ProUni 2018 – Inscrições para Vagas Remanescentes



Estão abertas as inscrições para interessados nas vagas remanescentes do ProUni 2018.

Abriram-se, nesta terça-feira (dia 3), as inscrições para as vagas remanescentes de bolsas para o Programa Universidade Para Todos (ProUni), do ano de 2018. Os alunos que ainda não se matricularam em alguma instituição de ensino têm até sexta-feira (dia 06/04) para se inscreverem, agora para os já matriculados o prazo se estende até o dia 30/04.

Podem se candidatar às vagas de bolsa remanescente todos aqueles que foram professores da rede pública de ensino, ou que tenham realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a partir do ano de 2010, tendo nota superior a 450 pontos e não tenham zerado a redação, ou possuam alguma deficiência, ou então se encaixem no perfil de renda que o programa exige.



As inscrições são realizadas no site do programa siteprouni.mec.gov.br.

ProUni

O Programa Universidade Para Todos (ProUni), foi criado em 2004, como iniciativa do Governo Federal, com o objetivo de facilitar o acesso de pessoas carentes ao ensino superior, oferecendo bolsas de estudo com 50%, ou até mesmo 100%, de desconto da mensalidade em universidades privadas.

O ProUni se realiza duas vezes ao ano, sendo a primeira no início do ano (entre o fim de janeiro e o início de fevereiro) e a segunda a partir do segundo semestre. Para se inscrever, é necessário que o estudante tenha realizado o Exame Nacional do Ensino Médio e tenha obtido, ao menos, 450 pontos na média, sem ter zerado a redação.



As inscrições para o programa são feitas através do site do MEC. Para o cadastro, é necessário informar o CPF, o número da inscrição do último Enem realizado e cadastrar uma senha (caso o estudante já esteja cadastrado no Sistema de Seleção Unificada – Sisu), deve-se usar a mesma senha utilizada no programa.

Inscrição

Para se inscrever, basta acessar ao site no período de matrícula, informar os documentos já citados e escolher até duas opções de cursos de interesse do aluno, em até duas instituições. Essa escolha precisa ser feita em ordem de prioridade. Em seguida, deve-se informar o tipo de bolsa desejada (integral ou parcial). Enquanto o período de inscrição estiver aberto, o candidato pode alterar suas opções, mas será válida a última inscrição optada. É preciso ressaltar que o candidato não pode inscrever suas duas opções no mesmo curso, do mesmo turno, de uma mesma instituição.

No caso das inscrições serem maiores que os números de vagas, o programa seleciona os candidatos em uma lista, na qual a ordem é a partir da sua nota e da modalidade de concorrência. Caso o candidato contemplado não se matricule, há outras chamadas.

Uma vez por dia o programa atualiza a nota de corte para cada curso, baseado na quantidade de vagas disponíveis e nas notas (com peso) dos candidatos que se inscreveram no mesmo curso.

Lembrando que não é necessário que o candidato realize o vestibular próprio da instituição de ensino, caso opte e consiga a bolsa do ProUni, basta ter feito o ENEM. No entanto, algumas instituições têm a tradição de aplicar um exame para selecionar os candidatos já pré-selecionados pelo ProUni. Esta prova deve ser isenta de taxas.

Após ter sido selecionado pelo ProUni, a matrícula é de total responsabilidade do estudante, que deverá comparecer à instituição de ensino e se matricular, levando os documentos exigidos pela própria, além de comprovar os requisitos estabelecidos para inscrição no ProUni. Para continuar recebendo a bolsa, o aluno precisa ser aprovado em até 75% das matérias cursadas.

Requisitos

Para poder se inscrever e ganhar a bolsa na universidade, através do ProUni, o candidato precisa atender a pelo menos um destes requisitos:

· Não possuir ainda diploma superior;

· Ter cursado todo o ensino médio em uma instituição de ensino da rede pública, ou ter obtido bolsa integral em uma instituição de ensino da rede privada;

· Ser professor da rede pública de ensino;

· Possuir alguma deficiência.

Por Aurenivia Alves Pereira





Postar Comentário