Mudanças no Vestibular Unicamp 2020




Este novo modelo de prova garante que o candidato possa mostrar seu desempenho na área em que está situada a carreira que escolheu. Portanto, a disputa entre os candidatos de um curso específico será mais justa.

Após muitas discussões do Grupo de Trabalho, formado por representantes dos cursos de graduação ou seus coordenadores, foi aprovado pela Câmara Deliberativa da Comissão Permanente para os Vestibulares Unicamp, o novo modelo do Vestibular Unicamp. Esta decisão veio com o intuito de adequar o processo de ingresso às mudanças ocorridas tanto no Vestibular como um todo, quanto no Ensino Médio.

De acordo com José Alves de Freitas Neto, coordenador da Comvest (Comissão Permanente para os Vestibulares da Universidade), este modelo recupera a essência idealizada por Rubem Alves nos anos 80: Na primeira fase, eram avaliados conteúdos correspondentes ao Ensino Médio e, na segunda, o estudante deveria provar que consegue aproveitamento adequado para corresponder às expectativas da Universidade.


Um dos principais motivos desta mudança é a diminuição das abstenções causadas, sobretudo, por conta da sobrecarga que a maratona de provas causa nos estudantes. Na última edição do Vestibular Unicamp, as abstenções foram as maiores já vistas pela Universidade.

Além disso, este modelo de prova garante que o candidato possa mostrar seu desempenho na área em que está situada a carreira que escolheu. Portanto, a disputa entre os candidatos de um curso específico será mais justa.

Esta justiça se mostra verdadeira, pois com a redução do número de questões obrigatórias fora da grande área escolhida pelo estudante, a prova deixará de ser punitiva em relação àqueles que não tiveram a mesma oportunidade de estudar. De acordo com Freitas Neto, o aluno deve ter capacidade de interpretação de texto e raciocínio lógico. Sem mais delongas, confira estas mudanças:


  • Os dois dias de provas terão cinco horas cada um e não quatro como anteriormente;
  • As provas foram adequadas para que o estudante possa responder questões relacionadas à área que o curso escolhido corresponde;
  • Língua Portuguesa, Matemática e questões interdisciplinares serão obrigatórias;
  • A Língua Inglesa novamente estará presente na segunda fase por meio de duas questões realizadas no primeiro dia da segunda fase;
  • A Redação, que antes exigia duas produções de texto dos alunos, agora passará a exigir apenas um, ainda que continue a apresentar duas propostas.

Como será o primeiro dia da segunda fase?

  • Uma redação: O estudante deverá elaborar seu texto baseado em uma das duas propostas de redação;
  • Oito (8) questões de Língua Portuguesa e Literaturas de Língua Portuguesa;
  • Duas (2) questões interdisciplinares como inglês, ciências humanas e ciências da natureza.

Como será o segundo dia da segunda fase?

  • Seis (6) questões de Matemática;
  • Mais quatro (4) questões interdisciplinares das quais duas são de ciências humanas e duas, ciências da natureza;
  • Doze (12) questões específicas do curso escolhido pelo estudante. O peso do conteúdo específico será atribuído pelo próprio curso, variando de 1 a 3 pontos.

Lembrando que as áreas são divididas entre Ciências da Natureza (Biologia; Química), Ciências Exatas (Física; Química) e Ciências Humanas (História + Filosofia; Geografia + Sociologia).

Apesar destas mudanças, permanece um fator avaliativo muito importante: o candidato não poderá zerar nenhuma das provas, pois será desclassificado. As inscrições serão realizadas a partir de agosto de 2019.

As mudanças do Vestibular da Unicamp foram feitas depois de muitos anos pensando nisso e, agora, a Universidade se sente mais preparada para acompanhar a modernização do Ensino Médio e do Vestibular de um modo geral. Os maiores beneficiados serão os estudantes que serão valorizados por sua visão geral, não sendo mais necessário que alguém seja um especialista para conseguir uma vaga.

Você já prestou o Vestibular da Unicamp em seu modelo antigo? Como foi a sua experiência? O que achou do novo modelo? Você acha que teria mais chances agora? Caso você vá prestar o Vestibular agora, quais são as suas expectativas em relação à prova? Ter um dia a menos e uma hora a mais para fazer a prova é tranquilizador para você? Deixe um comentário contando as suas impressões.

Por Jéssica Lima Cochete

Vestibular



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *