Estão abertas as inscrições para interessados nas vagas remanescentes do ProUni 2018.

Abriram-se, nesta terça-feira (dia 3), as inscrições para as vagas remanescentes de bolsas para o Programa Universidade Para Todos (ProUni), do ano de 2018. Os alunos que ainda não se matricularam em alguma instituição de ensino têm até sexta-feira (dia 06/04) para se inscreverem, agora para os já matriculados o prazo se estende até o dia 30/04.

Podem se candidatar às vagas de bolsa remanescente todos aqueles que foram professores da rede pública de ensino, ou que tenham realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a partir do ano de 2010, tendo nota superior a 450 pontos e não tenham zerado a redação, ou possuam alguma deficiência, ou então se encaixem no perfil de renda que o programa exige.

As inscrições são realizadas no site do programa siteprouni.mec.gov.br.

ProUni

O Programa Universidade Para Todos (ProUni), foi criado em 2004, como iniciativa do Governo Federal, com o objetivo de facilitar o acesso de pessoas carentes ao ensino superior, oferecendo bolsas de estudo com 50%, ou até mesmo 100%, de desconto da mensalidade em universidades privadas.

O ProUni se realiza duas vezes ao ano, sendo a primeira no início do ano (entre o fim de janeiro e o início de fevereiro) e a segunda a partir do segundo semestre. Para se inscrever, é necessário que o estudante tenha realizado o Exame Nacional do Ensino Médio e tenha obtido, ao menos, 450 pontos na média, sem ter zerado a redação.

As inscrições para o programa são feitas através do site do MEC. Para o cadastro, é necessário informar o CPF, o número da inscrição do último Enem realizado e cadastrar uma senha (caso o estudante já esteja cadastrado no Sistema de Seleção Unificada – Sisu), deve-se usar a mesma senha utilizada no programa.

Inscrição

Para se inscrever, basta acessar ao site no período de matrícula, informar os documentos já citados e escolher até duas opções de cursos de interesse do aluno, em até duas instituições. Essa escolha precisa ser feita em ordem de prioridade. Em seguida, deve-se informar o tipo de bolsa desejada (integral ou parcial). Enquanto o período de inscrição estiver aberto, o candidato pode alterar suas opções, mas será válida a última inscrição optada. É preciso ressaltar que o candidato não pode inscrever suas duas opções no mesmo curso, do mesmo turno, de uma mesma instituição.

No caso das inscrições serem maiores que os números de vagas, o programa seleciona os candidatos em uma lista, na qual a ordem é a partir da sua nota e da modalidade de concorrência. Caso o candidato contemplado não se matricule, há outras chamadas.

Uma vez por dia o programa atualiza a nota de corte para cada curso, baseado na quantidade de vagas disponíveis e nas notas (com peso) dos candidatos que se inscreveram no mesmo curso.

Lembrando que não é necessário que o candidato realize o vestibular próprio da instituição de ensino, caso opte e consiga a bolsa do ProUni, basta ter feito o ENEM. No entanto, algumas instituições têm a tradição de aplicar um exame para selecionar os candidatos já pré-selecionados pelo ProUni. Esta prova deve ser isenta de taxas.

Após ter sido selecionado pelo ProUni, a matrícula é de total responsabilidade do estudante, que deverá comparecer à instituição de ensino e se matricular, levando os documentos exigidos pela própria, além de comprovar os requisitos estabelecidos para inscrição no ProUni. Para continuar recebendo a bolsa, o aluno precisa ser aprovado em até 75% das matérias cursadas.

Requisitos

Para poder se inscrever e ganhar a bolsa na universidade, através do ProUni, o candidato precisa atender a pelo menos um destes requisitos:

· Não possuir ainda diploma superior;

· Ter cursado todo o ensino médio em uma instituição de ensino da rede pública, ou ter obtido bolsa integral em uma instituição de ensino da rede privada;

· Ser professor da rede pública de ensino;

· Possuir alguma deficiência.

Por Aurenivia Alves Pereira


UFRN oferta 214 vagas residuais para cursos de graduação em 2018.

Uma grande oportunidade acaba de ser anunciada para você que deseja uma vaga em um curso superior. Pois, a Universidade Federal do Rio Grande do Norte, a UFRN vai realizar um novo processo seletivo para o preenchimento de mais de 200 vagas na instituição de ensino superior. As oportunidades são para todos os cursos da universidade. Saiba agora todas as informações sobre esta nova seleção da UFRN.

Informações sobre as vagas oferecidas

Ao todo, a Universidade Federal do Rio Grande do Norte vai oferecer 214 vagas para os campi de Santa Cruz e Natal. Para este processo seletivo em aberto, os candidatos precisam atender a uma série de especificações, pois essas oportunidades oferecidas são para a ocupação de vagas residuais, ou seja, vagas que sobraram ou para ocupar lugar de outros alunos que desistiram do curso.

Confira agora os requisitos que a UFRN estabeleceu:

– só pode se inscrever neste processo pessoas que estão matriculadas ou já se formaram em um curso superior.

– caso o interessado esteja matriculado em outra universidade, para concorrer a uma das vagas na UFRN ele só pode se inscrever na mesma graduação.

– já os matriculados na UFRN só podem se inscrever em graduações diferentes. Não é permitido, quem frequenta um curso noturno trocar pela mesma graduação só que no período diurno.

– os candidatos já formados podem se candidatar no curso que bem escolher.

– as pessoas que frequentaram alguma graduação da UFRN e não se formaram podem voltar à universidade em qualquer curso.

Confira agora quais cursos, quantas vagas, qual período do dia e modalidade que está sendo oferecida por este novo processo da Universidade Federal do Rio Grande do Norte:

Campus Santa Cruz:

04 vagas para enfermagem. Períodos: manhã e noite. Modalidade: bacharelado.

Campus Natal:

03 vagas para engenharia têxtil. Períodos: manhã e noite. Modalidade: bacharelado.

03 vagas para engenharia química. Períodos: manhã, tarde e noite. Modalidade: bacharelado.

04 vagas para engenharia elétrica. Períodos: manhã, tarde e noite. Modalidade: bacharelado.

04 vagas para engenharia de produção. Período: noite. Modalidade: bacharelado.

04 vagas para engenharia de alimentos. Período: noite. Modalidade: bacharelado.

05 vagas para engenharia civil. Períodos: manhã, tarde e noite. Modalidade: bacharelado.

33 vagas para ciências e tecnologia – generalista. Períodos: manhã e tarde. Modalidade: bacharelado.

23 vagas para ciências e tecnologia – generalista. Período: noite. Modalidade: bacharelado.

02 vagas para arquitetura e urbanismo. Períodos: manhã, tarde e noite. Modalidade: bacharelado.

05 vagas para turismo. Período: tarde. Modalidade: bacharelado.

04 vagas para serviço social. Período: tarde. Modalidade: bacharelado.

05 vagas para pedagogia. Período: tarde. Modalidade: licenciatura.

05 vagas para pedagogia. Período: noite. Modalidade: licenciatura.

04 vagas para letras – língua portuguesa. Período: noite. Modalidade: licenciatura.

02 vagas para letras – língua espanhola. Período: noite. Modalidade: licenciatura.

04 vagas para jornalismo. Período: noite. Modalidade: bacharelado.

06 vagas para gestão de políticas públicas. Período: tarde. Modalidade: bacharelado.

06 vagas para gestão de políticas públicas. Período: noite. Modalidade: bacharelado.

05 vagas para direito. Período: noite. Modalidade: bacharelado.

05 vagas para direito. Período: manhã. Modalidade: bacharelado.

04 vagas para design. Períodos: manhã e tarde. Modalidade: bacharelado.

04 vagas para comunicação social – pub e propaganda. Período: noite. Modalidade: bacharelado.

04 vagas para comunicação social – audiovisual. Período: noite. Modalidade: bacharelado.

05 vagas para ciências econômicas. Período: manhã. Modalidade: bacharelado.

04 vagas para ciências contábeis. Período: noite. Modalidade: bacharelado.

04 vagas para ciências contábeis. Período: manhã. Modalidade: bacharelado.

03 vagas para biblioteconomia. Período: tarde. Modalidade: bacharelado.

05 vagas para administração. Período: noite. Modalidade: bacharelado.

05 vagas para administração. Período: manhã. Modalidade: bacharelado.

04 vagas para odontologia. Períodos: manhã e tarde. Modalidade: bacharelado.

04 vagas para nutrição. Períodos: manhã e tarde. Modalidade: bacharelado.

02 vagas para medicina. Períodos: manhã, tarde e noite. Modalidade: bacharelado.

04 vagas para gestão hospitalar. Períodos: tarde e noite. Modalidade: tecnólogo.

03 vagas para fisioterapeuta. Períodos: manhã e tarde. Modalidade: bacharelado.

04 vagas para farmácia. Período: noite. Modalidade: bacharelado.

04 vagas para farmácia. Períodos: manhã e tarde. Modalidade: bacharelado.

05 vagas para enfermagem. Períodos: manhã e tarde. Modalidade: bacharelado.

04 vagas para educação física. Períodos: tarde e noite. Modalidade: bacharelado.

03 vagas para ciências biológicas. Períodos: noite. Modalidade: licenciatura.

02 vagas para ciências biológicas. Períodos: manhã e tarde. Modalidade: bacharelado.

01 vaga para ciências biológicas. Períodos: manhã e tarde. Modalidade: licenciatura.

Processo seletivo

A UFRN definiu que para ocupar uma dessas vagas, os candidatos vão ser submetidos aos seguintes métodos de avaliação:

– Prova de múltipla escolha com perguntas de matemática e língua portuguesa.

– Redação.

– Prova de títulos.

As avaliações estão marcadas para o dia 29 de abril. As provas vão ser aplicadas nas seguintes cidades: Santa Cruz, Currais Novos, Caicó e Natal. Os locais e o horário ainda vão ser informados.

Inscrições

Para realizar a inscrição, basta você acessar o seguinte endereço eletrônico: http://www.comperve.ufrn.br. As inscrições devem ser efetuadas entre o período de 12 de março e 02 de abril de 2018. A taxa de inscrição é de R$ 30,00.

Por Isabela Castro


UFPR recebe inscrições de interessados em Vagas Remanescentes.

Foi aberto um novo edital do Provar, por iniciativa da UFPR, destinado aos graduados e aos ex-alunos que não terminaram o curso.

As inscrições têm prazo definido até o dia 27 de novembro de 2017. Trata-se de uma seleção dos candidatos aprovados por meio de avaliação do histórico escolar da graduação, conforme os critérios da universidade. Este pode ser considerado um método alternativo de processo de seleção, que visa beneficiar a muitos acadêmicos. Em geral, ele obtém bons resultados dentro da universidade.

É importante explicar o que significa o PROVAR. Este é um procedimento próprio da UFPR que reorganiza a ocupação de vagas dos remanescentes nas graduações. Por meio desse processo a universidade pretende incluir, em suas modalidades estruturais acadêmicas, aos estudantes da UFPR, aos ex-alunos, e também visa atender à comunidade externa, ou seja, aos estudantes que façam parte de outra Instituição de Ensino Superior ou mesmo ofertando novas oportunidades aos acadêmicos que colaram grau. Portanto, trata-se de novas oportunidades de estudo.

Na Universidade Federal do Paraná, UFPR, o novo edital para este Processo de Ocupação de Vagas Remanescentes, Provar, dispõe de 344 vagas destinadas às pessoas que se formaram nos últimos dois anos, como também para os alunos graduados que tem intenção de realizar outra capacitação, além de ser dirigido aos ex-alunos desta universidade que não chegaram a concluir o curso, mas têm intenção de prosseguir na formação.

Para reforçar os dados é importante salientar que o período de inscrições se estenderá até o dia 27 de novembro, e os valores das taxas vão de 80 a 160 reais.

De acordo com informações da própria UFPR, o critério de seleção que avalia os aprovados está fundamentado em uma análise debruçada sobre o histórico escolar de graduação de cada acadêmico. A distribuição das vagas obedece à seguinte ordem: são 208 vagas para o campus Curitiba; mais 49 vagas destinadas a Jandaia do Sul; são 50 vagas para o campus de Matinhos; 23 vagas destinadas ao campus Palotina e as últimas14 vagas reservadas para o campus de Pontal do Paraná.

Os acadêmicos interessados poderão acessar os editais deste novo processo de aproveitamento do curso superior, que estão disponíveis na internet, para ingressar nessa seleção de complementação dos estudos ou no sentido de reintegração dos ex-alunos na universidade. Ou seja, são oportunidades oferecidas a diversos alunos em situações diferentes, para que os mesmos possam ou aprofundar ou retomar o curso da vida acadêmica.

A Universidade Federal do Paraná já tornou público mais dois editais deste Provar no mês de setembro. Entre os dois referidos editais, um está indicando 126 vagas disponíveis, destinadas aos estudantes das outras instituições universitárias, possibilitando aos mesmos a transferência para a UFPR. Portanto, em relação a esse caráter de avaliação, as provas foram ministradas no dia 15 de outubro, sendo que o resultado que qualifica os classificados está agendado para divulgação no cinco de janeiro de 2018.

O outro edital publicado pelo procedimento do Provar abrangeu todos os acadêmicos que já estavam matriculados na Universidade Federal do Paraná, os quais estão interessados em mudança de curso. Assim, neste caso específico, os resultados classificatórios estão previstos para divulgação no dia 27 de novembro de 2017.

A Universidade Federal do Paraná criou este programa para facilitar e aperfeiçoar a vida acadêmica de alunos e ex-alunos, para que os mesmos possam aproveitar outras oportunidades de cursos dentro da mesma universidade. São expedientes que visam atrair mais alunos ou incentivar outros no prosseguimento nos cursos que foram trancados ou abandonados. Vale a pena conferir.

Por Paulo Henrique dos Santos


Os estudantes interessados em aproveitar alguma das vagas remanescentes precisam efetuar suas respectivas candidaturas via internet.

Nesta segunda-feira, dia 22/08, foi aberto o período de recebimento das inscrições para os interessados nas vagas remanescentes da segunda edição do Financiamento Estudantil, o Fies. Apesar do fato de que as inscrições já se encontram em aberto é importante lembrar aos candidatos que quiserem participar que o prazo final das mesmas está relacionado ao grupo no qual o mesmo esteja enquadrado.

Como se inscrever:

Os estudantes interessados em aproveitar alguma das vagas remanescentes precisam efetuar suas respectivas candidaturas via internet. Para este fim foi disponibilizado o endereço eletrônico http://sisfiesportal.mec.gov.br. É extremamente importante que após a conclusão das inscrições os estudantes façam a validação de seus dados junto a Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento pertencente a instituição de nível superior (onde o mesmo foi selecionado). Por fim, ainda é necessário fazer a formalização do contrato. Essa etapa pode ser realizada em qualquer agência bancária da Caixa Econômica ou do Banco do Brasil.

Novidades:

Esta edição do Fies conta com uma novidade para os estudantes: A renda bruta mensal foi ampliada. Anteriormente a renda per capita era de 2,5 salários mínimos por pessoa e agora passa a ser de 3 salários mínimos. Isso quer dizer que poderão participar do programa aqueles com a renda de até R$2.640.

Outro detalhe que é interessante de ser destacado é o fato de que os candidatos que ainda não terminaram o ensino superior, mas que conseguiram uma média superior a 450 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio e nota superior a zero (contando as edições que aconteceram a partir de 2010) também poderão se inscrever. O critério da renda também se aplica a essa categoria de candidatos.

Já o Ministério da Educação divulgou que por enquanto ainda não existem contratos que estejam sendo avaliados. E por isso mesmo não é possível informar com exatidão o número de vagas que irão ser colocadas novamente à disposição dos candidatos. Na 2° edição do Financiamento Estudantil deste ano foi ofertado pelo MEC um total de 75 mil vagas.

De acordo com a categoria em que o estudante esteja encaixado ele poderá se inscrever até o final do mês de agosto, setembro ou até dezembro.

De qualquer maneira é bom ficar atento a esses pontos. Todas as informações do calendário poderão ser conferidas no link das inscrições.

Por Denisson Soares


Inscrições podem ser realizadas até o dia 31 de março de 2016.

No dia 23 o Programa Universidade para Todos, Prouni, começou a oferecer as suas bolsas de estudo remanescentes do processo regular de seleção. Para os interessados nas vagas que não foram preenchidas, as inscrições deverão ser feitas até o dia 31 deste mês de março de 2016.

Acesse o site do Prouni – prouniportal.mec.gov.br – faça o seu cadastro e também confira demais informações sobre o processo seletivo.

Como é o Prouni?

O programa disponibiliza vagas de bolsas de estudos de modo parcial (50% das mensalidades) e integral para estudantes do Brasil de baixa renda em instituições de nível superior privadas. A primeira seleção deste ano de 2016 do Prouni contou com 203.602 bolsas no total para mais de 30 mil cursos. Para as bolsas que não contaram com vagas preenchidas nessas chamadas regulares, agora ficarão à disposição dos estudantes.

Os interessados nessas bolsas de estudo devem ser estudantes que participaram de alguma edição do Exame Nacional do Ensino Médio a partir do ano de 2010 e professores da rede pública. Os candidatos não poderão apresentar nota 0 na redução e é necessário, ao menos, 450 pontos de média do Enem.

Para quem são as bolsas integrais?

Elas são voltadas para pessoas com a renda familiar bruta por pessoa em até 1,5 salário mínimo ao mês. No caso das bolsas parciais, elas são para aqueles candidatos que tenham a renda familiar bruta por pessoa em até três salários. Não há o critério de renda para os professores.

Os estudantes que fizerem a inscrição vão contar com dois dias úteis para que consigam comprovar as informações apontadas durante o cadastro nas instituições privadas de ensino. O estudante deverá observar a data, o local e o horário de atendimento para que possa efetuar os procedimentos requeridos.

Saiba das regras do Prouni:

Não é possível fazer parte do programa, caso você não entenda as regras mais básicas do Programa. Faça uma pesquisa breve no site do programa para verificar todos os quesitos voltados à renda das famílias. Observe também sobre a obrigatoriedade do candidato ter frequentado a escola pública durante todo o seu ensino médio, ou então, que ele tenha sido bolsista de modo integral em uma escola particular. Alguns minutos de seu tempo devem ser dedicados para entender de fato como é o funcionamento do Prouni e assim ter mais chances de contar com uma bolsa de estudo.


A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) dará início no dia 1º de outubro ao Período de Cadastro Seletivo 2014.2 para ocupação das vagas remanescentes pertinente ao segundo semestre letivo de 2014.

O Cadastro Seletivo irá oferecer 689 vagas para diferentes 14 cursos. E para os interessados em participar, a exigência feita é que o candidato deva ter o seu nome na lista de espera do SISU (Sistema de Seleção Unificada).

Conforme o edital publicado pelo PROGRAD (Pró-Reitora de Graduação), o estudante inscrito nesse cadastro só poderá concorrer ao curso escolhido como sua 1ª opção na lista de espera do SISU na circunstância de reserva de vaga adotada durante a inscrição no SISU 2014.2.

O período de inscrição é curto, ocorrendo entre o dia 1º de outubro até o dia 3 do referido mês. A inscrição pode ser feita em todos os campus da UFRB (Cruz das Almas, Cachoeira, Santo Antônio de Jesus, etc.) ou poderá ser feita por um procurador, desde que o mesmo seja propriamente constituído e porte a documentação exigida pelo Edital.

O resultado desse processo será divulgado em duas chamadas. A primeira no dia 13 de outubro e a segunda chamada no dia 31 de outubro. No caso de abdicação até a primeira semana de aulas, que terá início em janeiro de 2015, haverá uma última chamada que ocorrerá no dia 16 de janeiro de 2015. Lembrando que a divulgação do resultado é feita pelo site do PROSEL DA UFRB – ufrb.edu.br.

Para os aprovados, as matrículas serão feitas pessoalmente e estritamente no campus de Cruz das Almas. Importante estar atento ao cronograma, uma vez que a primeira chamada da convocação ocorrerá entre os dias 21 e 24 de outubro, e segunda chamada entre os dias 7 e 8 de novembro de 2014. Após esse prazo, não será mais possível concorrer às vagas remanescentes.

Mais informações e esclarecimentos de dúvidas são obtidos no EDITAL.

Por Michelle de Oliveira


Está aberto o período de inscrições para as bolsas remanescentes do ProUni – Programa Universidade para Todos. Os candidatos podem preencher o requerimento somente pela internet e mesmo os candidatos que já estiverem matriculados em uma instituição de ensino superior podem concorrer, entretanto, o prazo é diferente do que para aqueles que não estão matriculados. Quem está matriculado tem até o dia 1º de dezembro para se inscrever e quem não estiver tem até o dia 7 de setembro.

Segundo a coordenadora de geral de projetos especiais para graduação da Secretaria de Educação Superior: “O programa abre a oportunidade para um estudante que tenha concluído o ensino médio ingressar em um curso superior. Agora, no caso das vagas remanescentes, por exemplo, um estudante que queira ainda ingressar em um curso, ele vai ter a oportunidade”. Para concorrer a essas vagas, além de ter realizado o ENEM do ano passado, o candidato deve ter se inscrito nas opções anteriores do processo seletivo do ProUni. Vale ressaltar que o aluno pode usar a nota do ENEM de 2010 até agora.

Além desta possibilidade, podem se inscrever os professores da rede pública, que tenham o magistério. Nestes casos, o candidato não precisa comprovar renda nem ter estudado em escola pública ou mesmo ter participado do ENEM, nos anos anteriores. Contudo em ambos os casos, os interessados tem que cumprir os requisitos básicos estabelecidos pela Lei nº 11.096, de 13 de janeiro de 2005.

Em 2014, o ProUni bateu recordes e mais de 195 mil estudantes foram beneficiados com uma bolsa de estudos em uma instituição de nível superior de todo o país. É o maior número desde sua criação em 2004. Em 2013 o número foi um pouco menor e pouco mais de 177 mil estudantes ingressaram no ensino superior. Para concorrer a uma das bolsas remanescentes o estudante deve comprovar renda bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa. 

Por Robson Quirino de Moraes





CONTINUE NAVEGANDO: