Confira aqui a lista de livros que serão cobrados no Vestibular UFRGS 2019.

A UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) é uma instituição pública de ensino superior, situada no estado sulense brasileiro, Rio Grande do Sul, fundada em 1934, com sede em Porto Alegre (RS). É um dos maiores nomes dentre as universidades públicas do país, tendo sido, em 2016, considerada pelo MEC como a melhor universidade pública brasileira.

Atualmente, possui aproximadamente 30 unidades de ensino, com mais de 90 departamentos, que atendem aproximadamente 40 mil alunos de graduação, pós-graduação e ensino fundamental, médio e técnico. Em seu nome possui mais de 500 laboratórios e diversas bibliotecas e auditórios. Além de possuir também o Hospital de Clínicas de Porto Alegre, Jardim Botânico e Museu de Paleontologia, Observatório Astronômico, Centro de Teledifusão, Editora, e diversos outros centros.

Além disso, é uma universidade voltada para a pesquisa científica de qualidade, contando com mais de 700 pesquisadores de áreas básicas e aplicadas, de diversas áreas do conhecimento, em especial Biociências, Engenharias, Física e Química.

Para ingressar nesta universidade, o candidato pode prestar o vestibular próprio da universidade, que geralmente é realizado pela Coperse, ou usar a nota do Enem para ingresso através do Sisu. A UFRGS reserva 30% das vagas de cada um de seus cursos para o sistema de cotas, voltado para candidatos autodeclarados PPI (preto, pardo ou indígena).

Leituras obrigatórias

Na última quarta-feira, dia (11), a Universidade Federal do Rio Grande do Sul divulgou a lista dos livros da leitura obrigatória de seu próximo vestibular. Confira a seguir as obras:

  • Papéis avulsos, de Machado de Assis;

  • Úrsula, de Maria Firmina dos Reis;

  • Hamlet, de William Shakespeare;

  • A máquina de fazer espanhóis, de Valter Hugo Mãe;

  • Quarto de despejo: diário de uma favelada, de Carolina Maria de Jesus;

  • Diário da queda, de Michel Laub;

  • O Continente, de Érico Verissimo;

  • Gota d’Água, de Chico Buarque e Paulo Fontes;

  • Morangos Mofados, de Caio Fernando de Abreu;

  • A Hora da Estrela, de Clarice Lispector;

  • Álbum/Disco de 1974, de Elis & Tom.

Além de alguns poemas da portuguesa Florbela Espanca. Ao todo são 22 poemas, que são estes:

  • Fanatismo;

  • Horas rubras;

  • Eu;

  • Vaidade;

  • Lágrimas ocultas;

  • A minha dor;

  • Suavidade;

  • Se tu viesses ver-me;

  • Ser poeta;

  • Fumo;

  • Frêmito do meu corpo;

  • Realidade;

  • Súplica;

  • Doce certeza;

  • Quem sabe;

  • A Mulher I;

  • A Mulher II;

  • Amiga;

  • Ódio;

  • Amar!;

  • O maior bem;

  • Neurastenia.

Dicas para leitura

Veja agora algumas dicas para realizar uma leitura mais eficaz destas obras.

  • Ler os livros: ler a obra ao invés de ler apenas o resumo contribuirá para o candidato se lembrar melhor da história, do contexto e dos personagens do livro. O indicado é que o estudante escreva seu próprio resumo ao terminar a leitura;

  • Desenvolver o hábito de leitura: esta é uma medida que auxiliará tanto para o desempenho no vestibular quanto para toda a vida pessoal, acadêmica e profissional do aluno. É de praxe que leitores assíduos possuem melhores senso crítico, funcionamento do cérebro, criatividade e empatia. Especialistas recomendam a prática da leitura por, no mínimo, 30 minutos ao dia;

  • Não ignorar nenhuma obra: alguns estudantes não lêem toda a lista dos livros indicados. Esta é uma péssima prática, que só fará mal ao próprio estudante. Nunca se sabe a questão que cairá, podendo ser alguma sobre o livro que o estudante não leu, o que, provavelmente, causará o erro da questão e, no quesito vestibular, cada acerto é extremamente importante. Portanto, se você pretende prestar o vestibular da UFRGS, aproveite estes meses que antecedem o vestibular para ler todas as obras;

  • Prestar atenção na estrutura textual: é indicado ao aluno que identifique os componentes da estrutura textual, como o narrador, o tempo, o espaço, etc. Isto irá ajudar no entendimento da obra em si e poderá ser cobrado em algumas questões;

  • Identificar a escola literária da obra: também é importante que o estudante saiba sobre o movimento literário que o livro pertence, além das características deste movimento, pois isso fará com que seja entendido todo o contexto e objetivo do livro. Além disso, também poderá ser cobrado nas questões.

Aurenivia Alves Pereira


Seleção oferece 4.017 vagas em cursos de graduação. Inscrições podem ser realizadas até o dia 6 de novembro de 2017.

O Exame Nacional do Ensino Médio, o ENEM, é hoje a principal forma de entrada para os estudantes brasileiros em cursos de graduação. Mesmo assim, algumas instituições de ensino superior ainda usam o tradicional Vestibular e esse é o caso da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, a UFRGS. A prova que vai ser realizada no ano de 2018 deve ter suas inscrições realizadas até o dia 06 de novembro de 2017. Uma boa notícia é que a faculdade aceita a nota do Exame Nacional também. Então você pode optar por uma dessas duas. Saiba agora como você deve fazer para escolher cada uma das opções para concorrer a uma vaga em um dos cursos para a UFRGS.

Fundada há mais de 120 anos e considerada uma das instituições de ensino superior mais antigas do Brasil, a Universidade Federal do Rio Grande do Sul é uma das mais importantes faculdades de todo o território nacional. A UFRGS conta com mais de 30 mil alunos espalhados e matriculados em mais de 40 cursos de graduação, em grandes áreas acadêmicas como: a de saúde, exatas, humanas, biológicas, dentre outras. A Universidade Federal do Rio Grande do Sul conta com quatros campis, que são: Campus Olímpico, Campus do Vale, Campus Saúde e Campus Central. E em cada um deles os alunos contam com bibliotecas com muitos títulos e obras, laboratórios, salas de estudos, dentre outros espaços usados para facilitar o convívio social e o aprendizado. A qualidade do ensino da UFRGS é conhecida nacionalmente e internacionalmente, devido a isso recebeu diferentes nomeações, como participar de listas como: Classificação Acadêmica das Universidades Mundiais, QS World University Ranking, dentre outras nomeações.

Devido a toda sua história e a formação acadêmica que proporciona aos estudantes, a Universidade Federal do Rio Grande do Sul sempre conta com um grande número de pessoas em seus processos seletivos. Para o Vestibular os estudantes podem escolher entre as seguintes 89 graduações:

Administração – Diurno; Administração – Noturno; Administração Pública e Social – Noturno; Agronomia; Arquitetura e Urbanismo; Arquivologia – Noturno; Artes Visuais – Bacharelado; Artes Visuais – Licenciatura; Bacharelado Interdisciplinar de Ciências e Tecnologia; Biblioteconomia; Biomedicina; Biotecnologia; Ciência da Computação; Ciências Atuariais – Noturno; Ciências Biológicas; Ciências Contábeis – Noturno; Ciências Econômicas – Diurno; Ciências Econômicas – Noturno; Ciências Jurídicas e Sociais – Direito – Diurno; Ciências Jurídicas e Sociais – Direito – Noturno; Ciências Sociais – Diurno; Ciências Sociais – Noturno; Comunicação Social – Publicidade e Propaganda; Dança – Licenciatura; Design de Produto; Design Visual; Educação Física – Manhã; Educação Física – Tarde; Enfermagem; Engenharia Ambiental; Engenharia Cartográfica – Noturno; Engenharia Civil; Engenharia de Alimentos; Engenharia de Computação; Engenharia de Controle e Automação; Engenharia de Energia; Engenharia de Materiais; Engenharia de Minas; Engenharia de Produção; Engenharia Elétrica; Engenharia Física; Engenharia Hídrica; Engenharia Mecânica; Engenharia Metalúrgica; Engenharia Química; Estatística; Farmácia; Filosofia – Bacharelado – Diurno; Filosofia – Licenciatura – Noturno; Física – Bacharelado: Astrofísica; Física – Bacharelado; Física – Licenciatura – Diurno; Física – Licenciatura – Noturno; Fisioterapia; Fonoaudiologia; Geografia – Diurno; Geografia – Noturno; Geologia; História – Diurno; História – Noturno; História da Arte – Bacharelado – Noturno; Jornalismo; Letras – Bacharelado; Letras – Bacharelado: Formação Tradutor e Intérprete de Libras; Letras – Licenciatura; Matemática – Bacharelado; Matemática – Licenciatura – Diurno; Matemática – Licenciatura – Noturno; Medicina; Medicina Veterinária; Museologia; Música; Nutrição; Odontologia – Diurno; Odontologia – Noturno; Pedagogia; Políticas Públicas – Bacharelado Noturno; Psicologia – Diurno; Psicologia – Noturno; Química; Química – Licenciatura – Noturno; Química Industrial – Noturno; Relações Internacionais; Relações Públicas; Saúde Coletiva – Bacharelado – Noturno; Serviço Social – Bacharelado – Noturno; Teatro; Teatro – Licenciatura e Zootecnia.

As provas acontecem nos dias 07 e 10 de janeiro de 2018, no horário das 08:30 horas, nas localidades de Tramandaí, Imbé, Bento Gonçalves e Porto Aegre.

Para participar desse processo seletivo, os alunos precisam pagar uma taxa de inscrição de R$ 125,00 reais.

As inscrições devem acontecer através do seguinte endereço eletrônico: https://concursos.ufrgs.br/vestibular/inscricao/2018/. Já para concorrer a uma vaga usando a nota do Enem, o candidato precisa acessar o link acima e optar por essa opção.

Para mais informações acesse o site da Universidade Federal do Rio Grande do Sul , que é o http://www.ufrgs.br/ufrgs/inicial. Clique em Vestibular ou Sisu, que aparecem na tela principal. Boa sorte!

Isabela Castro.


Confira aqui a lista de obras literárias para o vestibular da UFRGS 2017/2018.

Após a finalização do vestibular 2017, começam os preparativos para o vestibular 2018. A Universidade Federal do Rio Grande do Sul divulgou quais leituras são imprescindíveis para a execução do concorrido vestibular de ingresso na instituição. Confira as obras que serão cobradas.

1 – O Continente – Érico Veríssimo

A obra, de 1949, é a primeira da trilogia “O tempo e o Vento”. A obra retrata 150 anos de história do Rio Grande do Sul. O livro, através da formação da família Terra, apresenta personagens vivos, indo e vindo no tempo, confundindo-se diversas vezes com a História.

2 – Gota d’agua – Chico Buarque

A obra de 1975 é uma peça teatral que revitaliza os textos de Eurípedes em cenários brasileiros.

3 – Poemas de Fernando Pessoa

A UFRGS requer uma lista de poemas de Fernando Pessoa a serem lidos, sendo eles: O maestro sacode a batuta (poema de VI de Chuva Oblíqua); Autopsicografia; Viajar! Perder países!; Qualquer Música; Noite (mensagem); Natal… Na província neva; Ela canta, pobre ceifeira; Não sei quantas almas tenho; Mar; Lá fora vai um redemoinho; Padrão; Isto; Liberdade; Pobre velha música; Nevoeiro; Não sei se é sonho, se é realidade; O infante.

4 – Sermões do Padre Antônio Vieira

Os sermões cobrados no vestibular serão: Sermão de Santo Antônio aos peixes, da Sexagésima e pelo Bom Sucesso das Armas de Portugal Contra as de Holanda.

Também serão cobrados:

5 – Morangos Mofados – Caio Fernando Abreu

6 – A hora da estrela – Clarice Lispector

7 – O cortiço – Aloísio de Azevedo

8 – Dom Casmurro – Machado de Assis

9 – A máquina de fazer espanhóis – Valter Hugo Mãe

10 – Quarto de despejo – Carolina Maria de Jesus

11 – Dário da queda – Michel Laub

A UFRGS mantêm sua lista sempre atualizada. Foram removidos da lista do ano passado “A noite das mulheres cantoras”, “Dançar tango em Porto Alegre” e “O amor de Pedro por João”. A instituição manteve a tradição de ter música em sua lista, no entanto, esse ano o álbum será Elis & Tom, no lugar de “Tropicália ou Panis et Circensis”, de Caetano, Gilberto Gil e os mutantes. Se você pretende prestar o vestibular para a UFRGS, mantenha-se sempre atualizado e comece as leituras desde o início do ano.

Isabela Palazzo


Instituição ofertou mais de 4 mil vagas em 91 cursos. Aprovados foram divididos entre o primeiro e o segundo semestre.

Na tarde da sexta-feira, dia 22 de janeiro, a UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) publicou o resultado final do Vestibular 2016 e houve muita comemoração dos aprovados no campus Central, no Anexo da Reitoria, na cidade de Porto Alegre.

Os interessados podem consultar o listão de 2016 através deste link.

A Universidade ofertou através deste vestibular 4.017 vagas, que estão distribuídas em 91 cursos de ensino superior (graduação), o que corresponde a 70% do total de vagas oferecida pela Instituição. Dentre elas, 2.598 são destinadas para o primeiro semestre e as outras 1.398 para o segundo. Os candidatos cotistas, oriundos de escola pública, contam com 2.030 vagas.

Foram inscritos 38.427 candidatos neste processo seletivo, porém, um total 8.697 estudantes não chegaram a realizar as avaliações, essa abstenção corresponde a um percentual de 22,63%. As avaliações foram realizadas entre os dias 10 e 13 deste mês, nas cidades de Porto Alegre, Imbé/Tramandaí e Bento Gonçalves.

A Matrícula:

A matrícula deverá ser realizada a partir da segunda-feira, 25 de janeiro, indo até a quarta-feira, dia 3 de fevereiro. Os alunos calouros terão de enviar seus documentos para matrícula através de seu Portal Exclusivo, nos formatos jpeg ou pdf. Os documentos necessários são os que estão listados no ítem 9.2 do Manual do Candidato.

Os alunos que não tiverem scanner poderão usar o da instituição, para realizar a digitalização dos documentos exigidos. O dispositivo estará disponível no Decordi, situado a Av. Paulo Gama, nº 110, no Anexo I da Reitoria.

A matrícula de forma presencial irá acontecer para os selecionados para o primeiro semestre, entre os dias 23 e 25 do próximo mês, já para os alunos do segundo semestre, ocorrerá entre 5 e 7 de julho. A escala de dias e horários estará disponível até o dia 16 de fevereiro, para o primeiro semestre, já para o segundo, até 16 de junho.

A segunda chamada será anunciada na quinta-feira, dia 4 de fevereiro.

Nádia Neves


Instituição abre 120 vagas para o curso de licenciatura de Educação do Campo.

A Universidade Federal do Rio Grande do Sul está oferecendo vestibular para atuar na licenciatura de educação do campo. O processo seletivo será feito por meio de provas objetivas que estão previstas para serem aplicadas no dia 23 de agosto. Os estudantes devem ficar atentos porque as inscrições ficam abertas somente até o dia 10 de agosto e podem ser feitas através deste link: www.ufrgs.br/coperse/processos-seletivos/educacao-do-campo.

O valor da taxa de inscrição é R$ 50,00 e a UFRGS conta com 120 vagas para o curso. Os formandos na área podem atuar de várias maneiras como, por exemplo, na disciplina de ciências, que é ministrada no ensino fundamental e médio. Além disso, o curso também possibilita a participação em projetos sobre desenvolvimento sustentável.

Como fazer uma boa prova de vestibular?

No dia anterior a prova, tenha uma noite tranquila e leve de sono, além de uma alimentação equilibrada e saudável. Evite exageros e bebidas alcoólicas. Uma boa noite de sono é fundamental para o bom desempenho na prova.

Foque em realizar revisões do conteúdo, ou seja, não queira aprender uma disciplina nova, por exemplo. Leia apenas as anotações que considerar mais importante e não entre em desespero. Mantenha a calma e a tranquilidade durante o dia.

Evite situações de estresse e aproveite para fazer programas tranquilos como um cinema, por exemplo. Procure manter um dia calmo e aproveite para rever os seus amigos ou ficar com a sua família.

Você conhece o seu local de prova? Procure fazer uma visita no lugar, para ir se familiarizando com a região. Além disso, não se esqueça de traçar um plano de rota para você chegar ao local com calma. Lembre-se de que imprevistos acontecem, portanto, programe-se para evitar aborrecimentos.

No dia da prova, deixe todos os seus documentos separados e em ordem. Confira tudo antes de sair de casa.

Acredite no seu potencial e dê o melhor de si, para conquistar o seu sonho.

Boa sorte e muito sucesso!

Por Babi


Os interessados em participar do vestibular da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) já podem efetuar a inscrição.

O valor da taxa é de R$ 110 e serão ofertadas 3.996 oportunidades acessíveis em 90 diferentes cursos de graduação. Os estudantes têm até 13 de outubro para se inscrever através da página da UFRGS, o qual também está o manual do participante. A principal curiosidade deste ano é a oferta de 126 oportunidades no curso de Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia, com aulas no Campus Litoral Norte, situado em Tramandaí. 

No momento da inscrição, o aluno pode escolher por utilizar ou não a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As avaliações do Ministério da Educação (MEC) ocorrem nos períodos 8 e 9 de novembro. Essas quase 4 mil oportunidades acessíveis correspondem a 70% das oportunidades da universidade. As outras 30% serão do Sistema Unificado de Seleção Universitária (Sisu).

As avaliações do vestibular serão realizadas de 4 a 7 de janeiro (de domingo a quarta-feira) em Porto Alegre, Bento Gonçalves e Tramandaí. Serão aplicados exercícios das seguintes disciplinas do conhecimento: Física, Literatura e Língua Portuguesa, Língua estrangeira; Língua Portuguesa e Redação; Ciências biológicas, Química e Geografia; História e Matemática.

Todavia, fique de olho às cotas: o projeto de Ações da UFRGS restringe no mínimo 40% das oportunidades em todos os cursos para educandos oriundos de escolas públicas, de acordo com autodeclaração étnico-racial e faixa de renda (de acordo com o edital). Ao todo, são 1.637 para alunos da rede pública e 2.359 de acesso universal. Os documentos são importantes para provar que o participante se enquadra nas cotas.

Assim, se você está interessado em fazer parte do vestibular não perca tempo e aproveite essa grande oportunidade de entrar na Universidade.

Para mais informações você poderá visitar o site da instituição ou ligar no fone (51) 3308-6000.

Boa sorte e bons estudos!

Por Luciana Viturino


Está aberto o período para realizar inscrições para o processo seletivo extravestibular na Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Continua vigente o prazo para efetuar a inscrição no processo de seleção que visa o preenchimento de vagas nos cursos de graduação mediante o ingresso de estudantes pelo extravestibular. Ao todo, estão sendo ofertadas 608 vagas em cursos de graduação. 

Segundo o edital publicado pela Comissão Permanente de Seleção, a Coperse, podem concorrer às vagas alunos da graduação que estejam matriculados ou com matricula trancada em outras instituições reconhecidas pelo Ministério de Educação e Cultura, MEC.

O requisito fundamental exigido pela UFRGS é que o aluno tenha concluído todas as disciplinas referentes aos dois primeiros semestres da graduação. O documento de abertura do processo seletivo está disponível no endereço eletrônico da Coperse.

Dentro do ingresso extravestibular há duas modalidades: transferência interna e transferência voluntária. A transferência interna é para estudantes da UFRGS que estiverem corretamente matriculados ou com matrícula trancada em cursos de graduação na instituição e tenham entrado na UFRGS através do Concurso Vestibular.

Já a transferência voluntária é para aqueles alunos que estiverem matriculados ou tiverem solicitado o trancamento da matrícula em instituições de ensino dentro ou fora do país. Em ambas situações não é permitida a transferência de alunos que estiverem cursando ou tenham concluído os dois últimos semestres da graduação.

O período para efetuar as inscrições continuará em aberto até o dia 28 de julho, mais precisamente até as 23h59min desse dia.

Para se inscrever o interessado precisará acessar o endereço eletrônico do processo seletivo. Logo que realizar a inscrição, o estudante precisará imprimir o boleto a ser pago pela taxa de participação no certame. O valor da taxa de inscrição é de R$ 75.

A realização das provas ocorrerá no dia 17 de agosto no período matutino. A duração da prova será de 4 horas, nesse período o jovem terá de responder as questões objetivas, preencher o cartão resposta e escrever a redação.

Por Melina Mariel Menezes Pereda


A Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) ampliou para 40% a quantidade de reserva de vagas para cotistas em 2015. Isso foi decidido através do Conselho Universitário (Consun) da instituição, uma vez que os vestibulandos agora podem ingressar na graduação por meio do vestibular e do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Todavia, a decisão ainda prevê que esse índice chegue a 50% nas seleções de 2016, através de determinação de lei federal.

Cabe lembrar que a ampliação na reserva de vagas é válida para ambas as formas de ingresso de vestibular do próximo ano. Assim, ele continua com 70% das vagas e o Sisu com as 30% restantes. Essa proporção respeita a quantidade de cotas estipulada dentro de cada seleção. No ano de 2012, o Consun havia rejeitado o projeto que aumentava a quantidade de reserva de vagas para cotistas. Contudo, um grupo da instituição que estuda as políticas afirmativas teve a ideia de propor esse índice de cotas, o que resultou em um grau satisfatório por parte dos estudantes. A universidade afirma, ainda, que o objetivo da decisão é adequar os processos de ingresso à Lei Federal que exige ampliação gradual do índice de vagas reservadas para 50% até 2016 em todas as instituições federais de ensino.

Entretanto, é importante ressaltar que o candidato precisa aprimorar o conhecimento e estudar com afinco para ser aprovado no vestibular, pois para conseguir uma vaga na instituição é necessário passar por um processo seletivo ou então ter obtido uma boa nota no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e com isso, se inscrever no Sisu.

A cada ano que passa a tendência é que a quantidade de inscritos nos vestibulares aumente. Todavia, o governo também tem investido nessa área e nos últimos meses abriu várias instituições para níveis de graduação e cursos tecnológicos, o que favoreceu a qualificação de diversas pessoas para o mercado de trabalho.

Por Luciana Viturino





CONTINUE NAVEGANDO: