Inscrições podem ser realizadas por interessados até o dia 10 de julho.

A Universidade Federal de Lavras está com inscrições abertas desde a última segunda-feira, dia 29, para um curso pré-vestibular social gratuito. Os candidatos que podem participar são os que estão em situação vulnerável social e economicamente e que já tenham o ensino médio concluído na rede pública de ensino e sejam moradores da cidade de Lavras, em Minas Gerais.

O objetivo principal do curso é preparar esses alunos para ingressar em uma faculdade. As aulas são ministradas por alunos da graduação e pós-graduação da própria UFLA e acontecerão no campus da universidade. O curso, batizado de “Pré-Uni” foi criado no ano de 2004, por iniciativa de estudantes do campus e com o apoio da prefeitura. Desde a sua inauguração, já beneficiou cerca de 3 mil pessoas da localidade.

Segundo a universidade, as atividades do “Pré-Uni” já conseguiram beneficiar mais de 112 estudantes, que conseguiram suas vagas em universidades incluindo a própria UFLA, através da iniciativa.

A cada semestre, três turmas são formadas pelo curso, com uma média de 150 alunos, o que dá um total de 330 alunos por ano. A procura pelas vagas chega a ser maior três vezes o número de vagas. As aulas são ministradas diariamente, no horário das 19h às 22h40 e a duração do curso é de quatro meses.

As inscrições para o curso vão até o dia 10 de julho e os candidatos interessados devem ir à secretaria do Pré-Uni, localizado na Proec (Centro administrativo da universidade) no horário das 8h às 12h, com as fotocópias dos seguintes documentos em mãos:  identidade, comprovante de residência e  CPF. A UFLA fica localizada no bairro Kennedy, na Avenida Doutor Sylvio Menicucci, número 1.001.

Se o candidato tiver alguma dúvida ou desejar outras informações pode ligar para o telefone (35) 3829-1101.

A oportunidade é única! Aulas com professores graduados em uma das melhores faculdades do estado e totalmente de graça. 

Por Patrícia Generoso


Inscrições seguem abertas até o dia 18 de junho. Resultado da 1ª chamada será divulgado no dia 22 de junho e da 2ª, no dia 6 de julho.

Estudantes de todo o país já podem se inscrever na segunda edição de 2015 do Programa Universidade para Todos (ProUni). Quem quiser se candidatar a uma das vagas tem até às 23h59 de quinta-feira (18/06), horário de Brasília, para se inscrever, por meio do site siteprouni.mec.gov.br.

O ProUni é um programa organizado pelo Ministério da Educação e tem oi objetivo de oferecer bolsas de estudos integrais e parciais em instituições particulares de ensino superior, em cursos de graduação e sequenciais.

O programa oferece uma oportunidade no ensino superior para jovens que não tem a possibilidade de custear as despesas de mensalidade da faculdade e nesta edição oferece 116.004 bolsas em um total de 856 instituições de ensino superior das cinco regiões do Brasil. Este número de bolsas representa um crescimento de 0,78% em relação à segunda edição que aconteceu em 2014. Na ocasião, foram ofertadas 115.101 bolsas, entretanto o número de instituições que adotaram o programa diminuiu. No segundo semestre do o total de instituições foi de 943.

Esta edição também conta com menos bolsas integrais. Neste ano, 68.971 serão ofertadas aos estudantes, ante a 73.601 do ano passado. Em contrapartida as bolsas parciais tiveram um aumento de 41.500, no ano passado, para 47.033 em 2015.

Os estudantes interessados em participar da segunda edição de 2015, devem ter (obrigatoriamente) participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014, com nota média mínima de 450 pontos. Além disso, o estudante não pode ter zerado a prova de redação. Podem concorrer estudantes que concluíram o ensino médio na rede pública ou os que estudaram na rede particular na condição de bolsista integral.

O resultado da primeira chamada sairá no dia 22 de junho. Os candidatos selecionados deverão comprovar as informações até o dia 29 e a segunda chamada será divulgada no dia 6 de julho. Todos os alunos deverão comparecer as instituições até a data de 10 de julho.

Por Ana Rosa Martins Rocha


Com muita determinação, empenho e algumas dicas fica mais fácil aguentar a rotina de estudos para o vestibular.

Estudar para vestibular exige determinação e emprenho por parte do candidato. Todo ano, milhares de pessoas disputam várias vagas nas Universidades públicas e privadas. Muitos candidatos optam por estudar sozinhos, outros investem em cursinhos preparatórios e há os que rendem estudando em grupo. Veja algumas dicas de estudo para aguentar a rotina!

– Tenha um plano de estudo!

Crie um plano de estudo com metas e desafios reais, ou seja, dentro da sua realidade. No seu cronograma deve constar as matérias, as revisões, as aulas presenciais, entre outros métodos de estudo que você utiliza. Além disso, não se esqueça de separar um tempo para descanso. A sua mente precisa recuperar as energias!

– Qual é o seu método? Descubra!

É essencial descobrir o seu método de estudo: revisão, ler, fazer exercício, entre outros. Qual o estudo que funciona melhor com você? Para isso, é preciso testar todos. Por isso, crie resumos, faça vários exercícios e leia. Equilibre a sua rotina com atividades que possam melhorar a sua aprendizagem. Assim, ela vai ficar mais divertida e diferente.

– O tempo: ele é um recurso valioso.

O seu tempo pode ser conciliado com outras atividades sim. Mas lembre-se de que o estudo é a sua prioridade, por isso, dedique mais tempo a ele. Mas, reserve momentos para o lazer também. Programe no seu dia as horas de estudo e cumpra as suas metas com determinação e confiança.

– A importância do treino.

Resolva muitos exercícios e faça simulado dos outros vestibulares. Desta forma, você vai saber em que precisa melhorar e dedicar mais atenção. Uma boa dica, por exemplo, é que você pode criar um Quis rápido para testar os seus conhecimentos sobre as matérias.

– Mantenha-se atualizado.

O estudante deve estar por dentro do que acontece ao redor do mundo. Por isso, não fique alienado e leia muitos jornais, blogs, sites de notícia, entre outros. Esteja sempre atualizado e antenado, porque isso fará a diferença.  

Por Babi





CONTINUE NAVEGANDO: