Veja aqui a lista de livros para o Vestibular da Fuvest 2019.

Você vai prestar vestibular para ingressar na Fuvest? Então essa notícia é de extrema importância para você! Os livros que serão cobrados no Vestibular 2019 da Fuvest foi divulgada pela fundação. Algumas obras já apareceram na lista no vestibular de 2017 e de 2018, mas A Relíquia (Eça de Queiroz) será cobrada pela primeira vez.

Quer ficar por dentro de tudo que se diz a respeito dos livros cobrados pela Fuvest (Fundação Universitária para o Vestibular) em 2019? Então acompanhe o post a seguir!

Foi divulgada a lista 2019 de livros cobrados pelo vestibular da Fuvest! Acompanhe e saiba tudo sobre!

A lista de livros que serão cobrados no vestibular da Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest) já está disponível para consulta. Esse vestibular seleciona os candidatos que querem ingressar nos cursos de graduação na USP (Universidade de São Paulo) e por essa questão é muito concorrido, pessoas do Brasil inteiro se inscrevem para fazer a prova de vestibular.

Livros que já foram cobrados no vestibular reaparecem nesse ano de 2019

Como foi dito anteriormente, livros que são clássicos também no aparecimento no vestibular da FUVEST aparecerão de novo na prova deste ano. Obras que foram cobradas em 2017 como O Cortiço (Machado de Assis), Memórias Póstumas de Brás Cubas (Machado de Assis), Iracema (José de Alencar), Claro Enigma (Carlos Drummond de Andrade) e Vidas Secas (Graciliano Ramos) estarão sendo cobrados na prova em 2019.

Mas também haverão novidades, livros como Minha Vida de Menina (Helena Morley), Sagarana (João Guimarães Rosa) e Mayombe (Pepetela) foram indicados e apareceram pela primeira vez na prova da Fuvest em 2018.

A obra estreante é A Relíquia, escrita por Eça de Queiroz.

Veja agora a lista completa de livros que serão cobrados na Fuvest em 2019

  1. Iracema escrito por José de Alencar
  2. O cortiço escrito por Aluísio Azevedo
  3. Memórias póstumas de Brás Cubas, escrito por Machado de Assis
  4. Vidas Secas, escrito por Graciliano Ramos
  5. A Relíquia, escrito por Eça de Queirós
  6. Claro Enigma, escrito por Carlos Drummond de Andrade
  7. Minha vida de menina, escrito por Helena Morley
  8. Mayombe, escrito por Pepetela
  9. Sagarana, escrito por João Guimarães Rosa

Aproveite a disponibilidade de resumos das obras em sites da internet

Como todos que estão envolvidos no assunto de vestibular sabem, a prova da Fuvest é um das mais concorridas do país, milhares de estudantes prestam essa prova e para isso preparam-se durante meses para enfrentar as questões do vestibular. Aproveite que ainda há tempo e comece a estudar para a prova, leia os livros e os resumos disponíveis em sites e blogs da internet. Confira aqui alguns resumos das obras que serão cobradas na Fuvest.

Use a seu favor as obras que estão em Domínio Público

Saiba que resumo algum poderá substituir o contato real e completo com a história que será cobrada na prova. Por isso utilize todas as facilidades que são proporcionadas pela rede. Aproveite-se dos livros disponibilizados em domínio público, eles podem ser baixados de forma totalmente gratuita ou encontrados em formato PDF.

Da relação de livros selecionados para o vestibular da Fuvest 2019, estão disponíveis em domínio público e por isso podem ser encontrados na internet, as seguintes obras: Memórias Póstumas de Brás Cubas; Iracema; e O Cortiço.

Para mais informações sobre os livros pedidos no vestibular da Fuvest 2019, clique aqui. Neste link você encontrará mais dicas sobre a forma de estudo ideal e muito mais. Confira!

E então? Você está preparado para o vestibular da Fuvest 2019? Comente na caixa de comentários abaixo! Nossa equipe quer saber!

Carolina B.


Confira aqui a lista de obras literárias que serão cobradas no Vestibular da UFPR 2017/2018.

A UFPR, Universidade Federal do Paraná, divulgou a lista de leituras obrigatórias para os interessados em realizar o vestibular 2018 da instituição. A prova requer que o candidato tenha lido os livros, pois serão cobrados em questões que consideram que haja conhecimento prévio.

Para os interessados em ingressar na instituição, é necessário ter lido todas as obras divulgadas previamente pela instituição. Todos os anos são divulgadas novas listas. A lista deste ano teve uma grande redução em relação a do ano passado. Confira os títulos:

A Última Quimera – Ana Miranda: O livro, de 1995, é um romance histórico, que narra a vida do poeta Augusto dos Anjos. Diversos temas históricos são citados no contexto da obra.

Clara dos Anjos – Lima Barreto: Livro de 1948, faz parte do pré-modernismo brasileiro. O romance conta com denúncias sociais e raciais acerca da época.

Claro Enigma – Carlos Drummond de Andrade: Constituído por poemas, este livro retrata os sentimentos vazios que pensavam a década de 50, retratando como estavam os sentimentos da sociedade no pós Segunda Guerra Mundial.

Eles não usam Black-Tie – Gianfrancesco Guarnieri: A peça, que tem grande apelo social e político, narra uma greve operária, através da vida de Tião, filho do líder grevista.

Lavoura Arcaica – Raduan Nassar: O romance, publicado em 1945, conta a história de um rapaz que foge da lavoura e de seus problemas com seu pai e sua paixão pela própria irmã, para morar em uma cidade pequena do interior.

Sermão de Santo Antônio (aos peixes) – Antônio Vieira: Este sermão foi pregado em 1654 e nele o Padre Antônio Vieira critica os colonizadores da época, após uma briga entre portugueses que dividiam o território brasileiro.

Últimos Cantos – Gonçalves Dias: Livro de poesias publicado em 1851.

Várias Histórias – Machados de Assis: Esta obra é, na verdade, uma coletânea que reúne diversos contos do autor, que foram publicados separadamente em periódicos. Possui contos consagrados como “A cartomante” e “Um apólogo”.

O vestibular da UFPR possui duas fases e será realizado no final do ano. Uma das sugestões para obter as obras é através de pdf, encontrados no site do Domínio Público.

Carolina B.


Confira aqui a lista de obras literárias para o vestibular da UFRGS 2017/2018.

Após a finalização do vestibular 2017, começam os preparativos para o vestibular 2018. A Universidade Federal do Rio Grande do Sul divulgou quais leituras são imprescindíveis para a execução do concorrido vestibular de ingresso na instituição. Confira as obras que serão cobradas.

1 – O Continente – Érico Veríssimo

A obra, de 1949, é a primeira da trilogia “O tempo e o Vento”. A obra retrata 150 anos de história do Rio Grande do Sul. O livro, através da formação da família Terra, apresenta personagens vivos, indo e vindo no tempo, confundindo-se diversas vezes com a História.

2 – Gota d’agua – Chico Buarque

A obra de 1975 é uma peça teatral que revitaliza os textos de Eurípedes em cenários brasileiros.

3 – Poemas de Fernando Pessoa

A UFRGS requer uma lista de poemas de Fernando Pessoa a serem lidos, sendo eles: O maestro sacode a batuta (poema de VI de Chuva Oblíqua); Autopsicografia; Viajar! Perder países!; Qualquer Música; Noite (mensagem); Natal… Na província neva; Ela canta, pobre ceifeira; Não sei quantas almas tenho; Mar; Lá fora vai um redemoinho; Padrão; Isto; Liberdade; Pobre velha música; Nevoeiro; Não sei se é sonho, se é realidade; O infante.

4 – Sermões do Padre Antônio Vieira

Os sermões cobrados no vestibular serão: Sermão de Santo Antônio aos peixes, da Sexagésima e pelo Bom Sucesso das Armas de Portugal Contra as de Holanda.

Também serão cobrados:

5 – Morangos Mofados – Caio Fernando Abreu

6 – A hora da estrela – Clarice Lispector

7 – O cortiço – Aloísio de Azevedo

8 – Dom Casmurro – Machado de Assis

9 – A máquina de fazer espanhóis – Valter Hugo Mãe

10 – Quarto de despejo – Carolina Maria de Jesus

11 – Dário da queda – Michel Laub

A UFRGS mantêm sua lista sempre atualizada. Foram removidos da lista do ano passado “A noite das mulheres cantoras”, “Dançar tango em Porto Alegre” e “O amor de Pedro por João”. A instituição manteve a tradição de ter música em sua lista, no entanto, esse ano o álbum será Elis & Tom, no lugar de “Tropicália ou Panis et Circensis”, de Caetano, Gilberto Gil e os mutantes. Se você pretende prestar o vestibular para a UFRGS, mantenha-se sempre atualizado e comece as leituras desde o início do ano.

Isabela Palazzo


A Universidade Estadual de Campinas, Unicamp, está entre uma das melhores faculdades públicas do país e com cursos concorridíssimos. Para o vestibular 2015, a Unicamp oferece 3.320 vagas distribuídas em 70 cursos nos períodos noturno, diurno e matutino.  O curso de Medicina (integral) está entre um dos mais concorridos da Universidade, chegando a 110 vagas com nota mínima de 707.7 na 1ª fase para o ano de 2015.

A prova é composta por duas fases, a 1ª fase ocorrerá no dia 23/11/2014 e é composta por 90 questões de múltipla escolha e objetivas sobre conhecimentos gerais e do ensino médio. A 2ª fase que tem a duração de três dias (11, 12 e 13/01/2015) e é realizada por curso. Composta por redação, língua portuguesa e literatura da língua portuguesa, no primeiro dia; matemática, história, e geografia, no segundo dia e física, química e biologia, no terceiro dia.

As inscrições, que deram início no dia 11/08 a 11/09/2014 já foram encerradas, e os locais de prova e lista de convocados que vai até a 9ª chamada, no dia 24/03/2015 estarão disponíveis exclusivamente no site da Universidade: www.comvest.unicamp.br.

A prova conta com a leitura prévia e completa da lista de livros para o Vestibular Unicamp 2015. Serão nove obras literárias:

– Viagens na minha terra – Almeida Garret;

– Til – Jose de Alencar;

– Memórias de um sargento de milícias – Manuel Antônio de Almeida;

– Memórias póstumas de Brás Cubas – Machado de Assis;

– O cortiço – Aluísio de Azevedo;

– A cidade e as serras – Eça de Queirós;

– Vidas Secas – Graciliano Ramos;

– Capitães da areia – Jorge Amado;

– Sentimento do mundo – Carlos Drummond de Andrade.

Além da leitura das obras, a interpretação de texto influencia diretamente na qualidade da resposta do candidato na 2ª fase. Ou seja, além da leitura das obras, procure fazer resumos e praticar suas respostas.

Os documentos válidos para serem usados no dia da prova é o documento de identidade, além da cédula de identidade, passaporte, carteira de motorista recente contendo foto, número do RG e assinatura do candidato. Em caso não de possuir nenhum dos documentos citados, leve o Boletim de Ocorrência ou o protocolo de solicitação da 2ª via do RG. Não serão aceitos quaisquer outros tipos de documentos além dos citados.

Por Kauane





CONTINUE NAVEGANDO: