As inscrições devem ser feitas exclusivamente por meio da internet até o dia 25 de maio de 2018.

Foi divulgado no site oficial da Universidade Estadual do Ceará (UECE), por intermédio da Comissão Executiva do Vestibular, a CEV, que a Instituição está com inscrições abertas para o seu Vestibular do 2º semestre de 2018.

O processo seletivo tem como objetivo selecionar os candidatos para realizarem cursos de graduação da Universidade.

Inscrições

As inscrições devem ser feitas exclusivamente por meio da internet até o dia 25 de maio de 2018.

De acordo com o professor Fábio Perdigão, o presidente da CEV, a inscrição através da internet será tanto para os candidatos que vão pagar o valor integral, como para os que terão isenção de 100% ou de 50%.

Vale ressaltar que no dia 25 de maio de 2018, a partir das 23h59, o acesso para que o aluno realize o preenchimento da ficha eletrônica referente à inscrição e para que ele gere o boleto bancário referente a taxa de inscrição, será bloqueado.

Taxa de Inscrição

Após o preenchimento da Ficha, será gerado um boleto bancário no valor de R$ 130,00 referente à taxa de inscrição.

Esse boleto deverá ser pago em agências bancárias ou em estabelecimentos credenciados por elas.

O boleto bancário que for gerado no dia 25 de maio de 2018 (último dia para realizar as inscrições), terá o prazo de vencimento até o dia 28 de maio de 2018.

Esse será o último dia em que será permitido que o candidato faça o pagamento, pois os que forem feitos após essa data, não serão aceitos e a inscrição do aluno será automaticamente cancelada.

É de extrema importância que o candidato realize corretamente o preenchimento de todos os campos, da ficha eletrônica de inscrição e do boleto bancário, pois toda responsabilidade referente ao preenchimento correto das informações descritas, será atribuída a ele.

Sobre os cursos

Os cursos oferecidos pela Universidade Estadual do Ceará são: Artes Visuais; Ciências Biológicas; Educação Física; Enfermagem; Medicina; Nutrição; Ciências da Computação, Computação; Ciência; Física; Geografia; Matemática; Letras; Matemática e Pedagogia.

Para saber quais cursos estão disponíveis para o Vestibular de Inverno, os candidatos devem conferir no site da Faculdade.

Sobre as vagas

Serão ofertadas ao todo 1.734 vagas para os cursos de graduação.

Desse total, 1.162 vagas serão destinadas para os cursos do polo que está localizado em Fortaleza e 572 vagas serão direcionadas para as Unidades da UECE que estão localizadas no Interior do Estado, nas cidades de Quixadá, Itapipoca, Limoeiro do Norte, Iguatu e Crateús.

Sobre as provas

No momento em que o aluno estiver fazendo o preenchimento das informações, na ficha eletrônica de inscrição, ele deverá indicará qual o Curso e qual a Língua Estrangeira (Inglês, Espanhol ou Francês) de sua preferência, para o dia de aplicação da prova.

O processo seletivo será dividido em duas etapas:

1º Etapa – Na primeira fase, será aplicada uma prova de múltipla escolha, composta por Conhecimentos Gerais: Língua Portuguesa, Língua Estrangeira, História, Geografia, Física, Química, Biologia e Matemática.

Essa prova da 1ª Fase será aplicada no dia 8 de julho de 2018 (domingo).

2º Etapa: Na segunda Fase serão aplicadas 4 provas. Uma Prova de Redação e 3 Provas Específicas, que vão contar com questões de acordo com o curso escolhido pelo candidato.

Essas provas da 2º fase serão aplicadas nos dias 29 de julho e 30 de julho de 2018, (domingo e segunda-feira).

Os interessados em participar do processo seletivo e concorrer à uma das vagas, dos cursos de graduação da Universidade Estadual do Ceará, devem acessar o Site Oficial da Instituição para obterem informações mais detalhadas, por meio do link http://www.uece.br/fecli/index.php/noticias/14-lista-de-noticias/880-2018-05-08-20-07-08.

Além disso, os candidatos também poderão obter mais informações na sede da CEV, localizada no Campus Itaperi, na Avenida Doutor Silas Munguba, Nº 1700 ou através dos telefones 3101.9710 ou 3101.9711.

Por Rosângela Rodrigues


Estão abertas as inscrições para interessados nas vagas remanescentes do ProUni 2018.

Abriram-se, nesta terça-feira (dia 3), as inscrições para as vagas remanescentes de bolsas para o Programa Universidade Para Todos (ProUni), do ano de 2018. Os alunos que ainda não se matricularam em alguma instituição de ensino têm até sexta-feira (dia 06/04) para se inscreverem, agora para os já matriculados o prazo se estende até o dia 30/04.

Podem se candidatar às vagas de bolsa remanescente todos aqueles que foram professores da rede pública de ensino, ou que tenham realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a partir do ano de 2010, tendo nota superior a 450 pontos e não tenham zerado a redação, ou possuam alguma deficiência, ou então se encaixem no perfil de renda que o programa exige.

As inscrições são realizadas no site do programa siteprouni.mec.gov.br.

ProUni

O Programa Universidade Para Todos (ProUni), foi criado em 2004, como iniciativa do Governo Federal, com o objetivo de facilitar o acesso de pessoas carentes ao ensino superior, oferecendo bolsas de estudo com 50%, ou até mesmo 100%, de desconto da mensalidade em universidades privadas.

O ProUni se realiza duas vezes ao ano, sendo a primeira no início do ano (entre o fim de janeiro e o início de fevereiro) e a segunda a partir do segundo semestre. Para se inscrever, é necessário que o estudante tenha realizado o Exame Nacional do Ensino Médio e tenha obtido, ao menos, 450 pontos na média, sem ter zerado a redação.

As inscrições para o programa são feitas através do site do MEC. Para o cadastro, é necessário informar o CPF, o número da inscrição do último Enem realizado e cadastrar uma senha (caso o estudante já esteja cadastrado no Sistema de Seleção Unificada – Sisu), deve-se usar a mesma senha utilizada no programa.

Inscrição

Para se inscrever, basta acessar ao site no período de matrícula, informar os documentos já citados e escolher até duas opções de cursos de interesse do aluno, em até duas instituições. Essa escolha precisa ser feita em ordem de prioridade. Em seguida, deve-se informar o tipo de bolsa desejada (integral ou parcial). Enquanto o período de inscrição estiver aberto, o candidato pode alterar suas opções, mas será válida a última inscrição optada. É preciso ressaltar que o candidato não pode inscrever suas duas opções no mesmo curso, do mesmo turno, de uma mesma instituição.

No caso das inscrições serem maiores que os números de vagas, o programa seleciona os candidatos em uma lista, na qual a ordem é a partir da sua nota e da modalidade de concorrência. Caso o candidato contemplado não se matricule, há outras chamadas.

Uma vez por dia o programa atualiza a nota de corte para cada curso, baseado na quantidade de vagas disponíveis e nas notas (com peso) dos candidatos que se inscreveram no mesmo curso.

Lembrando que não é necessário que o candidato realize o vestibular próprio da instituição de ensino, caso opte e consiga a bolsa do ProUni, basta ter feito o ENEM. No entanto, algumas instituições têm a tradição de aplicar um exame para selecionar os candidatos já pré-selecionados pelo ProUni. Esta prova deve ser isenta de taxas.

Após ter sido selecionado pelo ProUni, a matrícula é de total responsabilidade do estudante, que deverá comparecer à instituição de ensino e se matricular, levando os documentos exigidos pela própria, além de comprovar os requisitos estabelecidos para inscrição no ProUni. Para continuar recebendo a bolsa, o aluno precisa ser aprovado em até 75% das matérias cursadas.

Requisitos

Para poder se inscrever e ganhar a bolsa na universidade, através do ProUni, o candidato precisa atender a pelo menos um destes requisitos:

· Não possuir ainda diploma superior;

· Ter cursado todo o ensino médio em uma instituição de ensino da rede pública, ou ter obtido bolsa integral em uma instituição de ensino da rede privada;

· Ser professor da rede pública de ensino;

· Possuir alguma deficiência.

Por Aurenivia Alves Pereira


UFRN oferta 214 vagas residuais para cursos de graduação em 2018.

Uma grande oportunidade acaba de ser anunciada para você que deseja uma vaga em um curso superior. Pois, a Universidade Federal do Rio Grande do Norte, a UFRN vai realizar um novo processo seletivo para o preenchimento de mais de 200 vagas na instituição de ensino superior. As oportunidades são para todos os cursos da universidade. Saiba agora todas as informações sobre esta nova seleção da UFRN.

Informações sobre as vagas oferecidas

Ao todo, a Universidade Federal do Rio Grande do Norte vai oferecer 214 vagas para os campi de Santa Cruz e Natal. Para este processo seletivo em aberto, os candidatos precisam atender a uma série de especificações, pois essas oportunidades oferecidas são para a ocupação de vagas residuais, ou seja, vagas que sobraram ou para ocupar lugar de outros alunos que desistiram do curso.

Confira agora os requisitos que a UFRN estabeleceu:

– só pode se inscrever neste processo pessoas que estão matriculadas ou já se formaram em um curso superior.

– caso o interessado esteja matriculado em outra universidade, para concorrer a uma das vagas na UFRN ele só pode se inscrever na mesma graduação.

– já os matriculados na UFRN só podem se inscrever em graduações diferentes. Não é permitido, quem frequenta um curso noturno trocar pela mesma graduação só que no período diurno.

– os candidatos já formados podem se candidatar no curso que bem escolher.

– as pessoas que frequentaram alguma graduação da UFRN e não se formaram podem voltar à universidade em qualquer curso.

Confira agora quais cursos, quantas vagas, qual período do dia e modalidade que está sendo oferecida por este novo processo da Universidade Federal do Rio Grande do Norte:

Campus Santa Cruz:

04 vagas para enfermagem. Períodos: manhã e noite. Modalidade: bacharelado.

Campus Natal:

03 vagas para engenharia têxtil. Períodos: manhã e noite. Modalidade: bacharelado.

03 vagas para engenharia química. Períodos: manhã, tarde e noite. Modalidade: bacharelado.

04 vagas para engenharia elétrica. Períodos: manhã, tarde e noite. Modalidade: bacharelado.

04 vagas para engenharia de produção. Período: noite. Modalidade: bacharelado.

04 vagas para engenharia de alimentos. Período: noite. Modalidade: bacharelado.

05 vagas para engenharia civil. Períodos: manhã, tarde e noite. Modalidade: bacharelado.

33 vagas para ciências e tecnologia – generalista. Períodos: manhã e tarde. Modalidade: bacharelado.

23 vagas para ciências e tecnologia – generalista. Período: noite. Modalidade: bacharelado.

02 vagas para arquitetura e urbanismo. Períodos: manhã, tarde e noite. Modalidade: bacharelado.

05 vagas para turismo. Período: tarde. Modalidade: bacharelado.

04 vagas para serviço social. Período: tarde. Modalidade: bacharelado.

05 vagas para pedagogia. Período: tarde. Modalidade: licenciatura.

05 vagas para pedagogia. Período: noite. Modalidade: licenciatura.

04 vagas para letras – língua portuguesa. Período: noite. Modalidade: licenciatura.

02 vagas para letras – língua espanhola. Período: noite. Modalidade: licenciatura.

04 vagas para jornalismo. Período: noite. Modalidade: bacharelado.

06 vagas para gestão de políticas públicas. Período: tarde. Modalidade: bacharelado.

06 vagas para gestão de políticas públicas. Período: noite. Modalidade: bacharelado.

05 vagas para direito. Período: noite. Modalidade: bacharelado.

05 vagas para direito. Período: manhã. Modalidade: bacharelado.

04 vagas para design. Períodos: manhã e tarde. Modalidade: bacharelado.

04 vagas para comunicação social – pub e propaganda. Período: noite. Modalidade: bacharelado.

04 vagas para comunicação social – audiovisual. Período: noite. Modalidade: bacharelado.

05 vagas para ciências econômicas. Período: manhã. Modalidade: bacharelado.

04 vagas para ciências contábeis. Período: noite. Modalidade: bacharelado.

04 vagas para ciências contábeis. Período: manhã. Modalidade: bacharelado.

03 vagas para biblioteconomia. Período: tarde. Modalidade: bacharelado.

05 vagas para administração. Período: noite. Modalidade: bacharelado.

05 vagas para administração. Período: manhã. Modalidade: bacharelado.

04 vagas para odontologia. Períodos: manhã e tarde. Modalidade: bacharelado.

04 vagas para nutrição. Períodos: manhã e tarde. Modalidade: bacharelado.

02 vagas para medicina. Períodos: manhã, tarde e noite. Modalidade: bacharelado.

04 vagas para gestão hospitalar. Períodos: tarde e noite. Modalidade: tecnólogo.

03 vagas para fisioterapeuta. Períodos: manhã e tarde. Modalidade: bacharelado.

04 vagas para farmácia. Período: noite. Modalidade: bacharelado.

04 vagas para farmácia. Períodos: manhã e tarde. Modalidade: bacharelado.

05 vagas para enfermagem. Períodos: manhã e tarde. Modalidade: bacharelado.

04 vagas para educação física. Períodos: tarde e noite. Modalidade: bacharelado.

03 vagas para ciências biológicas. Períodos: noite. Modalidade: licenciatura.

02 vagas para ciências biológicas. Períodos: manhã e tarde. Modalidade: bacharelado.

01 vaga para ciências biológicas. Períodos: manhã e tarde. Modalidade: licenciatura.

Processo seletivo

A UFRN definiu que para ocupar uma dessas vagas, os candidatos vão ser submetidos aos seguintes métodos de avaliação:

– Prova de múltipla escolha com perguntas de matemática e língua portuguesa.

– Redação.

– Prova de títulos.

As avaliações estão marcadas para o dia 29 de abril. As provas vão ser aplicadas nas seguintes cidades: Santa Cruz, Currais Novos, Caicó e Natal. Os locais e o horário ainda vão ser informados.

Inscrições

Para realizar a inscrição, basta você acessar o seguinte endereço eletrônico: http://www.comperve.ufrn.br. As inscrições devem ser efetuadas entre o período de 12 de março e 02 de abril de 2018. A taxa de inscrição é de R$ 30,00.

Por Isabela Castro


Fies está com as inscrições abertas para o preenchimento de 75 vagas em cursos de nível superior em universidades privadas.

Para os estudantes que se encontravam na expectativa da abertura de prazo para inscrições no Fies, as notícias que chegam são favoráveis. É que o Ministério da Educação e Cultura já abriu as inscrições do programa para o segundo semestre deste ano de 2017. Os interessados podem se inscrever no Programa de Financiamento Estudantil até a próxima sexta-feira, dia 28 desse mês de julho.

Para fazer a inscrição os estudantes devem acessar o site oficial o programa do governo federal no endereço: http://fiesselecao.mec.gov.br.

De acordo com informações do MEC, em relação às inscrições do segundo semestre do Fundo de Financiamento Estudantil, serão disponibilizadas o equivalente a 75 mil oportunidades em cursos de nível superior em universidades privadas de todo o país.

Os estudantes que se inscreverem no programa podem filtrar as oportunidades por cursos, instituições e cidades, por meio da guia de acesso 'consultar vagas', disponível no endereço eletrônico: http://fiesselecaoaluno.mec.gov.br/consulta/curso.

Como foi anunciado há algum tempo atrás, o programa a partir do ano que vem (2018) terá um novo regulamento, com novas regras. Desse modo, este último semestre ainda considera o regulamento antigo.

Podem se inscrever no programa estudantes que possuem renda familiar per capita bruta que seja superior a três salários mínimos brasileiros. Além do mais, o estudante precisa ter realizado o Exame Nacional do Ensino Médio, a partir do ano de 2010, e que tenham tirado nota de no mínimo 450 pontos na prova e que não tenha zerado a redação.

Uma regra não pode ser desprezada pelos beneficiados é a questão da inadimplência, pois os inadimplentes do programa terão o benefício cancelado. De igual forma, estudantes que já estejam contando com o financiamento para outro curso, também não terão o financiamento concedido.

Nesse sentido, o cronograma para o segundo semestre ficou da seguinte forma:

– As inscrições têm início no dia 25 do mês de julho, esta terça-feira;

– Dia 28 do mês de julho, sexta-feira, as inscrições se encerram;

– Dia 31 do mês de julho o resultado será divulgado.

Dentre as regras que ainda estão valendo estão:

– Renda familiar: de até três salários mínimos per capita;

– Contrato: único;

– Tempo de carência: 18 meses após o fim do curso;

– Limite da mensalidade: até 5 mil reais.

Por Sirlene Montes


As inscrições do Sisu 2017 serão realizadas no início do primeiro e no segundo semestre do ano que vem.

Se você fez o Enem e deseja usar sua nota para o SISU 2017, leia este post e fique por dentro de tudo.

Realizadas as provas do Enem, milhares de estudantes brasileiros aguardam a chegada do próximo ano para se inscreverem no SISU 2017. Para quem não conhece, o SISU (Sistema de Seleção Unificada) é um sistema informatizado mantido pelo MEC, no qual instituições de ensino superior do setor público ofertam uma parte de suas vagas, para estudantes que realizaram o Enem.

Todas as instituições de ensino superior federais compõem esse sistema, como universidades e centros tecnológicos. As inscrições 2017 serão realizadas no início do primeiro e no segundo semestre do ano.

Para se inscrever no SISU, é preciso ter concluído o ensino médio e ter realizado o Exame Nacional do Ensino Médio, sem zerar a redação.

A nota tirada no Enem é utilizada como critério de seleção. Cada curso possui uma nota de corte que geralmente é calculada considerando o total de inscrições para o curso e o número de vagas. Assim, as notas de cortes são divulgas pelo sistema durante o período de inscrições.

Durante a inscrição o estudante escolhe os cursos de seu interesse e que sua nota é compatível, podendo fazer alterações no período de inscrições. Todo o processo de inscrição é realizado com o número de inscrição e a senha que estão cadastrados no Enem. Sem esses dados não é possível se inscrever.

As inscrições são feitas exclusivamente pela internet, no site do SISU.

Após o período de inscrições o sistema informatizado seleciona os alunos com as melhores notas de cada curso, dispondo-os de modo que ocupem as vagas disponíveis.

O candidato selecionado é informado e recebe um prazo para matricular-se, passando esse prazo e a matrícula não for efetivada, a vaga passa para o próximo classificado que fica na lista de espera.

O Ministério da Educação todos os anos divulga Cronograma SiSU 2017, calendário que serve para informar as datas referentes ao SISU, como período de inscrições, selecionados da primeira chamada, matrícula da lista de primeira chamada e inscrição dos incluídos na lista de espera.

Como ocorre em todos os anos, as inscrições para o SISU 2017 devem acontecer no início do ano que vem. O que deve ser antecipadamente divulgado pela mídia.

Para saber mais informações acesse http://sisu.mec.gov.br.

Por Sirlene Montes


O MEC informou que vai oferecer cerca de 75 mil vagas no Fies e as inscrições começarão a ser aceitas no dia 24 de junho.

Nesse segundo semestre de 2016, o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), programa administrado pelo Ministério da Educação (MEC), relata que vai oferecer cerca de 75 mil vagas, e as inscrições devem começar na sexta-feira, dia 24 de junho de 2016.

Os interessados terão até o dia 29 de junho para se cadastrar e o resultado vai ser divulgado dia 30 do mesmo mês.

Quem for pré-selecionado deverá fazer a entrega dos documentos a partir do dia 1º de julho, porém, o Mendonça Filho destaca que os moradores do Rio de Janeiro terão datas diferenciadas devido aos jogos olímpicos que vão acontecer na cidade.

No primeiro semestre de 2016 foram oferecidas cerca de 147 mil vagas, de acordo com os dados que foram repassados pelo ministro Mendonça Filho. Nesse ano houve aumento do número de vagas comparado a 2015.

Isso aconteceu pelo fato devido a recuperação de cerca de 4,7 bilhões que tinham sido tirados por causa da déficit do país (despesas maiores do que receitas). No ano de 2015 tinham sido oferecidas 278 mil vagas, porém, em 2014 o número foi bem superior, sendo oferecidas cerca de 732 vagas.

O ministro ainda disse que a educação é prioridade do Brasil, para um bom desenvolvimento futuro, e tudo será feito para que programas como esse seja sempre melhorado.

Como fazer a Inscrição no FIES 2º/2016?

Saiba que todos os alunos que desejam fazer a inscrição para conseguir financiar o curso que já está matriculado de nível superior, precisam ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio, mais conhecido por Enem, a partir do ano de 2010, e ter tirado nota superior a 450 pontos e não ter zerado na redação.

Haverá a primeira chamada, segunda chamada e inscrição para lista de espera.

Para conseguir o financiamento é necessário ter renda familiar de até 3 salários mínimos. Antes, a renda familiar exigida era de 2,5 salários mínimos, porém, essa regra mudou agora no meio do ano. O principal objetivo dessa alteração é tentar beneficiar mais alunos que de sejam concluir o ensino superior.

Para realizar sua inscrição acesse o site sisfiesportal.mec.gov.br, no período que informamos. Em caso de dúvidas, indicamos que entre em contato com a central de atendimento pelo telefone 0800 61 61 61.

Por Yasmin Fernandes Robles


Inscrições podem ser realizadas até o dia 31 de março de 2016.

No dia 23 o Programa Universidade para Todos, Prouni, começou a oferecer as suas bolsas de estudo remanescentes do processo regular de seleção. Para os interessados nas vagas que não foram preenchidas, as inscrições deverão ser feitas até o dia 31 deste mês de março de 2016.

Acesse o site do Prouni – prouniportal.mec.gov.br – faça o seu cadastro e também confira demais informações sobre o processo seletivo.

Como é o Prouni?

O programa disponibiliza vagas de bolsas de estudos de modo parcial (50% das mensalidades) e integral para estudantes do Brasil de baixa renda em instituições de nível superior privadas. A primeira seleção deste ano de 2016 do Prouni contou com 203.602 bolsas no total para mais de 30 mil cursos. Para as bolsas que não contaram com vagas preenchidas nessas chamadas regulares, agora ficarão à disposição dos estudantes.

Os interessados nessas bolsas de estudo devem ser estudantes que participaram de alguma edição do Exame Nacional do Ensino Médio a partir do ano de 2010 e professores da rede pública. Os candidatos não poderão apresentar nota 0 na redução e é necessário, ao menos, 450 pontos de média do Enem.

Para quem são as bolsas integrais?

Elas são voltadas para pessoas com a renda familiar bruta por pessoa em até 1,5 salário mínimo ao mês. No caso das bolsas parciais, elas são para aqueles candidatos que tenham a renda familiar bruta por pessoa em até três salários. Não há o critério de renda para os professores.

Os estudantes que fizerem a inscrição vão contar com dois dias úteis para que consigam comprovar as informações apontadas durante o cadastro nas instituições privadas de ensino. O estudante deverá observar a data, o local e o horário de atendimento para que possa efetuar os procedimentos requeridos.

Saiba das regras do Prouni:

Não é possível fazer parte do programa, caso você não entenda as regras mais básicas do Programa. Faça uma pesquisa breve no site do programa para verificar todos os quesitos voltados à renda das famílias. Observe também sobre a obrigatoriedade do candidato ter frequentado a escola pública durante todo o seu ensino médio, ou então, que ele tenha sido bolsista de modo integral em uma escola particular. Alguns minutos de seu tempo devem ser dedicados para entender de fato como é o funcionamento do Prouni e assim ter mais chances de contar com uma bolsa de estudo.


Está aberto o período de inscrições para o processo seletivo ProUni. O Programa Universidade para Todos é realizado com o intuito de oferecer bolsas de estudo para os jovens que querem ingressar nas instituições de ensino superior da rede particular, mas não possuem situação financeira favorável para arcar com o valor total da mensalidade. No estado do Ceará estão sendo oferecidas 3.457 bolsas de estudo

O ProUni liberou um número considerado de bolsas para o Ceará. As bolsas são de 100% (integrais) e de 50% do valor da mensalidade. Há diversas instituições de ensino que aceitam o ingresso através do Enem e do ProUni. Em Fortaleza, 67 cursos são beneficiados com as bolsas do Programa. Se quiser visualizar as bolsas que são oferecidas no Ceará, acesse o site oficial do ProUni. 

Para participar do processo de seleção de bolsas é preciso que o aluno interessado tenha conseguido uma pontuação mínima de 450 em cada matéria e que não tenha zerado a prova de redação. As inscrições são gratuitas através do site, elas serão aceitas até o dia 29 de janeiro. As pessoas que participaram do Sistema Sisu e não tenham conquistado uma vaga nas Universidades e Institutos públicos, poderão participar do processo seletivo do ProUni.  

Se pretende participar e concorrer a uma bolsa integral saiba que deverá contar com certos requisitos como ter finalizado o ensino médio na rede pública de ensino ou na particular como bolsista integral. Possuir renda bruta familiar per capita de até um salário e meio. Já quem quiser concorrer às bolsas de 50% precisará ter uma renda familiar per capita de até três salários mínimos. 

Ao todo, o ProUni estará ofertando no país 213.113 bolsas, sendo que 65% delas são integrais.   

O resultado da primeira chamada sairá no dia 2 de fevereiro, a segunda chamada será liberada no dia 19 de fevereiro. 

Caso tenha dúvidas sobre como o Programa Universidade para Todos funciona ligue para 0800 616161. 

Por Melina Menezes


A Universidade Federal de Mato Grosso do Sul está oferecendo um novo curso no Campus de Campo Grande. O mais novo curso dessa unidade da UFMS é Medicina. Ao todo, a instituição disponibiliza 48 vagas para lotação na primeira turma.

O curso que foi aguardado por jovens de todo o estado, possui uma duração de seis anos dividido em 12 períodos.  

Uma das principais novidades da UFMS para a seleção pelo Sistema Sisu neste ano, foi o oferecimento de vagas para o novo curso do Campus de Campo Grande. Do total de vagas oferecidas pela instituição para o curso de Medicina, 15 são destinadas ao ingresso pelo sistema de cotas. Do total de vagas reservadas para cotas, 10 são para candidatos autodeclarados negros e 5 são para indígenas. As 33 vagas restantes são para amplia concorrência.  

O novo curso implantado na única de Campo Grande visa à formação médica no sentido prático-teórica, para que os jovens realizam a graduação tendo vivência nos mais diversos cenários e através de diferentes práticas. A intenção fundamental deste curso, é que o estudante consiga deixar de ser individualista e adquira uma postura empática, entendendo de forma abrangente o processo saúde- doença como a integração entre vários fatores.  

O estágio deste curso deverá possuir uma carga horária mínima de 3.520 horas. Este período dedicado ao estágio corresponderá a 35% da carga horária total do curso. O período de estágio acontecerá do nono ao décimo segundo semestre.  

Quem quiser concorrer a uma das vagas de Medicina oferecidas nesse Campus precisará ter realizado o Exame Nacional do Ensino Médio em 2014 e também não ter tirado zero na prova de redação. As inscrições ficarão abertas até o dia 22 de janeiro.

O resultado da primeira chamada será divulgado no dia 26 de janeiro. O estudante que não conseguir ingressar poderá participar da lista de espera.  

Se desejar obter mais informações sobre o processo seletivo realizado pelo Sistema Sisu, acesse o endereço do Programa.  

Por Melina Menezes


Esta é uma época de grande ansiedade para jovens estudantes de todo o país, isso se deve pois foram liberadas recentemente as inscrições para ingresso em Universidades, centros de educação e instituições públicas de ensino através do Sistema Sisu.

Uma das instituições que recebe os seus novos estudantes através deste método de seleção é o Instituto Federal de Educação de Mato Grosso do Sul, o IFMS.  

Está aberto o período de seleção para ingresso em 2015 no IFMS. O Instituto está oferecendo 560 vagas em cursos de nível superior para os campi localizados em Campo Grande, Aquidauana, Coxim, Corumbá, Ponta Porã, Nova Andradina e Três Lagoas.

Quem quiser concorrer a uma das vagas na instituição precisará ter realizado o Exame Nacional do Ensino Médio em 2014 e não ter zerado a prova de redação. Para saber mais sobre as vagas e sobre o processo de seleção acesse o site oficial da seleção. Todos os cursos ofertados pelo IFMS são gratuitos.  

Em 2015, o IFMS está oferecendo cursos novos como Processos Metalúrgicos, Automação Industrial, Tecnologia de Alimentos. Há também o oferecimento de vagas no curso de Bacharelado em Agronomia. Ao todo, são 9 cursos com vagas em aberto.

As inscrições deverão ser feitas através da página web do Sisu. Nesta seleção, metade das vagas da instituição é destinada aos estudantes oriundos da rede pública de ensino. Desse número de vagas, parte é destinada aos estudantes cujas famílias recebem até 1,5 salário mínimo per capita e também aos jovens que se autodeclarem pretos, pardos ou indígenas.  

A divulgação da primeira chamada será feita no dia 26 de janeiro. Após esta etapa será iniciada a realização das matrículas. Os estudantes poderão se matricular nos dias 30 de janeiro, 2 e 3 de fevereiro. As pessoas que não forem selecionadas poderão manifestar o interesse pela participação da lista de espera até o dia 6 de fevereiro. A divulgação da relação dos estudantes selecionados pela segunda chamada será feita no dia 10 de fevereiro.  

Por Melina Menezes


Está aberto o período para realizar as inscrições no processo seletivo da Escola Família Agrícola de Ladeirinhas, localizada no município de Japoatã noSergipe. Ao todo, a instituição está disponibilizando 50 vagas. As inscrições permanecerão abertas até o dia 20 de fevereiro. O processo seletivo foi autorizado pela Secretaria de Estado da Educação, a SEED. 

A SEED está inscrevendo os interessados em participar do processo de seleção que está oferecendo 50 vagas no curso deTécnico em Agropecuária. O número total de vagas está distribuído em dois turnos, matutino e vespertino. 

Quem quiser participar do processo de seleção da Escola Família Agrícola de Ladeirinhas terá tempo de efetuar a sua inscrição até o dia 20 de fevereiro. A Escola está localizada na Rua dos Currais, n° 156, povoado de Ladeirinhas, pertencente ao município de Japoatã. Conforme as instruções determinadas pela SEED da cidade sergipana, estão aptos a participar da seleção aquelas pessoas que sejam filhos de agricultor ou de assentados / acampados, possuam ensino fundamental completo, estejam dispostos a desenvolverem e cuidarem do meio ambiente durante as práticas de agricultura, sejam oriundos de municípios que participem do Baixo São Francisco Sergipano (Brejo Grande, Amparo do São Francisco, Capela, Pirambu, Santana do São Francisco, Neópolis, Ilha das Flores, Canhoba, Cedro de São João, Paracatuba, entre outras). 

No momento de realizar a sua inscrição o candidato deverá estar munido de certidão de nascimento, diploma ou certificado de finalização da oitava ou nona série do ensino fundamental, estarem dia com o serviço militar ou dispensa para maiores de 18 anos de idade e pertencentes ao sexo masculino, possuir xerox de carteira de identidade e do CPF, três fotos 3×4 recentes e coloridas, comprovante de residência. A inscrição do candidato poderá ser feito por outra pessoa maior de 18 anos, para isso esse procurador deverá estar com toda a documentação exigida na hora da inscrição. 

A seleção finalizará quando o número de vagas estiver completamente preenchido e não houver possibilidade de outras inscrições. As aulas começarão no dia 23 de fevereiro. 

Por Melina Menezes


O Plano Nacional de Formação de Professores, conhecido pela sigla PARFOR, abrirá 710 vagas de licenciatura para professores, conforme informações do site do Ministério da Educação e Cultura.

O Plano Nacional de Formação de Professores é uma proposta conjugada do Ministério da Educação e Instituições de Ensino Superior, além das Secretarias Municipais e Estaduais de Educação. A plataforma Freire é o ambiente virtual utilizado por esse programa, o qual também foi idealizado pelo MEC/CAPES, onde professores que atuam em escolas públicas, indiferente de serem municipais ou estaduais, tem a possibilidade de realizarem cursos complementares a sua formação, adequando-se também às exigências colocadas pelas Leis que regulam a Educação em nosso país.

Nesta próxima etapa, onde as datas de pré-inscrições começam no próximo dia 20 de janeiro de 2015 e se estendem até 13 de março, serão ofertadas 710 vagas em diversos cursos.

Para acessar a Plataforma Freire, o profissional deve acessar o seguinte endereço eletrônico: freire.capes.gov.br, onde é possível encontrar as ofertas de curso, calendários, cadastro, entre outras informações pertinentes ao Plano Nacional de Formação de Professores. Para acessar o ambiente virtual, o docente deverá realizar um cadastro disponível no próprio site, por meio do primeiro acesso. Ainda no site, é possível visualizar as ofertas de curso e as cidades para as quais estão disponíveis tais opções.

Para fazer parte do Parfor, necessariamente o profissional deve estar exercendo suas atividades docentes em rede pública de ensino, tendo a opção de cursar uma primeira licenciatura ou uma segunda licenciatura. Caso opte pela segunda licenciatura, o profissional deve comprovar o efetivo exercício de 3 anos no magistério em uma área de atuação distinta da sua formação. Dentro da proposta, existe ainda a opção de formação pedagógica, onde podem se matricular professores que são graduados, porém que não tem a licenciatura, mas que, no entanto exercem a função de docente na rede pública de Educação.

Para mais informações acesse freire.capes.gov.br. 

Por Thiago José Fernandes


Atenção jovens moradores do estado do Tocantins! Se você está querendo iniciar um curso de nível superior, esta pode ser uma grande oportunidade. Está aberto o período de inscrições para o processo seletivo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado do Tocantins (IFTO). As vagas que estão sendo disponibilizadas são para diversos cursos. Nesta ocasião estão sendo oferecidas 70 vagas.  

Atualmente, com as exigências cada vez maiores no mercado de trabalho, os jovens têm tido mais iniciativa no momento de decidir cursar ou não o ensino superior. Esta proatividade tem sido a causa de que muitas instituições de ensino aumentarem o número de vagas nos cursos de graduação e até mesmo diversificar os cursos oferecidos. Assim, seguindo esta tendência, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFTO) está oferecendo uma nova graduação no Campus Paraíso. A mais nova graduação que está sendo disponibilizada é  Bacharelado em Sistemas de Informação.

Quem quiser participar do processo de seleção e iniciar a vida acadêmica nessa instituição poderá realizar a sua inscrição através do endereço eletrônico paraiso.ifto.edu.br. O prazo para realizar as inscrições continuará vigente até o dia 18 de janeiro de 2015. Também poderão ser feitas as inscrições de forma presencial, para este fim o interessado deverá comparecer no Espaço Cultural Cora Coralina, localizado na Praça José Ribeiro Torres, na localidade de Paraíso do Tocantins. As inscrições no modo presencial serão aceitas até o dia 18 de janeiro, no horário das 8h às 12h e das 13h às 17h.  

Neste mesmo processo seletivo também estão sendo oferecidas oportunidades para outros cursos como Tecnologia em Alimentos, Licenciatura em Matemática e Licenciatura em Química. Os cursos são ministrados no período vespertino e no período noturno. Para participar da seleção o interessado precisará pagar um valor de R$ 25, relativo à taxa de inscrição. Caso prefira, o estudante poderá trocar o pagamento da taxa por fazer uma doação de 2 kg de alimentos não perecíveis, não poderão ser doados sal nem fubá.   

A avaliação dos candidatos será realizada no dia 25 de janeiro.  

Por Melina Menezes


Está aberto o período de inscrições para o processo seletivo de Transferência para o primeiro semestre do próximo ano da ESPM-SP. As inscrições continuarão abertas até o dia 27 de janeiro.  

As oportunidades estão disponíveis para aquelas pessoas que já tenham concluído ou estejam cursando graduações nos mesmos cursos ofertados pela ESPM ou em cursos semelhantes. As graduações que estão disponibilizando vagas na ESPM são: Design, Publicidade e Propaganda, Administração, Jornalismo, Sistemas de Informação em Comunidade e Gestão, e Relações Internacionais. 

Se você deseja participar desta seleção, mas está preocupado com o fato de não morar em São Paulo, fique tranquilo. A instituição está oferecendo estas vagas para estudantes localizados nas diversas regiões do território brasileiro.   

Para participar do processo de transferência o interessado precisa acessar o endereço eletrônico do processo seletivo. O valor a ser pago pela taxa de participação é de R$ 50, esta deverá ser recolhida em agências bancárias. A documentação solicitada no edital de abertura do processo seletivo precisará ser entregue pessoalmente na ESPM ou através dos Correios. 

A avaliação na primeira fase consiste na verificação dos documentos entregues. A aplicação da avaliação que definirá os novos alunos oriundos de transferência será no dia 2 de fevereiro de 2015. As entrevistas ocorrerão no dia 10 de fevereiro no horário das 14h às 18h. Todas as fases do processo seletivo serão aplicadas no Campus Francisco Gracioso, localizado na Rua Álvaro Alvim, 123 no bairro Vila Mariana em São Paulo.  

As matrículas dos aprovados no processo de transferência serão realizadas nos dias 10, 11 e 12 de fevereiro das 12h às 19h. O inicio das aulas será no dia 23 de fevereiro. 

Por mais informações sobre o processo seletivo por transferência ligue (11) 5085-4600 ou entre em contato pelo e-mail relacionamentosp@espm.br.

A ESPM foi fundada no ano de 1951, mantém até hoje a sua filosofia que é contratar profissionais atuantes no mercado para ministrar as aulas da instituição, isto para que os graduandos possam aliar a prática à teoria. 

Por Melina Menezes


Se você mora em Minas Gerais e está concluindo em 2015 o ensino médio ou se já conclui em anos anteriores, fique atento à oportunidade que a Universidade Federal de Minas Gerais está oferecendo. A UFMG está com as inscrições abertas para o curso pré-vestibular da instituição. O curso faz parte de um projeto de extensão e tem como objetivo principal a preparação de jovens estudantes para o vestibular do próximo ano. 

Caso você tenha ficado interessado e deseje participar do curso preparatório, fique sabendo que para concorrer a uma das vagas e iniciar a preparação na UFMG você precisará ter estudado em escolas públicas. 

O cursinho Equalizar é um meio que os estudantes da rede pública de ensino possuem para poder estudar e aprender mais a fundo as disciplinas que serão cobradas no processo seletivo que acontecerá no próximo ano.  

Para se inscrever no processo seletivo o aluno precisará acessar o site do Projeto Equalizar até o dia 18 de janeiro. Logo de efetuar a inscrição o estudante receberá um documento a modo de comprovante que precisará ser apresentado antes de entrar para realizar a prova de seleção. Conforme as informações cedidas pelos coordenadores do curso Equalizar, o processo de seleção dos estudantes será feito no dia 24 de janeiro no período vespertino, iniciando às 15h. O local de aplicação da prova é o Campus Pampulha. Outros dados mais específicos como a sala de realização das provas será informado por e-mail para cada estudante. 

A seleção dos candidatos será feita mediante a aplicação de prova objetiva múltipla escolha e também mediante a aplicação de provas dissertativas. Os conteúdos que serão cobrados são das disciplinas de História, Biologia, Geografia, Português, Física, Química e Matemática. A convocação dos candidatos será feita por ordem descendente das notas sendo chamado, primeiramente, quem possui maior pontuação. 

O cursinho Equalizar está localizado na Escola de Engenharia no campus Pampulha, na região metropolitana de Belo Horizonte. 

Por mais informações entre em contato pelo e-mail cpequalizar@gmail.com.  

Por Melina Menezes


Perdeu o prazo para se inscrever no vestibular da Universidade do Estado da Bahia? Não se preocupe, ainda dá tempo, o período de inscrições foi prorrogado.

Atenção você estudante que não pode se inscrever no processo seletivo da UNEB porque o prazo de inscrições tinha sido encerrado, suas preces foram atendidas! O período que estava sendo finalizado no passado dia 2 de outubro ficará aberto por mais alguns dias, o novo prazo extingue-se no dia 19 de outubro.

Conforme a resolução da UNEB, a taxa de inscrição poderá ser recolhida até o dia 20 de outubro. O valor a ser pago pelo direito de participar no vestibular 2015 é de R$ 70. Ficam isentos de pagar esta taxa, aqueles estudantes que tenham participado do processo de isenção e que tenham sido contemplados por esse beneficio, esses estudantes terão a sua inscrição automaticamente autorizada e deferida. Já as pessoas que tenham participado do processo de isenção, mas que não tenham conseguido o benefício, precisarão pagar R$ 65 do total da taxa, pois no momento de se inscrever para a isenção já tinham pago R$ 5,00.

Atualmente, a UNEB está disponibilizando 3.647 vagas distribuídas em 24 cidades do estado baiano. Do total de oportunidades oferecidas, 2.925 são para aqueles jovens que desejem cursar uma graduação a distância. Do numero total de vagas, 1.170 estão sendo destinadas às pessoas autodeclaradas afrodescendentes e 127 para indígenas. Outras 1.893 oportunidades são para ingresso mediante o Sistema de Seleção Unificada, o Sisu.

A aplicação das provas está programada para os dias 14 e 15 de dezembro, nesses dias o estudante deverá responder 85 questões de múltipla escolha e ainda realizar uma redação. Os gabaritos serão divulgados no dia 16 de dezembro a partir das 15h.

A lista dos candidatos aprovados ainda vai demorar para ser publicada, somente no dia 30 de janeiro os estudantes saberão se conseguiram passar no Vestibular.

Por mais informações sobre o vestibular da Uneb, para efetuar a inscrição e para saber mais sobre o regulamento acesse o site da instituição.

Por Melina Menezes


Está aberto o período de inscrições para as bolsas remanescentes do ProUni – Programa Universidade para Todos. Os candidatos podem preencher o requerimento somente pela internet e mesmo os candidatos que já estiverem matriculados em uma instituição de ensino superior podem concorrer, entretanto, o prazo é diferente do que para aqueles que não estão matriculados. Quem está matriculado tem até o dia 1º de dezembro para se inscrever e quem não estiver tem até o dia 7 de setembro.

Segundo a coordenadora de geral de projetos especiais para graduação da Secretaria de Educação Superior: “O programa abre a oportunidade para um estudante que tenha concluído o ensino médio ingressar em um curso superior. Agora, no caso das vagas remanescentes, por exemplo, um estudante que queira ainda ingressar em um curso, ele vai ter a oportunidade”. Para concorrer a essas vagas, além de ter realizado o ENEM do ano passado, o candidato deve ter se inscrito nas opções anteriores do processo seletivo do ProUni. Vale ressaltar que o aluno pode usar a nota do ENEM de 2010 até agora.

Além desta possibilidade, podem se inscrever os professores da rede pública, que tenham o magistério. Nestes casos, o candidato não precisa comprovar renda nem ter estudado em escola pública ou mesmo ter participado do ENEM, nos anos anteriores. Contudo em ambos os casos, os interessados tem que cumprir os requisitos básicos estabelecidos pela Lei nº 11.096, de 13 de janeiro de 2005.

Em 2014, o ProUni bateu recordes e mais de 195 mil estudantes foram beneficiados com uma bolsa de estudos em uma instituição de nível superior de todo o país. É o maior número desde sua criação em 2004. Em 2013 o número foi um pouco menor e pouco mais de 177 mil estudantes ingressaram no ensino superior. Para concorrer a uma das bolsas remanescentes o estudante deve comprovar renda bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa. 

Por Robson Quirino de Moraes


O Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) em São Paulo está recebendo desde sexta-feira, dia 25 de julho de 2014, as inscrições para a realização de um curso gratuito voltado para estudantes interessados em prestar algum vestibular. De acordo com as informações divulgadas pelo CIEE o presente curso tem como principal foco despertar nos jovens participantes afinidade com a literatura principalmente entre os alunos do nível médio, tudo visando que os participantes possam ter maiores chances de conseguirem um aproveitamento melhor nas provas de vestibulares.

Este curso voltado para vestibulandos apresenta como diferencial o roteiro do mesmo. Ou seja, serão abordados e estudados a lista de livros que será utilizada nos vestibulares da Unicamp e da Fuvest. Durante as aulas presenciais serão contextualizados cada obra em seu respectivo tempo histórico. Além disso, também serão tratados pontos onde essas obras possam ser aproximadas da realidade atual e por fim, será analisado o estilo característico da cada autor.

Entre as obras que serão estudas estão “Sentimento do mundo”, de Carlos Drummond de Andrade; “Memórias póstumas de Brás Cubas”, de Machado de Assis e “Viagens na minha terra”, de Almeida Garrett.

Outro diferencial que será utilizado como um recurso durante a realização dos cursos gratuitos serão partes de filmes, quadros famosos e minisséries dentre outros que tenham relação ao texto que será estudado.

De acordo com as informações divulgadas pelo Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) o curso em questão terá vagas limitadas. A duração do mesmo será de cinco dias. A divisão foi feita em três horas por dia o que totaliza 15 horas de curso

O início das aulas está previsto para começar no dia 4 de agosto e deverá seguir até o dia 8 do mesmo mês. As aulas acontecerão no período situado entre 14h e 17h no Prédio-Escola do CIEE. O endereço do mesmo é Rua Maria Paula, nº 212, Centro, São Paulo/SP.

As inscrições para esse curso são gratuitas e estão sendo aceitas via internet por meio do site www.ciee.org.br.

A previsão é de que as inscrições permanecerão em aberto até o fechamento por completo das vagas. Por isso, quanto antes o interessado se inscrever melhor.

Por Denisson Soares


Está aberto o período para realizar inscrições para o processo seletivo extravestibular na Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Continua vigente o prazo para efetuar a inscrição no processo de seleção que visa o preenchimento de vagas nos cursos de graduação mediante o ingresso de estudantes pelo extravestibular. Ao todo, estão sendo ofertadas 608 vagas em cursos de graduação. 

Segundo o edital publicado pela Comissão Permanente de Seleção, a Coperse, podem concorrer às vagas alunos da graduação que estejam matriculados ou com matricula trancada em outras instituições reconhecidas pelo Ministério de Educação e Cultura, MEC.

O requisito fundamental exigido pela UFRGS é que o aluno tenha concluído todas as disciplinas referentes aos dois primeiros semestres da graduação. O documento de abertura do processo seletivo está disponível no endereço eletrônico da Coperse.

Dentro do ingresso extravestibular há duas modalidades: transferência interna e transferência voluntária. A transferência interna é para estudantes da UFRGS que estiverem corretamente matriculados ou com matrícula trancada em cursos de graduação na instituição e tenham entrado na UFRGS através do Concurso Vestibular.

Já a transferência voluntária é para aqueles alunos que estiverem matriculados ou tiverem solicitado o trancamento da matrícula em instituições de ensino dentro ou fora do país. Em ambas situações não é permitida a transferência de alunos que estiverem cursando ou tenham concluído os dois últimos semestres da graduação.

O período para efetuar as inscrições continuará em aberto até o dia 28 de julho, mais precisamente até as 23h59min desse dia.

Para se inscrever o interessado precisará acessar o endereço eletrônico do processo seletivo. Logo que realizar a inscrição, o estudante precisará imprimir o boleto a ser pago pela taxa de participação no certame. O valor da taxa de inscrição é de R$ 75.

A realização das provas ocorrerá no dia 17 de agosto no período matutino. A duração da prova será de 4 horas, nesse período o jovem terá de responder as questões objetivas, preencher o cartão resposta e escrever a redação.

Por Melina Mariel Menezes Pereda


A Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) ampliou para 40% a quantidade de reserva de vagas para cotistas em 2015. Isso foi decidido através do Conselho Universitário (Consun) da instituição, uma vez que os vestibulandos agora podem ingressar na graduação por meio do vestibular e do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Todavia, a decisão ainda prevê que esse índice chegue a 50% nas seleções de 2016, através de determinação de lei federal.

Cabe lembrar que a ampliação na reserva de vagas é válida para ambas as formas de ingresso de vestibular do próximo ano. Assim, ele continua com 70% das vagas e o Sisu com as 30% restantes. Essa proporção respeita a quantidade de cotas estipulada dentro de cada seleção. No ano de 2012, o Consun havia rejeitado o projeto que aumentava a quantidade de reserva de vagas para cotistas. Contudo, um grupo da instituição que estuda as políticas afirmativas teve a ideia de propor esse índice de cotas, o que resultou em um grau satisfatório por parte dos estudantes. A universidade afirma, ainda, que o objetivo da decisão é adequar os processos de ingresso à Lei Federal que exige ampliação gradual do índice de vagas reservadas para 50% até 2016 em todas as instituições federais de ensino.

Entretanto, é importante ressaltar que o candidato precisa aprimorar o conhecimento e estudar com afinco para ser aprovado no vestibular, pois para conseguir uma vaga na instituição é necessário passar por um processo seletivo ou então ter obtido uma boa nota no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e com isso, se inscrever no Sisu.

A cada ano que passa a tendência é que a quantidade de inscritos nos vestibulares aumente. Todavia, o governo também tem investido nessa área e nos últimos meses abriu várias instituições para níveis de graduação e cursos tecnológicos, o que favoreceu a qualificação de diversas pessoas para o mercado de trabalho.

Por Luciana Viturino





CONTINUE NAVEGANDO: