Confira aqui o gabarito da prova da segunda aplicação do Enem 2016.

O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas) divulgou nesta quarta-feira (7) o gabarito da prova do Enem de dezembro, aplicada no último final de semana.

Houve um pequeno contratempo e uma das questões da prova de Ciências da Natureza foi invalidada. A prova foi realizada no sábado (3) e foram utilizadas três tipos de prova: na de cor amarela a questão anulada é a 52; na cor de rosa é a questão 88; na cor azul é 60 e na branca é a 58.

A questão anulada propunha ao candidato analisar quatro gráficos, contudo o Inep entende que, mesmo não havendo erros nos dados, com as escalas apresentadas pode ter ficado um tanto difícil a visão de pontos referentes à concentração de gases. E com isso o candidato poderia ter uma interpretação diferenciada.

De acordo com o comunicado passado pelo Inep, a invalidação da questão não causará nenhum impacto nas notas finais do Enem que se baseia na Teoria de Resposta ao Item (TRI), sendo assim, a pergunta não será levada em conta no cálculo das proficiências.

As provas do Enem foram adiadas em 166 municípios de 23 estados e Distrito Federal, totalizando 273.524 candidatos por causa de ocupação estudantil nos locais de realização das provas, além de mais 4.133 candidatos que foram obrigados a aguardar nova oportunidades por motivos como: falta de energia, falta de controle no horário das provas e até erro na identificação de candidatos. Mas todos puderam realizar novas provas no último sábado (3) e domingo (4).

Abstenção

Nessa segunda aplicação das provas do Enem houve uma abstenção de 39,7%, só no sábado e 41,4%, no domingo. Alguns candidatos contaram que havia salas quase vazias, como é o caso de um município do Pará que esperava 116 candidatos e só apareceram 8, no primeiro dia. Houve ainda casos de apenas 1 candidato fazendo a prova.

Calendário

  • Terceira aplicação das provas do Enem 2016 para Pessoas Privadas da Liberdade (PPL) acontecerá nos dias 13 e 14 de dezembro.
  • As notas finais para todos os candidatos, de acordo com o Inep, serão divulgadas no dia 19 de janeiro de 2017.

Por Ruth Galvão


Inep divulgada locais de realização da prova através do aplicativo e site do Enem.

Se você se inscreveu para o Enem 2016, leia este post e obtenha importantes informações sobre a prova.

Os dias de realização das provas do Exame Nacional do Ensino Médio 2016, o Enem, estão se aproximando. Os inscritos estão à espera do cartão de confirmação que informa o local da realização da prova. Segundo Eunice Santos, diretora do sistema de gestão de planejamentos do MEC (Ministério da Educação e Cultura), a partir de 18 de outubro os candidatos terão acesso ao cartão que traz importantes informações, como local e horário das provas. O anúncio da diretora foi feito durante uma cerimônia que celebra o começo da distribuição das provas do Enem 2016.

É por meio do aplicativo do Enem (criado pelo governo federal) e pelo site oficial do Enem que o cartão de confirmação poderá ser acessado. Além disso, as informações também serão enviadas via e-mail aos inscritos. Desde o ano passado o cartão de confirmação não é enviado na versão impressa, somente digital.

Na última quarta-feira dia 05, Maria Inês Fini, presidente do Inep, autorizou a expedição dos cadernos de prova. Ao total, 75.000 malotes lacrados eletronicamente foram levados por caminhões que saíram da cidade de Osasco para os Correios ,que farão a distribuição para o equivalente a 1,7 mil cidades do Brasil. Toda a operação é feita com escolta policial.

A novidade de 2016 é que os candidatos ao assinarem a lista que confirma sua presença na sala de provas passarão pelo sistema de biometria, que é o reconhecimento de digitais. Uma maneira de evitar problemas como fraudes. Neste ano o governo federal disponibilizará 22 mil de seus servidores, que estarão trabalhando na função de certificadores junto aos coordenadores das provas, em todos os pontos de aplicação.

As provas do Enem 2016 estão marcadas para os dias 5 e 6 de novembro. No sábado, primeiro dia, a duração será de 04h30min para resolução de questões de ciências da natureza e ciências humanas. Por sua vez, para o domingo serão disponibilizadas 5h30min para as questões de matemática, linguagens, redação e códigos e suas tecnologias.

O horário para início das provas é 13h30min, mas para evitar correrias os portões estarão abertos a partir do meio-dia e fechados às 13h em ponto, no horário de Brasília.

Sirlene Montes


Exame será aplicado em 1,7 mil municípios brasileiros e terá mais de 8,5 milhões de candidatos.

Na última terça-feira, 30 de agosto, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), lançou um balanço dos números do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) 2016. Ao todo, a prova será aplicada em 1,7 mil municípios espalhados por todo o Brasil. Mais de 8,5 milhões de pessoas farão as provas, que serão realizadas nos dias 5 e 6 de novembro.

De acordo com o balanço, mais de 600 mil pessoas estarão encarregadas de cuidar de tudo para que a prova seja aplicada. Até a Força Nacional entra na operação. É que desde 2009, quando algumas provas foram roubadas e tiveram seu conteúdo vazado, fazendo com que o Governo Federal tivesse que adiar a aplicação da mesma, a Força Nacional colabora com a realização do Exame. A FN irá acompanhar a impressão e o armazenamento das provas para se certificar de que não haverá nenhum vazamento.

No primeiro dia, os candidatos terão quatro horas e trinta minutos para fazer as provas de ciências da natureza e de ciências humanas. No segundo dia, será a vez da realização das provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e matemática. Desta vez, o candidato terá um tempo de prova de cinco horas e trinta minutos.

Em ambos os dias, os portões dos locais de prova serão abertos às 12h (horário de Brasília). O fechamento está previsto para às 13h (horário de Brasília), sempre lembrando que em novembro o Brasil estará no horário de verão. Todo cuidado é pouco para os candidatos, já que após o fechamento dos portões nenhum candidato pode mais adentrar aos locais de prova. O horário de início das provas será às 13h30. O Inep divulgará o gabarito oficial das questões até o dia 9 de novembro, porém, ainda não há data para o resultado oficial das notas do Exame.

Veja abaixo alguns dos números no balanço divulgado pelo Inep e que marcarão o ENEM 2016:

  • 8.627.194 candidatos inscritos;
  • 1.727 municípios;
  • 17 mil locais de prova;
  • 16 milhões de provas;
  • 77 mil malotes de provas;
  • 476.040 mil coordenadores e fiscais de locais de prova;
  • 40.000 agentes das polícias Federal, Rodoviária Federal, Civil, Militar e do Corpo de Bombeiros;

Renato Senna Maia


Confira aqui algumas dicas para ir bem na prova do Enem 2016.

Em outubro será realizada mais uma edição do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio). Assim como em anos anteriores, o número de inscritos para a prova foi alta, atingindo neste ano de 2016 a marca de 8,6 milhões de inscritos. Com isso, a concorrência para o ingresso em universidades, a partir dos programas que selecionam estudantes (como o Sisu, Prouni e Fies), deve ser novamente muito concorrido. A partir da enorme procura, cabe a todos que irão realizar o exame uma rotina de estudos, além  de planejamento, para obter bons resultados.

Com isso, o estudante deve ter certos cuidados, que podem lhe ajudar na realização do Exame:

O estudante que deseja obter bons resultados deve ser, acima de tudo, disciplinado. A disciplina é elemento fundamental  para se ter um planejamento no decorrer dos estudos. Planejamento está diretamente relacionado à organização.

Cabe ao estudante, ao decorrer dos estudos, organização, desde as disciplinas a serem estudadas à até mesmo ao controle do tempo. Saber controlar-se quanto ao tempo é fundamental, já que o exame é extenso, contendo em muitas questões textos enormes…sem contar que o participante terá poucas horas para desenvolver a prova.

A partir do ENEM, é possível concorrer a vagas em Universidades Públicas, a partir do Sisu (Sistema de Seleção Unificada). Trata-se de uma ferramenta gerenciada e administrada pelo Ministério da Educação, onde os participantes do ENEM escolhem os cursos que desejam estudar em instituições públicas. O MEC estabelece uma nota de corte e os candidatos melhores avaliados no exame são convocados para as vagas.

Já o ProUni (Programa Universidade Para Todos), também do Governo Federal, utiliza as notas do ENEM para contemplar estudantes com bolsas de estudos em Instituições de Ensino Superior particulares. A concessão da bolsa se dá em diferentes modalidades: Antes de mais nada, o candidato precisa comprovar que não possui renda mínima necessária para bancar o curso no qual escolheu. Sendo assim, a Instituição credenciada oferece bolsas de 50% a 100% a uma pequena cota de estudantes.

Diante da grande procura, cabe ao participante muitos cuidados e bastante preparo, para realizar uma boa prova e conquistar seu principal objeto: ingressar em um curso de ensino superior.  O futuro está logo ali.

Renan Pereira


Prazo para os candidatos efetuarem o pagamento da taxa de participação se encerra nos próximos dias. Confira aqui mais informações.

Você se inscreveu para o Enem 2016? Quem é aluno de escola pública e está no último ano do ensino médio conta com isenção da taxa de inscrição. Os demais puderam pedir isenção ou terão que pagar a taxa até o dia 25 de maio, ou seja, faltam dois dias. O pagamento pode ser feito nas agências dos Correios, Casas Lotéricas ou na agência bancária de sua preferência.

O último dia de inscrição foi 20 de maio. Até o término, mais de 8 milhões e duzentas mil pessoas preencheram a ficha no site do Inep. Para que a inscrição seja confirmada, os não isentos devem quitar o boleto com a taxa. Só depois do prazo é que o número exato de participantes confirmados no Exame Nacional do Ensino Médio vai poder ser divulgado pelo Inep.

As provas já têm data para acontecerem. Nos dias 5 e 6 de novembro todos os inscritos deverão se dirigir ao lugar informado pela equipe do Inep para a avaliação. No primeiro dia, a prova tem duração de 4 horas e 30 minutos e abordará questões de ciências humanas e de ciências da natureza. No segundo dia o tempo é um pouco maior, de 5 horas e 30 minutos, com questões sobre matemática, linguagens e códigos e suas tecnologias. Além das perguntas de múltipla escolha, o candidato terá que fazer uma redação.

O horário a ser seguido é sempre o de Brasília. Os portões vão ser abertos para os candidatos às 12 horas e serão fechados às 13 horas. A prova começa apenas às 13 horas. O gabarito oficial será liberado pelo Inep apenas no dia 9 de novembro de 2016.

Cursinho Gratuito a distância para o Enem 2016

Os estudantes contam com uma novidade lançada pelo Ministério da Educação, o Hora do Enem. Trata-se de uma plataforma virtual totalmente gratuita que oferece aulas e simulados com os conteúdos que serão cobrados na prova.

Os conteúdos podem ser acessados por todos os interessados. Após cadastro, o próprio Hora do Enem ajuda o estudante a fazer um cronograma de estudos para o Enem 2016. O acesso é gratuito e pode ser feito através do site oficial do Enem. O Hora Brasil também passará aulas pelo TV Escola.

Por Milena Godoy


Exame já registrou mais de 600 mil inscritos nos primeiros dias de inscrição.

De acordo com informações do MEC (Ministério da Educação e Cultura), até às vinte horas de segunda-feira (09) mais de 600 mil pessoas já haviam feito inscrição para o Enem desse ano.

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio podem ser feitas através do site (http://enem.inep.gov.br) e encerram no dia 20 de maio, às 23h59. É preciso ficar atento e estar com a documentação correta em mãos, como: RG e CPF (pessoas menores de idade devem providenciar os documentos para não perder as provas).

Outras informações que deverão ser passadas pelo candidato são: Número de celular, um email válido, município de sua preferência para realizar as provas e a opção de uma língua estrangeira.

Muitas pessoas usaram as redes sociais para reclamar da lentidão do site do Inep na hora de fazer as inscrições. Também houve reclamações sobre um aviso que foi passado por engano, a respeito de “faltas” no Enem do ano anterior.

O Enem possibilita ao candidato de baixa renda ou desempregado a isenção de taxa, mas vale lembrar que quem conseguiu ser isento o ano passado e faltou às provas esse ano não terá direito de fazer novo pedido.

Segundo usuários do site do Inep, um dos grandes transtornos do dia, além da demora para conseguir concluir a inscrição, foi um erro que o site apontava, informando que alguns alunos que fizeram a prova agora apareciam como faltosos.

Também houve várias reclamações dos candidatos sobre o valor da taxa de inscrição para realizar as provas do Enem. Quem estiver concluindo o ensino médio esse ano e for aluno da rede pública terá sua isenção garantida, já os alunos oriundos da rede particular terão de pagar a taxa de R$ 68, antes custava R$ 63.

As provas deverão ser realizadas nos dias 5 e 6 de novembro (sábado e domingo).

– Sábado (05)

Os alunos farão as provas dentro de 4 horas e 30 minutos (Ciências Humanas e Ciências da Natureza).

– Domingo (06)

Serão 5 horas e 30 minutos para responder as questões de (Linguagem de Códigos e suas tecnologias, Matemática e Redação).

Os portões vão abrir rigorosamente às 12h e fecharão às 13h, com início das provas às 13h30 (horário de Brasilia). O candidato poderá conferir o gabarito oficial pelo site do Inep, até o dia 09. Os resultados das provas não tem data de divulgação.

Por Ruth Galvão


Plataforma disponibiliza videoaulas gratuitas com assuntos preparatórios para o Exame Nacional do Ensino Médio.

O Enem tornou-se uma maneira de entrar na faculdade, seja usando a nota para auxiliar no desempenho do vestibular ou para concorrer às vagas destinadas ao Sisu. Seja como for, estudantes do ensino médio e pessoas que querem ter a oportunidade de fazer uma graduação estão se inscrevendo na prova, para poder conquistar a sonhada vaga.

A concorrência é grande e o sonho só é realizado se a nota no Enem for boa. Assim, é necessário estudar muito para garantir o bom desempenho. Embora diversas pessoas tenham a oportunidade de fazer um cursinho específico, isso não acontece com todos. É por isso que o Ministério da Educação criou uma plataforma totalmente gratuita para auxiliar os estudos de quem vai concorrer ao Enem.

Ela começou a operar no dia 5 de abril de 2016 e já tem mais de 90 mil inscritos. Ao todo, foram quase 700 mil acessos de pessoas que querem aproveitar a oportunidade para aprender e se dedicar aos estudos.

A maioria dos que já entrou no site têm entre 18 e 24 anos de idade. Além disso, 61% das pessoas preferiram acessar pelo computador e 68% dos acessos foram feitos pelo público feminino. O sudeste teve grande participação até o momento, sendo que São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais foram os com mais acessos. No sul o destaque fica para o estado do Paraná.

O “Hora do Enem” pode ser usado por estudantes das mais diferentes idades, independentemente de estudar em escola pública ou particular.

Além da plataforma virtual, o Hora do Enem vai transmitir, através da TV Escola e outras emissoras parceiras, programas educativos que também ajudarão nos estudos. Toda segunda-feira o estudante contará com aulas gratuitas de matemática. Já nas terças é hora de estudar ciências humanas. Quarta é dia de linguagens e quintas de ciências da natureza. Por fim, na sexta o assunto é redação.

Enquanto isso, na plataforma virtual é possível ter acesso aos planos de estudos, simulados e videoaulas. São 600 videoaulas de diferentes temas disponibilizas gratuitamente e o plano de estudo pode ser montado individualmente, garantindo a melhor adequação ao horário e às necessidades de cada estudante. Para aproveitar entre no site http://tvescola.mec.gov.br/tve/serie/hora-do-enem.

Por Milena Godoy





CONTINUE NAVEGANDO: