minas Gerais, São Paulo, Espírito Santo, dentre outros. A variedade de cursos nas mais diversas áreas do conhecimento, além de cursos a distância, de férias, de atualização e capacitação e também nas categorias de especialização,  aperfeiçoamento, mestrado e doutorado fazem da Estácio uma excelente opção para os profissionais que precisam de uma formação acadêmica para melhorar seu desempenho dentro de suas empresas.

O vestibular da Universidade Estácio está com inscrições abertas para o segundo semestre deste ano e a inscrição pode ser feita através da internet, ou em um dos locais de inscrição em um dos Campus da Estácio.

A prova de seleção conta com uma redação que tem tempo máximo de uma hora para sua conclusão. O candidato será aprovado se tirar no mínimo três, segundo o que regem as normas internas da instituição.

Atualmente, a instituição tem três tipos de seleção diferenciadas para os novos alunos:  o Vestibular tradicional, para os alunos dos cursos presenciais, o Vestibular para os cursos à distância e também o Vestibular para os cursos de medicina, composto de duas fases: objetiva e discursiva, com específicas nas áreas de Química e Biologia.

As provas ocorrem de segunda a sexta-feira, os horários de 10h, 15h, 18h e 20h e também aos sábados, nos horários de 10h, 12h e 14h. Para ter acesso aos locais de prova, o candidato deve acessar o link: www.estacio.br/vestibular/diferenciado/principal.asp.

Se você deseja dar um novo rumo à sua vida acadêmica e profissional, mas não possui tempo para dedicar-se às provas de seleção das universidades públicas ou ao Enem, a Estácio pode ser uma excelente oportunidade para dar prosseguimento aos seus estudos, em uma instituição de grande porte e respeito no meio acadêmico.

Por Patrícia Generoso


Inscrições seguem abertas até o dia 18 de junho. Resultado da 1ª chamada será divulgado no dia 22 de junho e da 2ª, no dia 6 de julho.

Estudantes de todo o país já podem se inscrever na segunda edição de 2015 do Programa Universidade para Todos (ProUni). Quem quiser se candidatar a uma das vagas tem até às 23h59 de quinta-feira (18/06), horário de Brasília, para se inscrever, por meio do site siteprouni.mec.gov.br.

O ProUni é um programa organizado pelo Ministério da Educação e tem oi objetivo de oferecer bolsas de estudos integrais e parciais em instituições particulares de ensino superior, em cursos de graduação e sequenciais.

O programa oferece uma oportunidade no ensino superior para jovens que não tem a possibilidade de custear as despesas de mensalidade da faculdade e nesta edição oferece 116.004 bolsas em um total de 856 instituições de ensino superior das cinco regiões do Brasil. Este número de bolsas representa um crescimento de 0,78% em relação à segunda edição que aconteceu em 2014. Na ocasião, foram ofertadas 115.101 bolsas, entretanto o número de instituições que adotaram o programa diminuiu. No segundo semestre do o total de instituições foi de 943.

Esta edição também conta com menos bolsas integrais. Neste ano, 68.971 serão ofertadas aos estudantes, ante a 73.601 do ano passado. Em contrapartida as bolsas parciais tiveram um aumento de 41.500, no ano passado, para 47.033 em 2015.

Os estudantes interessados em participar da segunda edição de 2015, devem ter (obrigatoriamente) participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014, com nota média mínima de 450 pontos. Além disso, o estudante não pode ter zerado a prova de redação. Podem concorrer estudantes que concluíram o ensino médio na rede pública ou os que estudaram na rede particular na condição de bolsista integral.

O resultado da primeira chamada sairá no dia 22 de junho. Os candidatos selecionados deverão comprovar as informações até o dia 29 e a segunda chamada será divulgada no dia 6 de julho. Todos os alunos deverão comparecer as instituições até a data de 10 de julho.

Por Ana Rosa Martins Rocha


Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica é destinado a jovens estudantes universitários de qualquer curso que queiram ingressar na área da pesquisa e que visam se tornar professores

Estudantes universitários, que gostam de realizar pesquisas, já podem ficar felizes e preparar propostas inéditas. As inscrições para o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica, o PIBIC, estão abertas a desde quinta-feira, 16 de abril de 2015.

O PIBIC, que é um programa integrante do CNPq, já é tradicional nas universidades brasileiras. Dessa forma, ele é destinado a jovens estudantes universitários, de qualquer curso, que queiram ingressar na área da pesquisa, já visando que se tornem futuros professores.

As inscrições podem ser feitas de forma online pelos professores orientadores e devem conter os dados pessoais, projeto de pesquisa, além de uma série de documentos que podem ser acessados no edital do PIBIC.

Assim, é necessário ter um orientador que auxilie na produção do projeto de pesquisa e, futuramente, na pesquisa propriamente dita. Para participar do processo seletivo, que será dividido em duas etapas, primeiramente, é necessário que os candidatos sejam, portanto, estudantes de graduação. Assim, será realizada uma pré-seleção pelo Comitê Institucional de Iniciação Científica, nos dias 16 de maio a 14 de junho. A segunda fase será a seleção propriamente dita, a ser realizada entre 15 a 26 de junho deste ano. No entanto, nesta etapa, os projetos serão avaliados pelo Comitê Externo de Iniciação Científica, que será auxiliado por membros do CNPq, além de pesquisadores do Comitê Institucional de Iniciação Científica.

Caso tenha se interessado e queira se inscrever, acesso o site do Programa em www.cnpq.br/web/guest/pibic até o dia 13 de maio de 2015. Além de despertar o interesse nos alunos para a carreira acadêmica, o PIBIC quer que ocorra um diálogo maior entre estudantes de graduação e pós-graduação.

A bolsa de pesquisa tem duração de um ano e deverá iniciar em agosto de 2015. Os selecionados receberão uma bolsa-auxílio de R$ 400,00 e devem produzir artigos ao longo do ano.

Por Andréa Corneli Ortis


Muitos alunos estão aguardando com muita ansiedade a abertura do Sistema Informatizado do Fies (SisFies), que é o Financiamento Estudantil que oferece as menores taxas de juros no Brasil.

O sistema ficou fora do ar após o Ministério da Educação  fazer a divulgação da criação de novas regras para fazer a contratação desse benefício. Com as novas alterações que foram realizadas, só poderão se inscrever no Fies as pessoas que fizerem o Enem e tiveram a nota igual ou superior a 450 pontos e nota acima de zero na redação.

De acordo com o MEC, os interessados em usar o Fies nesse primeiro semestre de 2015 poderão se inscrever a partir do dia 23 de fevereiro de 2015, segunda-feira, dia em que o sistema vai voltar funcionar.

O SisFies vai ficar disponível até o dia 30 de abril, e somente após essa data vai ser necessário estar dentro das novas regras conforme descrevemos acima. Essas informações foram também divulgadas no Diário Oficial.

Caso tenha interesse em se cadastrar no Fies acesse o site sisfiesportal.mec.gov.br. Faça isso durante o período mencionado, lembrando que somente os alunos que já estão matriculados poderão fazer o preenchimento do formulário de interesse.

Após fazer o cadastro no site o aluno terá o prazo de até dez dias para fazer a validação das informações, sendo preciso comparecer em uma agência bancária com todos os documentos para a contratação do benefício. Os bancos que oferecem essa parceria são: Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil.

Existe a estimativa que cerca de 500 mil pessoas estão interessadas em fazer a contratação do Fies nesse começo de 2015, e caso tenha interesse em conhecer mais sobre o programa acesse o site indicado acima.

Com o Fies é possível financiar de 50% a 100% da mensalidade, sendo isso de acordo com a necessidade de cada aluno. Caso escolha financiar 50% da mensalidade, a outra parte vai ficar por conta do aluno.

Por Yasmin Fernandes Robles


Está aberto o período de inscrições para o processo seletivo ProUni. O Programa Universidade para Todos é realizado com o intuito de oferecer bolsas de estudo para os jovens que querem ingressar nas instituições de ensino superior da rede particular, mas não possuem situação financeira favorável para arcar com o valor total da mensalidade. No estado do Ceará estão sendo oferecidas 3.457 bolsas de estudo

O ProUni liberou um número considerado de bolsas para o Ceará. As bolsas são de 100% (integrais) e de 50% do valor da mensalidade. Há diversas instituições de ensino que aceitam o ingresso através do Enem e do ProUni. Em Fortaleza, 67 cursos são beneficiados com as bolsas do Programa. Se quiser visualizar as bolsas que são oferecidas no Ceará, acesse o site oficial do ProUni. 

Para participar do processo de seleção de bolsas é preciso que o aluno interessado tenha conseguido uma pontuação mínima de 450 em cada matéria e que não tenha zerado a prova de redação. As inscrições são gratuitas através do site, elas serão aceitas até o dia 29 de janeiro. As pessoas que participaram do Sistema Sisu e não tenham conquistado uma vaga nas Universidades e Institutos públicos, poderão participar do processo seletivo do ProUni.  

Se pretende participar e concorrer a uma bolsa integral saiba que deverá contar com certos requisitos como ter finalizado o ensino médio na rede pública de ensino ou na particular como bolsista integral. Possuir renda bruta familiar per capita de até um salário e meio. Já quem quiser concorrer às bolsas de 50% precisará ter uma renda familiar per capita de até três salários mínimos. 

Ao todo, o ProUni estará ofertando no país 213.113 bolsas, sendo que 65% delas são integrais.   

O resultado da primeira chamada sairá no dia 2 de fevereiro, a segunda chamada será liberada no dia 19 de fevereiro. 

Caso tenha dúvidas sobre como o Programa Universidade para Todos funciona ligue para 0800 616161. 

Por Melina Menezes


Começou na segunda-feira, dia 19 de janeiro de 2015, as inscrições para o Sistema de Seleção Unificada, o Sisu, que é o único modo de acesso a algumas universidades públicas que utilizará a nota do ENEM 2014. Logo no primeiro dia, o sistema já registrou mais de 1,2 milhão de inscritos.

No ano passado, esse número foi ligeiramente menor, com 1,05 milhão de candidatos, mas os alunos terão até o dia 22 de janeiro para se inscreverem.

Os estudantes que almejam uma tão sonhada vaga em uma universidade que utiliza o ENEM como forma de ingresso terão que escolher dentre as opções disponibilizadas no site. Além de escolher o curso e o lugar onde pretende estudar, o estudante também selecionará se participará de ampla concorrência ou entrará em algum sistema de cotas.

Estão excluídos de participar desse sistema de seleção os candidatos que obtiveram nota zero na redação do ENEM 2014, já que esse é um dos critérios de exclusão do concurso e foi bastante discutido para essa edição do exame.

Vale lembrar que mesmo quem já fez suas escolhas poderá mudar até o último dia de inscrições, que será na quinta-feira (22), porém existe um histórico do site ficar fora do ar nos últimos momentos em que o sistema está aberto. A partir do segundo dia de inscrições, o estudante poderá ver a atual nota de corte para o curso na instituição escolhida, a sua posição na lista, porém é apenas uma média, já que o resultado final só sairá após o término das inscrições.

Para o ano de 2015, o Sisu ofertará 205.514 vagas, em 5.631 cursos de 128 universidades. De acordo com a Lei das Cotas, essa edição já contará com 37,5% das vagas destinadas para estudantes que cursaram o ensino médio em escolas públicas. Porém, algumas instituições já adotarão 50% das vagas para esses alunos na edição de 2015.

O resultado da primeira chamada nas universidades acontecerá no dia 26 de janeiro, segunda-feira.

Por Rannier Ferreira Mendes


Para aqueles que pretendem ingressar no Ensino Superior em 2015 e prestaram o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), devem ficar atentos às informações relacionadas ao Sistema de Seleção Unificada 2015 (SISU), que teve seu edital publicado no Diário Oficial da União.

Para participar da referida seleção, o interessado deve acessar o site do SISU no seguinte endereço eletrônico: sisu.mec.gov.br, entre os dias 19 a 22 de janeiro de 2015. Conforme o edital, somente poderão efetivar a inscrição no Sistema de Seleção Unificado (2015) aqueles candidatos que tenham participado do ENEM no ano de 2014 e que não zeraram na redação. Ainda deverá possuir no momento de realizar o procedimento no site, o número de inscrição e a senha do ENEM. Caso você não se lembre de sua senha, poderá recuperá-la por meio do seguinte endereço eletrônico: sistemasespeciais.inep.gov.br. Cabe destacar que para participar da presente seleção não é cobrada nenhuma taxa.

Segundo informações do site oficial do programa, o referido programa tem 2 edições anualmente, acontecendo no início de cada semestre, onde em cada uma são ofertadas vagas em Instituições de Ensino Superior, sendo selecionados os candidatos com melhor classificação, respeitando obviamente o número de vagas oferecidas.

Na presente edição do programa, o estudante poderá participar da lista de espera para um dos cursos escolhidos, lembrando que no ato da inscrição o candidato poderá indicar duas opções. Entretanto, a opção de lista de espera poderá ser utilizada somente pela primeira opção, e a convocação ficará a cargo a Instituição de Ensino Superior escolhida para preenchimento de vagas que por ventura não tenham sido ocupadas.

Segundo o Edital, o SISU colocará, de forma apenas informativa, a nota de corte para cada Instituição, assim como disponibilizará outras informações, tais como: instituições participantes da edição, cursos disponíveis, turno, local de oferta, entre outras informações. Oficialmente, o programa terá apenas uma chamada regular com data provável da divulgação do resultado no dia 26 de janeiro de 2015, podendo acessar os resultados no site do SISU e também nas instituições para quais efetuou sua inscrição.

Para ler o edital na íntegra, acesse: pesquisa.in.gov.br.

Por Thiago José Fernandes


Perdeu o prazo para se inscrever no vestibular da Universidade do Estado da Bahia? Não se preocupe, ainda dá tempo, o período de inscrições foi prorrogado.

Atenção você estudante que não pode se inscrever no processo seletivo da UNEB porque o prazo de inscrições tinha sido encerrado, suas preces foram atendidas! O período que estava sendo finalizado no passado dia 2 de outubro ficará aberto por mais alguns dias, o novo prazo extingue-se no dia 19 de outubro.

Conforme a resolução da UNEB, a taxa de inscrição poderá ser recolhida até o dia 20 de outubro. O valor a ser pago pelo direito de participar no vestibular 2015 é de R$ 70. Ficam isentos de pagar esta taxa, aqueles estudantes que tenham participado do processo de isenção e que tenham sido contemplados por esse beneficio, esses estudantes terão a sua inscrição automaticamente autorizada e deferida. Já as pessoas que tenham participado do processo de isenção, mas que não tenham conseguido o benefício, precisarão pagar R$ 65 do total da taxa, pois no momento de se inscrever para a isenção já tinham pago R$ 5,00.

Atualmente, a UNEB está disponibilizando 3.647 vagas distribuídas em 24 cidades do estado baiano. Do total de oportunidades oferecidas, 2.925 são para aqueles jovens que desejem cursar uma graduação a distância. Do numero total de vagas, 1.170 estão sendo destinadas às pessoas autodeclaradas afrodescendentes e 127 para indígenas. Outras 1.893 oportunidades são para ingresso mediante o Sistema de Seleção Unificada, o Sisu.

A aplicação das provas está programada para os dias 14 e 15 de dezembro, nesses dias o estudante deverá responder 85 questões de múltipla escolha e ainda realizar uma redação. Os gabaritos serão divulgados no dia 16 de dezembro a partir das 15h.

A lista dos candidatos aprovados ainda vai demorar para ser publicada, somente no dia 30 de janeiro os estudantes saberão se conseguiram passar no Vestibular.

Por mais informações sobre o vestibular da Uneb, para efetuar a inscrição e para saber mais sobre o regulamento acesse o site da instituição.

Por Melina Menezes


A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) dará início no dia 1º de outubro ao Período de Cadastro Seletivo 2014.2 para ocupação das vagas remanescentes pertinente ao segundo semestre letivo de 2014.

O Cadastro Seletivo irá oferecer 689 vagas para diferentes 14 cursos. E para os interessados em participar, a exigência feita é que o candidato deva ter o seu nome na lista de espera do SISU (Sistema de Seleção Unificada).

Conforme o edital publicado pelo PROGRAD (Pró-Reitora de Graduação), o estudante inscrito nesse cadastro só poderá concorrer ao curso escolhido como sua 1ª opção na lista de espera do SISU na circunstância de reserva de vaga adotada durante a inscrição no SISU 2014.2.

O período de inscrição é curto, ocorrendo entre o dia 1º de outubro até o dia 3 do referido mês. A inscrição pode ser feita em todos os campus da UFRB (Cruz das Almas, Cachoeira, Santo Antônio de Jesus, etc.) ou poderá ser feita por um procurador, desde que o mesmo seja propriamente constituído e porte a documentação exigida pelo Edital.

O resultado desse processo será divulgado em duas chamadas. A primeira no dia 13 de outubro e a segunda chamada no dia 31 de outubro. No caso de abdicação até a primeira semana de aulas, que terá início em janeiro de 2015, haverá uma última chamada que ocorrerá no dia 16 de janeiro de 2015. Lembrando que a divulgação do resultado é feita pelo site do PROSEL DA UFRB – ufrb.edu.br.

Para os aprovados, as matrículas serão feitas pessoalmente e estritamente no campus de Cruz das Almas. Importante estar atento ao cronograma, uma vez que a primeira chamada da convocação ocorrerá entre os dias 21 e 24 de outubro, e segunda chamada entre os dias 7 e 8 de novembro de 2014. Após esse prazo, não será mais possível concorrer às vagas remanescentes.

Mais informações e esclarecimentos de dúvidas são obtidos no EDITAL.

Por Michelle de Oliveira


Os interessados em participar do vestibular da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) já podem efetuar a inscrição.

O valor da taxa é de R$ 110 e serão ofertadas 3.996 oportunidades acessíveis em 90 diferentes cursos de graduação. Os estudantes têm até 13 de outubro para se inscrever através da página da UFRGS, o qual também está o manual do participante. A principal curiosidade deste ano é a oferta de 126 oportunidades no curso de Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia, com aulas no Campus Litoral Norte, situado em Tramandaí. 

No momento da inscrição, o aluno pode escolher por utilizar ou não a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As avaliações do Ministério da Educação (MEC) ocorrem nos períodos 8 e 9 de novembro. Essas quase 4 mil oportunidades acessíveis correspondem a 70% das oportunidades da universidade. As outras 30% serão do Sistema Unificado de Seleção Universitária (Sisu).

As avaliações do vestibular serão realizadas de 4 a 7 de janeiro (de domingo a quarta-feira) em Porto Alegre, Bento Gonçalves e Tramandaí. Serão aplicados exercícios das seguintes disciplinas do conhecimento: Física, Literatura e Língua Portuguesa, Língua estrangeira; Língua Portuguesa e Redação; Ciências biológicas, Química e Geografia; História e Matemática.

Todavia, fique de olho às cotas: o projeto de Ações da UFRGS restringe no mínimo 40% das oportunidades em todos os cursos para educandos oriundos de escolas públicas, de acordo com autodeclaração étnico-racial e faixa de renda (de acordo com o edital). Ao todo, são 1.637 para alunos da rede pública e 2.359 de acesso universal. Os documentos são importantes para provar que o participante se enquadra nas cotas.

Assim, se você está interessado em fazer parte do vestibular não perca tempo e aproveite essa grande oportunidade de entrar na Universidade.

Para mais informações você poderá visitar o site da instituição ou ligar no fone (51) 3308-6000.

Boa sorte e bons estudos!

Por Luciana Viturino


As inscrições para o vestibular da Unifesp 2015 abrem no dia 22 de setembro e encerram no dia24 de outubro. De acordo com o edital, a instituição irá utilizar notas do ENEM na primeira fase que acontece nos dias 8 e 9 de novembro de 2014. Já a segunda fase está prevista para ocorrer 11 e 12 de dezembro de 2014.

A Universidade Federal do Estado de São Paulo, conta com duas formas de ingresso de seus estudantes: o Sistema de Seleção Unificado – SiSU e o Sistema Misto. Ambos se utilizam do desempenho dos candidatos no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), porém o último o complementa com provas específicas. O Sistema Misto conjuga duas notas para classificar os candidatos: a nota obtida no ENEM e a nota obtida nas Provas do Vestibular 2015 da UNIFESP. Desta forma, o ENEM 2014 é indispensável para se inscrever no Vestibular 2015 da UNIFESP. 

Cursos que optaram pelo sistema misto de vagas podem ser encontrados na página da Universidade.

Com relação ao sistema de reserva de vagas por cotas, todos os candidatos que se inscreverem para o Vestibular 2015 da UNIFESP estarão concorrendo pelo Sistema Universal, independentemente de fazerem a opção pelo Sistema de Reserva de Vagas (Cotas). O candidato poderá assinalar na ficha de inscrição até duas opções de cursos, dentre os relacionados na tabela de cursos de graduação para o Vestibular 2015 da UNIFESP.

Sobre as inscrições, elas acontecerão exclusivamente pela internet, nos endereços vestibular.unifesp.br ou www.vunesp.com.br, das 10h de 22 de setembro às 16h de 24 de outubro de 2014 (horários de Brasília), com o pagamento, por meio de ficha de compensação, da taxa de R$ 124,00, em qualquer agência bancária ou banco eletrônico.

No ato da inscrição, o candidato deverá indicar seu número de inscrição no ENEM 2014, pois a parte objetiva desta prova (180 questões) será obrigatoriamente aproveitada para fins de apuração de critério de classificação. Informações sobre o ENEM podem ser obtidas pelo telefone 0800 616161 (Central de Atendimento do Ministério da Educação) e pela internet (www.inep.gov.br).

Já feita a inscrição, a partir de 24 de novembro de 2014, o cartão de convocação estará disponível para consulta e impressão no site vestibular.unifesp.br, sendo a impressão do mesmo de inteira responsabilidade do candidato.

Provas: 

– Prova de Língua Portuguesa, Língua Inglesa e Redação: constará de 30 questões de Língua Portuguesa e de 15 questões de Língua Inglesa, sob a forma de testes de múltipla escolha, com 5 alternativas. Constará, também, de uma redação em Língua Portuguesa, de gênero dissertativo.

– Prova de conhecimento específico: constará de 20 questões, sob a forma discursiva, distribuídas pelas disciplinas de Biologia (5 questões); Química (5 questões); Física (5 questões) e Matemática (5 questões).

Calendário das provas:

1º DIA – 11/12/2014 – 5ª feira: Prova de Língua Portuguesa, Língua Inglesa e Redação.

Horários:

– Ingresso no prédio: 13h;

– Ingresso nas salas: 13h30;

– Início da prova: 14h.

2º DIA –  12/12/2014 – 6ª feira: Prova de Conhecimentos Específicos.

Horários:

– Ingresso no prédio: 13h;

– Ingresso nas salas: 13h30;

– Início da prova: 14h.

Os portões da escola serão fechados às 1h. Não serão admitidos retardatários. O tempo de duração de cada prova será de 4 horas. A saída do prédio será permitida somente depois de decorridas 3h30 do início de cada prova.  

As provas serão realizadas nas cidades de Bauru, Campinas, Diadema, Guarulhos, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santo André, Osasco, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo e Sorocaba.  

Resultado e matrículas:

As divulgações oficiais dos resultados consistem:

– na publicação das relações nominais e na ordem de classificação no endereço vestibular.unifesp.br  e www.vunesp.com.br;

– na afixação das listagens dos resultados em Quadros de Avisos dos Campi da UNIFESP, nos endereços:

  • Campus Diadema: Av. Conceição, nº 329 – Centro – Diadema/SP;
  • Campus São Paulo: Rua Pedro de Toledo, 697 – Vila Clementino – São Paulo/SP.  

Para encontrar o Manual do Candidato acesse aqui.

Por Jana Lopes





CONTINUE NAVEGANDO: