Processo Seletivo Regular Ufopa 2015 – Inscrições





Estão abertas as inscrições para o Processo Seletivo Regular de 2015 da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa). O prazo termina às 23h59 de 18 de janeiro de 2015 e as inscrições podem ser feitas de forma gratuita no endereço eletrônico da Ufopa (www.ufopa.edu.br). A instituição oferece 1.191 vagas em seus 24 cursos de graduação, podendo participar estudantes que concluíram o Ensino Médio ou equivalente.

Para o ano de 2015, são ofertadas 1.106 vagas para o campus de Santarém e 45 vagas para Oriximiná. Elas são voltadas para o Bacharelado Interdisciplinar em Ciências Biológicas e Conservação; e 40 para Óbios, as quais são destinadas para o curso de Pedagogia. Das vagas oferecidas, 600 serão destinadas para os candidatos que se enquadrarem no sistema de ingresso por cotas sociais e 591 para ampla concorrência.




A inscrição é feita em duas etapas, começando pelo cadastro no endereço eletrônico da Ufopa, seguida do preenchimento do formulário eletrônico de solicitação de inscrição. Ao responder ao questionário disponível, o candidato deverá indicar a opção de curso que pretende fazer (obrigatório) e a segunda opção de curso, contudo deve estar vinculada ao mesmo instituto da primeira opção.

As inscrições somente serão homologadas após a confirmação, pelo Inep – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, de que o candidato se inscreveu no Enem 2013 ou 2014. Vale ressaltar que o edital prevê que os candidatos sejam eliminados se: obtiverem nota inferior a 500 na redação, em uma escala de 0 a 1000; ou nota inferior a 400 em uma ou mais áreas, levando em consideração a escala de 0 a 1000.


Os selecionados serão classificados conforme a opção de curso, considerando a ordem decrescente geral de classificação, até que sejam preenchidas as vagas fixadas pela Ufopa. A prioridade é para os inscritos em primeira, sendo que o candidato só concorrerá ao curso de sua segunda opção caso as vagas para esse curso não tenham sido preenchidas por aqueles estudantes que escolheram esse mesmo curso como primeira opção. 

Por Robson Quirino de Moraes



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *