Vestibular ITA 2018 – Mudanças na Seleção



Confira aqui as principais mudanças que teremos no Vestibular do ITA 2018.

Você estudante que sonha em construir uma carreira de sucesso ingressando em uma instituição de ensino renomada em todo o país, já conhece o Instituto Tecnológico de Aeronáutica?

Com certeza você já ouviu falar do ITA, uma conceituada instituição de ensino superior que atua junto ao Comando da Aeronáutica, conhecida como COMAER, que oferece um ensino universitário de qualidade e o melhor, totalmente gratuito.



O Instituto está localizado em São José dos Campos, estado de São Paulo, onde funciona o DCTA, que é o Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial.

Os cursos que o Instituto oferece são nas áreas de tecnologia Aeroespacial e ciência.

Fundado no ano de 1950, o Instituto Tecnológico de Aeronáutica oferece cursos de graduação e pós-graduação (stricto sensu e lato sensu), sendo considerado hoje uma grande referência como instituição de ensino na área de engenharia do país.



O ITA acaba de divulgar o seu Vestibular do ano de 2018 e com isso divulgou também algumas mudanças em relação à classificação de seus candidatos.

Como em todos os anos, a instituição vai disponibilizar 110 oportunidades em seu vestibular para cursos na área de Engenharia. Desse total, 25 vagas são para quem desejar fazer parte do Quadro de Oficiais Engenheiros. Já as 85 vagas restantes são para quem não optar pela carreira de Oficial.

No que se refere às mudanças na classificação, de acordo com o novo modelo, os candidatos irão concorrer com quem escolheu a mesma carreira. Mudança esta que tem sido vista com positividade, já que no modelo em vigor até o vestibular do ano de 2017 a classificação era feita no todo das 110 vagas, sem considerar a opção de curso dos inscritos.

Ou seja, os 110 melhores colocados eram admitidos no Instituto.

Nesse sentido, a partir do vestibular de 2018, a classificação será realizada em duas listas: uma para aqueles que se inscreveram para a carreira de Oficial de Engenharia e a outra para os demais cursos.

Com esse novo modelo de classificação os candidatos terão mais chances em suas escolhas, pois a concorrência acontecerá só entre candidatos de uma mesma modalidade.

Outra mudança que deve ser considerada pelos candidatos está no fato de que a partir de 2018, também não será mais permitido a alteração da opção de curso, o que era permitido até o vestibular de 2017.

O Instituto Tecnológico da Aeronáutica ao adotar este modelo de classificação se coloca em igualdade com o Instituto Militar de Engenharia, que classifica seus estudantes seguindo este mesmo modelo.

Em relação ao Vestibular do ano de 2018, as inscrições já se encontram abertas e se encerram no dia 15 do mês de setembro. Os inscritos devem pagar uma taxa no valor de R$ 140

Os locais para a realização das provas serão anunciados no dia 22 do mês de novembro e as provas estão previstas para serem realizadas entre os dias 12 e 15 do mês de dezembro.

Na edição de 2018, como novidade será exigido a leitura de algumas obras literárias, que serão cobradas nas provas. Assim, os candidatos devem ler os livros: São Bernardo de Graciliano Ramos, Senhora de José de Alencar e Quincas Borba de Machado de Assis.

O resultado final do Exame de Escolaridade está previsto para ser publicado no dia 29 do mês de dezembro. Os candidatos convocados devem passar por procedimentos de Inspeção de Saúde.

Nesse sentido, as notas finais serão disponibilizadas a partir do dia 3 do mês de janeiro do ano de 2018 até o dia 2 do mês de março.

Deseja saber mais sobre o Vestibular ITA 2018? Ligue para o número (12) 3947- 5813 ou envie suas dúvidas para o e-mail vestita@ita.br.

Sirlene Montes





Postar Comentário