Confira aqui os principais comentários e onde encontrar o Gabarito do Enem 2018.

No último domingo, dia 04 de novembro, uma grande parte, ou a maioria dos estudantes brasileiros, realizaram a primeira etapa de provas do Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem de 2018.

Ao longo do primeiro dia de provas não foram registradas muitas ocorrências, salvo duas pessoas que foram detidas por estarem fazendo uso do ponto eletrônico, no Estado de Minas Gerais.

Outra questão relevante foi a das ausências registradas: em torno de 24,9% dos estudantes inscritos não compareceram aos locais designados para realizar o exame.

O registro indica que 71 dos candidatos terminaram eliminados deste Enem. Dois destes casos foram por conta de um ponto eletrônico na cidade de Montes Claros, Estado de Minas Gerais. A média geral de casos foi de 150 aproximadamente, conforme a nota publicada pelo ministro da Educação.

Outros registros indicam que em dois locais a prova terminou por ser interrompida devido a uma momentânea falta de energia elétrica na cidade Franca, Estado de São Paulo e na cidade de Porto Nacional, no Estado do Tocantins. Estas são as informações essenciais no que toca aos problemas.

Por outro lado, 75,1% dos estudantes inscritos participaram deste Enem. Entretanto, de acordo com a presidente do Inep, este ano de 2018 registrou uma taxa que é a menor na série mais recente do Enem. Ainda assim, o ministro da Educação fez lembrar que esse mesmo percentual é um resultado obtido em um período registrado após as devidas mudanças no edital, que visam evitar as faltas de modo mais preciso.

Em torno de 10,55% dos estudantes candidatos não usufruíram do acesso ao cartão de confirmação, o que resultou na situação em que muitos não tinham como saber os locais onde deveriam realizar as provas.

De acordo com a mesma presidente do Inep, a determinação do tema da redação constituiu algo muito bem colocado pela equipe.

Portanto, o Enem de 2018, em seu primeiro dia de itinerário, não resultou em grandes dificuldades, conforme declaração oficial do ministro da Educação.

Deste modo, passemos a alguns aos detalhes das provas:

O tema da redação versou sobre o tema: 'manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet'.

Um dos melhores comentários lançados sobre a redação do Enem de 2018 pode ser resumido no seguinte:

Dado que o tema deste Enem 2018 foi a chamada “Manipulação do comportamento de usuário pelo controle de dados na internet”, tratou-se, portanto, de discorrer sobre esta prática muito comum em nações como a China e a Rússia. Na produção desta redação, estava em aberto uma série de referências, inclusive uma possível alusão a Edward Snowden, o qual fez vazar as informações importantes sobre como parte do governo dos EUA estava controlando a política internacional por meio do dito monitoramento em cima dos dados na internet. Cada candidato poderia fazer referência ao clássico da literatura contemporânea, 1984, de George Orwell, cuja história narra a vida dos seres humanos sendo monitorada por um poder totalitário projetado por meio de tele telas. Assim, a referida coletânea se referia aos algoritmos e aos filtros em toda a internet, e sobre a utilização da mesma internet como meio de se comunicar com os amigos. Entretanto, esta produção não permitiu tocar no tema do marco civil da Internet e da chamada: Lei da Privacidade, que não contemplaram em suas pautas as novas modalidades de infração citadas, já que o tema não era a chamada fake News.

Os estudantes responderam a noventa questões nas áreas de Linguagens e Códigos e na de Ciências Humanas.

São diversos sites publicando atualizações a cada instante. Aqui estão duas fontes atualizadas sobre as demais informações e o gabarito: G1 e Revista Veja.

Paulo Henrique dos Santos


Medida quer evitar que alunos se confundam e acabem perdendo o exame.

Notícia de grande importância está sendo transmitida a todos os estudantes brasileiros que estão interessados em participar dos vestibulares. O órgão do Ministério da Educação e da Cultura, MEC, perpetrou uma importante solicitação dirigida ao Governo Federal no sentido de que o início do horário de verão, neste ano de 2018, possa ser adiado para o período imediatamente após a realização das provas promovidas pelo Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem, de 2018, previamente agendadas para os dias 4 e 11 do mês de novembro, próximo.

Deste modo, o próximo horário de verão, entre 2018 e 2019, já está previsto para iniciar na madrugada que abre o dia 4 do mês de novembro, ou seja, para o primeiro dia de realização das provas do próximo Enem. De acordo com o MEC, este tipo de coincidência tende a afetar e confundir alguns dos participantes deste importante exame anual.

Tradicionalmente o início do horário de verão começa no mês de outubro, porém, nesse mesmo ano o dispositivo terminou sendo adiado, devido ao período das Eleições. No final do ano de 2017, o Presidente da República, Michel Temer, sancionou um novo decreto que resultou na transferência do horário de verão, cujo início se dará, a partir de agora, em um final de semana logo após ao segundo turno das Eleições de 2018, o qual será no dia 28 do mês de outubro. Entretanto, as datas das referidas provas do Enem de 2018 haviam sido definidas no mês de janeiro, ou seja, após a decisão da presidência.

O Enem configura um dos processos seletivos mais importantes do ano para os estudantes do ensino médio, portanto, ninguém deve ser pego de surpresa e correr o risco de perder esta importante fase vestibular.

Mesmo assim, o próprio Governo Federal até o presente momento não divulgou nenhuma resposta ao pedido oriundo do órgão do MEC. Em caso de o início do horário de verão deste ano permanecer tal como foi estabelecido pela lei federal, ou seja, exatamente no primeiro dia das provas do Enem, todos os portões estarão programados para fechamento nos seguintes horários e locais abaixo indicados:

  • Fechamento oficial às 13 horas para os Estados do Sul, do Sudeste e em Goiás e no Distrito Federal.
  • Fechamento oficial às 12 horas para os Estados do Nordeste e do Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, no Pará, em Tocantins e no Amapá.
  • Fechamento oficial às 11 horas para os Estados do Amazonas, de Rondônia e de Roraima.
  • Fechamento oficial às 10 horas par o Estado do Acre.

Observação: é muito importante, imprescindível, guardar estas informações acima citadas.

Todos os participantes do Enem de 2018 terão acesso, a partir do dia 22 do mês de outubro, ao chamado Cartão de Confirmação da Inscrição. Este documento, de portabilidade necessária, informará os locais de provas entre os dias 4 e 11 do mês de novembro, junto ao endereço e ao número das salas.

No primeiro dia as provas terão cinco horas e meia de duração, prazo total, e no segundo dia serão cinco horas. As provas iniciarão, exatamente, às 13h30, conforme o horário de Brasília, entretanto, todos os participantes têm o dever de chegar ao menos meia hora antes do início do processo.

No dia 4 de novembro serão resolvidos os cadernos contendo as matérias de Ciências Humanas e de Tecnologias; sobre Linguagens; sobre os Códigos e as Tecnologias; seguidos da Redação.

No dia 11 de novembro serão resolvidos os cadernos contendo as matérias de Ciências da Natureza e de Tecnologias; sobre Matemática e as Tecnologias atreladas.

A importância do Ennem é fundamental, pois as notas alcançadas no mesmo proporcionam aos estudantes o ingresso nas instituições públicas via Sistema de Seleção Unificada, o SiSU. O Enem também garante passagem para as universidades privadas, por meio de bolsas de estudos providenciadas pelo Programa Universidade Para Todos, o ProUni e, também, o financia suas mensalidades via Fundo de Financiamento Estudantil, o FIES.

Paulo Henrique dos Santos


Veja aqui as provas e gabaritos do Vestibular PPS da UEPG 2017.

Já estamos no mês de dezembro do ano de 2017 e a essa altura do ano a maioria das universidades do país já realizaram seus vestibulares para o ano de 2018. Aliás, estamos em um momento em que gabaritos, provas e resultados parciais e finais têm sido liberados, para que milhares de estudantes verifiquem como se saíram nas provas e se atingiram o objetivo de conquistarem uma vaga em um curso universitário.

E por falar em provas e gabaritos, quem realizou o Processo Seletivo Seriado, o PSS, da UEPG, que é a Universidade Estadual de Ponta Grossa, já pode realizar o download as provas que foram realizadas no último domingo, dia 26 do mês de agosto, assim como verificar seus gabaritos.

Segundo dados da Universidade, realizaram as provas do Processo Seletivo Seriado do ano de 2017 quase 20 mil estudantes.

As provas foram realizadas em várias localidades do estado do Paraná, como as cidades de Apucarana, Castro, Cascavel, Francisco Beltrão, Curitiba, Ponta Grossa, Maringá, Foz do Iguaçu, Jacarezinho, Guarapuava, Palmeira, Jaguariaíva, Irati, São Mateus do Sul, Rio Negro, Umuarama e Telêmaco Borba.

Os candidatos tiveram que realizar uma prova objetiva composta por 60 questões de múltipla escolha sobre conhecimentos gerais, além da elaboração e uma redação.

Como já é sabido, cada fase do Processo Seletivo Seriado da UEPG é baseada com referência a uma determinada série do ensino médio.

Assim, os candidatos que se classificarem nesta fase, sendo ela a terceira etapa do processo, terão seus nomes anunciados no dia 5 do mês de janeiro do ano de 2018. Já aqueles candidatos de outras fases poderão conferir o boletim a partir do dia 1º de março de 2018.

Por meio do Processo Seletivo Seriado a Universidade Estadual de Ponta Grossa vai disponibilizar para o ano de 2018 o total de 483 vagas.

Os candidatos que realizaram o PSS da UEPG poderiam também se inscrever no Vestibular da Universidade, já que as provas aconteceriam em datas diferentes.

De acordo com a universidade, 25% dos alunos de cursos de graduação conseguiram ingressar nestes cursos por meio de seus resultados no Processo Seletivo Seriado, que é uma modalidade diferente do vestibular, pois são três provas em que cada uma corresponde a um ano de conteúdos do ensino médio, o que pode ser mais fácil para alguns estudantes.

Para ter acesso a estas e outras informações acesse o Manual do Candidato, em http://portal.uepg.br/.

A Universidade Estadual de Ponta Grossa é uma instituição de ensino superior que possui muito renome no estado do Paraná, assim como em todo o país. Possui uma grande excelência na promoção de curso de graduação, pós-graduação, mestrado, doutorado, entre outros.

Além de ser uma instituição de ensino, a universidade está sempre desenvolvendo projetos que beneficiem a sociedade como um todo, através de seus estudos, experimentos, graduandos e profissionais.

Atualmente a universidade oferece cursos de graduação em todas as áreas do conhecimento, como:

– Área de Ciências Exatas e Naturais;

– Área de Ciências Agrárias e Tecnologia;

– Área de Ciências Biológicas e da Saúde;

– Área de Ciências Sociais Aplicadas;

– Área de Ciências Humanas, Letras e Arte;

– Área de Ciências Jurídicas.

Enfim, são mais de 50 cursos de graduação para fazer dos candidatos de hoje, profissionais bem sucedidos em um futuro próximo. Para isso, a universidade conta com o melhor corpo docente, composto pelos melhores profissionais de todas essas áreas, além de infraestrutura ampla e moderna para que seus alunos possuam todos os recursos necessários para desenvolver suas habilidades nas áreas que escolheram seguir carreira. Sem falar no excelente atendimento à sociedade, que é um dos maiores objetivos da instituição.

Sirlene Montes


Veja aqui as provas e gabaritos do Vestibular UFGD 2018.

A aquisição de um determinado tipo de formação profissional precisa ser obtida por meio da participação de processos seletivos intensos nos quais é importante estar atento para as suas variadas etapas até a finalização completa, evitando assim problemas com o sucesso pretendido.

Neste sentido, uma das maiores faculdades do Centro-Oeste brasileiro está avançando na obtenção de novos acadêmicos com a liberação das provas e os gabaritos do Vestibular 2018 da UFGD (MS).

Etapas anteriores Vestibular 2018 UFGD (MS)

O processo de seleção relacionado com o Vestibular 2018 UFGD (MS) está sendo realizado com o objetivo de preencher um total de 962 vagas para a criação de novas turmas em 32 cursos de graduação, tendo ainda a reserva para cotistas de um montante de 492 chances.

Com relação às áreas de atuação dos cursos considerados, é possível mencionar alguns como Administração, Biotecnologia, Direito, Educação Física, Engenharias de variadas especificações, Medicina, Nutrição, Química, Zootecnia, dentre outros.

As inscrições para o vestibular 2018 da Universidade Federal Grande Dourados do Mato Grosso do Sul foram realizadas no período de 15 de agosto a 29 de setembro de 2017, com alternativa de isenção do seu pagamento – no valor de R$100,00 – para aqueles que comprovassem não possuir condições para tal realização.

A homologação dos candidatos que iriam integrar este processo seletivo foi feita no dia 31 de outubro com a convocação para as provas sendo efetuada no dia 06 de novembro de 2017.

Informações sobre provas e gabaritos Vestibular 2018 UFGD (MS)

As provas relacionadas com o Vestibular 2018 UFGD (MS) foram realizadas em diversas cidades do Mato Grosso do Sul, no dia 26 de novembro de 2017, para um total de 10 mil inscritos em todos os cursos ofertados pela entidade considerada.

No momento de sua execução foram aplicadas aos candidatos 60 questões objetivas em diferentes matérias relacionadas com o Ensino Médio, bem como uma prova de redação, divididos nos turnos da manhã e da tarde, com a seguinte diferenciação:

· Ciências da natureza e suas tecnologias: 18 questões

· Ciências humanas e suas tecnologias: 14 questões

· Linguagens, códigos e suas tecnologias:20 questões

· Matemática e suas tecnologias: 8 questões

Nesta última semana foram divulgados os cadernos de provas, bem como os gabaritos destas avaliações feitas para o Vestibular 2018 UFGD (MS), que já estão disponíveis para download no site oficial desta entidade educacional considerada.

A interposição de recursos contra alguma indicação relacionada nos gabaritos previamente liberados podia ser feita nos dias 28/11/2017 e 29/11/2017, também pelo site desta entidade, presente no https://cs.ufgd.edu.br/vestibular/2018.

Resultados definitivos das provas e gabaritos do Vestibular 2018 UFGD (MS)

O gabarito oficial definitivo deste vestibular já constando as análises dos recursos será divulgado no site da UFGD (MS), no dia 15 de dezembro de 2017.

A próxima etapa relacionada com a continuidade no processo seletivo do Vestibular 2018 UFGD (MS) consistirá na divulgação prevista para o dia 18 de dezembro de 2017 das seguintes informações:

· Pontuação final obtida nas provas pelos candidatos integrantes desta seleção.

· Nota mínima exigida em cada curso considerado para a correção da redação feita por cada candidato considerado.

Em seguida, no dia 15 de janeiro de 2018, de acordo com previsão constante no edital de abertura, será liberada de forma online a lista dos candidatos aprovados para cada um dos cursos contemplados neste vestibular, para a realização posterior de matrícula com o semestre letivo iniciando em Fevereiro de 2018.

Conclusão

Desta forma, é importante ficar atento às datas e informações relacionadas com as provas e gabaritos do Vestibular 2018 UFGD, para não perder nenhuma etapa importante e garantir, com isso, a tão sonhada aprovação neste processo delimitado de formação acadêmica.

Ana Camila Neves Morais


Provas e Gabaritos da 1ª fase do Vestibular Fuvest 2018 já estão disponíveis.

No Brasil ainda são poucas as instituições de ensino superior que mantém o vestibular como processo seletivo. E uma dessas organizações é a Universidade de São Paulo, a USP. Considerada uma das melhores universidades da América Latina, com centenas de cursos disponíveis nas mais diferentes modalidades. Todo o ano, em seu tradicional vestibular, que é realizado pela Fundação Universitária para o Vestibular, a Fuvest, a USP recebe milhares de inscrições. Não fugindo a essa regra, a 1ª etapa do processo seletivo da Fuvest, que ocorreu no dia 26 de novembro de 2017, contou com mais de 100.000 inscritos para mais de 180 cursos. E a novidade acerca desse processo seletivo é que quem participou da prova já pode consultar os gabaritos oficiais e também o caderno com as questões.

A prova deste ano foi composta por 90 questões de caráter objetivo, ou seja, de múltipla escolha com cinco alternativas. Os inscritos tiveram das 13:00 horas até às 18:00 horas para responder todas as questões. Nesta primeira fase, foram cobrados conteúdos das seguintes matérias: Língua Portuguesa, História, Matemática, Geografia, Física, Biologia, Química, Inglês e Literatura. Além de assuntos da atualidade que estão inseridos dentro de uma dessas grandes áreas da educação.

A lista com o nome dos aprovados para a segunda chamada deve ser divulgada no dia 18 de dezembro de 2017. Após esse primeiro corte é que os estudantes vão saber se vão ou não ser chamados para a segunda etapa. Aliás, a segunda fase deve ocorrer nas seguintes datas: 07, 08 e 09 de janeiro de 2018. Essa segunda parte do processo seletivo dever acontecer a redação com o tema divulgado na hora, assim como acontece no Exame Nacional do Ensino Médio e também vai contar com as provas de caráter discursiva. Ou seja, os candidatos vão ter que escrever as suas respostas apoiadas nos argumentos que eles julgarem serem os certos.

Como em todo vestibular, a Fundação Universitária para o Vestibular vai divulgar os nomes dos candidatos por diferentes chamadas. Assim, até que se atinja o número de inscritos por cursos, vão sendo convocadas novas chamadas. A primeira lista com o nome dos aprovados na segunda etapa deve ser divulgada no dia 02 de fevereiro de 2018. Os aprovados têm os dias 05 e 06 do mesmo mês para realizar a matrícula para estudar na USP. As matriculas podem ser realizadas de forma presencial ou via internet. Se caso o candidato escolher fazer a matrícula presencial ele deve comparecer até o Campus onde vai estudar. Lembrando que as vagas para este vestibular são para os campis de: Ribeirão Preto, Piracicaba, São Carlos, Pirassununga, Lorena, Bauru e São Paulo. Você só precisa comparecer em um deles no departamento de matrículas. Os aprovados precisam dos seguintes documentos para realizar a matrícula:

  • Uma cópia de uma foto 3 x 4. Observação: as fotos precisam ser recentes.
  • Uma cópia de um documento de identidade, pode ser carteira de motorista ou carteira de identidade.
  • Um atestando alegando que você terminou o ensino médio em uma instituição de educação brasileira, que é reconhecida pelo Ministério da Educação, o MEC. Ou caso o candidato já tenha feito um curso de graduação anteriormente, também será aceito um certificado de conclusão do curso.

Se você deseja consultar os gabaritos das provas da primeira fase da Fuvest para ter uma ideia do seu desempenho ou para as pessoa que desejam se preparar usando a prova da instituição, é muito simples, basta acessar o seguinte endereço eletrônico: http://www.fuvest.br/. Os gabaritos juntamente com os cadernos de pergunta estão disponíveis logo na página inicial do site. Ai você só precisa realizar o download. Boa sorte!

Isabela Castro.


Veja aqui as provas e gabaritos do Vestibular de Verão Udesc 2018.

Estamos em uma época do ano em que muitas universidades já realizaram seus processos seletivos pra cursos de graduação do ano de 2018. Como é natural, os candidatos que realizam vestibulares ficam ansiosos pela divulgação das provas e gabaritos. Se você prestou o Vestibular de Verão do ano de 2018 da Udesc, que é a Universidade do Estado de Santa Catarina, os gabaritos, assim como as provas, já estão disponíveis para consulta.

Os gabaritos e provas estão disponíveis desde a última segunda-feira, dia 27 de novembro, e aqueles candidatos que se sentiram de alguma forma prejudicados tiveram até a data de ontem (28 de novembro) para entrar com recursos.

Para consultar o gabarito das provas do último vestibular basta acessar o endereço eletrônico da universidade em: http://www.udesc.br/vestibular/vestibulardeverao/vestibulardeverao20181.

A universidade ainda não deu nenhuma informação em relação a data em que os gabaritos finais serão divulgados. Até o momento a única informação que se tem é que o resultado final, ou seja, a lista completa com os nomes dos aprovados está prevista para ser publicada no dia 12 do mês de dezembro. Até lá a Universidade já se encarregará de divulgar as datas para a realização das matrículas.

O vestibular da Udesc foi realizado no último domingo, dia 26 do mês de novembro. As provas foram realizadas em dois turnos, sendo que no primeiro os candidatos resolveram questões de Biologia, Matemática, Língua Estrangeira Moderna (Espanhol ou Inglês) e Língua Portuguesa, assim como Literatura Brasileira. No segundo turno foi realizada uma prova composta por questões de Física, História, Química e Geografia, além disso, os candidatos tiveram que elaborar uma redação.

Já aqueles candidatos que se inscreverem para conquistar uma vaga em cursos de música que a universidade disponibiliza, tiveram que realizar uma prova de habilidades, que aconteceu no dia 25 desse mês, último sábado.

Quem se inscreveu par o curso de Teatro irá realizar essa etapa do processo no dia 07 do mês de dezembro.

A Udesc, por meio de seu Vestibular de Verão do ano de 2018, visa disponibilizar o total de 1.273 vagas em quase 50 cursos de graduação. Segundo levantamentos da instituição, 8.975 estudantes se inscreveram para realizar o Vestibular, contudo, no dia das provas 1.414 dos inscritos não compareceram, o que representa 15,4% de abstenções.

O curso de graduação mais disputado foi o de Fisioterapia, que apresentou o total de 29,68 candidatos por cada vaga. Este curso é ministrado no município de Florianópolis.

Todos os cursos de graduação da Udesc são ministrados em diversas localidades, como os municípios de Balneário Camboriú, Florianópolis, Chapecó, Joinville, Ibirama, Lages, Laguna, São Bento do Sul e Pinhalzinho.

Do total de vagas que a instituição disponibiliza 30 % são reservadas para estudantes que estão cadastrados em sistema de cotas.

Em caso de dúvidas, envie um e-mail para o endereço vestiba@udesc.br ou ligue para o número (48) 3664-8089.

Para quem ainda não sabe, a Universidadedo Estado de Santa Catarina em um ranking de 40 universidades do estado de Santa Catarina ocupa a oitava posição, ganhando um grande destaque.

Essa pesquisa foi realizada pelo Ministério da Educação, por meio do Inep, que avaliou mais de 200 universidades do estado. As notas eram de 1 a 5 e a Udesc atingiu a nota 4, o que é um excelente resultado. Para a realização da pesquisa foram avaliados a qualidade de cursos de graduação, pós-graduação, Mestrado e Doutorado, sendo que em todos a Udesc conseguiu uma boa colocação.

Nesse sentido, se você prestou vestibular no último domingo, não deixe de conferir as suas provas e seus gabaritos no site da universidade. Estude em uma das melhores instituições de ensino superior do estado de Santa Catarina.

Sirlene Montes


INEP divulga gabarito oficial das provas do ENEM 2017.

Com um mercado de trabalho cada vez mais competitivo e as empresas exigindo um alto grau de conhecimento dos seus profissionais, fazer um curso de graduação, nos dias atuais, é praticamente algo obrigatório para qualquer pessoa. Pois, se formar em uma área acadêmica é a base para se iniciar uma carreira profissional. No Brasil, atualmente, a forma mais exigida para se ingressar em um centro de educação superior é através do Exame Nacional do Ensino Médio, o ENEM. A edição deste ano já aconteceu e a alguns dias foi divulgado o gabarito oficial da prova de 2017. Se você quer conferir um pouco sobre o gabarito e outras informações importantes, leia o texto abaixo.

O Exame Nacional do Ensino Médio, o ENEM, é uma iniciativa criada no ano de 1998 pelo Ministério da Educação, o MEC, para avaliar como estava o nível de conhecimento de brasileiros e brasileiras matriculados nas séries que faziam parte do Ensino Médio Brasileiro. Em quase duas décadas de existência este exame ganhou ainda mais relevância e hoje é a forma principal da entrada de milhares de alunos em centenas de faculdades brasileiras. Visto que, a maioria dessas instituições aboliu o antigo processo seletivo, o tradicional vestibular. Ao longo dos anos, o Exame Nacional do Ensino Médio foi sofrendo alterações, pois o MEC sempre fazia feedbacks para saber aprimorar a prova. E na edição deste ano, que aconteceu pela primeira vez em dois finais de semanas diferentes, nas datas de 05 de novembro e 12 de novembro de 2017, dois domingos e não mais em dois dias consecutivos, como nas provas anteriores. Isso foi uma forma que o Ministério da Educação encontrou para que os alunos não se sentissem tão cansados após a realização das provas, que contam com 90 questões em cada dia, além da redação, em que o tema é divulgado apenas na hora.

Na edição deste ano, o primeiro dia, ou seja, na data de 05 de novembro, foi marcado com a prova das seguintes áreas de conhecimento: Ciências Humanas e suas Tecnologias, Códigos e suas Tecnologias, Linguagens e a Redação. Já a segunda data, dia 12 de novembro, as áreas cobradas foram: Matemática e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias. Quase uma semana depois, na terça – feira, dia 14 de novembro de 2017, foi divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, o INEP, órgão ligado ao Ministério da Educação e que é o responsável por toda a organização e aplicação do ENEM em todo o Brasil, o gabarito oficial do Exame Nacional do Ensino Médio deste ano, através do seguinte endereço eletrônico: https://enem.inep.gov.br/#/antes?_k=36bi3c.

Muitos portais de notícia brasileiros fazem todos os anos, após a aplicação do ENEM, correções da prova com a ajuda de professores de cada matéria que é cobrada na prova. Entretanto, o gabarito oficial e que vale para saber como o estudante foi na prova é divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, o INEP. Após a divulgação de cada resposta certa de cada pergunta, o aluno tem uma noção de como foi na prova. Lembrando que o INEP usa um cálculo muito específico para obter o resultado de cada aluno no Exame Nacional do Ensino Médio. As notas oficiais de cada participante deste ano vão ser divulgadas no próximo ano, mais precisamente no dia 19 de janeiro de 2018, segundo as informações do Ministério da Educação, o MEC. Com esses resultados, os alunos podem se inscrever nos diferentes processos seletivos criados pelo Ministério da Educação para obter uma vaga em alguma universidade brasileira. Alguns exemplos de programas são o: Sistema de Seleção Unificada, o Sisu, usado para conseguir vagas em faculdades públicas. Além disso, ainda tem o Programa Universidade para Todos, o PROUNI, que oferece vagas para universidades particulares, em que os alunos ganham bolsas de desconto. Ainda se tem o Fundo de Financiamento Estudantil, Fies, em que o governo brasileiro faz um “empréstimo” para que os estudantes paguem para estudar em uma universidade particular. Então, se você quiser ter uma ideia inicial do seu desempenho no ENEM, consulte o site divulgado acima. Boa sorte!

Isabela Castro.


Confira aqui o Gabarito Extraoficial da Prova do Enem 2017 (1º Dia).

Foi organizado o gabarito da primeira fase do Exame Nacional do Ensino Médio – Enem. A primeira prova realizada, que contou com a participação de mais ou menos 4,3 milhões de jovens candidatos de todo o território nacional, aconteceu no último domingo, dia cinco de novembro, sendo que essa quantidade de pessoas participando pode ser considerada como 70% do total de estudantes que se inscreveram.

O processo seletivo realizou-se em cinco horas e trinta minutos, tempo em que os jovens participantes tiveram para resolver 90 questões versando sobre Linguagens, Códigos e as Tecnologias relacionadas, além de questões sobre Ciências Humanas e sobre as tecnologias relacionadas ao tema. Outra parte da prova consistiu na escrita de uma redação cujo tema foi o seguinte: Os desafios para conquistar a formação educacional de surdos no Brasil.

Assim, já está agendada para o próximo domingo, dia 12 de novembro, a segunda etapa do exame, na qual os participantes terão de resolver questões versando sobre Ciências da Natureza e sobre a disciplina Matemática. A duração desta segunda fase será de quatro horas e trinta minutos. É um tempo mais curto, pois não há redação. De acordo com informações oriundas do Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais, Inep, a divulgação do gabarito oficial será realizada no dia 16 de novembro de 2017. Os professores do Curso e também Colégio Objetivo, trabalharam na elaboração do mesmo gabarito, porém, este é considerado extraoficial, no qual os alunos que participaram das provas podem consultar as respostas. Os interessados podem acessar o site do curso.

Portanto, o resultado definitivo e oficial do processo de seleção Enem está marcado para o mês de janeiro de 2018. A divulgação dos resultados acontecerá próximo da data de abertura das inscrições destinadas ao Sistema de Seleção Unificada, Sisu, que promove seleção de jovens alunos no sentido de encaminhá-los para as instituições públicas de ensino superior, por meio do bom desempenho refletido nas notas conquistadas pelo exame do Enem. Com relação ao resultado das redações, avaliado dentro dos padrões da norma culta e objetividade no texto, o mesmo poderá ser consultado pelos alunos a partir do mês de março, sendo este o mesmo período no qual terão chance de verificar as notas conquistadas em cada uma das matérias realizadas.

A opinião geral entre os professores, sobre a primeira etapa do Enem foi de que o primeiro dia de provas foi muito tenso e o conteúdo das provas foi mais profundo, em relação aos anos anteriores, sendo que, também, o prazo de tempo de resolução das questões tornou-se mais exíguo. O grau de complexidade das provas aprofundou-se, enquanto que o tempo de resolução ficou menor. As matérias estão muito mais diversificadas, embora permaneçam atuais. Assim, foi preciso muita atenção e organização de tempo na avaliação de cada questão, já que, certamente, quem não está acostumado com certames, não conseguiu terminar de responder todas as perguntas da prova a tempo. Este exame exigiu muito mais concentração do que os anteriores.

Entretanto, muitos professores reconheceram positivamente o novo estilo de prova ministrada, que foi organizada em duas etapas que abarcam dois domingos seguidos. A alteração, promovida pelo próprio Ministério da Educação, MEC, foi estruturada depois de intensa pesquisa estatística realizada diretamente com o público, sobre a questão. O resultado é justificável pelo seguinte: deste modo os alunos têm chance de descansar e atualizar-se na outra parte dos conteúdos. É um tempo considerável e justo para a preparação da segunda etapa.

No site Educação Estadão, há mais detalhes com fotos e observações feitas por professores sobre os conteúdos das provas e o desempenho dos alunos. As avaliações levam em conta a atualidade dos temas, a complexidade das questões, o padrão de redação, as referências culturais e educacionais que foram cobradas dos alunos.

O Gabarito Extraoficial da Prova do Enem 2017 pode ser conferido neste link.

Paulo Henrique dos Santos


Saiba aqui o que é e o que não é permitido levar no dia da Prova do Enem 2017.

Quem for fazer o Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem, precisa ficar atento aos materiais que deverá levar no dia do exame. Além disso, é fundamental saber também o que não é permitido durante a aplicação da prova.

Sendo assim, se pintou uma dúvida sobre os itens citados, nós te damos todas as dicas necessárias para não errar. Vamos a elas.

O que é preciso levar no Enem?

O estudante precisa apresentar, no dia da prova, um documento oficial com foto para a sua identificação. Essa pode ser tanto a carteira de trabalho, carteira de motorista, carteira de reservista, carteira de identidade ou, por fim, o passaporte.

Muita atenção, pois não se enquadra entre a documentação oficial, a carteira de estudante. Além disso, também não serão aceitos cópias ou documentos autenticados.

Para os candidatos que tiveram os seus documentos roubados ou perdidos, devem apresentar um boletim de ocorrência que tenha sido expedido por um órgão policial no período máximo de 90 dias, contando do primeiro domingo em que foi aplicado o Enem. Ou seja, no dia 5 de novembro.

Não é obrigatória a impressão do cartão para comprovação de inscrição, localizada na página do Enem. Porém, é recomendado que cada estudante leve o seu para que tenha acesso mais fácil a alguns dados, como local e sala do exame.

As pessoas que precisarem comprovar a sua presença na prova, por motivos de apresentação no trabalho, por exemplo, deverão levar a sua declaração de comparecimento impressa, colhendo após a assinatura do coordenador na data da prova. O formulário é disponibilizado na página do participante.

Em relação aos lanches, esses são permitidos. Porém, os alimentos industrializados, como iogurte, biscoitos e salgadinhos, devem estar em embalagens lacradas. Haverá uma vistoria desses antes que cada aluno ingresse na sala do exame.

Material aceito no Enem

Para a realização das provas, da redação e para o preenchimento do cartão de respostas, o participante deverá usar uma caneta esferográfica com tinta preta. Sua fabricação deve ser em material transparente.

Não é aceita outra cor de tinta, devido à impossibilidade de leitura óptica da mesma no cartão de respostas.

Quais os itens proibidos no Enem?

Para a realização do Enem, está vetada a utilização de celular ou de qualquer aparelho eletrônico (tablets, pen drives, ipods, mp3 ou similares, alarmes, relógios, gravadores e muito mais). Sendo assim, cada pessoa deverá colocar o seu aparelho em um porta-objetos, ficando esse embaixo da cadeira até o fim das provas. É importante ressaltar que esse possuirá um lacre especial, impossibilitando que seja violado.

Em relação aos demais materiais, o candidato não poderá usar também: lapiseiras, lápis, borrachas, manuais, livros, chaves, anotações, impressos, boné, viseira, chapéu, óculos escuros, gorro, fones de ouvido ou transmissores, e outros similares. Além disso, é proibido portar armas, sejam elas de qualquer espécie, mesmo que o usuário possua um documento de porte.

O estudante que estiver com algum desses objetos, precisará colocá-los também no porta-objetos, juntamente com o seu celular.

Atenção para o Enem 2017

Pela primeira vez, o Enem utilizará neste ano a prova personalizada, sendo ela com cadernos de questões e caderno de respostas com identificação de nome e número da inscrição do participante. Sendo assim, ao receber a sua prova, cada candidato precisará verificar se o caderno de questões e o de respostas possuem a mesma quantidade de itens, não havendo erros no nome ou defeito gráfico.

O aluno tem a autorização de deixar o local da prova no tempo de duas horas após o início do exame. Para sair com o caderno de questões, isso somente é possível nos últimos 30 minutos antes do término das avaliações.

Sobre o Enem 2017

Na edição de 2017 do Enem, a escolha foi de aplicar os exames nos dois primeiros domingos de novembro, nos dias 5 e 12, respectivamente. No primeiro domingo, as provas terão duração de cinco horas e meia, sendo finalizadas, portanto, às 19h. Nessa, serão aplicados os exames de Linguagens, de Códigos e suas Tecnologias, de Ciências Humanas e suas Tecnologias e, por último, a redação do Enem 2017.

Já no segundo domingo, a duração será de quatro horas e meia, com fim às 18h. Nesse, acontecerão as provas de Matemática e suas Tecnologias e de Ciências da Natureza e suas Tecnologias.

Kellen Kunz


Confira aqui o caderno de provas e o gabarito dos vestibulares da UFPR e UEL 2018.

Estamos em uma época em que muitas universidades estão com inscrições abertas para seus processos seletivos do ano de 2018, os conhecidos Vestibulares. Assim, como muitos estudantes estão se preparando para realizar estes vestibulares. Contudo, há universidades que já se adiantaram já realizaram o Vestibular do ano de 2018, como é o caso das Universidades Federal do Paraná, a UFPR e a Universidade Federal de Londrina, a UEL, que já promoveram a 1ª fase de seu processo seletivo do 1 º Semestre de 2018 e acabam de disponibilizar os gabaritos com os resultados das questões dos cadernos das provas que forma realizadas no último domingo, dia 29 do mês de outubro.

A Universidade Federal do Paraná liberou a prova, o gabarito provisório geral e também o acesso aos arquivos individuais. Para verificar acesse http://portal.nc.ufpr.br/GabaritoIndividual/.

Considerando que a primeira fase de seu processo possui algumas variações em relação à ordem em que as questões estão dispostas.

Para consultar esses dados basta informar a data de nascimento e o número do CPF.

Os candidatos que após a conferência dos resultados se sentirem prejudicados e discordarem, podem entrar com recurso. Para isso basta preencher um formulário disponível em http://netuno.nc.ufpr.br, até às 23h59 do dia 31 do mês de outubro. Assim quem interpor o recurso até a data de amanha deverá aguardar o resultado que será publicado no dia 14 do mês de dezembro.

O vestibular foi realizado no último dia 29 de outubro, as provas foram realizadas nos municípios de Jandaia do Sul, Curitiba, Matinhos, Toledo, Palotina e Pontal do Paraná.

Nesta 1ª fase os candidatos tiveram que realizar questões sobre conhecimentos gerais.

O Vestibular 2017/2018 UFPR contou com um total de 55.209 inscritos, porém, 5.875 não foram realizar a prova, o que significa que 10,64% dos candidatos se absteram.

No dia 14 de novembro deve ser publicado o resultado desta etapa. Assim, os classificados para a segunda fase devem realizar as provas nos dias 26 e 27 do mesmo mês.

A Universidade oferece o total de 5.439 vagas distribuídas em 119 cursos.

Já a Universidade Estadual de Londrina, a UEL, aplicou três modalidades de provas, sendo assim, os candidatos terão que verificar qual a sua prova para conferir o resultado. Para isso acesse o link http://www.cops.uel.br e informe seu CPF.

Os candidatos que se sentirem prejudicados têm até às 17h do dia 31 do mês de outubro para entrarem com recurso. Para isso devem acessar o link http://www.cops.uel.br.

O resultado do recurso será publicado no dia 09 do mês de novembro.

O vestibular UEL 2017/2018 foi realizado na cidade de Londrina e os candidatos tiveram que responder a 60 questões objetivas, sobre conteúdos estudados no ensino médio.

O processo seletivo contou com um total de 22 mil inscrições. Ainda não há informações sobre o número de candidatos que se absteram.

A lista com os nomes dos candidatos classificados para a segunda etapa está prevista para ser divulgada no dia 17 do mês de novembro. Assim, os convocados devem realizar as provas da segunda fase nos dia 3 e 4 do mês de dezembro.

A Universidade Estadual de Londrina oferece para concorrência o total de 2.482 vagas, distribuídas em 53 cursos de graduação.

Nesse sentido, se você realizou um dos processos seletivos mencionados acima, não deixe de conferir a sua atuação na primeira fase para assim já saber se há a possibilidade de ser convocado para a segunda etapa dos processos.

Tanto a Universidade Federal do Paraná, quanto a Universidade Estadual de Londrina, são muito bem conceituadas, pois oferecem um grande número de cursos e todos eles de muita qualidade, contribuindo para o desenvolvimento da sociedade, através da formação de qualidade de novos profissionais.

Sirlene Montes


Confira aqui o caderno de provas e o gabarito do Vestibular da PUC Goiás 2018/1.

A Pontifícia Universidade Católica do Estado de Goiás, PUC Goiás, publicou a prova e o gabarito do Vestibular 2018/1. Todos os candidatos que participaram do Processo Seletivo do Vestibular Geral 2018/1 precisam conferir o caderno das questões e o quadro do gabarito das provas realizadas no último sábado, dia 28 de outubro. Este é um dos processos de seleção mais disputados no Brasil.

O processo de vestibular teve início a partir das 13:00 horas e se estendeu até às 17h30, nas sedes: I – abrangendo as áreas I, II, III, IV, V e VI, na Sede II e na Sede V, ou Campi, na Capital Goiânia, para os candidatos que haviam se inscrito na Modalidade II, a qual estava estruturada em 60 questões objetivas em cima dos conhecimentos gerais, além da escrita de redação.

Para os interessados em interpor possíveis recursos referentes ao gabarito preliminar da primeira prova, o prazo foi no dia 28, das 8:00 horas às 12 horas e das 14 horas às 17 horas, como também no dia 29, das 8:00 horas às 12:00 horas, sendo necessário entrar em contato com a Coordenação de Admissão Discente, CAD, localizada no Bloco G, que fica na Área IV. É importante lembrar que a versão final dos resultados sairá no dia 1º de novembro.

Em relação ao prazo de solicitação de análise do caderno da prova e da redação, cujo objetivo será apenas de avaliação pedagógica, o mesmo está agendado para o dia 9 e para o dia 10 de novembro. A primeira chamada já está marcada para o dia 8 de novembro, sendo que as matrículas vão do dia 10 a 13. Entretanto, uma nova convocação estará agendada para realização no dia 16, na sequência.

É importante informar que os candidatos inscritos nos cursos de Arquitetura e de Urbanismo necessitam submeter-se às Provas de Habilitação Específica, que são constituídas de diversas questões na área de geometria, área de visualização especial, área de representação e em expressão na área de desenho feito à mão livre. O resultado final desta fase do vestibular está programado para o dia 6 novembro. Assim, é necessário que os candidatos estejam constantemente atentos às informações do site da Universidade.

Em relação aos estudantes que inscreveram-se para participar do Exame Nacional do Ensino Médio, Enem, de 2016, os mesmos têm a possibilidade de escolher o aproveitamento das notas alcançadas nesse teste, já que as mesmas podem substituir a realização das provas vestibulares. Este último Vestibular 2018/1, promovido pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás, visa ao preenchimento de 5.205 vagas nas 45 opções de cursos existentes nessa unidade. Devido à quantidade de cursos abertos e a grande quantidade de acadêmicos prestando vestibular, é muito provável que em todas as disciplinas as turmas fiquem completas.

De acordo com o site da PUC-Goiás, no link do caderno da prova, as mesmas contaram com as seguintes matérias: Prova 1, com questões de Linguagens e Códigos; questões de Ciências Sociais; questões de Ciências da Natureza; questões de Matemática; questões de Língua Estrangeira. Prova 2, constituída de um Redação em Língua Portuguesa. As quais são avaliadas ponto por ponto. Os candidatos decididos a interpor recurso em cima das questões, precisam estar muito atentos ao que reivindicam.

Para mais informações sobre o gabarito e o caderno de provas, os candidatos podem acessar o site: http://vestibular.pucgoias.edu.br/vestibular/. No qual se encontram os dois links para acesso dos resultados, divulgados pela Coordenação de Admissão Discente da PUC de Goiás, desse Vestibular de 2018/1. No mesmo os candidatos podem acessar o Edital de Retificação.

Paulo Henrique dos Santos


Saiba o que é permitido levar e o que não é para a realização das provas do Enem.

Está chegando a hora para os alunos que estão o ano todo se preparando para a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), após muita dedicação os alunos precisam estar atentos não apenas para as questões das provas, mas também para o que pode ou não levar para a realização das questões.

Não serão permitidos:

· Lápis ou lapiseira

· Borracha

· Calculadora

· Celular e outros dispositivos eletrônicos

· Relógios

· Óculos escuros

· Bonés, chapéus e gorros

· Pen drive

· Postar fotos das provas nas redes sócias (com risco de eliminação da prova)

Para preenchimento do caderno de respostas e redação o candidato deverá responder apenas com caneta esferográfica de cor preta e de material transparente, pois outras cores não são aceitas pelo leitor óptico das respostas.

Alimentos e água serão permitidos desde que as embalagens sejam transparentes, os fiscais não permitem entrada de rótulos.

Celulares e aparelhos eletrônicos não serão permitidos, como todos os anos esses aparelhos deverão ser desligados e colocados em porta objetos, lacrados e deixados embaixo da mesa durante toda a realização da prova.

Para a realização da prova, o candidato deverá apresentar um documento original com foto, que pode ser carteira de identidade, identidade expedida pelo Ministério da Justiça (no caso de estrangeiros), carteira de trabalho, certificado de revista, passaporte ou carteira de habilitação.

Para deixar o local de prova é necessário que o candidato permaneça no mínimo duas horas após o início das provas.

Para levar o caderno de questões da prova, o candidato deverá sair apenas 30 minutos antes do final da prova.

Horários

Todos os anos é comum que os candidatos a realizar as provas do Enem sejam barrados por chegar atrasado. Outro ponto muito importante é ficar atento ao horário de abertura e fechamento dos portões para que todo o esforço não seja jogado fora.

Os portões de acesso serão abertos 12h e serão fechados 13h, de acordo com o horário de Brasília (DF). A prova deverá ter início às 13h30.

Diferente de outros anos, a prova do Enem será realizada em dois domingos consecutivos, nos dias 5 e 12 de novembro. No primeiro domingo a prova poderá ser realizada até às 19h e serão cobradas matérias de ciências humanas, redação e linguagens, no dia 12 serão cobradas matemática e ciências da natureza, a prova vai até 18h.

Locais das provas

Para se programar é importante que o candidato verifique seu local de prova e saia com antecedência de casa.

Os locais das provas estão disponíveis aqui (enem.inep.gov.br/participante) no site do Enem. Para acessar o local o candidato deverá digitar o número do CPF e a senha de cadastro – feita no ato da inscrição.

O local onde cada candidato irá realizar a prova foi separado de acordo com a localização de cada um.

Para evitar transtornos é importante que o candidato conheça seu local de prova com antecedência, visitar o local e fazer simulações do trajeto diminuem as chances de perder a prova.

Enem 2017

Este ano a prova do Enem vem acompanhada de algumas novidades, além da prova ser aplicada em dois domingos, este ano o Enem não será mais válido para conclusão do ensino médio, ou seja, as declarações não serão mais emitidas.

Além disso, as provas terão os nomes impressos nos cadernos de questões.

No ato da inscrição também era possível realizar um pedido de tempo adicional para a realização das provas.

O gabarito das provas será divulgado no dia 16 de novembro e o resultado com o desempenho individual de cada candidato está previsto para sair em janeiro de 2018. O espelho da redação está previsto para sair no mês de março de 2018.

Por Fabiane de Barros Coelho


Confira aqui os cadernos de provas e gabaritos do Vestibular FGV-Rio 2018.

A preparação para o vestibular não é uma das tarefas mais fáceis e tranquilas para a vida de um vestibulando. É um ano todo de total dedicação aos estudos para conseguir ingressar na tão sonhada universidade e começar a trilhar o sonho de cada estudante.

Engana-se, porém, quem acha que a expectativa e a pressão acabam quando o vestibular é passado. Mas essa angústia está prestes a acabar para os alunos que realizaram o vestibular para a Fundação Getúlio Vargas (FGV) do Rio de Janeiro (RJ) no dia 15 de outubro.

Os gabaritos da prova já estão disponíveis no site da FGV, onde os alunos podem ter uma noção de como se saíram no vestibular e já podem entrar com o recurso de interposição, que vai até o dia 20 de outubro, às 18h. Para os alunos que desejarem fazer reclamações o email processoseletivo@fgv.br também está disponível. Mas o resultado oficial com a lista dos alunos aprovados está prevista para ser divulgado apenas no dia 17 de novembro. Os aprovados deverão realizar a “reserva” da vaga entre 21 de novembro e 1 de dezembro de 2017. A conclusão da matrícula dos novos acadêmicos deverá ser efetuada entre 18 de dezembro e 12 de janeiro de 2018.

As vagas ofertadas pela FGV relacionavam em: 100 vagas para o curso de Ciências Econômicas, 50 para Ciências Sociais e Direito, 30 para o curso de Matemática e 100 para Administração.

Do número total das vagas ofertadas, 96 eram destinadas para os inscritos que concorriam a vagas pelo Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Além disso, 20 vagas eram voltadas para processos seletivos internacionais, válido apenas para o curso de Administração.

Os vestibulandos da Fundação Getúlio Vargas de São Paulo ainda precisam esperar um pouco mais para saber os resultados do vestibular.

Vestibular FGV 2018

O vestibular da Fundação Getúlio Vargas aconteceu no último dia 15 de outubro, as inscrições foram iniciadas em julho de 2017, ao todo 785 vagas foram distribuídas entre os cursos de administração, direito, ciências sociais, matemática aplicada e economia.

A FGV oferece também oportunidade de bolsas de estudos para os cursos da instituição para que todos tenham chances de participar de ingressar em uma mais melhores instituições.

A Fundação Getúlio Vargas, instituição privada, tem mais de 70 anos de história, é considerada umas das cinco melhores faculdades do mundo. Além do ensino de qualidade e referência, a instituição Getúlio Vargas também produz uma quantidade grande de pesquisas acadêmicas, com temas abrangentes em macroeconomia, microeconomia, negócios, finanças, direito, saúde, bem-estar, desemprego, poluição e desenvolvimento sustentável. Além disso, a FGV mantém programas de pesquisas nas áreas de educação, história, ciências sociais, cidadania, justiça e política. Não é por menos que em 2009 a FGV foi considerada a terceira melhor escola de negócios da América do Sul.

Além de faculdade, a Fundação Getúlio Vargas oferece também concursos públicos para diversas áreas de atuação e cursos de curta e longa duração para aplicação de conhecimentos por diversas empresas e países.

Por estes e outros motivos muitos alunos sonham em ingressar na Fundação Getúlio Vargas, que possui um total de oito escolas, seis diretorias, quatro centros de pesquisa, dois institutos e uma área de pesquisa aplicada. Além disso, a instituição possui também uma editoria que inclui todas bibliotecas (Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília).

Além dos cursos de graduação, a Fundação Getúlio Vargas possui ótimos cursos de pós graduação e educação executiva que pode ser presencial, customizada e a distância. Métodos pensados para que todas as pessoas tenham oportunidade de fazer.

Para mais informações em relação a instituição ou concursos e vestibulares, acesse o site da FGV e fique ligado nas novidades.

Fabiane de Barros Coelho


Exame será aplicado no dia 19 de novembro de 2017.

Atenção. Se você se inscreveu para realizar o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos, o Encceja Nacional do ano de 2017, fique atento às próximas informações, pois mais uma vez a data foi modificada pelo Inep.

Na última terça-feira dia 19 do mês de setembro, o Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira realizou uma publicação no Diário Oficial da União de um documento que altera a data para realização do exame.

De acordo com o documento, as provas referentes ao Encceja serão aplicadas no dia 19 do mês de novembro. Já os horários de abertura dos portões e início do exame permanecem os mesmo anunciados na semana passada, em que também foram modificados em decorrência da diferença de horário em algumas localidades devido ao horário de verão.

A prova estava marcada para o dia 22 de outubro, mas precisou ser adiada para 19 de novembro, pois conforme informou o Inep, um atraso no documento de homologação da licitação foi o motivo desse adiamento, uma vez que não houve tempo suficiente para realizar a distribuição dos inscritos nos locais de realização de provas, seguindo o cronograma.

O Inep faz alterações no Encceja já pela 2ª vez este ano. A primeira foi no último mês de agosto, alegando problemas na área de logística, o que levou a uma retificação do calendário.

Até mesmo o Encceja PPL, que é para pessoas que estejam em regime prisional, teve sua data alterada também e está previsto para acontecer nos dias 21 e 22 do mês de novembro.

Para quem não conhece o Encceja, ele é um importante exame que possibilita a jovens e adultos que não tiveram condições de frequentar a escola, obter diploma de formação do ensino fundamental e de ensino médio.

O Encceja sempre existiu para fornecer o certificado de ensino fundamental, mas a partir deste ano também valerá para fornecer a certificação de ensino médio. Até o ano de 2016 essa certificação era possível de ser obtida através do Exame Nacional do Ensino Médio, o popular Enem.

Neste ano, se inscreveram para realizar o exame o total de 1.573.862 pessoas, sendo que desse total 301.583 devem realizar a prova para obter certificação de ensino fundamental e os restantes 1.272.279, devem realizar a prova visando à certificação de ensino médio.

O exame será realizado em 564 cidades distribuídas em todo o Brasil.

Na última semana o Inep divulgou os novos horários de abertura dos portões e início das provas. Essa modificação foi necessária, visto que a diferenças de horário entre algumas localidades era muito grande, podendo chegar a 3 horas, como no Acre, assim, os candidatos irão passar muito do horário ideal para realização das provas.

Veja abaixo o horário correto:

– Horários da manhã

– Os portões serão abertos às 8 da manhã e fechados às 8h: 45min.

– As provas terão início às 9 horas e se encerram às 13 horas.

– Horários da Tarde

– Os portões serão abertos às 14h:30min e o fechamento está previsto para 15h:15 min.

– As provas terão início às 15h:30min e se encerram às 20h:30min.

Se você se inscreveu para realizar o Encceja, fique atento a novas informações sobre o exame.

A recomendação é de que no dia da prova, os candidatos procurem chegar 30 minutos mais cedo que o horário de abertura dos portões, evitando eventuais atrasos.

O Exame será composto por 4 cadernos, cada um correspondendo a uma área de conhecimento.

Os conteúdos cobrados para Ensino Fundamental são: Artes, Português, Língua Estrangeira, Matemática, Geografia, História, Educação Física, Ciências Naturais e Redação.

Já os conteúdos de Ensino Médio são: Redação, Linguagens, Códigos e sua Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias, Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Ciências Humanas e suas Tecnologias.

Sirlene Montes


Inscritos devem ficar atentos às mudanças no horário das provas do Encceja 2017.

O Inep, que é o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, na noite da última sexta-feira realizou a divulgação dos novos horários em que será realizada a aplicação das provas do Encceja, que é o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos.

Os horários já estavam confirmados, porém, devido à entrada do Horário de Verão em determinados estados, o Inep, considerando as diferenças de horário que podem chegar até 3 horas, como é o caso do Acre, determinou o novo horário.

Nesse sentido, os portões dos locais de realização de provas do Exame e também o início do Encceja, será adiantado em uma hora em cada turno de provas.

O novo horário considera o horário oficial de Brasília.

Como fica o horário para o turno da manhã?

Se você realizará o exame na parte da manhã, fique atento as novas informações:

– Os portões serão abertos às 8 da manhã e fechados às 8:45hs.

– As provas terão início às 9 horas da manhã e serão encerradas às 13h00.

Como fica o horário para o turno da tarde?

Quem for realizar o exame na parte da tarde deve estar atento as seguintes informações:

– Os portões serão abertos às 14h30min e serão fechados às 15h15min.

– As provas terão início às 15h30min, sendo encerradas às 20h30min.

– O que é o Encceja?

Encceja, que significa Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos, é um exame que visa possibilitar à jovens e adultos que não tiveram a oportunidade de estudar, a conquistar um diploma de ensino fundamental ou médio.

– Que dia será realizado o exame?

A prova está prevista para ser realizada no dia 22 do mês de outubro.

– Qual a finalidade do Exame?

O exame foi criado para possibilitar a certificação de ensino de nível fundamental. A partir do exame deste ano, também servirá para dar certificação de ensino médio, pois até o ano passado a certificação de ensino médio era obtida por meio da realização da prova do Enem.

– Como serão as provas?

Quem se inscreveu para o exame de ensino fundamental, este será formado por 30 questões sobre história, ciências naturais e geografia, sendo realizado no período da manhã. Já as outras 30 questões serão realizadas no período da tarde, sendo elas sobre de Língua Portuguesa, Artes, Língua Estrangeira Moderna, Matemática e Educação Física.

O Encceja do ensino médio terá 30 perguntas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Ciências Humanas e suas Tecnologias, a ser realizada no período da manhã. Já as outras 30 questões sobre Matemática e suas Tecnologias e Linguagens e Códigos e suas Tecnologias, serão realizadas no período da tarde.

Todos os inscritos terão que realizar redação, na parte da tarde, independente do nível. O texto tem valor de 0 até 10 pontos, sendo que para ser aprovado é necessário obter a nota mínima de 5 pontos.

No que refere as provas objetivas, cada matéria tem o valor total de 200 pontos, sendo que o candidato precisa para ser aprovado o mínimo de 100 pontos.

Aquele estudante que se sair bem em alguns conteúdos e outros não, poderá solicitar um documento de declaração de proficiência, que possibilitará a ele realizar novos exames no ano de 2018 sobre os conteúdos em que não obteve a média necessária.

Quem realizar o exame e conseguir a pontuação necessária para obtenção do certificado, deve solicitá-lo em qualquer Secretaria da Educação do país ou instituições que sejam conveniadas ao Inep.

Sirlene Montes


Confira o calendário da realização do Enem neste ano de 2017.

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) teve seu prazo de inscrição no mês de maio de 2017. Se você tem interesse em fazer essa avaliação, confira aqui algumas orientações importantes.

Neste ano, haverá duas datas de aplicação das provas. Contudo, a novidade é que serão em dois domingos seguidos, e não mais em apenas um final de semana como acontecia em anos anteriores. Essa alteração foi resultado da consulta pública que o Ministério da Educação (MEC) realizou e os alunos e a população em geral responderam no site do ministério.

Confira o calendário a seguir e anote as principais datas do ENEM 2017. O exame ocorrerá nos domingos dia 5 e 12 do mês de novembro.

A partir da segunda quinzena do mês de outubro, um pouco antes das provas, é necessário que você acesse o site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) – enem.inep.gov.br/#/antes?_k=on2no8, órgão responsável pela organização das avaliações, a fim de imprimir o cartão de confirmação de sua inscrição.

Nesse documento também constará a data, o horário e o local em que você vai fazer a prova. Lembre-se de imprimir o comprovante, pois o MEC não envia mais essa confirmação de inscrição para sua residência ou escola em que estuda.

Quando você receber qual o local de prova, faça um trajeto para conhecer melhor a localidade e estimar o tempo de percurso e qual o melhor acesso e transporte a ser utilizado.

Provas

No dia 5 de novembro, os candidatos farão provas sobre Redação, Linguagens e Códigos e suas Tecnologias e Ciências Humanas e suas Tecnologias. O tempo para responder aos quesitos será de 5h30. Nesse tempo o aluno deve passar a redação a limpo, do rascunho para a folha de resposta e marcar o gabarito corretamente.

Já no domingo seguinte, dia 12 de novembro, os estudantes farão prova sobre serão Matemática e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias e terão 4h30 disponível para responder às questões das provas e marcar o gabarito.

Durante a semana entre uma prova e outra, a dica é fazer revisão dos assuntos e evitar atividades que provoquem cansaço físico ou emocional. Lembre-se que você precisa ter disposição para ter atenção durante a prova e para marcar o gabarito sem erros.

No dia 16 de novembro (quinta-feira), será divulgado o gabarito oficial e também haverá publicação dos cadernos de questões.

Na data provável de 19 de janeiro de 2018 (sexta-feira) o MEC fará a divulgação do resultado final.

No mês de março o ministério publicará o desempenho dos treineiros e também os espelhos da redação.

Caso você tenha necessidade de algum atendimento especial, entre em contato com INEP e envie um laudo médico que ateste a sua dificuldade. Veja quais são as necessidades especiais e específicas: autismo, gestante, deficiência física, lactante, dislexia, visão monocular, deficiência intelectual, déficit de atenção, entre outras.

Este ano, o MEC oferece provas em libras para quem tiver deficiência auditiva e surdez. Esse recurso de acessibilidade é implantado ainda em caráter experimental. Caso dê certo, poderá ter continuidade nas próximas edições.

Se você não se lembra de sua senha de acesso, deve informar seu CPF e data de nascimento para que uma nova senha seja gerada para você.

No dia da Prova

Lembre-se de levar o seu comprovante de inscrição no dia da prova e também um documento com foto. Saiba que não serão aceitas cópias, mesmo que autenticadas. Confira quais documentos serão válidos: RG, passaporte, carteira de trabalho e previdência social (CTPS), carteira nacional de habilitação (CNH), certificado de reservista, entre outros.

Também é importante levar caneta de tinta preta e fabricada em material transparente.

Acesse o site enem.inep.gov.br/#/antes?_k=on2no8 para conferir mais informações.

Por Melisse V.


Exame acontecerá no dia 8 de outubro de 2017. Inscrições poderão ser feitas em agosto.

O Ministério da Educação e Cultura (MEC) divulgou em 26 de junho, segunda-feira, o cronograma relacionado ao Exame Nacional para Certificações de Competências de Jovens e Adultos, o ENCCEJA, exame o qual passará a substituir o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Tal prova, que não tinha sua aplicação desde o ano de 2009, terá também a função de certificação do ensino fundamental.

Quem pode realizar o exame do ENCCEJA

  • Jovens que não puderam concluir, com a idade correta, os seus estudos

  • Possuem no mínimo 15 anos de idade na data do exame, para o caso do ensino fundamental

  • Possuem no mínimo 18 anos de idade na data do exame, para o caso de ensino médio

  • Pessoas que se enquadram nos requisitos acima e estão privadas de liberdade

  • Pessoas que encontram-se fora do Brasil, mas que também atendem aos critérios

O exame será totalmente gratuito.

Datas de realização do ENCCEJA

Nacional

  • Exame: 8 de outubro de 2017

  • Locais: 564 locais considerando todos os estados da União

  • Inscrições: entre 7 e 18 de agosto de 2017

Nacional para pessoas privadas de liberdade (PPL)

  • Exame: 24 e 25 de outubro de 2017

  • Locais: deverão fazer adesão entre 14 e 25 de agosto de 2017

  • Inscrições: entre 21 de agosto de 2017 e 1º de setembro de 2017

Exterior

  • Exame: 10 de setembro de 2017

  • Locais: Boston e Nova Iorque, nos Estados Unidos; Caiena, na Guiana Francesa; Genebra, na Suíça; Londres, na Inglaterra; Nagóia, Hamamatsu e Ota, no Japão; Bruxelas, na Bélgica; Lisboa, em Portugal; Madri, na Espanha; Paris, na França e Amsterdã, na Holanda.

  • Inscrições: entre os dias 3 e 17 de julho de 2017

Exterior para pessoas privadas de liberdade (PPL)

  • Exame: de 11 a 22 de setembro de 2017

  • Locais: em Tóquio, no Japão e Caiena, na Guiana Francesa

  • Inscrições: no período compreendido entre 3 e 17 de julho de 2017

Para informações complementares basta acessar o portal do MEC (Ministério da Educação e Cultura) pelo link http://portal.mec.gov.br/encceja.

Esta será uma boa oportunidade para colocar os estudos em dia e aproveitar novas chances de melhorar o currículo acadêmico futuramente.

Boa sorte!

Por Silvano Andriotti


Confira aqui as provas e gabaritos da 1ª Fase do Vestibular de Inverno UECE 2017.

A UECE, Universidade Estadual do Ceará, publicou os cadernos de prova e também os gabaritos da fase inicial do Vestibular do segundo semestre de 2017, avaliação esta que foi aplicada no último domingo, dia 11 de junho. Os interessados em interpor recursos possuem os dias 12 e 13, segunda e terça-feira, respectivamente, para realizá-los.

Para conferir os gabaritos e os cadernos de prova da UECE, clique aqui.

Para interpor recurso é necessário preencher um formulário específico, o qual se encontra disponível através da página eletrônica do Vestibular da UECE. Os candidatos poderão pedir revisão do gabarito preliminar até a terça-feira, dia 13, às 17h.

Sobre o vestibular

As avaliações da primeira fase já se encontram disponíveis desde o último domingo, dia 11. A prova contou com 70 questões de múltipla escolha relacionadas a conhecimentos gerais. Os candidatos que foram aprovados para a próxima fase irão ser conhecidos no dia 26 de junho e no dia 29 do mesmo mês os mesmos saberão onde irão realizar o exame.

A fase dois do Vestibular da instituição cearense ocorrerá na data entre 2 e 3 de julho. Esta etapa da seletiva irá contar com três avaliações específicas para os cursos determinados pelos candidatos e também uma redação.

A universidade ainda não divulgou em qual data o resultado final do Vestibular do segundo semestre de 2017 será publicado. Provavelmente a lista de aprovados irá sair junto com cronograma de realização de matrículas e a ordem das chamadas dois classificados.

Sobre a concorrência

A maior concorrência do vestibular 2/2017 da universidade se concentrou na cidade de Fortaleza. Os cursos que foram mais concorridos ficaram por conta de Nutrição com 26,47, Enfermagem com 20,25 e Medicina Veterinária com 33,83.

A Universidade Estadual do Ceará disponibilizou neste certame 1642 oportunidades distribuídas pelos municípios de Quixadá, Fortaleza, Cratéus, Limoeiro do Norte, Itapipoca e Iguatu.

Para obter mais informações sobre o vestibular do segundo semestre de 2017 da Universidade Estadual do Ceará, bem como acessar o manual do candidato, clique aqui.

FILIPE R SILVA


Veja aqui as provas e gabaritos do Vestibular de Inverno PUC Goiás 2017.

Os cadernos de prova e também os gabaritos do Vestibular da PUC – Goiás, a Pontifícia Universidade Católica, que ocorreu no sábado, dia 10, já foram disponibilizados para serem baixados.

Para fazer o download do gabarito e da prova, clique aqui.

O certame foi realizado na cidade de Goiânia, nas unidades da PUC – Goiás, no período da tarde. As avaliações contaram com 60 questões, as quais foram distribuídas nas seguintes área do conhecimento: Linguagens e Códigos, Matemática e Ciências da Natureza, Língua Estrangeira e Ciências Sociais, além de uma Redação.

Na sexta-feira que antecedeu a prova, dia 9, os candidatos que concorriam para Arquitetura e Urbanismo realizaram as avaliações de habilidades específicas.

Sobre o Enem

Os concorrentes que decidiram utilizar as notas do ENEM, o Exame Nacional do Ensino Médio, de 2016 não tiveram que realizar o Vestibular.

Sendo que para tal precisaram comprovar uma nota de 400 pontos na média, entre as avaliações objetivas do exame e na redação 600 pontos. Este modo de ingressar não foi possível para os candidatos de Arquitetura e Urbanismo e Medicina.

Sobre os Resultados

No dia 20 de junho será publicado o resultado da avaliação de habilidades específicas realizado para o curso de Arquitetura e Urbanismo.

Por outro lado, no dia 22 de junho será divulgado o resultado do vestibular 2/2017 da PUC – Goiás e no período compreendido entre as datas 26 e 28 deste mês serão realizadas as matrículas dos aprovados.

De acordo com a instituição, será feita uma segunda chamada no próximo dia 30. Sendo assim, os aprovados nesta etapa terão de realizar suas matrículas na data que vai de 4 a 6 de julho.

Sobre as vagas

O Vestibular 2017/2 da PUC de Goiás vai preencher 4.020 oportunidades destinadas aos cursos de formação superior, sendo tecnológico, bacharelado e licenciatura. Todas as vagas são para preenchimento na cidade de Goiânia.

Para ter acesso a todas as informações do vestibular do segundo semestre de 2017 da PUC Goiás, bem como ler o documento de edital, clique aqui.

FILIPE R SILVA


Confira aqui as provas e gabaritos do Vestibular de Inverno Acafe 2017.

Você que fez o vestibular da Associação Catarinense das Fundações Educacionais, a ACAFE, precisa saber que a instituição já está disponibilizando a prova e o gabarito completo do exame da edição de Inverno de 2017.

Realizadas na tarde do último domingo, dia 11 de junho, e com início às 13h15, as provas foram aplicadas nas seguintes cidades: Florianópolis, Araranguá, Rio do Sul, Itajaí, Blumenau, São Bento do Sul, Joaçaba, Brusque, Canoinhas, São Francisco do Sul, Joinville, Chapecó, São José, São Miguel do Oeste, Lages, Caçador, Tubarão, Mafra, Concórdia, Videira, Orleans, Palhoça, Criciúma e Xanxerê.

Os gabaritos e as provas estão disponíveis para o download no site do Brasil Escola, no endereço eletrônico http://vestibular.brasilescola.uol.com.br/baixar/39370/.

Informações sobre o vestibular de inverno da ACAFE 2017

Os participantes do vestibular precisaram chegar com antecedência aos locais de prova, uma vez que todos os portões foram fechados pontualmente às 13h. Foi exigido de cada participante o uso de caneta esferográfica de tinta preta ou azul, que fosse fabricada em um material transparente para fins de fiscalização.

Na edição de 2017 o vestibular de inverno da ACAFE está oferecendo 5.797 vagas nas instituições a seguir: UNESC (Universidade do Extremo Sul de Santa Catarina), FURB (Universidade Regional da cidade de Blumenau), UNIDAVI (Centro Universitário de Desenvolvimento do Alto Vale de Itajaí), UNIFEBE (Centro Universitário de Brusque), UnC (Universidade do Contestado), UNISUL (Universidade do Sul Catarinense), UNIVALI (Universidade do Vale do Itajaí), UNIVILLE (Universidade da Região da cidade de Joinville) e UNOESC (Universidade do Oeste Catarinense).

O processo de seleção do Vestibular de Inverno realizado pela ACAFE foi constituído por uma redação e provas nos seguintes assuntos: Língua Estrangeira, Língua Portuguesa, História, Matemática, Geografia, Química, Física e Biologia.

Em relação à divulgação de desempenho individual de cada participante, essa está prevista para acontecer no dia 27 de junho, no portal da ACAFE no endereço eletrônico http://www.new.acafe.org.br/acafe/. Já o resultado final ocorrerá no dia 4 de julho.

Ainda não há data oficial divulgada para as matrículas dos candidatos. Além disso, a documentação necessária para a realização dessas ainda será falada posteriormente.

Quem quiser mais informações sobre o vestibular pode acessar ainda o edital do processo seletivo no endereço http://vestibular.brasilescola.uol.com.br/.

Kellen Kunz


Confira aqui as provas e gabaritos do Vestibular de Inverno PUC-RS 2017.

Os gabaritos e os cadernos de prova do Vestibular do segundo semestre da PUC – RS, Pontifícia Universidade do Estado do Rio Grande do Sul, já se encontram disponíveis. O certame foi aplicado no último sábado, dia 10 de junho, no período da tarde. A abstenção do processo de seleção alcançou 7,64%.

Para conferir o gabarito e o caderno de prova da PUC – RS, clique aqui.

O vestibular do segundo semestre de 2017 contou com 40 questões de múltipla escolha, as quais estavam distribuídas entre as seguintes áreas do conhecimento: Geografia, História, Matemática, Língua Portuguesa, Literatura e Inglês/Espanhol, assim como uma Redação.

Ingresso pelo Enem

A PUC do Rio Grande do Sul permitiu que os candidatos interessados fizessem uso de sua nota do ENEM, o Exame Nacional do Ensino Médio. Os interessados teriam de decidir a nota de qual ano desejavam utilizar entre os anos de 2014 e 2016.

Os concorrentes puderam pleitear as vagas somente através da nota do Enem, modalidade que solicitou que o mesmo alcançassem uma nota de 450 pontos nas questões objetivas e na redação uma pontuação maior que zero ou ainda assim realizar a avaliação do vestibular. Os que participaram por ambas as modalidades formas terão considerada a melhor nota.

Sobre o resultado

O resultado oficial do vestibular do segundo semestre da PUC – RS deverá ser divulgado no dia 14 de junho e no dia 20 do mesmo mês serão realizadas as matrículas.

Já no dia 27 de junho está prevista a segunda chamada, onde no dia 29 os aprovados irão realizar suas matrículas. Simultaneamente as listas de espera também estarão disponíveis.

Sobre as Vagas

O processo de seleção para o segundo semestre de 2017 da Pontifícia Universidade do Estado do Rio Grande do Sul visa preencher 2.310 oportunidades, as quais estão distribuídas, ao todo, em 37 diferentes cursos. Todos eles disponíveis na cidade de Porto Alegre (RS), no campus Central da instituição.

Para acessar mais informações sobre o processo de seleção e o manual do candidato, clique aqui.

FILIPE R SILVA


Confira aqui o gabarito da prova da segunda aplicação do Enem 2016.

O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas) divulgou nesta quarta-feira (7) o gabarito da prova do Enem de dezembro, aplicada no último final de semana.

Houve um pequeno contratempo e uma das questões da prova de Ciências da Natureza foi invalidada. A prova foi realizada no sábado (3) e foram utilizadas três tipos de prova: na de cor amarela a questão anulada é a 52; na cor de rosa é a questão 88; na cor azul é 60 e na branca é a 58.

A questão anulada propunha ao candidato analisar quatro gráficos, contudo o Inep entende que, mesmo não havendo erros nos dados, com as escalas apresentadas pode ter ficado um tanto difícil a visão de pontos referentes à concentração de gases. E com isso o candidato poderia ter uma interpretação diferenciada.

De acordo com o comunicado passado pelo Inep, a invalidação da questão não causará nenhum impacto nas notas finais do Enem que se baseia na Teoria de Resposta ao Item (TRI), sendo assim, a pergunta não será levada em conta no cálculo das proficiências.

As provas do Enem foram adiadas em 166 municípios de 23 estados e Distrito Federal, totalizando 273.524 candidatos por causa de ocupação estudantil nos locais de realização das provas, além de mais 4.133 candidatos que foram obrigados a aguardar nova oportunidades por motivos como: falta de energia, falta de controle no horário das provas e até erro na identificação de candidatos. Mas todos puderam realizar novas provas no último sábado (3) e domingo (4).

Abstenção

Nessa segunda aplicação das provas do Enem houve uma abstenção de 39,7%, só no sábado e 41,4%, no domingo. Alguns candidatos contaram que havia salas quase vazias, como é o caso de um município do Pará que esperava 116 candidatos e só apareceram 8, no primeiro dia. Houve ainda casos de apenas 1 candidato fazendo a prova.

Calendário

  • Terceira aplicação das provas do Enem 2016 para Pessoas Privadas da Liberdade (PPL) acontecerá nos dias 13 e 14 de dezembro.
  • As notas finais para todos os candidatos, de acordo com o Inep, serão divulgadas no dia 19 de janeiro de 2017.

Por Ruth Galvão


Inep divulgada locais de realização da prova através do aplicativo e site do Enem.

Se você se inscreveu para o Enem 2016, leia este post e obtenha importantes informações sobre a prova.

Os dias de realização das provas do Exame Nacional do Ensino Médio 2016, o Enem, estão se aproximando. Os inscritos estão à espera do cartão de confirmação que informa o local da realização da prova. Segundo Eunice Santos, diretora do sistema de gestão de planejamentos do MEC (Ministério da Educação e Cultura), a partir de 18 de outubro os candidatos terão acesso ao cartão que traz importantes informações, como local e horário das provas. O anúncio da diretora foi feito durante uma cerimônia que celebra o começo da distribuição das provas do Enem 2016.

É por meio do aplicativo do Enem (criado pelo governo federal) e pelo site oficial do Enem que o cartão de confirmação poderá ser acessado. Além disso, as informações também serão enviadas via e-mail aos inscritos. Desde o ano passado o cartão de confirmação não é enviado na versão impressa, somente digital.

Na última quarta-feira dia 05, Maria Inês Fini, presidente do Inep, autorizou a expedição dos cadernos de prova. Ao total, 75.000 malotes lacrados eletronicamente foram levados por caminhões que saíram da cidade de Osasco para os Correios ,que farão a distribuição para o equivalente a 1,7 mil cidades do Brasil. Toda a operação é feita com escolta policial.

A novidade de 2016 é que os candidatos ao assinarem a lista que confirma sua presença na sala de provas passarão pelo sistema de biometria, que é o reconhecimento de digitais. Uma maneira de evitar problemas como fraudes. Neste ano o governo federal disponibilizará 22 mil de seus servidores, que estarão trabalhando na função de certificadores junto aos coordenadores das provas, em todos os pontos de aplicação.

As provas do Enem 2016 estão marcadas para os dias 5 e 6 de novembro. No sábado, primeiro dia, a duração será de 04h30min para resolução de questões de ciências da natureza e ciências humanas. Por sua vez, para o domingo serão disponibilizadas 5h30min para as questões de matemática, linguagens, redação e códigos e suas tecnologias.

O horário para início das provas é 13h30min, mas para evitar correrias os portões estarão abertos a partir do meio-dia e fechados às 13h em ponto, no horário de Brasília.

Sirlene Montes


Exame será aplicado em 1,7 mil municípios brasileiros e terá mais de 8,5 milhões de candidatos.

Na última terça-feira, 30 de agosto, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), lançou um balanço dos números do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) 2016. Ao todo, a prova será aplicada em 1,7 mil municípios espalhados por todo o Brasil. Mais de 8,5 milhões de pessoas farão as provas, que serão realizadas nos dias 5 e 6 de novembro.

De acordo com o balanço, mais de 600 mil pessoas estarão encarregadas de cuidar de tudo para que a prova seja aplicada. Até a Força Nacional entra na operação. É que desde 2009, quando algumas provas foram roubadas e tiveram seu conteúdo vazado, fazendo com que o Governo Federal tivesse que adiar a aplicação da mesma, a Força Nacional colabora com a realização do Exame. A FN irá acompanhar a impressão e o armazenamento das provas para se certificar de que não haverá nenhum vazamento.

No primeiro dia, os candidatos terão quatro horas e trinta minutos para fazer as provas de ciências da natureza e de ciências humanas. No segundo dia, será a vez da realização das provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e matemática. Desta vez, o candidato terá um tempo de prova de cinco horas e trinta minutos.

Em ambos os dias, os portões dos locais de prova serão abertos às 12h (horário de Brasília). O fechamento está previsto para às 13h (horário de Brasília), sempre lembrando que em novembro o Brasil estará no horário de verão. Todo cuidado é pouco para os candidatos, já que após o fechamento dos portões nenhum candidato pode mais adentrar aos locais de prova. O horário de início das provas será às 13h30. O Inep divulgará o gabarito oficial das questões até o dia 9 de novembro, porém, ainda não há data para o resultado oficial das notas do Exame.

Veja abaixo alguns dos números no balanço divulgado pelo Inep e que marcarão o ENEM 2016:

  • 8.627.194 candidatos inscritos;
  • 1.727 municípios;
  • 17 mil locais de prova;
  • 16 milhões de provas;
  • 77 mil malotes de provas;
  • 476.040 mil coordenadores e fiscais de locais de prova;
  • 40.000 agentes das polícias Federal, Rodoviária Federal, Civil, Militar e do Corpo de Bombeiros;

Renato Senna Maia


Fazer a prova do Vestibular em uma sala lotada pode assustar muitas pessoas, mas seguindo algumas dicas é possível se tranquilizar e realizar uma boa avaliação.

A pressão psicológica que o Vestibular traz começa no momento em que entramos na sala e nos deparamos com vinte, trinta pessoas com o mesmo nome, pessoas que passam a impressão de que sabem tudo, etc. A sala lotada é uma armadilha para aqueles que não estão psicologicamente preparados para isso, pois são pessoas que lutam por uma mesma vaga na faculdade e não é exagero dizer que você deve derrotá-los. Outro problema que acontece em momentos como esse é nos perguntarmos se aquela pessoa com cara de inteligente sabe a questão que estamos enroscados. Você vai aprender aqui alguns macetes para se dar bem no Vestibular, mesmo em uma sala lotada.

· Durma bem: Se você é o tipo de pessoa que não consegue dormir na véspera de alguma coisa importante, cuidado, pois isso pode prejudicar e muito o seu desempenho! Tome um chá calmante, coloque uma playlist relaxante para tocar. Não se esqueça que devemos dormir oito horas por dia.

· Não coma coisas pesadas na véspera ou no dia da prova: Alimentos muito pesados podem tirar o nosso sono e, além disso, podem fazer com que tenhamos uma baita diarreia. Por isso, durante o período de prova, prefira se alimentar da forma mais saudável possível.

· Aproveite todo o tempo disponível: Fazer a prova correndo é pedir para perder a concentração e cometer erros bobos, sobretudo no gabarito. Por isso, sempre que terminar algum caderno, levante-se, beba uma água, se alongue, vá ao banheiro, coma uma barra de cereal ou um pedaço de chocolate e volte apenas quando você se sentir preparado para mais uma rodada de questões. Nunca, em hipótese alguma, faça a prova com fome, com sede ou com vontade de ir ao banheiro, pois isso vai tirar o seu foco e, além disso, vai fazer com que você resolva os exercícios correndo.

· Comece pelo conteúdo que você domina: Pode parecer bobagem, mas resolver primeiro o caderno que tem a matéria que você nunca foi bom pode acabar com o seu psicológico e, com isso, diminuir as suas chances. Por isso, comece pelas matérias que você domina e se dedique ao máximo a elas, pois isso te dará uma dose extra de confiança.

Com essas dicas, com certeza você vai superar a pressão da sala lotada e conseguirá resolver a prova tranquilamente. A ideia principal é você focar em você mesmo e na sua prova.

Por Jéssica Lima Cochete


Alguns aspectos fazem a diferença no momento de redigir uma boa redação.

De modo geral, concursos públicos, vestibulares e até mesmo processos seletivos exigem que o candidato produza uma redação, a qual pode facilmente eliminar a chance de conseguir aquela tão sonhada vaga. Por outro lado, saber como e quando utilizar determinados elementos linguísticos nessa produção textual pode ser complicado. Pensando nisso, listamos 5 dicas que podem te ajudar a produzir uma redação ou um bom texto para alcançar os seus objetivos.

1. Leia de tudo um pouco. Seja curioso!

Em alguns casos, ler pode ser um pouco chato, mas já pensou em começar a ter esse hábito encontrando assuntos que são do seu interesse? Depois, com o tempo, procure se informar sobre diversos tópicos. A leitura não irá garantir um domínio gramatical, porém será uma excelente aliada no momento de expor melhores argumentos e, consequentemente, de desenvolver o tema da redação mais facilmente. Portanto, poderá ser um caminho para expandir seu vocabulário, seus conhecimentos e enriquecer o seu texto.

2. Saiba interligar os elementos do seu texto

Para obter uma redação sem repetições de ideias e que não seja cansativa, é necessário fazer uso de elos coesivos, que podem ser pronomes, adjetivos, advérbios, elipses, etc. Por exemplo, observe a seguinte frase: “João foi à escola. João fez vários exercícios. João voltou para casa”. Essa sentença pode ser substituída por: “João foi à escola e fez vários exercícios. Após isso, voltou para casa”. A alteração deixou a frase mais fácil de ser lida, não é mesmo?

3. Observe se o seu texto é compreensível

Quando for escrever um texto, analise se ele tem coerência. Ou seja, se ele faz sentido, se qualquer pessoa conseguiria compreendê-lo. Para isso, vale verificar se não há contradições de ideias, vícios de linguagem e se cada frase de fato é uma informação valiosa. Adicione fatos interessantes e que possam sustentar a sua tese. Procure prender a atenção do seu leitor com esses dados.

4. Tenha cuidado com os aspectos gramaticais

É evidente que erros gramaticais empobrecem e penalizam qualquer texto. Para evitar esse tipo de problema, é importante ter certo domínio de ortografia, concordância verbal e nominal, pontuação, etc. O ideal não é decorar terminologias, mas sim compreender como determinados aspectos podem ser incorporados ao seu texto. Nesse caso, é possível fazer vários exercícios e simulados de língua portuguesa; há muitos deles na internet e de graça. Além disso, sempre que possível escreva, treine e peça para algum professor ler e corrigir seu texto. Há sites que oferecem esse tipo de serviço on-line.

5. Revise o seu texto

Antes de entregar a redação, procure revisá-la. Assim, observe se não há alguma frase ou trecho que pode ser alterado ou retirado, se a pontuação está correta, se as palavras estão escritas da maneira correta. Verifique, ainda, se a introdução, o desenvolvimento e conclusão estão bem executados. Não se esqueça de que esses três elementos fazem com que o leitor identifique o início, meio e fim da sua redação.

Com essas dicas, será mais fácil escrever um bom texto. Bons estudos!

Por Camilla Silva


Gabaritos foram divulgados no dia 9 de março.

Na tarde do dia 9 de março foram divulgados os gabaritos das provas da Uneb (Universidade Estadual da Bahia) por intermédio do CPS (Centro de Processos Seletivos).  Uma das melhores universidades da Bahia, com 22 anos de história e uma excelente qualidade na educação.

Os gabaritos encontram-se no site da instituição (www.vestibular2016.uneb.br/?p=188). Para ter acesso os vestibulandos deverão digitar o número de identificação, a data de nascimento, o CPF, o número de inscrição e o e-mail.

As provas foram realizadas em dois dias, 6 de março (domingo) e 7 de março (segunda-feira), ocorrendo em 91 unidades de ensino da Bahia, sendo 28 unidades em Salvador e 63 no interior da Bahia. No dia 6 de março, os vestibulandos interessados nas 2.974 vagas oferecidas pela universidade, tiveram 4 horas para fazer os exames de língua portuguesa, língua estrangeira, ciências humanas e redação. Já no dia 7 de março foram realizados os exames de matemática e ciências da natureza, e os vestibulandos tiveram mais 4 horas para finalizar essa etapa.

Essas 2.974 vagas estão distribuídas entre 109 cursos de graduação, sendo Medicina, Nutrição, Fisioterapia, Direito e Enfermagem, os mais concorridos. A universidade concede 40% das vagas para candidatos negros que sempre estudaram em escolas públicas e 5% para indígenas. Esses candidatos devem provar que a renda familiar é igual ou inferior a 4 salários mínimos.

Com 38.732 candidatos, 12.596 não compareceram no local indicado para realizar a prova. O motivo desse grande número de abstenção foi o adiamento das provas. A prova estava marcada para ocorrer em dezembro de 2015, porém foi adiada para março de 2016, o que ocasionou que os candidatos ingressassem em outras universidades.

Os 109 cursos são encontrados nas instituições da Uneb que estão localizadas nas cidades: Alagoinhas, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Brumado, Camaçari, Caetité, Conceição do Coité, Euclides da Cunha, Eunápolis, Guanambi, Ipiaú, Irecê, Itaberaba, Juazeiro, Paulo Afonso, Salvador, Santo Antônio de Jesus, Seabra, Senhor do Bonfim, Serrinha, Teixeira de Freitas, Valença e Xique-Xique.

De acordo com a Uneb, o resultado final do processo seletivo será divulgado somente no próximo mês, dia 20 de abril de 2016.

Se desejar mais informações, verifique o edital do vestibular (vestibular.mundoeducacao.bol.uol.com.br/noticias/uneb-disponibiliza-gabaritos-vestibular-2016/329438.html) ou ligue no número 0800-071-3000. 

Por Aline Aparecida Feitosa Dias


É preciso ter um plano de estudos bem estruturado para estudar para o vestibular. Para a disciplina de matemática alguns assuntos podem ser levados em consideração com maior dedicação por parte do estudante.

O vestibular é no fim do ano, mas muitos estudantes começam a se preparar desde janeiro. É muito importante ter um plano de estudos para seguir, com todos os conteúdos que precisam ser estudados.

Um dos conteúdos que os estudantes costumam errar mais é a matemática, e acertar uma grande quantidade de questões da disciplina pode ter um grande peso.

Confira aqui os temas de matemática mais cobrados no vestibular:

– Porcentagem: a porcentagem é muito cobrada e aparece em todos os vestibulares. Geralmente irá aparecer em um contexto de situação-problema, ou em matemática financeira.

– Equações de 1º e 2º grau: geralmente, os exercícios propõem um problema que poderá ser resolvido com uma equação. O estudante deve ter atenção em todos os dados que são fornecidos no enunciado, para que assim identifique seu “x” e consiga fazer a equação corretamente.

– Triângulos: os triângulos irão aparecer de diversas formas, incluindo questões de semelhança de triângulos e teorema de Pitágoras. Essas questões, em sua maioria, não serão tão contextualizadas e irão cobrar diretamente o conhecimento sobre o conteúdo. Os triângulos também aparecem na geometria analítica e espacial.

– Seno e cosseno: os teoremas do seno e cosseno estão aparecendo cada vez mais nos vestibulares. Podem não estar presentes em diversas questões, mas se o estudante os tiver claramente em sua mente poderá ganhar uma questão ou duas.

– Áreas: o cálculo de áreas pode aparecer de diversas maneiras. Como forma de auxílio, o estudante pode desenhar a figura em questão no problema, assim terá uma ideia visual e organizará melhor suas ideias.

– Volume: o cálculo do volume também irá aparecer. Poderá ser de forma contextualizada ou não e costumam ser questões mais complexas.

– Logaritmos e exponenciais: essas questões costumam exigir mais domínio prático do conteúdo. As questões teóricas irão cobrar o conhecimento das propriedades dos logaritmos.

– Funções trigonométricas: os alunos costumam apresentar dificuldades nessa matéria. Ela deve ser constantemente estudada e irá aparecer em problemas contextualizados que muitas vezes irão envolver oferta e procura.

– Probabilidade: essa é outra matéria que merece estudo constante. Pode acabar sendo uma das questões mais complexas da prova.

– Polinômios: a maioria das questões sobre polinômios não serão contextualizadas. Irão cobrar, na maior parte das vezes, os conceitos práticos, como: Teorema do Resto, Briot-Ruffini e as relações de Girard.        

Por Isabela Palazzo


Física é, normalmente, uma das disciplinas onde os estudantes apresentam mais dificuldades, por isso, alguns assuntos sobre a matéria podem ser citados para uma melhor preparação para as provas de vestibulares.

Físicacostuma ser uma das disciplinas na qual os estudantes apresentam maiores dificuldades. Também é uma matéria muito importante no vestibular, podendo fazer uma grande diferença na nota em um vestibular ou ENEM, garantindo até mesmo uma vaga em uma universidade federal. Confira aqui os temas de física mais cobrados no vestibular:

Cinemática: na cinemática as questões envolverão velocidade média, gráficos que apresentem relações de velocidade, espaço ou aceleração assim como a velocidade em relação ao tempo. Possivelmente será contextualizado em problemas que incluem objetos e situações cotidianas, como carros e montanha russa.

Dinâmica: dentro da dinâmica são estudadas as Leis de Newton. O vestibulando deve ter domínio sobre as três leis, especialmente a 1ª Lei que será associada com movimento uniforme e a 2ª Lei que será relacionada com o movimento uniformemente variado. O conceito e aplicação de forças também aparecerão.

Energia e trabalho: a energia conservada e dissipada será cobrada na prova, assim como os sistemas que utilizam energia. O estudante deve estudar também as transformações de energia e os tipos que existem.

Calor e termodinâmica: as noções de trocas de calor e dilatação térmica devem ser estudadas, incluindo suas fórmulas. As leis da termodinâmica também irão aparecer em questões contextualizadas e merecem atenção. As conversões de medidas de temperatura devem ser estudadas constantemente para que não sejam esquecidas, pois poderão ser uma peça fundamental para resolver uma questão.

Hidrostática: dentro da hidrostática devem ser estudadas a pressão exercida por fluidos, o empuxo, os conceitos de massa e de densidade. No entanto, o estudante deve ter atenção também no Teorema de Arquimedes e no Teorema de Stevin.

Luz: a reflexão e refração de luz estão presentes constantemente em vestibulares e no ENEM. As questões costumam ser teóricas e questionar sobre projeção de sombras e imagens em lentes e espelhos.

Ondas: as questões sobre ondas podem ser teóricas, ou envolvendo cálculos. Aquelas que aparecem com mais frequência costumam exigir que o estudante tenha domínio da equação fundamental e dos cálculos para descobrir o comprimento ou período das ondas.

Eletricidade: muito importante também no ENEM, costuma ser cobrada com circuitos elétricos e cálculos para potência elétrica.

Magnetismo: o magnetismo irá aparecer em questões que relacionarão a matéria com a atração ou repulsão de imãs.     

Por Isabela Palazzo


Confira aqui algumas dicas do que fazer enquanto espera a chegada da data da prova.

Final de ano é tudo igual, muitas famílias planejando férias, Natal, Ano Novo, estudantes contando os dias para jogarem os cadernos pro alto e relaxar depois de um ano puxado. Não para vestibulandos. Vestibulandos são estudantes focados no futuro, nas escolhas mais difíceis de suas vidas. Determinar, ainda tão jovem a profissão que irá exercer por toda sua vida, é uma tarefa nada fácil.

Como se isso não bastasse, ainda tem uma maratona de provas para entrar na faculdade escolhida. Muitos optam por prestar vestibulares em diversas instituições e ai lá se vão inúmeros finais de semana focados e tensos nas provas.

Enquanto essas datas não chegam, cada um cria estratégias pessoais para manter o foco no estudo, sem perder a concentração, controlando a ansiedade.

Aqui seguem algumas dicas do que fazer para ajudar nessa espera.

Alimentação saudável é fundamental. Parece corriqueira essa dica, mas muitos não a seguem e sofrem as consequências. Momentos muito ansiosos desencadeiam gastrites, dores de cabeça, cansaço intenso e estresse, a pressão psicológica deixa nosso organismo bem transtornado. Uma alimentação saudável pode ajudar seu corpo a se manter firme e forte nesse momento, principalmente forte, no dia da prova corpo e mente devem estar em sintonia total.

Para essa sintonia ser ainda melhor, água neles. Hidrate-se muito, ande com uma garrafa de água, beba sucos, água de coco, corpo bem hidrato ajuda na prevenção de inúmeras doenças e anda é um ótimo condutor de energia.

Leia um livro, mesmo um que não esteja na lista do vestibular, algum que lhe agrade e que possa ser considerado como um momento de lazer. Acredite, não é perda de tempo, ali você estará enriquecendo seu vocabulário, mantendo seu português em dia, estimulando raciocínio para a hora da redação, mas de uma maneira mais relaxante.

Pratique exercícios, isso lhe estimulará a estudar mais depois, a mandar a preguiça para bem longe.

E ai, sim, depois da prova, esqueça os cadernos, as apostilas, os livros, e relaxe. Sabendo que você fez se melhor, aguarde o resultado com pensamento positivo.

Por Vivian Schetini


Os inscritos já podem consultar os locais onde realizarão as provas do vestibular de verão 2016 da UFPR. Primeira fase será realizada no dia 8 de novembro.

A UFPR divulgou a lista com os locais de prova para o seu Vestibular de Verão 2015/2016. Os candidatos inscritos já podem consultar a sua sala desde o dia 4 de novembro de 2015.

Para acessar as informações referentes aos locais de prova, basta acessar o link nc.ufpr.br que direciona para o site da instituição. Após isso deve acessar o link de comprovante de ensalamento dos candidatos da primeira fase do vestibular.

Para ter acesso às informações, o candidato deve ter em mãos o número do CPF e informar a data de nascimento. Vale lembrar que a Instituição requisita a apresentação do comprovante de ensalamento juntamente com um documento oficial com foto, para que o candidato possa realizar a prova.

A data de realização do teste é no próximo domingo dia 8 de novembro de 2015. O início da prova está marcado para as 14h, horário de Brasília, e terá duração máxima de 5 horas, sendo que os portões estarão abertos a partir das 12h30, fechando-se as 13h30.

Quem conseguir a aprovação na primeira fase, terá ainda mais uma prova marcada para o dia 6 de dezembro de 2015, onde serão testados os conhecimentos específicos da área pretendida por cada candidato.

Para a primeira fase do Vestibular de Verão 2015/2016 a UFPR recebeu mais de 58,9 inscrições. O número é superior ao do último vestibular de verão ocorrido no ano passado que teve um total de 57.068 inscritos.

A UFPR está oferecendo para esse vestibular de verão, 4.886 vagas, sendo elas distribuídas entre 119 cursos. Pelo Sisu (Sistema de Seleção Unificada) há ainda mais 1.929 vagas.

Para mais informações sobre a prova basta acessar o edital do Vestibular de Verão, disponível no site do Núcleo de Concursos citado anteriormente, acessando a seção Guia do Candidato.

De acordo com a UFPR, o gabarito provisório da prova será informado no portal da universidade no mesmo dia da prova (domingo).  

Por Igor Furraer


Alguns cuidados e planejamento são muito importantes para a última semana que antecede as provas do Enem.

Com o Enem chegando, muitos estudantes podem ficar ansiosos e pensando o que fazer na última semana de estudos. Mas o momento não é para desespero.

Se você teve uma boa grade de estudos, respeitando os horários e separando os temas corretamente, chegou a hora de fixar alguns conhecimentos que por acaso não tenham sido absorvidos de forma efetiva.

Já que resta somente uma semana, dê atenção às disciplinas que possui maior dificuldade. Valem aulas extras, os famosos “aulões”, que são oferecidos por alguns cursos preparatórios. Os eventos costumam ser feitos em grandes auditórios ou mesmo teatros e casas de show. Os eventos são ideais para estar em contato com as disciplinas, em outro ambiente, o que pode gerar uma maior descontração, além do benefício da maior interação com outros estudantes, que podem proporcionar trocas importantes.

É hora de se preparar para o tempo de prova. Fazer simulados com o tempo exato da prova pode ajudar a ter controle na hora da prova real. Seu cérebro estará muito mais preparado se for treinado com antecedência. Alguns sites de estudos oferecem provas com conteúdos semelhantes ao do exame. Se não conseguir, vale resolver provas anteriores, só para ter uma noção do tempo gasto em cada questão.

Já sabe onde vai fazer a prova? Uma boa opção para essa última semana é visitar o local de prova e traçar os meios de transporte que te levarão até lá. Veja o tempo gasto com transporte público, as opções de horário (lembre-se que aos finais de semana os horários costumam ser irregulares), e se for de carro, verifique a possibilidade de estacionamento. Não deixe para descobrir isso na última hora.

O sono também é importante para essa reta final. Procure dormir cedo e comer alimentos leves, que não possam interferir em seu metabolismo. Dessa forma, você não terá problemas como cansaço ou esgotamento físico no dia da prova.

Para a véspera da prova, muitos cursos oferecem aulões, mas o indicado é evitar o cansaço. Prefira revisar algo em casa, dar uma última lida em algum capítulo importante e ver algum material que possa ter esquecido. Mas evite grande número de horas estudando, para evitar o nervosismo.  Antes de qualquer coisa, o Enem é um exame que mede sua capacidade de controle mental. Portanto, na véspera, evite situações desgastantes. Durma cedo e, no dia do exame, procure chegar com boa antecedência, para se acalmar e se ambientar ao local.

Ao agir com calma e com bastante planejamento, a reta final será muito mais tranquila e a prova será feita com muito mais tranquilidade.

Por Rodrigo Silva

Prova do Enem


A língua escrita utiliza-se de certos sinais gráficos para poderem expressar intensidade, emoção e pausas. Esses são elementos da oralidade que são transpostos para a modalidade por meio do que chamamos de pontuação.

Um dos grandes problemas, e que conta muito ponto, é a utilização correta da vírgula. Assim, buscamos analisar, de forma breve e objetiva, o uso dessa ferramenta.

Primeira dica em relação à vírgula, é que não separamos sujeito de predicado. Exemplos:

– Paulo comprou um carro (correto)

– Paulo, comprou um carro (errado)

Os termos repetidos também vêm separados por vírgulas. Exemplo: 

– Nada, nada, nada, nunca tinha nada.

O vocativo também vem separado por vírgulas, exemplo:

– Maria, venha cá menina!

As orações intercaladas também demandam a utilização da vírgula, exemplo:

– Não sei se eu vou à festa, respondi eu.

Os adjuntos adverbiais que iniciam as frases também utilizam a vírgula:

– Hoje, vou almoçar na fazenda

Utilizamos também a vírgula para separar datas e nomes de locais. Exemplo:

– São Paulo, 25 de dezembro de 2014.

Na elipse do verbo também se usa:

– Ela comprou um sorvete; eu, depois.

A vírgula também é utilizada para separar explicações, como:

– João, o rapaz do mercado, casou-se com Maria.

Um dos pontos que causam muita dúvida é o emprego da vírgula antes da conjunção “e”. Para usar corretamente essa pontuação, devemos ter em mente que a segunda oração do período trata-se de um sujeito ou assunto diferente da primeira, exemplo:

– A lua descia lidamente, e a noite tinha um clima agradável;

Quando temos um sujeito composto, tendo mais de três pessoas, utilizamos também:

– João, Rafael e Ricardo compraram um pequeno rancho.

– São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais são integrantes da região sudeste do Brasil.

Para quem está estudando para vestibulares ou concursos, um exercício bastante interessante de ser feito é pegar textos de revistas, jornais e livros e buscar explicação para utilização de cada vírgula, assim, você consegue aprender na prática as regras de utilização.

Por Thiago José Fernandes


O momento mais difícil para os estudantes é a hora de escrever uma redação. Na maioria dos concursos e vestibulares, a redação tem o mesmo peso que as questões de múltipla escolha e é neste momento, da escrita, que temos a oportunidade de mostrar nossas competências linguísticas, contudo, muitas pessoas não estão preparadas ou não se sentem preparadas o quanto gostariam.

Saber escrever é algo de extrema importância, mas, para você redigir bons textos, é essencial ter o hábito de leitura e usar todas as regras da Língua Portuguesa corretamente.

Nós sabemos que essa tarefa não é tão fácil, por isso listamos algumas dicas que podem te ajudar na hora de redigir uma redação:

– Não faça criticas sem fundamento ou sem objetivos. Se for analisar algo, se baseie em fatos e acontecimentos reais;

– Sempre apresente soluções coerentes para problemas levantados;

– Opte por uma linguagem mais simples;

Não use jargões, gírias, coloquialismo e palavrões na sua redação;

Nunca abrevie palavras: "vc", "msm","qdo", entre outras;

– Seja claro e objetivo. Não se esqueça de fazer um parágrafo para introdução, um para o desenvolvimento e um para a conclusão;

–  Se você começou a escrever um novo argumento, coloque ponto final e não vírgula;

– Não se esqueça da concordância verbal. Se o sujeito está no plural, o verbo também deverá estar;

Não repita palavras incessantemente, use sinônimos;

– Respeite o numero máximo e o mínimo de linhas estipulado;

– Capriche na letra, se você não confia na legibilidade de sua caligrafia, use a letra de fôrma;

– Escreva muitos textos antes da sua prova, isso pode te ajudar a aprimorar as técnicas de redação;

– Evite escrever períodos longos;

– Fique atento à coerência e à coesão;

– Reserve um tempo para reler o texto, pois, quando relemos nossa redação, podemos encontrar alguns erros;

–  E sempre faça essa pergunta a você mesmo: será que um leitor entenderia sobre o que estou escrevendo?

Por Raquel Alice


Os candidatos do vestibular UEMG 2015 já podem ter acesso ao Comprovante Definitivo de Inscrição, disponibilizado no dia 24 de novembro no site copeps.uemg.br.

A apresentação do comprovante, juntamente com um documento de identificação com foto é necessária para que o candidato tenha acesso aos locais de realização das Provas Gerais, que acontecerá no dia 30/11/2014 (domingo). A COPEPS informa aos candidatos que será possível a impressão do Comprovante Definitivo de inscrição apenas do dia 24 a 29 de novembro.

De acordo com o edital: caso o participante esteja impossibilitado de apresentar documento de identificação original com foto, por motivo de perda, furto ou roubo, deverá apresentar documento que ateste o registro de ocorrência em órgão policial, expedido há, no máximo, 90 dias das provas.

Os portões dos prédios onde serão realizadas as provas serão fechados após o início das mesmas. O candidato que chegar após o fechamento dos portões será automaticamente eliminado. O candidato deverá permanecer no local das provas por, no mínimo, 60 minutos após o início delas (período de sigilo).

As Provas Gerais serão compostas de 9 disciplinas concernentes a conteúdos do núcleo comum do Ensino Médio, e a redação. Para cada disciplina serão apresentadas 6 questões objetivas, de múltipla escolha, com quatro opções de resposta. A prova tem duração de 4h30 incluído, nesse tempo, o preenchimento do Cartão de Resposta.

 Para a realização das Provas Gerais, será permitido, apenas, o uso de caneta esferográfica azul ou preta, lápis e borracha. Será automaticamente eliminado o candidato que utilizar-se de quaisquer meios considerados fraudulentos ou for encontrado portando, mesmo que desligados, quaisquer tipos de relógio, telefone celular, page, beep, calculadora, e semelhantes. Também não será permitido para ingressar no local das provas, candidatos com livros, manuais, anotações, óculos escuros, bonés, chapéus ou similares. Cabelos longos deverão estar presos. Não é permitido fumar nas dependências dos prédios onde estarão sendo realizadas as provas.

O candidato que estiver portando qualquer tipo de arma, mesmo com documento de porte, será eliminado.

Mais informações disponíveis em www.uemg.br.

Por Diovana Nunes Leite


Você está se preparando o vestibular? Além de estudar, é preciso saber como estudar. Dedicação, determinação e concentração são fatores de sucesso para quem almeja ingressar em uma universidade. Mas, que tal ficar por dentro de algumas dicas para turbinar a sua preparação e ir bem na prova?

Há faculdades que fazem provas duas vezes ao ano: no meio e no fim. Na maioria das vezes, o estilo das questões costumam ser o mesmo, ou seja, a banca não muda muito. Por isso, é fundamental que o estudante treine por questões de outras provas, para que possa conhecer o estilo de cobrança e saber os seus pontos fracos e fortes em cada conteúdo.

Comece a fazer a prova por questões que você domina o conteúdo, para aproveitar a sua energia inicial. Ama português? Comece o vestibular pelas questões deste conteúdo, então! Isso vai manter o seu pique, disposição e fortalecer a sua autoestima.

Terminou os assuntos que domina? Então comece a responder as questões mais simples e fáceis e vai aumentando gradualmente pelo nível de complexidade. Faça uma marcação nas questões que considerar mais difícil e retorne depois. Porém, não se esqueça do tempo. Não o gaste em excesso com uma pergunta que não esta conseguindo responder. Prossiga!

Leve um lanche leve para a prova, porque a fome vai aparecer. Inclua frutas ou barras de cereais, e evite alimentos gordurosos. Não se esqueça de levar água, para manter a hidratação.

Está indo fazer a prova? Antes de sair de casa confira se está carregando todos os documentos de identificação necessários e os materiais. Faça essa conferência mais de uma vez. Não deixe para a última hora e não gaste a sua energia com coisas desnecessárias.

Durante o vestibular, mantenha a calma, concentração e confie no seu potencial. Lembre-se de que você estudou e se esforçou o quanto pode, então vá para a prova com a certeza que deu o seu melhor.

Boa sorte! 

Por Babi


A ansiosidade é um recurso da mente que te prepara para momentos futuros, onde possivelmente você será testado e o cérebro necessitará de uma grande quantidade de processamento.

Essa preocupação com acontecimentos futuros normalmente é saudável. Saber o que está por vir e se preparar é um dos motivos da ansiosidade. Porém, esse recurso tão importante pode ser motivo para momentos de insônia, dores de cabeça e queda de produtividade. Saiba como usar a ansiedade a seu favor e não ficar com aquele branco na hora da prova.

– Prepare-se para a prova:

Por mais simples e óbvia que essa dica possa parecer, saiba que ela é  maior motivo de ansiosidade e consequentemente fracasso nos testes. Quanto você se prepara, sua mente sabe que você está preparado para o que vier, por isso, ela nem se preocupa.

Criar o hábito de estudar sempre, mesmo com testes próximos, é a maneira mais simples de resolver aquele problema. Quantas vezes você já não viu aquele colega que sempre tira notas boas falar que nem estudou. A verdade é que estudar já se tornou um hábito, logo não há preocupações nem ansiosidade.

– Descanse bem no dia anterior:

Que tal parar com aquele velho hábito de dormir até tarde? Dormir bem deixa o cérebro descansado e potencialmente mais rápido. É fato, você pode ter toda a informação de que precisa dentro de você, mas se não tiver uma mente preparada para encarar os desafios que virão, você provavelmente terá um branco na hora da prova e aquela sensação de  “eu sabia a resposta mas não lembrava”, será algo que vai lhe atormentar frequentemente.

– Seja positivo:

Por mais difícil e complexa que uma matéria possa ser, não desista. Essa parece frase de livro de autoajuda, mas é a pura verdade. Encare a prova como um desafio que você pode superar e nada mais.

Foque nas matérias e confie na sua capacidade que você será feliz em qualquer teste ou exame que fizer, afinal, se você não acreditar em si mesmo, quem vai?

Por Felipe Henrique de Souza


Vestibulares são uma passagem complicada na vida de todo e qualquer estudante que deseja ingressar no ensino superior. Falaremos aqui sobre algumas coisas importantes a se considerar quando se faz vestibular:

1- Conheça previamente o local de prova:

Saber onde a prova será realizada é essencial. Se a prova for na sua cidade vá ao local no dia anterior. Conheça as entradas, os melhores pontos de acesso e se familiarize com o trânsito da região. Preocupar-se com isso nunca é demais. É terrível chegar a um local onde não conhece, após enfrentar um trânsito terrível, tendo que entrar no local no horário indicado. É uma ótima precaução e salva muita gente de perder a prova.

Depois de se preparar o ano todo você não quer ficar de fora por isso, não é mesmo?

2- Mantenha- se hidratado:

Leve água. Se você não fizer isso terá que sair da sala para beber água, ainda mais no calor do fim do ano que temos aqui. Algumas pessoas gostam de sair da sala de prova para beber água e dar uma espairecida, se você é desses tudo bem. Mas é importante se manter hidratado. Se você não bebe água é tomado por um grande desconforto mais perto do fim da prova, o que certamente irá te atrapalhar na concentração.

3- Evite alimentos:

Você deve levar comida pra prova (de qualquer tipo) somente se você tiver algum problema que precise se alimentar com frequência ou se for para combater a tensão do momento. A maioria das pessoas discorda desse tópico, mas veja bem, você irá perder tempo comendo (na maioria das vezes), abrindo pacotes, etc e ainda por cima corre o risco de sujar seu cartão de resposta (que nunca pode ser substituído). É mais comum do que se imagina ver gente sujando a prova com chocolate e perdendo pontos importantes porque o cartão resposta ficou ilegível.

4- No dia anterior não surte:

Aproveite o dia anterior para relaxar. Nada de ficar fritando em cima da matéria. O que você teria que aprender para a prova, aprendeu ao longo do ano. Se você se sentir desconfortável em ficar parado tudo bem, pegue algumas fórmulas matemáticas ou coisas simples para decorar. Agora não é hora de aprender. Chegar no dia seguinte com a cabeça descansada é certamente uma ótima forma de melhorar as notas.

Por Nosf


Fim do ano está chegando e com ele começa a maratona de provas dos vestibulandos em busca de uma colocação nas melhores universidades do país. Um ou mais anos de preparação intensa será posto literalmente à prova em várias etapas nos próximos dias. Na reta final os estudantes intensificam as horas de estudam, dormem menos, a ansiedade atrapalha, a pressão deles próprios e da família aumenta. Enfim, o que fazer para lidar com tudo isso de forma pratica e eficiente? O que fazer para conseguir tirar o maior proveito desse momento e, claro, passar no tão sonhado vestibular?

 A primeira dica é tentar manter a tranquilidade, sabemos que é difícil, mas temos que tentar. Reze, medite, corra na praia, separe algumas horas para a academia. Não importa como, cada pessoa tem uma personalidade diferente e por isso cada um precisa descobrir seu próprio meio de relaxar.

Concentre-se em estudar aquilo que sabe. Sim, aquilo que sabe, vai garantir nota máxima nas questões que você se identifica. Todas as matérias são importantes e os vestibulandos precisam estudar tudo, mas na reta final talvez seja mais interesse ter foco em algumas questões que possam garantir pontos.

O pior erro é o exagero, não adianta aumentar as horas de estudos, é interessante manter as horas de sono, isso ajudará sua mente a "buscar" as informações quando você precisar delas.
Entender as fórmulas é uma dica a longo prazo. Fica mais fácil aplicar algo que você entende o porquê, do que algo que você decorou. Tabela periódica, por exemplo, estará lá, mas se você souber onde estão os principais elementos, poderá ganhar tempo.

Para finalizar, escolha um ou outro dia, sem exageros, para confraternizar com os amigos, deixar a cabeça leve e relaxada pode ajudar, afinal você estudou o ano todo, e por isso não é agora que precisa correr contra o tempo.

Outra dica importante é em relação à alimentação. Coma alimentos leves, devagar, e beba muita água. E claro, boa sorte.

Por Vivian de Oliveira Schetini Sixel





CONTINUE NAVEGANDO: